gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

domingo, 20 de novembro de 2011

Crónica de Fim de Semana – 08 – 2011 / 2012 - II

Crónica dedicada á PO02.

PO02 – Campeonato Nacional da 2.ª Divisão Seniores Masculinos.

8.ª Jornada – Resultados
Zona Norte
Resende Andebol 17 – 29 SP Oleiros
Académico FC 22 – 20 Alavarium
Avanca 27 – 24 CDC Santana
AC Sismaria 24 – 26 AC. São Mamede
Santo Tirso 29 – 30 FC Infesta

Começamos, tal como na semana anterior por referir o FC Infesta, que foi a Santo Tirso vencer a equipa local pela margem mínima e desta forma conseguir a sua segunda vitória, num jogo de permanente equilíbrio. O Avanca, ao vencer irregular Santana, num jogo onde construiu o resultado nos primeiros 30 minutos (14-9), e que terminou com relatório disciplinar, com este resultado a equipa da Associação de Aveiro, mantem, o primeiro lugar da classificação. A A. São Mamede, foi a Gândara c vencer o Sismaria, num jogo equilibrado onde a maior experiencia dos academistas foi preponderante, com este resultado mantêm-se no 2.º lugar da classificação a 1 ponto dos líderes, e confirmam juntamente com o Avanca, que são fortes candidatos ao acesso à fase Final. O Académico venceu com dificuldade o Alavarium, num jogo igualmente equilibrado. Por fim referir apenas a vitória do SP. Oleiros em Resende, o que já não surpreende ninguém. Comanda a zona o Avanca.

Zona Sul
Alto Moinho 30 – 30 Vitória FC
Paço Arcos 24 – 26 Passos Manuel
ADC Benavente 23 – 27 CDE Camões
Marítimo 30 – 30 Ginásio Sul
CD Marienses 31 – 29 Vela Tavira

De destacar nesta jornada o empate do Ginásio no reduto dos madeirenses do Marítimo, num jogo de equilíbrio permanente, ao intervalo o resultado era uma igualdade a 16 golos, que com este empate o Marítimo, perde pontos pela segunda jornada consecutiva. O Passos Manuel, parece estar em recuperação do menos bom início de prova, e vence pela vez consecutiva, num jogo em que a equipa local vencia ao intervalo (15-11). O Vitória FC, foi obter um empate na sua deslocação ao Alto Moinho, num jogo em que os locais dominaram no primeiro período (17-14), e com os homens de Setúbal a reequilibrar o encontro no segundo período. Os Marienses, mais uma vez fizeram valer o factor casa e levaram de vencida os algarvios do Vela Tavira, num jogo equilibrado. O Camões, fazendo jus à sua condição de favorito, foi a Benavente vencer a equipa local, com o resultado totalmente construído nos 30 minutos iniciais. Comanda o Marítimo.

O Banhadas Andebol

55 comentários:

Anónimo disse...

Grande jogo e grande ambiente em Avanca.

Parabéns a todos que cada vez dá mais gosto assistir aos jogos no vosso pavilhão...

Anónimo disse...

Sto Tirso, a derrota foi culpa de q? temperatura no pavilhao...

Numa semana s. mamede desfez-vos...

Anónimo disse...

O que aconteceu no alto do moinho para haver relatório disciplinar? e quem protestou o jogo? O setúbal ou os da casa?

Anónimo disse...

palhaçada autêntica foi a arbitragem no Academico - Alaverium;
Aquelas duas crias que tiverem a oportunidade de serem contempladas com um apito, dois cartões, um equipamento fluorescente, estão carregadas de manias, são egocêntricas, querem ser os senhores do jogo, o centro das atenções e ridicularizam todos os restantes intervenientes do jogo (atletas e treinadores).
Aquelas duas catatuas, verdadeiros pavões não respeitam o ANDEBOL. Vão para o pavilhão para se pavonearem e mostrarem a eles próprios que conseguem mandar em alguma coisa para além deles próprios. Haja alguém que ponha a mão nisto.
Os clubes, os treinadores e os atletas trabalham com esforço, entrega, espirito de sacrificio e com muitas dificuldades ao longo da semana e depois chegam ao jogos, onde para além de, obviamente, quererem ganhar, querem praticar a modalidade que os faz feliz. Até aqui parece óbvio e possível de acontecer. O problema é que ao sábado costumam aparecer umas entidades (facil de imaginar quem seja) que simplesmente tornam um jogo de andebol, num espetáculo de auto promoção à sua imagem, ou seja, o referido jogo de andebol passa a ser um espetáculo de BALET, ao qual foram introduzidas duas balizas e uma bola, o que deixa toda a gente muito confusa e irritada, mesmo com vontade de fugir dali, quem sabe para ir para um restaurante próximo matar a fomeca, restaurante esse ao qual acorreram as referidas catatuas.

Pondo todo o cinismo de parte... o que é que aquela dupla de arbitragem anda a fazer??!?!... arbitrar andebol não é de certeza.
quanto muito podiam ser chefes de claque.

Abraço.
Força atletas do Académico e do Alavarium.

Anónimo disse...

O que se passa com o sto tirso, com dois primeira linha fora de serie, luis galvao e joao nogueira, sem capacidade de bater uma equipa como o infesta??? Sera culpa do treinador?

Anónimo disse...

O que aconteceu no Benfica-Xico Andebol PO4?????

Anónimo disse...

Viva a S. Mamede...desfaz tudo...lololol...o ano passado nem piavam...agora ja sao os maiores :P
O Sacana Nervoso

Anónimo disse...

No Alto do Moinho o que se passou é que do Setúbal restam as camisolas. Até a educação se foi. Grande clube com pequenos dirigentes e pequenos treinadores.

Anónimo disse...

nao sei qual o teu problema com o santo tirso! ja te deve ter feito muito mal! mas a azia trata-se...

Anónimo disse...

Uma vergonha o que se passou no alto do moinho... Que dirigentes e treindores sao estes ?? nao sabem honrar um clube com 101 anos de historia ??? vergonhoso o que estao a fazer ao andebol do grande vitoria !

Anónimo disse...

Lol, esses dois meninos do apito, do jofo academico - alavarium, sao realmente duas figuras lamentáveis, altruístas, sem noção do que é o verdadeiro andebol, e arrogantes desprezando tudo e todos com aquele sorriso cinico de quem pensa que tudo sabe, e ao fim e ao cabo nada sabem. O moreno ainda consegue ser mais recatado, apesar de parecer o k percebe menos da coisa, agora o outro, é so mesmo para andar la na passerelle a pavonear-se, uma vez que como jogador de andebol era o que era, agora quer mostrar que afinal o andebol tem que ser como ele o praticava, com muita mediocridade!!

Anónimo disse...

concordo com o comunicado das 21.41
lamentavelmente de Setúbal, apenas resta o nome e a continuar o mesmo estado de coisas, ate esse vai acabar.
daqui a pouco em vez de Vitória de Setúbal, será conhecido por Vitória da arruaça.
para se ser dirigente não basta ter-se filhos a jogar andebol, é preciso muito mais do que isso.
os actuais dirigentes do Setúbal nem sabem quais são as atribuições que lhes estão atribuidas enquanto tais.
Pelos vistos, os treinadores tambem não. Em menos de um mês é o segundo treinador castigado com vermelho.
Com esse comportamento que imagem é que se transmite?

Anónimo disse...

Tal como previsto... Santo tirso perdeu e académico venceu :)

Adepto Atento

Anónimo disse...

Deixem que o do Alto do Moinho tb já não resta nada. É um navio sem rumo...

Anónimo disse...

Pois é amigos, quando até os que estão de fora já se aperceberam do que se passa, imaginem quem lá anda a aturar isto. Acharam que os que lá estavam não prestavam, meteram lá os "expert", esqueceram-se foi que bom senso, educação e outras tantas coisas que são necessárias, ou se tem, ou enfim, dá nisto. Ao VFC, meteram-nos lá, agora aguentem-se, o bom nome do clube, o bom relacionamento com os outros clubes, com os árbitros, com a FPA e tudo o que gira à volta do andebol, já era. Só tenho pena, de quando vou a qualquer lado, tenha de ir inserido na comitiva. Que esta época acabe depressa...

Anónimo disse...

os séniores do st tirso como vcs dizem são uma equipa composta maioritariamente por jogadores formados na casa e com um treinador da casa (ao contrario das restantes equipas). para a equipa que tem e para as vezes que treina estão a fazer um excelente campeonato. ganharao mais algumas vezes e perderao outras porque o objectivo é em primeiro lugar nao descer, a partir daqui é fazer o melhor possível. quanto aos clubes de s. mamede de infesta referindo-me à académica
a vida dá muitas voltas e com a estrutura que vcs têm não vao durar muitos anos com essa competitividade, alias os vossos rivais e vizinhos o f.c vao passar-vos a perna em pouco tempo, por que esses trabalham muito mais e estao muito melhor organizados para o futuro. quem ri por último ri melhor

Anónimo disse...

A azia trata-se com que?? com pontapes como as que um adepto do sto. tirso deu a adeptos do infesta?

Anónimo disse...

ARBITRAGEM VERGONHOSA DOS ARBITROS "REGIONAIS" JN E SS.
Como açoreano senti vergonha ao assistir a uma arbitragem que apenas prejudica o Andebol. Como ainda podem existir árbitros tão maus. Arrogantes, prepotentes e sem respeito pelos atletas.
Estes "srs" chegaram ao cumulo de excluir um atleta por este apenas ter batido palmas a um golo marcado por um seu colega de equipa.
Senhores da arbitragem apostem em
duplas de novos arbitros e enterrem de vez estes "corvos" que estão a matar a nossa modalidade.

Anónimo disse...

Em benavente assitiu-se a um jogo em que uma equipa passeou e a outra viu jogar. A ADCB que nos primeiros jogos impressionou, agora é uma equipa sem garra, sem orientação para o jogo, sem sentido de baliza. Parece que jogam para passar o tempo. O Camões nem teve de se esforçar muito.

Snake disse...

Vi o Alto do Moinho/V. Setúbal e fiquei abismado com o comportamento dos oficiais Ricardo Palma (desqualificação directa) e Nuno Santos (cartão amarelo).

O que se terá passado com Constantin Dolgov?
Não chateava ninguém e até percebia do assunto.

Anónimo disse...

E agora Lino 2 derrotas do G.N.S.Tirso devido as tuas invençoes.Jogadores trocados do lugar,aposta errsda em miudos sem experiencia em momentos cruciais do jogo,pouca leitura tatica em relaçao as caracteristicas do adversario,nao ha uma equipe defenida e estruturada,os melhores jogadores demasiado tempo no banco.Abre os olhos.

Anónimo disse...

Os adeptos do Infesta são tudo menos educados. Se levou pontapé concerteza que mereceu :D

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...

Caro anónimo 21 de Novembro de 2011 - 12:03

Não a azia não se trata com pontapés, trata-se essencialmente com boa educação, que foi o que faltou a alguns adeptos do F. C. Infesta que estiveram presentes em Santo Tirso.
Para quem anda no desporto, deverá saber que saber perder é uma virtude, mas saber ganhar é uma virtude muito maior e as atitudes dos adeptos do F. C. Infesta deixaram muito a desejar no final do jogo, mais ainda por terem vindo de uma pessoa que é dirigente do referido clube e mais não digo.

Sempre atento.

Anónimo disse...

Não se sabem mas um dos árbitros do jogo entre o académico e o alavarium já foi atleta do clube da casa... E assim vai o andebol português

Anónimo disse...

Levou pontapes? Tadinho....agora os jogadores do ginasio tem culpa que os adeptos andem ao pontape na bancada lololol :D Enfim....
O Sacana Nervoso

Anónimo disse...

No Alto do Moinho-VFC assistiu-se a uma arbitragem vergonhosa e a uma atitude da mesa desconcertante! Time out que não aparece no boletim de jogo a 17 seg do fim, em que toca passado 3/4 segundos apenas mas o cronometro fica a correr! Volta aos 29:53, depois aos 29:43 e depois aos 29:47! Deve ser por isso que não aparece no boletim! O treinador apenas disse à mesa qualquer coisa como "toma!" pelo menos os gestos assim o indicam, foi desqualificado e o dirigente do Alto do Moinho que era da mesa, foi direito ao treinador para tirar satisfações de forma agressiva. Valeu um dirigente do VFC que o agarrou! O único dirigente que indelicado foi o do Alto do Moinho ao sair da mesa para bater no treinador do VFC gerando sururu e nada sucedeu ao mesmo.... Depois da trafulhice feita pela mesa, era de esperar uma reação menos boa. Dos dirigentes só vi que do alto do moinho foi tentar agredir o trteinador do VFC e o do VFC o segurou. Como é que o VFc é que é acusado? Só se foi por no final o dirigente estar a conversar com os árbitros... Decididamente o VFC faz mossa a muita gente. Eu não sei se seria tão pacifico depois de gozarem com um clube com 101 anos! Alguém anda muito incomodado com o VFC pelos vistos, pois é sempre o alvo de ataques aqui! Devem estar a ser incómodos de certeza

Anónimo disse...

JÁ ALGUEM PERGUNTOU À DUPLA DE ARBITRAGEM DOS AÇORES QUANTO TEMPO TEVE O CLUBE DE VELA DE TAVIRA DURANTE OS 60 MINUTOS COM 7 ATLETAS EM CAMPO?!
E SOBRE AS PARAGENS CONSECUTIVAS NO JOGO (DEVIDO A "LESOES" DE ATLETAS DOS MARIENSES).

Andebol veterano disse...

Primeiro: Respeitem o Vitória!!!
Ainda ontem tivemos o nosso jantar de aniversário e foi com grande orgulho que vi pela primeira vez atletas do andebol serem homenageados. E não só! Foi também homenageado o massagista mais antigo do Vitória. Os antigos dirigentes fizeram um bom trabalho mas nunca conseguiram homenagear nenhum atleta e nenhum dirigente e até deixaram sair o saudoso Zé Graça sem lhe prestarem a merecida homenagem. É o meu único reparo ao Carlos Santos. Agora vamos ao mais importante! Mas quem é o Alto do Moinho? Um clube de corroios. Deviam estar muito contentes por terem conseguido empatar com o Vitória. Eu não fui ver o jogo mas soube ontem no jantar que cada vez que o Vitória pedia desconto de tempo nunca paravam o cronómetro e foi por isso que o Palma foi expulso, mas segundo me disseram pessoas responsáveis da secção de andebol quem devia ter sido expulso era o senhor da mesa que provocou toda a gente. E a nós ninguém nos dá lições de educação! Viva o Vitória!!!

Um verdadeiro vitoriano disse...

Andebol veterano e o senhor anónimo das 19.43 sinceramente... deviam pensar melhor antes de escrever ! o vitoria de setubal tem 101 anos de historia e o tal clube de corroios e que devia ter ficado contente por empatar com o vitoria exactamente mas pelo que me parece foi o clube com 101 anos de historia que ficou muito contente e o treinador se excedeu nos festejos que ate viu vermelho! que raio de gente e esta ??? e apenas isto que pergunto !! esta bem que as pessoas que estiveram la antes no ultimo ano nao tiveram a melhor gestão mas tiveram muitos anos de boa gestão e conseguiram voltar a trazer os seniores e subir duma quarta divisão até à segunda, se isto continua assim paraceme que esta gente que está lá agora vai e levar o vitória para onde estava antes de os antigos la terem entrado... cuidado e tratem de ensinar as pessoas que estão no departamente do andebol a diferença entre adeptos e dirigentes ;)

Anónimo disse...

Alguém me sabe dizer de onde são os arbitos que apitaram o Alto do Moinho-V.F.C. de Setubal? Penso que pelo menos um dos arbitos jogou andebol, sabem em que clube?

Abraços

Anónimo disse...

Caro "autor do blogue"

O comentário a seguir transcrito é bastante ofensivo. Deveria rever os seus criterios.

"O Vitória é e sempre será um clube com pessoas de baixo nível. Já não vem de agora, já vem do passado e dos escalões jovens.

Mas o clube não tem culpa, as pessoas é que não têm formação nem educação e são a imagem das pessoas da cidade de setubal. Pessoas sem posses que tiveram que ir trabalhar em vez de irem estudar.

O clube deve dinheiro a toda a gente e, como no futebol, está todos os anos preso por um fio devido à falta de formação das pessoas que estão a frente do clube anos após anos...
21 de Novembro de 2011 16:19"

As pessoas de Setúbal não merecem...e os jogadores que estiveram presentes nada tiveram a ver com a confusao.

Cumprimentos

Anónimo disse...

Os jgdrs PA espalharam a msgem k keriam correr c o treinador, k iam tds embora se ele fikaxe m tao la tds e inda e pagam lololol. km keriam k os resultados aparecessem?

Anónimo disse...

Depois de ver adeptAs do Infesta com o dedo médio levantado com vista a ferir os adeptos do Ginásio que até então não haviam provocado ninguém, a "senhora" (se assim lhe podemos chamar) desencadeou todo um rol de acontecimentos que resultaram na dita agressão, sendo assim podemos dizer que os adeptos do Infesta são os PRINCIPAIS RESPONSÁVEIS de toda esta confusão.

Quanto ao jogo podemos os MVP's foram aqueles senhores que envergavam a camisola amarela já que o jogo de andebol passou a ter 60m+3s ao contrário dos habituais 60m...

Parabéns ao Infesta pelas duas contratações de última hora e pela vitória no PROLONGAMENTO.

Pela verdade desportiva,
Os Chorões Imparciais

PS: SEMPRE Justos, Honestos, Coerentes e IMPARCIAIS!!!!

Anónimo disse...

Eu avisei antes do fim de semana que os jogos academico x alavarium e santo tirso x infesta estavam "encomendados" e afinal provou-se que tinha razão. A dupla de arbitragem do académico x alavarium ambos os árbitros foram atletas do académico.

Adepto Atento

Anónimo disse...

falar de infesta e ginásio é o mesmo que falar do roto e do esfarrapado. Ganham: tem miúdos da casa, um projecto a 5 anos com boas bases, são humildes e não vivem alem das suas possibilidades. perdem: os árbitros isto os árbitros aquilo, a bancada assim a bancada assado, ou levou um pontapé ou é o do cú ou é das calças.. a grandeza de uma equipa tb se ve nas derrotas. e as vezes estar calado é a melhor opção

Anónimo disse...

Anónimo de 21 de Novembro de 2011 22:10
Os árbitros que dirigiram o Alto do Moinho / V. Setúbal são ambos de Lisboa.

Anónimo disse...

Realmente há muita dor de cotovelo de certos clubes que para além de invejarem ter uma história como a do Vitória de Setúbal invejam ainda a nossa linda cidade, o bairrismo e a simpatia do nosso povo. Eu percebo, nem toda a gente pode ficar feliz com o que é e então tem de falar mal dos outros. Olhem para vocês próprios primeiro e depois então atirem as pedras que quiserem.... A nossa equipa de andebol tem jogadores dos mais respeitáveis que existem que não merecem ler o que aqui foi escrito e depois, podemos ter pessoas mais verdes nestas andanças e por isso facilmente se deixam exaltar com certas atitudes de certos senhores de outros clubes que como começam a ver que o vitória está a recuperar no resultado armam a bronca e fazem-se de anjinhos. Qual é o clube da 2ª divisão que leva fora mais adeptos que os adeptos da casa e ainda alguns elementos da claque?! Não, não é o alto do moinho e até com isso se enfureceram....eu estive presente e para além de muitas coisas q já foram referidas anteriormente o que se passou foi que sempre que algum dos jogadores do vitória levou 2 min o marcador começava a descontar apenas 2 seg depois por isso na realidade todos os jogadores do vfc levaram 2 min e 2 seg. (serve de aviso para outras equipas que passem por lá) ao contrario do marcador dos locais...foi me dito que é automático entao troquem os locais com os visitantes uma vez que seja...no entanto foi me também dito que é fácil conseguir este feito deixando o dedo no botão..será?
Resumindo os atletas do alto do moinho não precisavam de isto tudo para fazerem um bom jogo e dar luta ao vitoria que foi isso que fizeram....

Viva o vitória, viva Setúbal!

Anónimo disse...

andam a falar mal do vitoria mas quem foi o dirigente que faz batota na mesa . quem se levanta da mesa para ir agredir o treinador do vitoria.(penso que sabem de quem estou a falar) quem é que vem para o blog falar mal do vitoria.bolas estes dirigentes são mesmo maus. esses seres da má lingua é que são um poço de virtudes. ~

ass: não acuso ninguem

Anónimo disse...

Só é pena os defensores do Setúbal não terem percebido que o problema é apenas falta de competência. Quem viu esta equipa e quem a vê.

Anónimo disse...

Caro anonimo de 22 de Novembro de 2011 21h28

"...interessa é como acaba e não como começa"

Daí que, cautelas e caldas de galinha nunca fizeram mal a ninguem...fique esperto!!

Anónimo disse...

"O Vitória é e sempre será um clube com pessoas de baixo nível. Já não vem de agora, já vem do passado e dos escalões jovens.

Mas o clube não tem culpa, as pessoas é que não têm formação nem educação e são a imagem das pessoas da cidade de setubal. Pessoas sem posses que tiveram que ir trabalhar em vez de irem estudar."
É sem dúvida dos comentários mais tristes que alguém pode escrever. A pessoa que escreveu este triste comentário, deve ter estudado, mas falta-lhe educação e boas maneiras. E quanto a dividas de clubes, deve saber muito pouco, ao que se pode acrescentar que não passa de um simples ignorante!!

Anónimo disse...

"Ainda ontem tivemos o nosso jantar de aniversário e foi com grande orgulho que vi pela primeira vez atletas do andebol serem homenageados. E não só! Foi também homenageado o massagista mais antigo do Vitória. Os antigos dirigentes fizeram um bom trabalho mas nunca conseguiram homenagear nenhum atleta e nenhum dirigente e até deixaram sair o saudoso Zé Graça sem lhe prestarem a merecida homenagem. É o meu único reparo ao Carlos Santos"

Apá sôce, tavas doidinhe para te gabarrrr
Até as criticas ao jogo do alto do moinho te serviram, ENXERGA-TE

Anónimo disse...

Caro anónimo das 22.52.

Tem razão é como acaba. Nunca ouviu um ditade que diz " quem torto nasce tarde ou nunca se endireita"?

Vou esperar ansioso pelo fim.

Anónimo disse...

"O Vitória é e sempre será um clube com pessoas de baixo nivel. Já não vem de agora,já vem do passado e dos escalões jovens. Mas o clube não tem culpa, as pessoas é que não formação nem educação e são a imagem das pessoas de Setúbal. Pessoas sem posses que tiveram que ir trabalhar em vez de irem estudar......"

É vergonhoso este comentário, li e reli e passados estes dias ainda me custa acreditar no que foi escrito, não só acerca do Vitória Futebol Clube mas principalmente acerca dos naturais e habitantes de Setúbal.
Não sei quem foi o autor, porque falta-lhe coragem para assinar, mas deduzo que é alguém que nasceu e cresceu em berço de oiro e que deve descender de alguma familia nobre e com brasão, porque para ele ao contrario da maioria dos portugueses, não estudar mas sim trabalhar é algo de abominavel e de chacota porque assim não tiveram formação nem educação.
Devo dizer a esse senhor, que ha dois tipos de escola, a da vida e a das letras, e nem sempre os que têm posses para enveredar pela segunda são portadores de formação e de educação.
A esse senhor só posso deixar o seguinte reparo: a forma desdenhosa como se refere aos setubalenses não só os atinge a eles mas sim á maioria dos portugueses porque trabalhar em vez de estudar foi o que sempre se ouviu contar desde os primordios da nossa vida.
Sou de Setubal, vivo em Setubal, descendo de gente trabalhadora e humilde que me sobe dar educação e formação e não posso tolerar que se ofenda desta forma não só um clube com 101 anos como toda uma população.

Anónimo disse...

O andebol portugues tal como o país bateu no fundo. O relatório disciplinar de hoje diz tudo. Treinador do Setúbal não foi castigado.
Ficam muito ofendido com os comentários e deviam era ter vergonha.

Anónimo disse...

Pois é amigos para nós que estamos de fora o que já percebemos, foi a força que os setubalenses têm para romper com as forças instituidas á volta do andebol que tem sido usado como trampolim para gente que vive em Setúbal mas que usa com grande orgulho o cartão de sócio de um clube da capital e diz que não está no andebol pelo VFC. já agora pergunto, porque estaria esta gente aqui...............
Fora com eles, porque mesmo estando afastados, continuam a mover influências e a fazer tudo o que podem para prejudicar o VITÓRIA dentro e fora dos pavilhões.

Anónimo disse...

Vergonha?
Porquê?
Será que o simples facto de um dos nossos treinadores afinal não ter sido castigado como muitos queriam é motivo de vergonha?
Não, é sim um motivo de orgulho, porque afinal ainda existe uma réstea de dignidade por parte de quem ajuiza e aplica os castigos.
Afinal será que não chega o castigo que tem sido aplicado semanalmente por parte da arbitragem a todos os escalões do andebol do VITÓRIA?

Tenham vergonha e arrumem a vossa casa e deixem de tentar desarrumar a dos outros.

Anónimo disse...

O conteúdo da maioria dos comentários aqui colocados são um pequeno exemplo do que as pessoas são capazes de fazer quando se sentem completamente impunes.
Como Presidente do Centro Cultural e Recreativo do Alto do Moinho, quero reafimar que estamos no desporto com valores e ideais de que não abdicamos e que nos obrigam a respeitar todos os intervenientes no fenómeno desportivo sejam eles árbitros, jogadores, treinadores, dirigentes ou elementos do público. Seja também de que modalidade for e hoje, no Alto do Moinho praticam atividades desportivas mais de mil participantes em cerca de uma dezena de modalidades.
Nos últimos cinco anos não há ninguém que, com razão, possa afirmar que foi mal recebido no Alto do Moinho.
Sobre o jogo do último Sábado com o Vitória de Setúbal e os comentários que sobre ele, aqui foram colocados, que fique bem claro, que temos todo o respeito e consideração pelo Vitória de Setúbal, um clube centenário que muito tem dado ao desporto nacional e que não subscrevemos e até repudiamos as considerações aqui efetuadas sobre as gentes de Setúbal e o seu clube.
O Alto do Moinho atualmente não se encontra num lugar fácil da tabela classificativa. Nunca culpámos os árbitros ou outros por isso, nem o faremos. As razões são internas e é internamente que teremos que encontrar as soluções. Consideramos que os árbitros fazem o seu trabalho da melhor forma que podem e sabem. Obviamente, uns de forma mais competente outros cometendo mais erros. Mas essa é uma componente natural do jogo e até da própria vida, tão legítima como qualquer outra.

José Torres

Anónimo disse...

Na realidade comparar V.Setubal e alto do Moinho só qualquer fanático o faz, já que não se consegue comparar o incomparavel. O Alto do Moinho tem história regional e o V.Setubal nacional! O AM teve uma passagem breve pelas divisões profissionais e o resultado foi um amontoado de dividas. O AM é um clube de bairro o VFC um clube que representa toda uma cidade. Olhando o presente e a tabela classificativa verifica-se um enorme rectrocesso em relação ao que fizeram nos 3 ultimos anos e falando nisso trocaram a competencia a experiencia a organização do conceituado treinador Antonio Santos pela inexperiencia, incompetencia pelo actual treinador bonaxeirão que procura atravez da venda de banha da cobra ir enganando um clube que até estava em fase de grande dinamica.
Este pequeno exemplo é demonstrativo da pequenez formativa dos atuais dirigentes que desempenham mais o papel de treinador que preferem a incompetencia á competencia para puderem continuar a reinar.

Anónimo disse...

relativamente a todo este assunto dizer apenas mais duas ou tres palavras.
se o castigo aplicado foi apenas repreensão escrita, é fácil presumir que os factos não ocorreram como muitos comentários aqui postados quiseram dar a entender;
os jogos perdem-se, seja em que escação fôr, não por culpa dos arbitros, apesar de alguns serem autenticos curiosos do apito, mas por outros factores mais relevantes.
os treinadores não sabem treinar, nem sabem motivar os atletas a aprender;
os atletas não sabem jogar, porque não aprendem;
"brinca-se" ao andebol;

quando o plantel senior precisar de jogadores da casa, irá verificar e constatar que não tem, porque a formação, foi feita, ou melhor, não foi feita.

o andebol exige aplicação concentração e conhecimento.
o andebol exige perspicacia e leitura de jogo.
quando se perdem jogos e invariavelmente se culpam os arbitros, algo vai mal.
façam uma avaliação introspectiva e questionem-se se será mesmo assim.

Anónimo disse...

O pessoal do Sul mt chora... :)

Anónimo disse...

Sr. José Torres fica muito mal estar a falar das pessoas quando vocês dão tiros nos próprios pés. E não venha com a história dos últimos 5 anos porque o Alto do Moinho tem 36 anos e não 5 anos.

Anónimo disse...

Sr. Anónimo do comentário de 25 de Novembro de 2011 11:37

Não é a primeira vez que fazem isso para além do Sr. António também fizeram a outro treinador.

Anónimo disse...

Os meninos do A.D.C.Benavente nem pião gosto deles assim