gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Crónica de Fim de Semana No Feminino – 06 – 2011 / 2012

Crónica exclusivamente dedicada ao Feminino.

PO09 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Femininos.

Resultados
Zona 1 - 3.ª Jornada
Madeira SAD 36 – 10 Maiastars "A"
CS Madeira 44 – 17 Almeida Garrett
5.ª Jornada
CS Madeira 30 – 24 Maiastars "A"
Madeira SAD 41 – 16 Almeida Garrett
Zona 2 - 5.ª Jornada
Santa Joana 36 – 26 CA Leça
Académico FC 12 – 33 João Barros
Zona 3 - 4.ª Jornada
Alpendorada - Juventude Lis (Dia 01 – 12 - 11)
5.ª Jornada
Maiastars "B" 34 – 15 Alpendorada
Juventude Mar - Juventude Lis (Dia 03 – 12 - 11)
Zona 4 - 5.ª Jornada
São Bernardo 19 – 31 Salgueiros 08
Colégio Gaia 26 – 26 Alavarium
Zona 5 - 5.ª Jornada
Passos Manuel 27 – 40 Gil Eanes
Porto Salvo - JAC - Alcanena (Dia 01 12 - 11)

Esta poderia ser a jornada de todas as decisões no Grupo 2. O Santa Joana, para continuar a sonhar com o apuramento para a 1ª Divisão Nacional, precisava de vencer o Cale. Conseguiu-o vencer embora todas as dificuldades colocadas pela equipa de Leça na primeira parte. Mas na segunda parte, a melhor condição física da equipa da Maia fez toda a diferença e o Santa Joana conseguiu uma vitória clara perante o seu adversário directo. O Cale defendeu muito mal, ao contrário do que é habitual, e Ana Paula Costa esteve muito abaixo do que tem feito durante o campeonato. Quanto ao Santa Joana, Maria Domingues que tem andado algo? Escondida? Nos últimos jogos, apareceu em grande nível e Ana Dias foi decisiva, sobretudo na altura em que o jogo estava mais equilibrado. Contudo, esta vitória poderá não chegar pois não acreditamos que o Santa Joana vá vencer ao Colégio João de Barros e tudo estará dependente do Cale? Académico. Estamos em crer que a equipa de Leça vai mesmo carimbar o passaporte para a fase final, mas tudo pode acontecer.

O Académico do Porto recebeu o Colégio João de Barros e a sua prestação foi desastrosa. Depois de, na semana passada, termos evidenciado a melhoria do Académico do Porto, a sua prestação foi tão fraca que até fica difícil dizer algo.12 golos num jogo inteiro é muito mau e salvou-se Nair Pinho, uma jovem esquerdina que tem talento. O Colégio João de Barros está, claramente, em crescendo de forma. Inês Catarino está num grande momento de forma e toda a equipa está a defender muito bem. O Colégio João de Barros pode ter a chave do apuramento da segunda equipa do grupo na mão e, apesar de circularem rumores que poderá facilitar a vida ao Santa Joana, conhecemos bem o treinador Paulo Félix e ele não se presta a esse tipo de favores, pelo que estamos em crer que, depois daquele deslize inicial, o Colégio João de Barros não deixará fugir mais pontos.

O grupo 4 tinha 2 jogos que se perspectivavam equilibrados porque se defrontavam as duas equipas já apuradas para a fase final e aquelas que foram relegadas para a 2ª Divisão. O jogo grande era mesmo o Colégio de Gaia / Alavarium e o equilíbrio foi a nota dominante do princípio ao fim. Excelente espectáculo de andebol com as duas melhores equipas do Norte em disputa. Vanessa Silva fez um grande jogo e é pouco compreensível como é que quer ela quer Inês Catarino, as duas melhores laterais direitas nacionais, não são utilizadas na selecção nacional. Além disso, Fernanda Carvalho continua a ser de uma consistência notável. No Alavarium, Daniela Santos esteve em bom plano, bem acompanhada por Catarina Martins e a Guarda-redes Andreia Madail voltou a encher a baliza.

No outro jogo do grupo, esperava-se que o São Bernardo confirmasse a vitória da primeira volta, mas foi esmagado em casa pelo Salgueiros. A equipa do Salgueiros vinha revelando uma subida de forma e confirmou isso, com uma Soraia Lusquinos imparável nos remates de 1ª linha, muito bem acompanhada por Eduarda Ferreira. Veremos se, na segunda Divisão, se confirma esta melhoria salgueirista. Quanto ao São Bernardo, não vamos repetir o que dissemos na última semana, mas o seu desempenho tem sido bastante mau e algo tem que ser feito, numa equipa em que Ana Araújo pensa que o andebol é um jogo individual.

No grupo 5, apenas se disputou o Passos Manuel / Gil Eanes e foi visível algum desânimo na equipa lisboeta por ter falhado o seu objectivo de passagem á próxima fase. A equipa continua demasiado dependente de Carolina e Cátia Santos e quando Joana Pereira não aparece fica demasiado complicado. Mas a exibição até foi interessante e não foi por este jogo que o Passos Manuel não se apurou? Quanto ao Gil Eanes, melhorou em relação à última jornada e entrou decidido a resolver o jogo, coisa que fez logo na primeira parte. Vera Lopes confirmou que é, de longe, a melhor jogadora a actuar em Portugal e quando Ana Seabra e Diana Fernandes decidem correr, as campeãs nacionais tornam-se uma equipa mortífera.

No grupo 3 também houve apenas um jogo com o Maiastars B a esmagar o Alpendorada. À espera de um milagre (uma vitória na Juve Lis na última jornada) a equipa de José Carlos Ribas cumpriu o seu papel, esmagando o Alpendorada com uma primeira parte demolidora. Foi um trio de jovens que esteve em maior destaque: Ana Silva, Inês Moreira e Sofia Gomes. Quanto ao Alpendorada, foi uma humilhante exibição onde apenas se salvou Catarina Pinheiro. Mas o comportamento de atletas e treinador esteve muito longe do desejável. Um dia para esquecer para a equipa do Alpendorada.

Finalmente, o grupo 1 onde se realizaram 4 partidas. Sem qualquer surpresa, as equipas da Madeira triunfaram em todos os encontros. O Madeira SAD venceu folgadamente ambos os jogos, confirmando que é o maior favorito à conquista do título nacional. Tem uma excelente defesa e é, de longe, o plantel mais equilibrado do campeonato, o que permite uma efectiva rotação de jogadores. Destaque para Renata Tavares que, depois de um último ano apagado, parece estar de volta à sua melhor forma e de Catarina Ascensão que parece começar a ganhar o seu espaço.

Quanto ao Sports Madeira, depois de ter esmagado o Almeida Garrett no Sábado com mais uma extraordinária exibição de Sara Gonçalves (continuamos sem compreender porque Duarte Freitas não leva à selecção pontas da qualidade da Sara ou da Ana Marques), fez a pior exibição da época diante do Maiastars A, tendo Ana TemTem sido a única jogadora com uma exibição regular nos dois jogos.

Quanto ao Maiastars A, depois de uma natural derrota pesada diante do Madeira Sad, fez uma exibição muito interessante com o Sports Madeira e Cátia Prata parece ter sido um erro de? Casting? Porque a sua qualidade certamente faria dela titular na equipa B, a equipa que, verdadeiramente, lutou pelo acesso à fase final.

Finalmente, o Almeida Garrett que sai da Madeira com duas pesadas derrotas. A equipa é muito jovem, inexperiente e há que dar tempo ao tempo para vermos a sua evolução. Mas a grande lição que esta equipa deve retirar desta dupla jornada insular é que, sem se defender, não se consegue ser competitivo.

Dentro de duas semanas, teremos a última jornada desta fase. O Maiastars B precisa de ir vencer à Juve Lis, para deixar a Juve Mar de fora, algo que não acreditamos. E o Santa Joana precisa de empatar no Colégio João de Barros ou esperar que o Cale não vença o Académico e não acreditamos em nenhuma das hipóteses. Felizmente que esta fase está quase a terminar (e ainda agora começou) e finalmente vai começar um campeonato como deve ser.

Críticos Femininos

34 comentários:

Anónimo disse...

Assisti ao jogo Col. Gaia-Alavarium e uma vez mais, estas duas equipas, não mereciam, o triste espectáculo proporcionado pela dupla de arbitragem (Rui Almeida/António Oliveira). Foi simplesmente vergonhosa a sua actuação. Prepotentes, arrogantes, por vezes até mal educados para com os intervenientes (atletas e oficiais).Será que, como ouvi dizer no pavilhão, esta dupla está a ser preparada para voos mais altos? Só se for brincadeira e quiserem definitivamente colocar o andebol, na lama.

Anónimo disse...

ÚLTIMA HORA!
Já saiu a nomeação para o jogo JUV.MAR-JUV.LIS.
Os nomeados são:
Àrbitros - MARTA SÁ/RAQUEL MOLEIRO
Of. Mesa - ANTÓNIO BROUSSE
Observador - JOSÉ MACAU
Por isso, quando o Banhadas diz que, vai ser decidido na última jornada, com a visita do Maiastars a Leiria, não é verdade, já não vai decidir nada, porque a JUV.MAR já está apurada.

Anónimo disse...

maria domingues anda escondida??pois... lá no canto... quando a põem na ponta numa equipa como a do santa joana... E não devem ter visto o mesmo jogo que eu... Não vi os primeiros 5 minutos, mas o cale não provocou dificuldades absolutamente nenhumas na primeira parte! e só ficou por esta diferença porque o técnico deixou rodar as jogadoras a partir de certa altura...

Anónimo disse...

O Santa Joana para o plantel que tem joga muito pouquinho. Ao menos tem uma coisa boa ficarem de fora agora da fase final - vão ser campeões da 2ª e até vai parecer que fizeram uma grande época!

Fernando Pinto disse...

Como adepto de andebol e leitor dos comentários do banhadas devo dizer o seguinte; Assisti ao jogo, Maiastars-Alpendorada e nao concordo com os comentários da jornada referentes aos mesmos.
Vi um inicio de jogo aguerrido pelas duas equipas o Alpendorada sempre na frente no marcador um ou dois golos e só ficou para trás e não causou um "escãndalo" na Maia, sim, um "escãndalo" porque o Maiastars é que precisava ganhar,mas muito sinceramente não tem equipa para passar e então por volta dos vinte minutos vi sim o Alpendorada a começar a ser esmagado pela dupla Fernanda Ribeiro e Adriano Carvalho. Primeira exclusão pivô,segunda ponta esquerda,depois deixou endurecer o jogo e resultado lateral esqerda lesionada,segunda lateral esquerda lesionada,a partir daí, tudo na primeira parte, o Alpendorada sem Quatro atletas meteu a segunda guarda redes e jogou parte do primeiro tempo e todo o segundo com seis e aí sim foi esmagado pelo Maia e pela dupla foi o que eu vi.
Quanto às atletas alheias a tudo isto fizeram o seu jogo normal algumas do Maia Ana,Inês e Sofia por parte do Alpendorada A Catarina Pinheiro Todas estas atletas jogaram bem, quem jogou mal foi a dita dupla não sei porquê e possívelmente alguem da parte de fora das quatro linhas. Na minha opinião estragaram o que parecia um belo jogo de andebol aos vinte minutos + ou -.
Mas não me espanta nada porque esta dupla apita os jogos do maiastars quase todos nesta fase, Juv-Maia Maia-Alpendorada será que não há mais arbitros noutro Distrito,depois fica a desconfiança, vá lá a honestidade e a humildade é muito bonita e se calhar tudo isto não vai chegar para passar? À já me esquecia,na segunda parte vi sim algumas atletas das duas eqipas a merecerem exclusões pois o ambiente estava quente mas a dupla ficou-se por dois minutitos para não acabar o jogo por falta de atletas, mas se aplica-se o mesmo critério da primeira parte era isso que acontecia. falta de seriedade ou outra coisa qualquer por parte da dupla.

Anónimo disse...

Esta semana os anónimos do Bragastars, ups... desculpem Maiastars não falam dos arbitros, ah já sei ganharam não foi. Parabéns Meninas

Anónimo disse...

O resultado do Cale vs Sta Joana esta mal. O Cale apenas perdeu por 7

Anónimo disse...

E esta semana o Maia não critica a arbitragem????????

Anónimo disse...

Erro de “casting” dos responsáveis do Maiastars em passar as melhores jogadoras para a Equipa "B" e sujeitam-se agora a não ir á fase final, a não ser que se mude a fase seguinte, tudo é possível.
Porque que é que tendo dois ex atletas internacionais de Andebol Svetkanin e sua mulher ex atleta internacional de andebol da Jugoslávia, vivem na Maia e o Svetk... treina no Aguas Santas escalões, porque que é que o Presidente do Maiastars na organiza de uma vez por todas o Departamento Técnico os Clube que só queria problemas e não adianta ter muitas atletas talentosas com maus ou más treinadoras.
Caro Presidente Jose Carlos Rivas admiro a sua dedicação ao Clube mas abandone o espaço do treino para assumir a liderança do clube que bem precisa de si.

Anónimo disse...

Não se queixam porque a Fernanda e Adriano são dos que têm os barris de borla oferecidos pelo Maia no Maia Cup logo sempre que aparecem o MAIA ganha, Juve Mar - Maia e agora Maia - Alpendorada, coincidências... mas estas os anónimos de Braga (Maia9 não comentam...

gupi disse...

Fernando eu vi foi o Alpendurada a fazer faltas sem necessidade nenhuma e os 2 vermelhos foram bem dados.
Acho que foi corajosa a dupla.

Anónimo disse...

Com a dupla de arbitragem (Fernanda Ribeiro e Adriano Carvalho) como poderia reclamar o Maiastar!!!
Como estão a jogar, só mesmo com esses dois é que podem ganhar jogos....

Anónimo disse...

Fernando Pinto o Alpendorada tem é que aprender a jogar andebol, viu-se que não percebem muito daquilo

Zé Rocha

Anónimo disse...

O senhor fernando pinto se calhar vê é um bocado mal!

1-as duas atletas do alpendurada aleijaram-se sozinha ao contrario do que está dizer..

2-Não sabia que se puxar um braço a uma atleta adversária nao era vermelho como está dizer..

3-Não sabia que um adversário ir em contra ataque isola para a baliza e jogadora do alpendurada a empurra pelas costas pensava que era vermelho mas pelos visto acho que não..

começem a pensar e a ver as coisas corretas deixando o clubísmo de fora...

Anónimo disse...

O CALE "apenas" perdeu por 7. Que equilibrado!

Anónimo disse...

A estratégia tão bem delineada do Ribas Maia Club falhou: nem A, nem B na 1ª divisão. E agora sr. presidente da FAP? vamos ter duas equipas na mesma divisão? a jogarem uma contra a outra a ver quem sobe de divisão? ou vai de uma vez por todas mostrar que é você que manda e não o de braga e acaba com esta fantochada?

Fernando Pinto disse...

Gupi certamente que viu o mesmo jogo que eu e eu vi algumas faltas do Alpendorada sem necessidade sim, mas na segunda parte quando só tinha seis atletas e o jogo estava controlado pelo maiastars, agora coragem tiveram sim porque estavam na Maia. Mas que estragaram o jogo estragaram sim senhor. Zé Rocha se o Alpendorada não percebe de andebol não sei, o que eu vi foi um inicio de jogo até aos vermelhos muito interessante e sejamos honestos, o Alpendorada tem lá algumas atletas muito jovens, que dá gosto velas jogar, se as deixar como é óbvio,o que não aconteceu neste jogo.
Senhor anónimo das 20,33 - 29/11/2011 em primeiro lugar vejo o suficiente para afirmar o que estou a dizer.
As duas atletas não estavam a jogar sozinhas.
Na questão de puxar braços ou não devo dizer que também vi a Catarina Pinheiro levar um puxão no braço em conta ataque que até virou para tráz e teve que ser assistida e aí vermelhos nada.
Quanto aos empurrões pelas costas no contra ataque do Maia também vi, na segunda parte, quando o jogo estava resolvido, mas aí meu caro terá que perguntar aos árbitros, poque é que não aplicaram a lei,e eu digo se calhar por imcompetencia ou falta de honestidade, ou com medo que o Alpendorada ficasse sem atletas e depois seria mais complicado justificar com relatórios ou não,não sei.
Quanto ao clubismo meu amigo, não está na Maia, nem em Alpendorada, sou adepto do andebol e gosto de ver andebol, do limpo.
Também gosto de circo no circo.

Anónimo disse...

O Gil está a fazer tudo para trazer o João Florêncio de volta.

Anónimo disse...

Caro Fernando Pinto

Algumas dicas (úteis):

Videos -€ 10,00 + portes (pedido a Federação).
Óculos- depende da sua idade, o preço pode variar
Outro tipo de problema- existem especialidades.
Almoços ou Jantares - Depende do local onde estiver e do que tiver para oferecer.
Cursos de arbitros - estão abertos, precisa de consultar os sites das Associações.
Problemas de memória - Visite no site da Federação e veja as nomeações do ano 2010/2011 para as equipas que pretender, e analise-as bem, se precisar de ajuda, concerteza que lhe poderão rápidamente fornecer, quem arbitrou quem, quantas duplas das várias Associações arbitraram quem.

Nota: Se pretender o video do Maiastars - Juve Mar, onde a lateral esq e a central da equipa visitante foram tirar satisfações ao arbitro após as exclusões de 2 min., e onde a lateral direita da equipa visitada quase ficava maneta (por 6 ocasiões) por puxões por trás, e sem qualquer sanção, peça também no mesmo local.

Anónimo disse...

maneta??? coitada... as jogadoras da juv. mar devem ter serras escondidas nas meias... lolol

deixem de ser ridiculos e ultrapassem o trauma da derrota contra a juv. mar! ja passou...

p.s. pedir satisfações nao é falta de respeito...

Anónimo disse...

Uma coisa é certa: não há nomeação possível para o jogo entre a juvemar e o alpendorada, que faça a juvemar perder esse jogo e assim o maia poder subir: nem nisso os experts estrategas maia/braga pensaram - que idiotas...que vergonha o jogo na maia:até o ribas estava envergonhado com a dupla enviada pelos seus anjos da guarda, desculpem...de braga.

Anónimo disse...

o pessoal da juv mar esta para aqui a dar bocas mas a semana passada estavam caladinhos, de onde eram os arbitros a semana passada? viana do castelo , vizinhos da juv mar, com a agravante de sempre que esta livre la ésta o brusse a tentar influenciar os arbitros. Mais culpa têm os arbitros em irem na cantiga do brusse!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Anónimo disse...

Existiram jogos na época passada que o maia venceu por inteiro mérito e é sem dúvida uma equipa com atletas recheadas de qualidade. Quanto ao jogo do juv mar na maia, não existe nada para comentar porque os árbitros não são bons mas também não são dos piores, e se for para comparar com a dupla de arbitragem que apitou o jogo em S. Bartolomeu do Mar então ai eles são excelentes. Tenho pena que haja gente que não saiba perder justamente. Se o problema do jogo na maia foram os minutos finais, então talvez possam esclarecer o golo que as maiatas marcaram no inicio da segunda parte sem a gr da juv mar estar na baliza.
Alguém que sabe ver andebol.

Anónimo disse...

Pois vão na cantiga do Brousse, não vão nos barris que o MAIASTARS oferece no seu torneio a alguns árbitros (Fernanda e Adriano / Júlio e João) por exemplo. Ainda hoje em Alpendorada a Juve LIs lutou contra os meninos que a AAB mandou para lá para tentar fazer com que fosse possível o Maia sonhar, mas a Juve contra esses senhores ganhou. Agora resta ao Maia lutar e esperar por uma dupla das atrás mencionadas para o jogo de Leiria, e mesmo assim pode não chegar :)

FORÇA JUVE LIS, FORÇA JUVE MAR, FORÇA ALPENDORADA

Anónimo disse...

na minha opinião deviam formar um clube com o nome: "anti-maia"

Anónimo disse...

Meus amigos, confesso que estou envergonhado com esta forma de angariar fundos para a federação, com este torneio dos três mil €, que nesta fase está a levar alguns clubes ao desespero e depois vale tudo, não há vergonha,os responsáveis da federação que criaram toda esta confusão, este embróglio e eles andam aí, os nomes de alguns são citados neste blogge, mas não dizem nada, nem para se defenderem,é uma vergonha que vai fazer com que alguns clubes desistam na próxima época, por falta de liquidêz.
Sr.presidente, faça alguma coisa para o bem do andebol!
Mas agora a seguir vem o verdadeiro campeonato o dos 750€ por isso não desesperem porque aqui não há jantares não há essa gente toda mencionada atráz no blogge ao longo da semana, porque vão continuar acompanhar a segunda parte do torneio fantasma e pouco transparente a ver se conseguem apanhar alguma coisinha nem que seja uns petiscos,umas canequitas, ou uns jantaritos com os jogos de bastidores e não se lembram que há clubes que nem dinheiro para comprar bolas tem.
É UMA VERGONHA.
SR. PRESIDENTE HENRIQUE TORRINHA, imponha disciplina,transparência, honestidade,lealdade, a esses seus funcionários malfeitores se não daqui a pouco estamos a meter todos no mesmo saco e tenho a certeza que ainda há muita gente séria na estrutura da federação.
Obrigado pela atenção.

Sara Martins disse...

Até fui verificar ao site da federação se o Juv Mar teve jogo este fim de semana... confirmei que não, daí não entender o porquê de muitos dos comentários serem dirigidos às suas atletas...

Anónimo disse...

Por favor deixem-se de comentários que mostram pequenez de pensamento desportivo. Deixem-se de criticar coisas subjectivas, principalmente, ou mesmo objectivas, por causa de regionalismos, visões da modalidade pouco abrangentes ou até ciúmes ou pequenos rancores. O problema de fundo é que não há em Portugal qualquer plano de desenvolvimento integrado do Andebol Português, muito menos do pequenino sector que é o do Andebol Feminino ainda a nascer/crescer.Em Portugal só vemos improvisos atrás de improvisos. Claro que é preciso flaxibilidade mas tanta anarquia e desconsideração por todos os que estão no terreno, muitos dos quais até já percebem imenso de desenvolvimento desportivo, é achincalhante.Mas é a organização que temos , ninguém a consegue mudar, por ora...No vosso caso, quando os poucos que se dedicam ao Andebol Feminino não se respeitam, não se apoiam como se uma familia fossem para -unidos- empurrar o sector para a frente, então é mesmo impossível melhorar. Têm de acabar com esta imagem de divisionismo... essa atitude colectiva é mesmo o que quer quem tem obrigação de ter um Plano de Desenvolvimento Integrado do Andebol Feminino, pequeno que seja e que o Estado subsídia em Contrato-programa, mas não lhe interessa ter, por isto ou aquilo!
Cresçam e apareçam e façam propostas ... mas que não sejam a pensar no quintal de cada um. A visão tem de ser a de gestores e/ou treinadores que conseguem ver o TODO e acima de tudo o Andebol Português, antes das regiões, dos clubes ou das jogadoras amigas. A partir daí convencer/pressionar a FAP, o que vai na mesma ser dificil porque muita gente, quanto a equidade de géneros, ainda não está neste século, mas tem de ser por aí: primeiro unir e organizar e depois propor e convencer.
A v/ imagem é a dos resultados internacionais que Portugal ou os Clubes melhor classificados conseguem atingir. Os resultados que há são culpa de todos vós, não tenham dúvida, não sacudam a água do capote. E com a coesão no Andebol Feminino que esta má liga entre os seus pouquíssimos colaboradores então... nem se fala!
Não prejudiquem o v/ Andebol Feminino.! Tenham vergonha e arrepiem caminho, mudem de atitude : unam-se para crescer!

Anónimo disse...

Muito boa noite meus senhores e Senhoras, Depois de ler alguns comentários aqui postados,
confesso que me deu vontade de rir,
mas tudo isto é mais ou menos verdade, não tenho dúvidas nenhumas, não fosse eu adepto da modalidade e conheço-a um pouco por dentro e por fora.
Agora lendo este comentário do anónimo de 2/12/2011-das-15,38, tentacular e socorrista, fico muito preocupado, porque em vez de fazer comentários construtivos apaziguadores não, descarrega uma serie de adjetivos que não ajudam nada, mesmo nada.
estou a citar; Pequenez,regionalismo,ciumes,rancores,achincalhante, è mesmo impossivel melhorar, façam propostas mas que não sejam a pensar no quintal de cada um, pressionar a fap o que vai ser difícil,sacudam a água do capote,andebol femenino que esta MÁ liga,fim de citação: Agora digo eu,mudem de atitude e unam-se para varrer.
A ilação que tiro disto é que o andebol femenino é o parente pobre do masculino,sem dúvida,devo dizer tambem, que os resultados internacionais são culpa dos selecionadores e de quem superintende as respetivas selecções, porque por vezes não convocam as melhores, isso é verídico, não são os clubes que escolhem as selecçionadas/es? ou será que são! Coragem para mudar selecçionadores, Ollsens a mandar em tudo quanto é andebol no país, que em vez de falar português fala portunhol, se calhar as pessoas não entendem e depois não aplicam as tácticas dadas por ele, depois não há resultados.
Agora uma dica: Leiam a noticia do Banhadas de 02/12/2011 (Sentimo-nos envergonhados II) Protocolos, Cubanos,FCP,etc,etc,etc,etc,etc,está tudo dito.

Anónimo disse...

é muito triste fazer comentários sem se ver um jogo, não é Sr. Cid Ramos (blog do feminino)? Isto é que o Sr. é imparcial. Já tinha ouvido alguns comentários sobre o dito blogue, mas não queria acreditar. Se pretender ver um jogo do Alpendorada, avise, agora criticar e dizer que a equipa da Juventude do Lis foi prejudicada e que a dupla esteve muito, muito mal.

Realmente esse blog está ao serviço das equipas de Leiria, isso é evidente, mas já reparei que "arrasta a asa" a mais 2 ou 3 clubes do Norte/Centro (Colégio de Gaia, JuvMar e Alavarium). Assuma e passe a chamar o dito blog - "O meu quintal é melhor que os outros - blog feminino regional". Não se esqueça do JAC Alcanena, que em breve vai evidenciar-se e complicar-lhe as contas ou não.

Anónimo disse...

ora parece que o juve mar ficou a arder

Anónimo disse...

Ó Ribas compraste o Trinca para ganhar, ou mesmo sem uma das jogadoras mais experientes que o Trinca mandou tomar banho conseguiste apurar-te?

O Banhadas os milagres existem e vale mais passarem a ser como S.Tomé ver para crer!

Anónimo disse...

anónimo de 11 de Dezembro de 2011 12:59

Vê-se mesmo que nem visto o jogo, usas palas como os burros. Adeus Juve Mar, fica para o ano!

Anónimo disse...

Estive a ver o jogo em Leiria e o Maia passou por mérito próprio. Nunca desistiu do jogo e teve a "estrelinha". Em relação á arbitragem desse jogo, nada a apontar.