gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

quinta-feira, 2 de junho de 2016

EURO 2016 FEMININO – SUÉCIA - XIV

EURO 2016 FEMININO - SUÉCIA

Portugal disputou, hoje (02-06-16) em São João da Madeira (5.ª Jornada), mais um encontro relativo á Fase de qualificação 2, para a Fase Final do Euro 2016 a realizar de 4 a 18 de Dezembro de 2016 na Suécia, o primeiros dos seus derradeiros jogos relativos a esta Fase, e ao seu Grupo 6, jogando com a fortíssima equipa da Rússia já se encontra apurada. Lamentamos que o jogo apenas seja transmitido na Bola TV, quando jogos treino da Seleção Masculina, merecem honras de transmissão em dois locais, incluindo a Andebol TV, e assim se trata o Andebol feminino, valha-nos que haverá livetiker pela EHF.

Apurado - Suécia País Organizador

PORTUGAL PERDE COM A RÚSSIA 

Portugal, apresentou-se no Pavilhão Municipal das Travessas, em São João da Madeira, que não apresentava a moldura humana esperada (provavelmente por se disputar á mesma hora um encontro de futebol) para defrontar uma equipa da Rússia, que no nosso Grupo apenas regista vitórias, e se apresentou neste encontro com praticamente uma equipa B. Portugal, se apresentou com sistema defensivo de 3x3, sistema muito desgastante, e que em nossa opinião não resultou, e pecou por uma enorme ineficácia, no ataque, sem velocidade, e sem capacidade, nas transições defesa ataque, isto apesar da grande exibição da guarda-redes portuguesa Isabel Góis, que era correspondida por Kira Trusova, no ataque a portuguesa Maria Pereira exagerava, nas suas entradas, sem qualquer produção e Mariana Lopes, era uma das jogadoras portuguesas com melhor prestação desportiva, e depois de as russas, chagrém aos 3-0 quando havia 5 minutos, aos 20 minutos de jogo o marcador apresentava um resultado de 9-6 a favor da Rússia, com Portugal a estar os últimos 10 minutos do 1.º tempo sem marcar qualquer golo, e deste modo o intervalo chega com o marcador em 13-6 a favor da Rússia. No segundo tempo Portugal surge completamente transfigurado para melhor e nos 11iniciais da marca 7 golos, colocando resultado em 13-7 a favor da equipa russa, a partir deste momento, o jogo torna-se mais equilibrado, com Mónica Soares (5 golos), Erica Tavares (4 golos) e Telma Amado (2 golos), em nítida subida de rendimento e por duas vezes chega a 1 golos de diferença aos 20-19 (cerca dos 52 minutos de jogo) e aos 21-20 (cerca dos 55 minutos de jogo), a equipa russa, teve sempre o controlo do marcador e nunca permitiu, que Portugal, igualasse sequer o encontro, com duas jogadoras em grande plano e de grande qualidade, como são Frolova (5 golos) uma central que joga e faz jogar, e Yulia Golikova (4 golos), sendo a sua melhor marcadora Skorobogatchenko (6 golos), Portugal perdeu o encontro como seria de esperar mas com uma excelente réplica. Com este resultado, e faltando a Portugal apenas um jogo, para finalizar a disputa do Grupo apenas, lhe resta ter dignidade, pois qualquer esperança na qualificação, mesmo entre os melhores 3.º.s lugares, é pura miragem. Dirigiu o encontro a dupla austríaca composta por Radojko Brkic e Andrei Jusufhodzic, que realizaram uma tarefa arbitral, que embora não isenta de falhas, demonstrou, enormes princípios equidade e foram sempre equilibrados na gestão do jogo.

Resultados

1.ªJornada - Dia 08-10-15
Rússia 39 – 19 Portugal
Dinamarca 28 – 19 Turquia
2.ªJornada - Dia 11-10-15
Portugal 21 – 26 Dinamarca
Turquia 3044 Rússia
3.ªJornadaDia 10-03-16
Rússia 31 – 27 Dinamarca
Portugal 24 – 23 Turquia
4.ªJornadaDia 13-03-16
Dinamarca 22 – 24 Rússia
Turquia 37 – 31 Portugal
5.ªJornadaDia 02-06-16
Turquia 23 – 26 Dinamarca
Portugal 22 – 25 Rússia

Classificação atual do grupo
Calendário de Portugal

6.ªJornadaDia 05-06-16
Dinamarca – Portugal (17H10)

Horas Locais

Informação - Os dois (2) primeiros classificados de cada um dos 7 Grupos, são os apurados diretamente pata a Fase Final, a que se juntará o melhor dos 3.º’s classificados de entre todos os Grupos (será certamente do Grupo 4). Para a elaboração desta classificação não contam os resultados verificados com o 4.º classificado de cada grupo.

Equipas Apuradas

Grupo 1 – Noruega e Roménia
Grupo 2 – Sérvia e República Checa
Grupo 3 – Holanda e Espanha
Grupo 4 – Montenegro, Croácia e Eslovénia
Grupo 5 – Hungria e Polónia
Grupo 6 – Rússia e Dinamarca
Grupo 7 – Alemanha e França

O Noticias 

6 comentários:

Anónimo disse...

As russas sempre no controlo do marcador? Então se ganhavam por 1 a 6 minutos do fim isso é controlo do marcador?

Pena o desperdício das oportunidades para Portugal empatar o jogo nessa altura mas deu uma excelente luta e equilibrou um jogo que se pensava que iam levar 12 ou 15.

Anónimo disse...

A Russia apresentou-se com a equipa junior desfalcada! Não foi a equipa B.Miserável a exibição colectiva,salvaram-se algumas exibições individuais.Ridiculo o nosso selecionador!

Anónimo disse...

Excelente exibição na segunda parte contra uma selecção poderosa, construída à base de jogadoras mais jovens mas que são campeãs do mundo sub20. E a verdade é que a nossa seleção é praticamente toda da idade delas, a maior parte tem 21 anos. Por isso foi um bom jogo, uma boa resposta da nossa seleção depois de uma má primeira parte. Esteve quase! Belo jogo!

Anónimo disse...

Sem Cláudia Aguiar, Sara Gonçalves, Soraia Lopes, anais Gouveia e Patricia Rodrigues, a eficácia portuguesa das pontas foi muito baixa. Este pessoal que vem para aqui falar da equipa B da Rússia também se esquece de dizer que nas pontas Portugal jogou com 5ªs e 6ªs opções. Mas quando é para dizer mal é fácil.
Portugal foi a equipa que perdeu por menos com a Rússia. Mas isto incomoda muitos. Bravas jogadoras que, mesmo amadoras, estando em épocas de exame, mostraram que têm valor para nos batermos com as melhores do mundo, sobretudo em casa, tal como já tinha acontecido com a Dinamarca.

Anónimo disse...

Se as pessoas soubessem a dificuldade que o andebol feminino tem, estariam caladas. O trabalho dos clubes é muito difícil, com as atletas muitas vezes a não conseguirem treinar com trabalhos em turno, com horários impossíveis, com estudos em faculdade longe. as pessoas no masculino não têm noção disso.
Claro que na seleção os problemas são os mesmos, atletas que têm exames e não os podem adiar porque não têm estatutos, patrões que não dispensam atletas.
Com tudo isto, a campanha que Portugal tem feito é excelente, com jogos equilibrados, com vitória contra a Turquia com quem perderam os últimos jogos e com atletas muito jovens que nos dão garantias de futuro.
Masculino é fácil, são todos profissionais, treinam tanto como lá fora, convoca-se quem quer.
Força Portugal!

Anónimo disse...

Na selecção Nacional não há rigor e competência do eu dirigente e Treinadores!
Tudo muito amador e Familiar!
Os resultados não podia ser melhor!