gal vence

Euro Sub-20 Masculino Nova e Excelente vitória de Portugal agora com Dinamarca 31-29 - Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

sábado, 26 de maio de 2018

PO20 - Taças de Portugal Seniores Masculina - 2017 / 2018 – XVI - Final Four


Iniciou-se a disputa da Final Four, da Taça de Portugal em Masculinos (1/2 Finais e Final), no Pavilhão Municipal de Peso da Régua. Lamenta-se que esta época, ao contrário do que já foi feito e bem em épocas anteriores o sítio da Federação, não tenha disponibilizado as estatísticas dos jogos, em directo.
Infelizmente esta época não se deu continuidade ao processo de disputa das Finais Four dos dois géneros serem disputadas em simultâneo.

PO 20 – Taça de Portugal Seniores Masculinos

Recordamos as equipas presentes na Final Four: Benfica, FC Gaia, FC Porto e Sporting.

Resultados e Calendário

1/2 Final
Dia 26-05-18
Benfica 33 – 29 FC Gaia
FC Porto 21 – 30 Sporting
Final
Dia 27-05-18
Benfica – Sporting (18H00) TVI24

O sorteio fosse qual fosse, daria sempre uma das 1/2 Final, a ser disputada entre dois dos principais candidatos, e na outra entraria sempre a equipa da 2.ª Divisão que meritoriamente atingiu esta Fase da Prova. Numas 1/2 Finais, disputadas sem ocorrências disciplinares.

Felizmente tivemos uma das 1/2 Final, com transmissão pela Andebol TV, enquanto a outra foi transmitida através da TVI24.

No primeiro jogo disputado encontram-se frente a frente o Benfica / FC Gaia, com um pavilhão bem composto de público (não se entende como de informa de a que a lotação está esgotada, quando na bancada em frente das camaras existem dezenas de lugares por preencher), num jogo onde o natural favoritismo da equipa do Benfica, mas com o FC Gaia a dar uma réplica não esperada por muitos, em especial nos primeiros 30 minutos onde comandou praticamente o marcador até aos 25 minutos, quando o Benfica conseguiu igualar o marcador a 12 golos, depois de ter estado em desvantagem por 3 golos, aos 18 minutos, quando o FC Gaia vencia por 10-7, para o intervalo chegar com o Benfica já na frente do marcador por 15-13. O FC Gaia com um ataque mais pausado e pensado, e com uma excelente ligação entre a 1.ª e a 2.ª linha, onde se destaca Eduardo Mendonça (9 golos), e o central Luís carvalho, que fez a toda a ligação do jogo da sua equipa com 6 golos, tendo ainda na baliza Daniel Paiva, que teve muito bem, neste período, diga-se desde já que David Ferreira quando entrou já no decorrer do segundo tempo também este muito bem, no Benfica apesar das diversas alterações tácticas operadas durante o jogo, jogando com defesas mais abertas ou mais fechadas, teve no ataque apenas no segundo tempo o seu melhor momento, chegando aos 7 golos de vantagem cerca dos 46 minutos, quando vencia por 27-20, e aparentemente o FC Gaia dava mostras de algum cansaço físico, período em que esteve menos bem e aos 52 minutos de jogo, registava-se a mesma diferença (28-21), no Benfica Belone Moreira (8 golos), e em especial João Pais (5 golos) estiveram bem acima da média da sua equipa. Nos últimos minutos de jogo, o FC Gaia, parece ter acordado, do período de letargia porque passou, e faz uma sensacional recuperação chegando aos 4 golos de diferença (28-24), quando o Benfica começa a jogar com 7 jogadores no ataque e sofre dois golos, sem guarda-redes na baliza, com o FC Gaia a colocar a diferença em apenas 2 golos (28-26), estávamos em cima do minutos 55 do jogo, e a esperança de uma possível esperança reacendeu-se na equipa de Gaia, mas o Benfica com Patrianova (3 golos) e Francisco Pereira (2 golos) resolvem praticamente o jogo nos minutos finais do encontro. Uma referência final para os 12 atletas do Benfica que concretizaram golos, e ainda Para Mário Silva no FC Gaia, que com 6 golos, foi um dos atletas mais produtivos da equipa. Dirigiu o encontro a dupla Madeirense composta por Gonçalo Aveiro e Hugo Fernandes, como era de esperar e que tiveram uma actuação sem grandes problemas, embora na falta do atacante, e nos passos em nossa opinião se tivessem verificado algumas falhas.

No segundo encontro das 1/2 Final, encontraram-se frente a frente duas principais equipas do Andebol Nacional o FC Porto / Sporting, com o Sporting a apresentar-se com algumas ausências sendo a principal a do seu central Carlos Ruesga, num pavilhão que mais uma vez e tal como no jogo anterior apesar de ter mais publico, nunca esteve esgotado conforme a organização anunciava, Foi um encontro marcado pelas faltas técnicas, cometidas pelas duas equipas, mas com o FC Porto a estar bem pior quer no passe quer na recepção. O Encontro apenas foi equilibrado até aos 9 minutos de jogo, quando se registava uma igualdade a 5 golos, com o Sporting a assumir o comando do marcador a partir desse momento, fruto da acção em especial de Pedro Portela (8 golos), e um dos melhores marcadores da sua equipa em especial nas acções de contra ataque, e aos 23 minutos de jogo, o Sporting vencia por 5 golos de diferença (12-7), para o intervalo chegar com o Sporting na frente por 15-11, resultado que beneficiou a equipa que menos erros cometeu, pois face à ausência de outro central o jogo do Sporting, era um jogo pausado. No FC Porto, com a entrada de Quintana as coisas pareciam ter melhorado, mas do outro lado estava, Cudic, que revelou grande serenidade, e esteve em grande plano durante todo o jogo, com Frankis Carol (9 golos) a assumir-se como o principal marcador da equipa, e a marcar golos para todos os gostos, enquanto no FC Porto, continuavam a existir as falhas técnicas, a maioria das vezes provocadas pela acções o adversário, e onde Rui Silva (2 golos) na nossa opinião, foi um dos jogadores mais da equipa do FC Porto, juntamente com Hernandez (3 golos), e André Gomes (2 golos), foram os únicos verdadeiros 1.º linha da equipa, numa equipa que tudo tentou para alterar o rumo dos acontecimentos, tendo 10 dos seus atletas a marcarem golos, mas que de pouco serviram, pois a precipitação no ataque era evidente, o resultado aos 46 minutos era de 24-17, a favor do Sporting, ou seja um diferencial de 7 golos, , que chegou aos 50 minutos a ser de 9 golos, e a partir desse momento o Sporting, passou a gerir o seu plantel, e a controlar o marcador, pois na prática estava encontrado o outro finalista do jogo, que no entanto ainda chegou a ter 10 golos de diferença quando aos 58 minutos de jogo vencia por 30-20, com um golos de Valdez um dos jogadores que deu tudo em campo, em especial a defender onde a sua agressividade foi fundamental. Com esta vitória o Sporting, é finalista da taça pela terceira época seguida, tendo perdido as anteriores em jogos onde existiu sempre prolongamento. Jogo dirigido pela dupla internacional da Madeira, constituída por Duarte Santos e Ricardo Vieira, também sem grande surpresa esta nomeação face ás duplas convocadas para esta prova, que fez uma arbitragem bastante positiva.

Arbitragem – Mais uma vez e conforme já afirmámos, se entendem, e é a nossa opinião, os critérios subjacentes as convocatórias para esta prova, pois com as nomeações verificadas, teremos provavelmente a dupla António Trinca / Tiago Monteiro a dirigir a final da prova, que deveria merecer mais respeito por parte dos responsáveis da arbitragem, face aos diversos motivos já por nós evidenciados em texto próprio.

Noticias

3 comentários:

Anónimo disse...

É o pagamento da ultima prestação do CA à organização APAOMA. Não tem sido pago em dinheiro mas sim em géneros. E quem tem pago tem sio o ANDEBOL e os seus CLUBES.
O ATENTO

Anónimo disse...

Estou de acordo com o respeito devido às nomeações. Então como perceber a nomeação da dupla da Madeira para o Porto- Sporting quando é uma das envolvidas no escândalo da compra de resultados a favor do Sporting. Se tivéssemos gente responsável na arbitragem, esta e outras duplas não eram nomeadas até à conclusão do inquérito que a própria FAP instaurou. Fala-se mal do futebol, pergunto se no futebol estes srs eram nomeados? Isto não tem nada a ver se são ou não culpados!

Anónimo disse...

resposta ao Anonimo das 12:47
sera que a dupla da Madeira é mesmo uma das envolvidas? se fosse MESMO faria sentido estar neste jogo?? se calhar é mais facil pensar mas duplas que SUPOSTAMENTE deviam estar nestes jogos e nao estao.... porque sera? fica a duvida no ar....