gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Competições Europeias 2017 / 2018 – LXIII

Hoje (23-11-17) O FC Porto disputou a 2.ª Mão da 3.ª Ronda de Qualificação da EHF CUP Masculina, após a derrota sofrida no encontro da 1.ª Mão.

Masculinos

EHF CUP
FC PORTO PERDE COM FÜCHSE BERLIN
(2ª MÃO, E É ELIMINADO)

O FC Porto, defrontou na Alemanha a forte equipa alemã do Füchse Berlin no encontro da 2.ª Mão da 3.ª Ronda de Qualificação (32 equipas), num pavilhão cuja lotação é de cerca de 8.500 espectadores (Eis uma grandes diferenças da modalidade em Portugal e na Alemanha), e que se apresentou com cerca de 6.000 espectadores. O FC Porto, apresentou-se neste encontro sem um dos seus principais elementos o guarda-redes Alfredo Quintana, que sofreu uma lesão de alguma gravidade no encontro da 1.ª Mão. Esta equipa alemã “recheada de estrelas, sentiu grandes dificuldades nos primeiros 15 minutos, quando o técnico do FC Porto, utilizou uma táctica de risco, com 7 jogadores de campo quando atacava, e utilizando nessa situação dois pivôs, isto deu frutos até cerca dos 16 minutos de jogo, com a equipa alemã a vencer pela diferença mínima (8-7), mas contra uma equipa que possuiu um ataque de luxo, com jogadores como Nanadic (5 golos, 83% de eficácia), Drux (3 golos, 100% de eficácia), Fath (6 golos, 60% de eficácia), ou Zachirisson (6 golos, 100% de eficácia), pois hoje Lindberg, não conseguiu bater nenhuma vez Hugo Laurentino (26% de eficácia), que foi um dos esteios da sua equipa, mas com o seu ataque a não conseguir ultrapassar a boa defesa alemão suportado no primeiro tempo por Heinevetter (29% de eficácia), e no segundo por Stochl (41% de eficácia) na baliza que estiveram impressionantes, o FC Porto sofre um parcial de 8-3 em 12 minutos e aos 28 minutos perdia por 16-10, maior diferencial ocorrido no primeiro tempo, com o intervalo a chegar com os alemães na frente do marcador por 17-12. No segundo período de jogo, os alemães não abradaram e cerca dos 45 minutos venciam por 26-17, (9 golos de diferença), maior diferencial registado durante todo o jogo, mas um parcial de 4-0 realizado pelo FC Porto entre os 47 e os 51 minutos, permitiu colocar o resultado em 27-22, menor diferença registada no segundo tempo de jogo, mas algumas falhas técnicas da equipa, e já com o técnico alemão a rodar toda a equipa dando tempo de jogo aos menos utilizados, o FC Porto chega aos 56 minutos a perder por 31-23, sendo neste momento que substitui o Hugo Laurentino na baliza, dando a possibilidade de estreia em jogo europeu ao jovem Carlos Martins. Jogo onde o FC Porto teve 10 jogadores a marcar com o jovem Miguel Martins a ser o seu principal marcador com 5 golos (50% de eficácia, 3 de 7 metros). Na equipa alemã foram 11 os jogadores a marcarem golos. Com esta derrota confirma-se a eliminatória da equipa portuguesa, que já se esperava, embora se registasse sempre uma ligeira esperança. Jogo dirigido pela dupla Bielorrussa constituída por Dzmitry Mabokau e Shiarhei Kulik, tiveram uma prestação bastante positiva, pese alguns pequenos lapsos na Falta do atacante.

Resultados
1.ª Mão
Dia 18-11-17
FC Porto 27 – 30 Füchse Berlin
2.º Mão
Dia 23-11-17
Füchse Berlin 33 – 25 FC Porto

O Sorteio da Fase de Grupos realiza-se em 30-11-17.

O Noticias

1 comentário:

Anónimo disse...

Não tiveram a mínima hipótese. Venham agora os tripeiros aziados descarregar as frustrações no campeão nacional Sporting Clube de Portugal.