gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Crónica Intermédia de Fim-de-semana – 14 – 2017 / 2018 – I – Actualizada

Crónica intermédia, dedicada aos jogos da PO01, que foram adiados da 7.ª Jornada.

PO01 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Masculinos.

7.ª Jornada
Dia 18-10-17
Ismai 21 – 30 FC Porto
Dia 19-10-17
Benfica 24 - 27 Sporting

Hoje disputou-se mais um dos jogos adiados da 7.ª Jornada devido à presença dos nossos clubes em provas Europeias. Nos jogos disputados não se registou qualquer ocorrência disciplinar registada, o que se saúda.

Actualização

Benfica 24 – 27 Sporting

Jogo disputado no pavilhão da Luz, que se apresentou muito bem composto de público. Foi um encontro de grande equilíbrio, embora com algumas faltas técnicas, não esperadas por ambas as equipas, que estiveram melhor defensivamente, do que nos seus sistema atacantes, embora a equipa do Benfica, tenha alterado durante o encontro por diversas vezes, quer o sistema defensivo, com defesas mais profundas ou menos profundas, e no seu ataque tenha chegado no segundo tempo a utilizar por diversas vezes 7 jogadores de campo quando atacava, o Sporting, foi mais assertivo em termos atacantes, e mais conservador, tanto a defender como a atacar. Dois intervenientes se destacaram neste encontro, os guarda-redes Hugo Figueira (31% de eficácia) no Benfica, e Asanin (45% de eficácia), no pouco tempo que esteve em jogo, onde defendeu 2 livres de 7 metros. O Equilíbrio no jogo reflete-se no andamento do marcador, onde as igualdades se sucederam, no entanto, o Benfica apenas por duas vezes este no comando do marcador, aos cerca de 11 minutos, quando vencia por 5-4, e cerca dos 39 minutos quando vencia por 16.15, O Sporting, que teve em Tiago Rocha (6 golos, 86% de eficácia), que executou talvez o seu melhor jogo, que lhe vimos esta época, e em Pedro Valdez (7 golos, 78% de eficácia), um triunfo utilizado no segundo tempo e que foi decisivo, quer a defender quer a atacar, e a ligação de Frankis Carol (4 golos, 57% de eficácia) com Tiago Rocha, deve-se dizer que o Sporting, não utilizou embora estivessem inscritos Kopco, Francisco Tavares, Bruno Gaspar, Bozovic, e Bosko, o que é perfeitamente indicativo, do desgaste que os jogadores que participaram no encontro sofreram, em especial o central do Sporting Carlos Carneiro (1 golo, 33% de eficácia), mas com muitos passes errados, durante os 60 minutos de jogo, enquanto no Benfica existiu uma maior gestão do seu plantel, com sucessivas trocas, bem-feitas, e onde se destaca a eficácia do ponta Davide Carvalho (8 golos, 80% de eficácia), e como de costume Belone Moreira (5 golos, 56% de eficácia, 3 de 7 metros) e João Silva (4 golos, 57% de eficácia), pelo que jogou e fez jogar. No andamento do jogo acrescentamos que o intervalo chegou com o Sporting na frente pela diferença mínima (12-11), e aos 55 minutos tinha uma vantagem de 4 golos (24-20), máxima vantagem durante os 60 minutos. Encontro dirigido pela dupla IHF da Madeira constituída por Duarte Santos e Ricardo Vieira, que tiveram trabalho facilitado pela extraordinária compostura dos atletas, no entanto estiveram demasiado permissivos em termos disciplinares, e nunca tiveram equidade na sua aplicação, permitindo ainda golos em violação da área dos 6 metros, no resto, os erros existentes são desprezíveis.

Ismai 21 – 30 FC Porto

Jogo Disputado no Pavilhão Municipal da Maia, que se encontrava, com menos assistência do que se esperava, apesar da hora a que foi realizado. Foi um encontro com duas partes distintas, enquanto nos primeiros 30 minutos, a equipa do Ismai, equilibrou o encontro, chegando a estar por diversas vezes na frente do marcador, vencendo aos 7 minutos por 5-3, e aos 22 minutos o encontro encontrava-se igualdado a 12 golos, com o técnico do FC Porto, a fazer duas substituições que na nossa opinião, foram decisivas para o a melhoria efectiva do jogo que estava a ser praticado pelo FC Porto, quando troca Alfredo Quintana e faz entra ainda no primeiro tempo Hugo Laurentino (50% de eficácia), que esteve impecável na baliza do FC Porto, e quando troca Angel Hernandez (1 golo, 33% de eficácia), por Yoel Morales (9 golos, 75% de eficácia), que acaba por ser o melhor marcador da equipa. Por sua vez Manuel Borges (37% de eficácia) na baliza do Ismai foi um obstáculo de respeito aos atacantes do FC Porto, e o FC Porto chega ao intervalo a vencer por 17-13. No segundo tempo veio ao de cima a mais-valia do plantel do FC Porto, apesar da animosa réplica dada pela equipa do Ismai onde António Ventura (5 golos, 50% de eficácia), esteve sempre bem, mas a equipa começou a claudicar fisicamente, e o ataque do Ismai, começou a esbarrar no bloco defensivo do FC Porto, e os contra-ataques e ataques rápidos, da equipa do FC Porto a funcionar em pleno, com qualquer das duplas de pontas que foram utilizadas, António Areia (3 golos, 60% de eficácia) e José Carrillo (4 golos, 67% de eficácia), e posteriormente Digo Branquinho (2 golos, 67% de eficácia) com Miguel Alves (3 golos, 43% de eficácia). O resultado foi-se avolumando e aos 41 minutos o FC Porto já vencia por 7 golos de vantagem (24-17), para a maior diferença, 9 golos, com que terminou o encontro, registar-se pela primeira vez aos 55 minutos quando a equipa visitante vencia por 29-20. Dirigiu o encontro a dupla aveirense constituída por Nuno Marques e João Correia, uma das raras duplas de Nível 4 ainda em actividade, que não esteve mal, mas podia ter mais atenção ás violações da área de 6 metros, em especial os golos marcados já em apoio, e nas faltas do atacante já que tanto na sanção progressiva como nos 7 metros e na nossa opinião estiveram muito bem.

Após a realização destes jogos a classificação é a seguinte – 1.º Sporting (+1 jogo, 21 pontos), 2.º Benfica, e ABC (19 pontos), 4.º Belenenses (+1 jogo) (18 pontos), 5.º Madeira SAD (17 pontos), 8.º FC Porto, AA Avanca (16 pontos), 8.º Ismai, e Xico Andebol (13 pontos), 10.º Boa Hora (12 pontos), 11.º Águas Santas (11 pontos, 12.º Arsenal (10 pontos), 13.º AC Fafe (8 pontos), 14.º São Bernardo (7 pontos).

O Banhadas Andebol

12 comentários:

Anónimo disse...

Caros senhores do Banhadas, no vosso comentário ao Benfica x Sporting, lemos:

"Duarte Santos e Ricardo Vieira, que tiveram trabalho facilitado pela extraordinária compostura dos atletas, no entanto estiveram demasiado permissivos em termos disciplinares".

Em que ficamos? "EXTRAORDINÁRIA COMPOSTURA dos atletas" ou "demasiado permissivos EM TERMOS DISCIPLINARES"?
Ou é uma coisa ou outra.
Será que me faço entender?

Anónimo disse...

Desde quando é que a compostura dos atletas têm a ver com a aplicação das regras, o sr. árbitro defenda-se mas tenha consciência do que diz. Eu vi o jogo e estou de acordo com o que se escreveu pois vocês tiveram muita sorte com o comportamento dos atletas, pois houve muitas faltinhas durinhas. Tenham juízo.

anonimo disse...

Acho que os árbitros aproveitaram a atitude correta dos atletas, para deixar jogar, mas concordo que ouve algumas sanções de 2 minutos, que ficaram por dar, mas o critério foi igual tanto da dupla de árbitros como para os dois clubes.
Por isso mesmo acho que foi uma excelente arbitragem, também porque tiveram a ajuda dos dois bancos.
Quanto ao jogo do Porto, a dupla de árbitros, não é de nível quatro, mas sim nível três, porque desceram na época anterior.

Anónimo disse...

Belo jogo e arbitragem aceitável, apesar de penso eu para este jogo, ser melhor outra dupla. Correu bem. Gostei de ver o ar festivo do pavilhão e de ter visto na Tv. È bom saber que o andebol passa em algum canal. Ganhou o melhor. Asanin é de outro mundo e Cudic é bem normal. Rocha é um bom reforço e nacional, se calhar ganhando um pouco menos que os estrangeiros. No Benfica joga-se agora com muita solução sentindo-se o dedo de Carlos Resende. O Benfica tinha sido eliminado na EHF e agora perde e, com um candidato. È cedo mas, pesa muito! Dará para consumo nacional? Hummm! Se o Sporting gastou muito o Benfica parece que, não é com esta equipa que aguenta. Era bom o pavilhão mais cheio mas ás 19h30 a um dia de semana, não sei. Ganhou o campeonato!

Anónimo disse...

A compostura dos atletas é directamente proporcional ao factor disciplina.
Não me vai obrigar a fazer um desenho, pois não?

Anónimo disse...

Todos os jogos fossem assim e a televisão desse! Eram propaganda para uma modalidade que, não tem muita gente fiel. O Sporting podia e devia fazer mais. Começo a ter a sensação que Asanin vai ser um caso e que caso. O que o Sporting gastou nesta equipa era para mostrar mais.Já não há desculpas pois os jogadores fizeram uma época anterior juntos. Seria verdade a tentativa de resgatar Gilberto para o campeonato Português? O que seria esta equipa treinada por Resende? Boa pergunta! O que sabemos é que depois de ainda se ter reforçado com o Cubano do AVANCA e Tiago, Canelas está á pega se não ganhar. Zupo foi-se. Como será? Ou estará o treinador mal acompanhado? Ouvi que um dos adjuntos era do Benfica aqui á uns anos e, o outro treinava miudos.

Anónimo disse...

Não foi á muitos anos que com orçamento inferior a Porto e Benfica, o Sporting ganhava por diferença maior. Na Europa sem banco de qualidade eliminou-se um todo poderoso Skjern. Claro que com um Montpellier H.A. lutamos mas nada. Quando um treinador perde nas Antas com visivel batotagem da arbitragem e, o presidente do clube está na bancada e despede o treinador, nada feito. Aliás ele ainda se referiu a esse facto vergonhoso. Mais tarde perde-se uma Taça em Almada, com o Benfica onde estive presente e o Sporting nem veio receber as medalhas. Esta não é a maneira mais correcta de governar. A sorte do Benfica foi ter ido já embora de provas europeias pois não há banco e isso ia custar caro. Creio que falta comando forte e inteligente. E apesar de muita propaganda noto que a média de idades é alta. Tendo pavilhão há que ter cuidado nos orçamentos altissímos. Há demasiados estrangeiros na equipa.Tanta lesão leva-me a pensar em má planificação e incompetencia. O que se passa com Bozovic que desapareceu aos poucos? Bosko que faz tal como Pedroso?

Anónimo disse...

Não compreendo a festa de arromba do Sporting. Deve-se á rivalidade ou há um complexo? Que eu saiba grande sem Andebol são o Porto, Sporting, ABC e Belenenses. O Benfica pode ser u grande em atletismo, natação, hóquei e basketebol. Talvez até em vollei com o que gasta ultimamente. Em andebol não é grande. Pode até ser o maior clube do mundo e como Português fico feliz por isso. Mas em Andebol não é um grande! Os adeptos do Sporting estarão esquecidos que nos últimos cinco anos ganharam sempre tudo? Vamos lá a ver bem. Que público tem o Andebol desse clube? Que fez pela modalidade? Quantos títulos ganhou? Não contavam com esta?

Anónimo disse...

Aleluia! Apesar de ser a dupla maravilha do Marreiros a apitar no EDP 2, nada se ouviu nem antes nem depois do jogo Benfica-Sporting. Jogo emotivo que deveria ter um pouco mais de povão a assistir, isso sim! pena! Qualquer dos conjuntos esteve na frente e venceu a equipa com mais banco, sobretudo porque vindas de competições na europa. Aí sim, lamenta-se que as duas tenham perdido. Tanta critica a Carneiro e Pedroso porquê? Normalmente fugimos de onde o treinador não aposta em nós, ou donde nos pagam menos! Figueira já andou pelo Sporting e também está no rival. Simples!

Anónimo disse...

Benfica com fraco poder de fogo na meia-distância. Trezic lesionado e Cavalcanti a meio-gás. Notou-se momentos em que a falta de estatura veio ao de cima. Talvez uma média baixa de idade. Com Seabra lesionado o que fará este Benfica, ou até perante lesão ou castigo de Hugo Figueira... Dada a eliminação na EHF há que concentrar tudo no campeonato. Se o Benfica quer encher o pavilhão tem de ir buscar alguém e, não sendo preciso o alto despesismo como faz o Sporting, pede-se mais! No Sporting começa-se a ver que alguns "nomes sonantes" apresentam médias miseráveis. Valeu a média de Rocha que é Português e assim não joga por um adversário. Uma cajadada dois Coelhos! Que jogão do puto Davide que um dia destes emigra.

Anónimo disse...

OXALÁ HAJAM MUITOS JOGOS ASSIM COMO O BENFICA-SPORTING. FICO FELIZ POR NÃO OUVIR QUEIXINHAS APÓS A DERROTA HONROSA DO BENFICA, DIGA-SE! RECONHECERAM QUE O SPORTING FOI MAIS FORTE. PENSAVAM QUE IAM FAZER O MESMO QUE FIZERAM COM O PORTO, NÃO ERA? HÁAAH! TÊM UM BOM TREINADOR MAS COITADOS NADA MAIS. PENA NÃO ESTAR DO NOSSO LADO! AGORA VAI SER SEMPRE A DESCER!

Anónimo disse...

Há quem ande aflito a inventar desculpas para a derrota do Benfica. Aquilo no galinheiro anda tudo ás bicadas mas, problema dos problemas, ninguém canta de galo! È que com a eliminação da mediana EHF CUP, onde nem deram luta, o jogo com o Sporting e em casa ficou um ambiente lixado. Agora com a derrota é a aflição total! Arbitragens? Ora! Mas não foi esta famosa e protegida dupla que, nos surrupiou um campeonato com o Porto no Dragão ladrão? Já se esqueceram? O Porto tinha uma grande equipa mas, se a a falta sobre Portela tem sido marcada, assim como um golo mal invalidado e outras malandrices, quem seria o campeão? O Sporting, pois claro! Sabemos bem que Porto e Benfica andaram a tentar desviar Frankis Carol. E sabemos de mais uns pormenores de quem foi á cidade do Porto, para ver a ponte!