gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

sábado, 3 de março de 2012

A Perpetuação do Poder – Eleições Intercalares – IX

“O Logro”

No final a perpetuação do Poder está confirmada, sim porque apesar de existir duas candidaturas, uma delas pouco mais irá fazer do que dar visibilidade e voz à alternância.

Como é possível a anterior direcção - DIGA-SE NOMEADA E NÃO ELEITAainda esteja a exercer na plenitude as suas funções? E não seja de gestão meramente administrativa.

Como é possível que da Direcção nomeada pelo Presidente que renunciou ao mandato, dois elementos transitem para os novos Órgãos, e outro dos seus mentores, que também é delegado à Assembleia Geral Eleitoral, esteja incluído nos possíveis nomeados.

Mas mais grave, e que contraria a Lei, e os próprios Estatutos da Federação, como é que um Presidente de um Órgão independente (Conselho de Arbitragem), seja um dos indicados para a futura direcção.

Recordamos a matéria Estatutária relevante acerca do assunto:

Artigo 40º (Incompatibilidades)
É incompatível com a função de titular de órgão da Federação de Andebol de Portugal:
a)      O exercício de outro cargo em qualquer órgão social da Federação;
….”

Nestes termos questiona-se, será que o Presidente do CA, já renunciou ao cargo, para poder ser nomeado para a direcção? Ou será que o artigo 44.º dos estatutos para esta situação é apenas de aplicação retórica, ou para o esquecimento.

Ou será que, não apresenta nenhuma renúncia, para poder estar com “Deus e com o Diabo”, se UP ganhar vai para a Direcção, se ganhar AS, é o Presidente do CA. Não haja dúvidas estamos bem entregues.

A propósito, como é admissível, um Vice-presidente de uma Associação de Classe (AJAP), que não se filiou, nem tem representantes na AG, surgir com possível nomeação para a Direcção da FAP.

Mas agora surge uma novidade, para o dia da AG Eleitoral, já foi convocada (em 29-02-12, mas no site da FAP nada foi dito até ao momento) uma AG, para alteração dos Estatutos, nomeadamente do seu artigo 125.º (Forma de obrigar), alteração proposta pela Direcção (como é possível).

Devemos desde já dizer que estamos plenamente de cordo com o novo texto (A FAP deixará de ficar obrigada apenas com a assinatura do Presidente), o que não compreendemos é o momento que a mesma alteração é apresentada, será que não existe confiança em nenhum dos candidatos…

Se a Direcção da FAP, tem legitimidade para apresentar esta alteração estatutária, porque não apresentou imediatamente a alteração da forma de constituição da Direcção, passando a mesma ser eleita e não nomeada? Ou será que não interessava….

E Assim (não) Vai o Andebol Nacional

O Banhadas Andebol

53 comentários:

Anónimo disse...

Este texto muito bem elaborado e critico justificadamente mas a TUTELA do Governo Dr. Alexandre Mestre IDP está de férias ou anda a assobiar para o lado.. porque?
-Tanta irregularidade e comportamentos negativos quer em funções, quer na continuidade como Presidente do Arbitragem Major António Galambas embora seja das secretas da NATO deveria ter muito cuidado com os passo dados nos últimos meses incentivando o candidato a Presidente António Salvador e depois continuando na lista Ulisses Pereira e noutras funções?
A lista de Ulisses Pereira esta cheia de vícios a nível de comportamentos, quer a nível dos objectivos de se manter no poder seja que circunstancias for, estão a esconder alguma coisa…
Mas a grande responsabilidade desta situação de CAOS é o Presidente da Assembleia Geral Dr. Pedro Feits e das orientações subterrâneas do Luís Santos, embaixador da ÉTICA NO DESPORTO?
....
A Federação neste momento está no "CAOS" adminstrativo e de liderança...

Anónimo disse...

Falta de confiança? Não é falta de confiança nos candidatos é evitar que algum dia apareça outro Torrinha!

Se tornam as regras mais apertadas, só temos que ficar contentes para evitar que aconteça outro desvio como aconteceu.

Banhadas, tenho pena que a ideia aqui seja mesmo só dizer mal. Talvez um dia vos vejamos a dizer bem de alguém. Acreditem que o andebol português em nada ganha com a vossa forma de estar, criando um verdadeiro clima de guerra.

Mas talvez me apaguem esta mensagem como é normal...

Anónimo disse...

listas concorrentes ás Eleições intercalares

DrºUlisses Pereira
Apoios:

-Movimento associativo identificado com estrutura federativa

-ANCANP, ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE CLUBES DE ANDEBOL NÃO PROFISSIONAL(organização fantasma com 30 clubes num universo de 300 clubes situada na área da AABraga, sem assembleias, sem contas e sem eleições presidente José Carlos Correia)

Dr. António Salvador
Apoios:
-APAOMA(ASSOCIAÇÃO DE ÁRBITROS E OFICIAS DE MESA)

-AJA(ASSOCIAÇÃO DE JOGADORES ) não legalizada por decisão do ex Presidente da FAP,Sr. Luís Santos.

-ATAP(associação de treinadores, e não legalizada por decisão do ex-Presidente da FAP,Sr. Luis Santos

-Principais Clubes do Andebol português(Porto, Benfica, Sporting, ABC, Belenenses, ABC e Sp. horta, integrantes da PO1 e PO2

-Pela maioria dos atletas e árbitros internacionais que não podendo votar são críticos á condução dos destino da FAP nos últimos 34 anos!

Manuel Jorge

Anónimo disse...

Quando o Banhadas pretende abordar matéria que desconhece devia no mínimo informar-se das regras
1 - Só pode ser eleita uma direção com alteração estatutária. As eleições são para o órgão Presidente, não para a direção.
2 - Os candidatos apresentaram as listas (e bem no meu entender) mas, se após o ato eleitoral o novo presidente quiser introduzir novos elementos, que não aqueles que anunciou, está no seu pleno direito, logo, só faz sentido os previamente anunciados como direção demitirem-se dos seus cargos após eleição do Presidente. Onde é que está a prevaricação da lei ou dos estatutos? Qual o artigo? Por acaso algum dos elementos propostos para a futura direção está a exercer outro cargo que não aquele para o qual foi eleito? Já fazem parte da direção? Exercem algum cargo acumulativo na FAP? Não é preciso ser versado em estatutos para perceber isto.

Escrutinador Atento disse...

"Se a Direcção da FAP, tem legitimidade para apresentar esta alteração estatutária, porque não apresentou imediatamente a alteração da forma de constituição da Direcção, passando a mesma ser eleita e não nomeada? Ou será que não interessava…."

Não podia, Banhadas. Não podia.

Anónimo disse...

Manuel Jorge: falou aí das contas não aprovadas da ancamp, que apoia o Ulisses, certo. Como estão as contas da APAOMA que apoia o Salvador? Iguais às da ancanp! Como está a divida do Salvador à FAP? Por pagar e são 21000€. Como está a situação da LIGA em termos de legalidade? Ilegal porque o Salvador não salda as divida, logo não pode encerrar um dossier que já passa do tempo previsto por lei para ser fechado! Vamos falar de ilegalidades? É para lavar roupa suja? Então o melhor é ter cuidado porque toda gente tem telhados de vidro pelos vistos!
A APAOMA apoiou, e bem, o Salvador, porque sempre houve uma relação de proximidade entre a Liga e a Apaoma. Mas será que esta relação de proximidade entre estas duas organizações tem maior ou menor credibilidade que as relações entre outros interlocutores? ´Depende da cor dos olhos dos candidatos?
Por acaso olhando para uma lista de candidatos e outra, é possível vislumbrar uns tão maus e outros tão bons? Da lista do Ulisses podemos criticar este ou aquele, porque são gente do terreno e para o bem ou para o mal, tem estado ao serviço do andebol. Da lista do Salvador não nos é possível exercer grandes criticas porque o grosso da coluna não esteve ou está ao serviço de nada! Alguns foram dirigentes da Liga sem qualquer visibilidade ao longo dos anos que exerceram. A Liga foi o que se viu o coveiro do andebol Português que destruiu um conjunto de clubes históricos na modalidade por causa do seu projeto megalómano.
Bernardo Novo foi presidente da AJAP mas no seu papel de presidente nem o simples ato de legalizar a associação conseguiu. Passou o barco ao fim de uns anos com a AJAP completamente apagada. O único que me merece algum respeito é o Arezes que pelo que sei ainda não estragou nada!
Queixavam-se que a lista do Ulisses é do norte. E a do Salvador? Dois funcionários do F C Porto, um vice do Porto, mais um elemento de Aveiro é uma lista de onde? A do Ulisses tem dois a norte e três a sul.
Cuspir para o ar pode dar mau jeito, pelo que o melhor é mesmo não dizer nada!

Anónimo disse...

Anonimo
3 de Março de 2012 20:23
(resposta)
Caro amigo
aA ANCANP, uma Associação pirata desconhecida tem 20 votos nominais(Clubes?) e a APAOMA tem 4 votos. SABE QUANTOS VOTOS TEM ATRIBUIDOS POR LEI do DESPORTO em vigôr a AJAP E A ATAP? Acha normal haver eleições e as Associações representativas de Treinadores e Jogadores não possam votar? Não estamos num país africano e mesmo aí tentam que todos possam votar. Mas esta falta de transparência só põe a modalidade no “Caos da ilegalidade”... Para além das manobras realizadas com a queda do Henrique Torrinha que vamos corar todos quando ele der a entrevista da verdade dos factos.
Coisa feia e vergonhosa para agentes desportivos que estavam integrados na sua Direcção e continuam como candidatos! Gente com comportamentos marginal às boas normas da Democracia e com manobras nosso dinheiros públicos e dos contribuintes.
Manuel Jorge
Nota:
1-segundo soube o Candidato António Salvador entregou um cheque de 25.000,00 da divida da Liga para poder fazer o seu trabalho de casa. E o outro candidato Ulisses Pereira quando foi Presidente do S. Bernardo Deixou um elevada divida á FAP, já liquidou ou o dinheiro tem outra cor?
2- Há uma grande diferença entre o os dirigentes da lista do UP ja com muitos rabos de palha no panorama do andebol Portuguesa com excepção de Dr. Ricardo Andorinho, enquanto a equipa de António Salvador tem gente bem conhecida no andebol e sem rabos de palha e tem bons hábitos de Gerir a riqueza das empresas que pertencem profissionalmente.
É preciso limpar os maus hábitos e vícios que se instalaram na FAP há muitos anos e com um denominador comum Luís Santos

Anónimo disse...

Oh Banhadas, queres mais uma ilegalidade na lista do Ulisses?

Lê o regime da limitação de mandatos na Lei. Depois é só contar os mandatos que o Dr. Miguel Fernandes como membro da Direcção da FAP.

O Sr. Pedro Feist que conte pelos dedos, não é assim tão dificil!

Mas o mais aberrante é de facto ver o Ricardo Andorinho e o Galambas que tanto criticaram aqueles que ora apoiam prostituirem a sua consciencia, ideias e mostrarem publicamente o que realmente são ... uns tristes.

Já agora, Andorinho, que triste figura a tua a divulgar conversas privadas no Facebook tidas com o Bernardo Novo. E dizeres que aceitas fazeres parte da lista do Ulisses e nem sequer sabes as ideias dele para a FAP?! Que tristeza ...

Era importante que as listas revelassem antes das eleições se o Presidente e os membros da Direcção irão ser remunerados e quais as verbas que irão auferir, é que acredito que Andorinho e Galambas se tenham vendido a troco de muitos € e claro que o Miguel Fernandes irá continuar a usufruir do seu chorudo ordenado que lhe permite abdicar da advocacia e ainda mandar para o seu escritório assuntos da FAP (sempre mama dos 2 lados!).

Anónimo disse...

Sendo sócio da APAOMA e quadro de Arbitragem no activo, não sei como a APAOMA apoia o António Slavador, quanto muito terá os votos da APAOMA; mas porque o o Presidente e sua direcção preferem o Salvador e todos sabemos porque... Porque não consultaram os sócios em AG nenhuma para saber o que era melhor para a arbitragem, mas sim so querendo defender os interesse do trinca, monteiro e por aí... Os árbitros de bem estão com o Ulisses Pereira

Anónimo disse...

Bom dia amigo e conhecidos do Universo do nosso Andebol.
Relativamente a esta noticia e as preocupações que envolvem Leis aprovadas em Assembleia da Republica e publicadas em Diário da Republica.
Atendam bem ao que se pretende fazer com vista aos dirigentes da Direcção de Henrique Torrinha e os mesmos dirigentes na lista do Ulisses Pereira, tantos saltos no escuro mas intencionais.

http://www.cd.ubi.pt/artigos/Regime%20Jur%C3%ADdico%20das%20Federa%C3%A7%C3%B5es%20Desportivas.pdf
Vejam os artigos da incompatibilidades e a distribuição dos votos por varias associações representativas.(AJAP,ATAP,APAOMA e ANCANP)

Abraço
ABC

Anónimo disse...

O Bernardo Novo devia ter vergonha: deixou a ajap num estado caótico,sem legalidade, sem representatividade e à margem da lei! serviu-se da AJAP para arranjar um emprego no F C Porto e nunca mais ligou à AJAP. É com este tipo de dirigentes que o Dr. Salvador conta? Se é desista, porque estes só arruinam o andebol!
Já agora, para um qualquer comentário que li aí: a ancamp está elegal porque tem vinte delegados e a apaoma está legal porque só tem 4? Possivelmente ainda bem que só tem 4 porque senao seria o caus. Os vinte da ancanp tem rosto e estão vinculados a clubes, pelo menos são gente que trabalha todos os dias para o andebol! É uma questão de delegados? Por acaso ainda se lembram do processo eleitoral da apaoma? Legalidade? O Salvador pagou 25000€ à FAP? Leste alguma coisa? nem eu! esperava que ele fizesse isso, mas nao fez. Em que planeta vives? Ele quer é mesmo ir para a FAP para que a divida passe ao esquecimento, mas aí a FAP é responsavel, porque já devia ter agido judicialmente contra o Salvador e se assim fosse ele nem se poderia candidatar!

Anónimo disse...

Tenho assistido a alguns ataques a Salvador protagonizados por alguém a mando de outrem, e todos sabemos por quem, pois só podem vir de dentro da federação, eu pergunto quem foi que disse que salvador deve dinheiro cerca de 21000 euros à fap, é mentiroso, pois a haver essa divida quem deve é aliga, através da sua comissão de extinção, e não o salvador e mais segundo sei o dinheiro que o salvador deixou na corrente da liga dava para pagar essa verba e muito mais, é assim ou não sr. Ulisses e sr. Fernandes, os srs conhecem o processo todo, e sabem que os clubes que compunham a comissão de extinção discutiram com a fap este assunto diversas vezes, é ou não verdade srs. Da direcção da fap, porque mandam escrever estes textos sem nexo, a ofenderem as pessoas de bem, e quem os escreve que seja minimamente honesto no que diz.

Anónimo disse...

O Presidente, assumido, responsável máximo da comissão liquidatária da Liga é António Salvador. Se, como diz o comentário das 14.17 ficou muito dinheiro em conta corrente para pagar a divida então o Salvador que pague a divida não é? Que vá á conta corrente e pague! Então aparece sucessivamente, ano após ano, a divida Liga nos balancetes da FAP, nas diversas AG da FAP para aprovação de contas e o Salvador não dá um passo para limpar isto? No mínimo é muito suspeito não? Disse o Salvador que pretendia ser uma lufada de ar fresco no andebol. Assim? Com dividas por saldar? Não será antes ar rarefeito, poluído mesmo? Atenção: só alinho nesta peixeirada porque o comentário começou, virou e continuou com peixeirada. É o meu contributo é para tentar virar isto no mínimo para caldeirada! Interessante mesmo era vermos aqui expostas ideias sem que a “barraca tivesse que abanar”!

Anónimo disse...

aO LER ESTES COMENTÁRIOS E OUTROS TEXTOS VEJO QUE CONTINUAMOS SUJEITOS AOS RADICAIS DE "DIREITA" E DE "ESQUERDA" DO COSTUME. TODOS SE QUEREM PÔR, APARENTEMENTE, EM BICOS DOS PÉS. OS CLUBES GRANDES, SÃO UMA MINORIA. OS CLUBES MÉDIOS E PEQUENOS NÃO ENCONTRAM QUEM OS LIDERE ATÉ PORQUE ALGUNS DOS POTENCIAIS IDENTIFICAM-SE COM OS GRANDES E SÓ ESTÃO Á ESPERA DE UM CONVCITE DELES. PARA QUANDO UM ANDEBOL DIRIGIDO POR HUMILDES E APAIXONADOS DIRIGENTES, PRECISAMENTEDO DO ANDEBOL!, PARA NÃO SE SERVIREM MAS PARA SERVIREM A JUVENTUDE, O ANDEBOL E PORTUGAL?

Anónimo disse...

Salvador, para salvar? Enterrar algo no andebol isso sim! Já enterrou. Esperemos que quem continue a mandar na calçada da ajuda, não seja o sr. Magalhães...

Bernardo Novo disse...

Ao Anónimo das 12:58,

Normalmente, não participo nestes foruns porque tenho dificuldade em discutir com quem se esconde atrás do anonimato - creio tê-lo feito apenas uma ou duas vezes, em emails assinados que dirigi ao Administrador do blogue.

Vou abrir uma excepção neste caso.

Relativamente à minha situação profissional, nos últimos 18 meses, mudei duas vezes de emprego, sendo que, em ambos os casos:
- a alteração foi intermediada por empresas de executive search (primeiro, a Heidrick & Struggles; depois, a Odgers Berndtson);
- os meus empregadores iniciais tudo fizeram para que me mantivesse em funções (no primeiro caso, saí para cumprir um sonho de infância; no segundo, regressei a Lisboa por motivos familiares).
Para esclarecimentos adicionais sobre as razões que levaram à minha escolha, por favor, consulte o meu CV online (http://www.linkedin.com/profile/view?id=936796&trk=tab_pro).

Quanto à situação da AJAP:
- a AJAP cumpriu todas as formalidades necessárias para ser integrada na FAP, o que aconteceu em 2009;
- os Delegados da AJAP estiveram presentes em várias Assembleias Gerais, a primeira a 14.Nov.2009 e a última a 27.Mar.2010, tendo, por exemplo, votado contra um dos Orçamentos apresentados pela Direcção da FAP por não se reverem nas opções políticas que este encerrava;
- no dia 24.Ago.2010, enviei um email aos meus colegas dos órgãos sociais e a várias outras personalidades com quem tinha trabalhado, dando conta do pedido de renúncia motivado pela minha nova situação profissional (ao contrário de outros que não entendem o conceito de incompatibilidades, não me parecia possível manter o cargo de Presidente da Direcção da AJAP e ser executivo no FC Porto).

Melhores cumprimentos.

Bernardo Novo

Anónimo disse...

Ganda Bernardo! 3 em 1! Mostras caráter por responderes a este tipo de insinuações rasteiras, esclareces tudo o que havia para esclarecer e ainda mostras que profissionalmente deixas o Andorinho a milhas! Carrega Bernardo!

Anónimo disse...

Discussões é parte é óbvio e normal que quer gostamos do A ou do B, infelizmente para o Andebol as coisas ficaram na mesma....
pois caso ganhe o A tudo bem, caso ganhe o B algo se passará para voltar o A.

em tempo de pré canpanha até o DrºMiguel veio á RTP2 comentar o desenlace dum jogo da PO01!! um elemento da direção dar-se a esta publicidade gratuita...ai ai

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...

Drº. Bernardo Novo

(Esclarecimento)
4 de Março de 2012 20:20

Agradeço os teus esclarecimentos e com gente limpa e está na vida e no Andebol com o desejo de servir e respeitar as regras do jogo quer profissional quer no jogo propriamente dito.
Conheço-te há muitos anos e sei quanto foi positivo a tua presença na AJAP e sua legalização e presença nas Assembleias da FAP.
Obrigado pela tua explicação e toca a trabalhar porque só depois do dia 31 se saberá quem vai ganhar as eleições e até lá… há gente na lista de Ulisses Pereira que terá que rever e corrigir a sua posição de ilegalidade com opor exemplo Augusto Silva, António Galambas… não custa nada evitar enganar as gentes do Andebol!

ADC

Anónimo disse...

Como o António Salvador já apresentou o cheque que não era obrigado como antigo Presidente da LPA no valor de 21.000,00 mais juros, divida da LPA á Federação os tais custos com a arbitragens a preços loucos... Mas acontece que era bom que o Presidente da Associação Andebol de Braga Sr. Augusto Silva fizesse o mesmo e muito mais. Claro o valor das dividas da sua Associação ou vamos exigir aos outros indevidamente e a nós somos da casa!

Era bom que o Presidente em Exercício Engª Rui Coelho apresentasse á modalidade a situação pessoal de dinheiros públicos de todos os candidatos que pertenceram a direcção do HT.
Empréstimos pessoais e outras verbas no âmbito das suas actividades a Teresa sabe disso tudo.

Virgilio

Anónimo disse...

Mas anda tudo doido? Querem na FAP gente que manipula os resultados dos jogos, condicionando jovens árbitros com potencialidade,mas que para agradarem ao padrinho de braga fazem tudo o que ele quer, sendo custe o que custar a vitória das equipas de braga/maia? é esta gente de baixo nível, que apadrinha equipas com A e B, à espera do sorteio para colocarem a melhor onde mais lhes convém? anda tudo doido? o augusto a vice? querem mais do mesmo? o ulisses onde esteve estes 7 anos? fechado na casa de banho da fap? não sabia de nada? pactuava com o ordenado do mats e de outros, fora o resto...? e o resto da malta? querem mais 1 ano a apitar sem receberem? com o irs a bater-lhes à porta para vos ficar com a casa? querem continuar a pagar carros, hotéis, casas, jantaradas, estágios sem nexo nenhum?
dêem uma oportunidade a gente nova...

Anónimo disse...

Como vai a nossa modalidade, aqueles que utilizaram argumentos objectivos sobre a destituição do Henrique Torrinha, são os mesmos que utilizam argumentos marginais par poderem continuar no poder.Onde vai parar o nosso andebol?
Como é possível o presidente do CA andar a aliciar o candidato António Salvador e ao mesmo tempo se candidatar na lista de Ulisses Pereira, ainda nada fez pela modalidade no CA e tem agora nova oportunidade para nada fazer..
Vai assim a verdade e a Ética na nossa modalidade, esperem por novos escândalos com os funcionários da FAP e seus pedidos de empréstimos feitos ao Presidente destituído... esses desvios de dinheiros já vai a familiares ...
Dom Luis...

Anónimo disse...

É fantástico ver pessoas expressando aqui a sua revolta, tipo Madalenas vilipendiadas, como se nunca tivessem usado este blog de forma clandestina para amesquinhar outros. Sejam honestos, todos se servem deste espaço clandestinamente para denegrir terceiros. Uma vezes de forma justa, outras completamente injusta. São as regras deste jogo. O que não vale a pena é vir para aqui com ar inocente, dizer que esta é a 1ª, 2ª, ou 3ª vez que faço isto, ou aquilo, mas de forma oficial. E as outras intervenções a coberto do anonimato? Só os inocentes é que não colam determinado tipo de comentários, a determinadas pessoas, mas os inocentes são hoje uma fasquia muito, muito reduzida, portanto essa de Madalenas arrependidas já não cola. Digam mal, descubram a careca uns dos outros, que isso também é campanha, ainda que pelo lado sórdido, porque esta coisa fica gira é a dizerem mal uns dos outros, de ambos os lados. Deixem as orações de boas maneiras para o espaço próprio, a igreja ou então não entrem neste jogo, porque os riscos de sair chamuscado são sempre muito elevados. É que olhando para ambas as listas, integridade plena não me parece que possa servir de bandeira a ninguém, pelo menos a julgar pela procissão que desfila neste blog!

Anónimo disse...

O Dr. António Salvador não acabou o curso ou é apenas falta de educação do Sr. Pedro Feist e seu acólito, Sr. Miguel Fernandes?

http://213.134.51.44/publishing/img/home_275/fotos/33150402990238070747.pdf

Anónimo disse...

A actuação do Presidente da Assembleia Geral da FAP, DR: PEDRO FEIST,(via nota informativa emitida) é simplesmente desonrosa para a função que exerce...e penso que um tiro no pé do seu candidato...

Tretas disse...

O D. Luis passou-se!!!

Anónimo disse...

Andar a apitar jogos sem receber, recebo tarde mas recebo, da antiga LPA tenho subsídios de refeição que iriam pagar aos oficiais de mesa e nunca o fizeram, embora tivessem prometido, (mail da apaoma aos associados na altura), e agora querem la meter gente que fez isso. Ah a APAOMA pagou aos sócios com as quotas em dia... embora tivesse prometido a todos não é Sr Marreiros?

Anónimo disse...

Existem tantos "falantes", "discursantes" que pensei que iam existir várias candidaturas com soluções para os problemas! Mais do mesmo, muita conversa, pouca acção... defendam quem tem coragem de assumir um barco difícil de remar. Seja para que lado for.

Anónimo disse...

BA-9.5.2008

Eu nem queria acreditar ...a ANCANP ?

…quando li no Jornal A Bola," pensei que tinha sido uma visão astral", que uma tal ANCANP, foi fundada, com apenas três Clubes. Que estranho, 3 clubes não chegam sequer para constituir os Órgãos Sociais , pois uma associação deste tipo , deve ter no mínimo Direcção, Conselho Fiscal e Mesa da Assembleia Geral e cada um destes órgãos, pelo menos, 3 membros ( devem ser em número impar ). Será que já têm estatutos e estão registados ? Enfim, vamos ver o que diz o Ministério Publico.

Comentarios para quê?

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...

A ANCAMP é um produto da AAB, para servir os interesses de liderança do Sr. Augusto Silva. Não se esqueçam que a Liga foi-se e esta “organizaçãozeca” fica com 35% dos votos da A G da FAP. O Presidente da AAB tem uma capacidade de antecipação, que lhe é fornecida por quem domina as leis. Quem sabe se não é o aparelho jurídico da FAP, se bem que advogados ligados à AAB, nos seus órgãos sociais, são aos cestos, devem ter mais que a própria FAP!
Augusto Silva está claramente a preparar a rampa de lançamento para se candidatar a Presidente da FAP, no próximo ano. E só não será presidente se não quiser, pois já domina praticamente todo o aparelho. Diz-se nos corredores da FAP, que os funcionários desta, têm-lhe mais respeito que ao Presidente da FAP. Também não é de admirar, pelo menos o Presidente da AAB exige respeito mas sabe respeitar, ao contrário do Sr. Henrique Torrinha.

2009

Para esclarecimentos adicionais contactar o Sr. José Carlos Correia – ANCANP e-mail ancanp@sapo.pt

Tretas disse...

Ilustre comentador de 6 de Março de 2012 11:11
Talvez Augusto Silva esteja a preparar a rampa de lançamento. Mas tem que ter cuidado.
É que pode levantar mas não aterrar.

Anote isto por favor: Augusto Silva jamais será presidente da FAP.
Nem agora, nem em Dezembro, nem ... nunca!!!!!!!

Respeitosas saudações.

Anónimo disse...

Eu, ao contrário de alguns comentadores, defendo este tipo de intervenção nos blogues; porque num meio de corrupção, compadrios e outros interesses, é a maneira mais segura de se descobrirem algumas verdades sem sermos "castigados".
Em relação às eleições da FAP, o que é que as associações estão à espera para se reunirem (todas) e acabarem, em consenso, por fazer valer a vontade da união. Porque quem manda são as associações, e não apenas alguns que têm interesses particulares.
Viva o andebol com transparência!

Tretas disse...

Anónimo de 6 de Março de 2012 14:07
Compreendo-o. Mas como se pode esperar que a salvação da pátria venha de organismos (associações) que devem milhares de euros à Federação?
E é bom lembrar que as Associações representam os Clubes. Também eles com uma palavra a dizer.

Anónimo disse...

Eu tive um sonho em que o Andebol português ia finalmente ver-se livre de torrinhas, augustos, menas, helenas, teresas e outros santos, de viagens pagas pelos clubes a essas peças, de jogos combinados, de afilhados e compadrios, de pressão, almoçaradas e jantaradas sobre e com os homens do apito...um sonho, onde gente de bem, com passado honroso na modalidade se ia chegar á frente: não agora, mas em Dezembro. O que precisam associações de jogadores, de treinadores, de clubes amadores, para apoiar gente honrosa como Carlos Resende, Rui Rocha, Luís Gomes,Rui Aguiar, entre outros??? que não haja andebol? que tudo bata no fundo?

Anónimo disse...

Pois é aANCANP e clubes que nao reprsentam na no panorama nacional e tem as eleições nas mãos segundo dizem a lista vencedora? comandanda pelo Augusto Silva da AAB.
Mas acontece que varios desses clubes desapareceram da actividade? como é podem votar, já parece nas eleições do país no tempo da outra senhora os mortos votaram...
É preciso haver regras e o Presidente da Assembeia Geral vai ser rigoroso como tem sido na sua vida, não é Sr. Pedro Feits?
Por onde anda o desaparecido José Carlos Correia presidente da ANCANP?
O Trio de Guimaraes smepre a dominar o tabuleiro do andebol, refiro-me ao Torrinha, Augusto e Jose Carlos Correia.
Uns senhores...

Anónimo disse...

Uns senhores?
Chiça!!!

Anónimo disse...

uis Santos e Carlos Resende nomeados Embaixadores para a Ética no Desporto
Carlos Resende e Luis Santos - Embaixadores da Ética no Desporto
A tomada de posse de Luis Santos e de Carlos Resende enquanto Embaixador para a Ética no Desporto realizou-se ao fim da tarde de segunda-feira, 27 de Fevereiro.

Luis Santos, ex-Presidente da Federação, foi nomeado, pelo Governo, para Embaixador para a Ética no Desporto no âmbito do Plano Nacional para a Ética no Desporto (PNED). Também Carlos Resende, treinador da equipa senior do ABC de Braga e ex-internacional português, recebeu e aceitou idêntico convite.

Ontem, segunda-feira, no Teatro Camões, no Parque das Nações, em Lisboa, decorreu a cerimónia de apresentação pública do PNED, seguida da tomada de posse.

O PNED visa promover os valores inerentes ao Desporto que se traduzem no espírito desportivo, no que de mais nobre ele encerra. Valores como o Fair-Play, o respeito pelas regras do jogo e jogo limpo, o respeito pelo outro, responsabilidade e amizade, tolerância e interajuda, respeito pelo corpo, desenvolvimento harmónico da pessoa e bem-estar a par do voluntariado e da educação ao longo da vida, entre muitos outros. Valores, estes, que se pretendem sejam não só assimilados mas vividos e repercutidos na sociedade civil.

O PNED é promovido pela Secretaria de Estado de Desporto e da Juventude (SEJD), tendo como destinatários toda a população portuguesa, principalmente crianças e jovens e terá a duração de 4 anos, 2012-2016, sendo este o ano de lançamento e que será celebrado como o "Ano Nacional da Ética no Desporto 2012".

Juntar o Atleta CResende, Treinador desportista e exemplo par a nossa juventude ao Cartel do LSantos, do poder marginal aos maus costumes e normas, só se for par mascarar?..

Anónimo disse...

Concordo com o comentario
" O Trio de Guimaraes smepre a dominar o tabuleiro do andebol, refiro-me ao Torrinha, Augusto e Jose Carlos Correia.
Uns senhores...

7 de Março de 2012 06:56"

Mas ainda bem que eles estão aborrecidos com a estratégia... do Augusto Silva que "não olhou a meios para atingir os seus fins"
Mas no andebol VALE TUDO ele aprendeu e bem com o seu mentor Luis Santos, mas vai morrer sózinho... com o outro.
AS eleiçoes de Dezembro vão responder definitivamente a este tipo de minadores do Bem publico e das Regras Democraticas.

Anónimo disse...

Eleições na Federação
vai aquecer...

Ângelo Pintado na comissão de honra de Salvador

RG

Ângelo Pintado, António Cunha, António Trinca, Carlos Silva, Carlos Vieira, Filipe Gomes, Irene Henriques, Luís Hernâni, Luís Teles, João Santa Bárbara, Jorge Gil, Jorge Rodrigues, José Manuel Reinaldo, Maria José Carvalho e Ricardo Tavares são os nomes que compõem a Comissão de Honra da candidatura de António Salvador à presidência da Federação de Andebol de Portugal. Ganha cada vez mais interesse o ato eleitoral marcado para o dia 31 deste mês, com o antigo presidente da Liga a apresentar nomes de grande peso na modalidade, isto depois de Ulisses Pereira, que concorre com nomes que já faziam parte da direção que se mantém ainda em exercício, lhes ter juntado Ricardo Andorinho, ex-internacional A. Salvador consegue, nesta Comissão de Honra, uma mescla de históricos da modalidade, como Ângelo Pintado e António Cunha, e gente que se mantém no ativo ou que acompanha de perto a modalidade como são os casos de Luís Teles, presidente do ABC, Filipe Gomes, diretor máximo do andebol do Benfica, ou Carlos Vieira, antigo presidente do Águas Santas, atual líder da freguesia maiata. Sob o lema "Mudança Segura", António Salvador diz apresentar "um modelo de gestão que compreende novas abordagens ao nível da gestão administrativa e financeira, do Alto Rendimento, da Formação e da Arbitragem, bem como no que respeita a uma forte dinamização do marketing e da comunicação da Federação", apostando na sua "projeção internacional".

Anónimo disse...

Tenho imensa pena que tantas individualidades da nosso Andebol façam parte da Comissão de Honra do candidato António Salvador, mas ao que parece só um pode exercer o direito de voto, é o António Trinca da APAOMA.

Enfim o António Salvador devia ser mais realista e não desperdiçar "foguetes" que lhe podem fazer falta lá para Dezembro, ai sim deve mostrar um projecto válido e apoiaddo pelos ditos dinaussáurios da modalidade, mas cuidado que quem vota é o povo anónimo que detem esse previlégio!!!

Pela sondagem não da TVI, digo António Salvador, mas efectuada junto de quem vota, o resultado se fosse hoje a votação era de 37 para Ulisses 5 para o Salvador, ao que a ser verdade o candidato AS não atingia o numero de proponentes da lista que foram 5.

Mas o AS sabe bem como se manipulam numeros e depois no final ganham todos, mas para a FAP só pode ganhar um, o que torna mais dificil esse exercicio.

Julgo que o proprietário do BLOG devia colocar esta noticia sempre no topo da apresentação, pois as pessoas até se esquecem que vão haver eleiçoes e assim poderem intervir com as suas opiniões, desde já obrigado.

Anónimo disse...

Ao anónimo de 10 de Março de 2012 12:08

Os nomes que diz fazerem parte da Comissão de Honra de António Salvador dizem alguma coisa à juventude andebolística, futuro da modalidade?
Rigorosamente nada!
Só aos veteranos dirá algo. Mas não muito.
Agora percebo a razão do jantar de Leiria!!!

Anónimo disse...

Não percebo a insegurança dos candidatos da Lista de Ulisses Pereira com a sua incapacidade de lidar com estresse eleitoral e começando logo por pôr em dúvida e se isso fosse muito importante a legitimidade da Comissão de Honra do António Salvador.
O importante é que estamos calçados da tropa do Sr. Luís Santos com 24 anos de mandar como quer como deseja, e ainda não estão satisfeitas e lá diz o ditado quem nasce torto por mais que tente não se endireita nem adiante receber títulos e mais títulos para os quais não tem nenhum mérito.
O que leva o ex-presidente continuar interessadíssimo nas eleições depois de ter criado a cilada ao seu amigo Henrique Torrinha e prepara-se para tentar manter o poder através de terceiros, caro amigo vá passear com os netos quem sempre falou nas assembleias Gerais da FAP.

Era bom que as eleições corram bem que as associações de Classe estejam legalizadas e o que se sabe só a APOMA já que é muito duvidoso toda a “ trafulhice na criação da ANCANP” seus autores e seus objectivos á época!
Gave é a AJAP legalizada e ATAP legalizada na FPA em 2009 e não poderem votar, vaso ver não ´há que ter medo, mas votar só os legítimos.
O Presidente do IDP e S. Dr. Alexandre Mestre está dentro de tudo e as coisas são abafadas pelo próprio partido no poder por mão do Ulisses Pereira e está a colaborar Dr . Alex. Mestre olhe que a criança lhe vai cair nas mãos.
Voltando as coisas estão a ficar curtas para os lados do Bairro alto e escritórios de contabilidade, mas dou um conselho, ou trabalham bem e ás claras ou trabalham como sempre o fizeram +ela noite.. e vão ficar apeados…

O Presidente, eu? disse...

Totalmente enganado, anónimo de 11 de Março de 2012 07:26
Mas não vou discutir o sexo dos anjos.
Você tem a sua ideia e eu tenho a minha.
Esta, a minha, bem mais realista e próxima da verdade.
Se eu podia, aqui e agora, falar da minha ideia? Podia. Mas não era a mesma coisa.

Deixe lá os escritórios do Bairro Alto. Ou será que tem algo atravessado na garganta e só consegue tentar dizer uma coisas que de conteúdo nada têm?

Desde quando uma Comissão de Honra não é importante?
Só o não é se, como neste caso, não existir nela qualquer tipo de honra.

Vamos lá tratar a modalidade como ela merece e deixemos os floreados para a Rua Carlos Testa.
Já que os jogos florais se vão fazendo um pouco por todo o lado onde ... cheira mal.

Cumprimentos

Anónimo disse...

A comissão de Honra do Candidato António Salvador vai se reunir nos Pasteis de Belém na próxima 4 feria ás 19h00,para dar autógrafos e sessão de esclarecimentos, aproveitem para comparecer a fazer perguntas...
ACS

Anónimo disse...

A credibilidade da lista de Ulisses Pereira composta pelos elementos da anterior Direcção FPA, está ferida de morte.
Nas o apego ao poder a todo custo, tem provocado grande prejuízos á modalidade.

Anónimo disse...

O grande problema do candidato ulisses é que já prometeu tudo a toda a gente. a partir daqui, é sempre a perder. os 37 a 5 de ontem são 32 a 10 hoje e provavelmente serão 27 a 15 na 6ª feira. com duas semanas de campanha (porque vai haver campanha) pela frente, está tudo em aberto. e o nervosismo a crescer...

Anónimo disse...

é giro o UP diz que este processo nem valia a pena existir, pois são favas contadas por 37 a 5, mas provavelmente ao dizerem isto, será que não existem alucinações ou não estão com a visão distorcida, por qualquer razão, o que se sabe é que o AS está a trabalhar e bem , tem projecto, tem gente e por via disso já existem muitos aflitos, pois parece que nem 42 delegados vão existir, e ainda vamos a meio, e segundo informações bastante credíveis, neste momento a contagem até já dá 22 a 18, a favor do AS, parece que os a Aveiro já existem muitos abanões, que se estendem até alguns dirigentes nomeados note-se não eleitos, e alguns com contrato de trabalho, cujos contornos não são muito claros. Até já

Anónimo disse...

Qual é o filme que viram para dizer que o AS tem a possibilidade de discutir, palmo a palmo, esta eleição?

Não será que o UP mesmo sem fazer campanha pública, tem assegurada a vitóris final, por larga maioria?

Não esquecer que quem vota são as Associações, APAOMA e ANCANP, e não o Antonio Cunha e o Angelo Pintado, pessoas que muito prezo, aliás daqui envio um forte abraço a ambos, mesmo estanto em tabuleiros opostos, eles apoiando o AS e eu o UP.

É facil fazer contas, pois, nas Associações por motivos obvios, a maioria é UP. Na APAOMA deve ser um empate técnico, estou a falar bem Senhor das sondagens AS?, e na ANCANP o UP deve ter 75% dos votantes delegados, tudo somado deve dar 27 para o UP e 9 para o AS, com 7 não votantes por motivos vários.!!!

Esta é a verdadeira sondagem que se pode fazer ao actual panorama de votantes delegados ao dia 31 de Março para presidente da FAP.

O Show off de AS não leva a nada, porque os votantes não são os pastelinhos de belem, nem os ex-LPA, mas sim o que está em vigor para o efeito na FAP.

Escrutinador Atento disse...

Prevejo uma vitória larga de Ulisses Pereira.
As pessoas não se esquecem do mal que António Salvador fez ao andebol e aos clubes com a célebre Liga dos Andebolistas Mortos...ou quase.

Já agora deixem o andebol respirar um pouco.
Não é pedir muito, creio.
Convém estar ciente que com António Salvador a respiração só seria viável a balões de soro.

Cumprimentos

Anónimo disse...

Pergunta estúpida: se o António Salvador fez tanto mal aos clubes da LPA, como é que a maior parte deles o apoia? Se calhar são masoquistas...

Escrutinador Atento disse...

Uma resposta para o anónimo de 13 de Março de 2012 10:13

A maior parte deles apoia o Salvador?

Numa próxima oportunidade e se não se importar, diga lá quem são esses clubes.
Mas não se esqueça dos clubes que ficaram na miséria por causa desta feira de vaidades.

E masoquistas serão os dirigentes, nunca os clubes.

Obrigado