gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Crónica de Fim-de-semana – 30 – 2015 / 2016 - II

Crónica possível dedicada á Fase Final da PO02.

PO02 – Campeonato Nacional da 2.ª Divisão Seniores Masculinos.

Fase Final Nacional
3.ª Jornada
Dia 21-05-16
Arsenal 31 - 30 Boa Hora s/d 300
AC Sismaria 26 - 18 Vitória FC s/d 200
São Mamede 24 - 22 FC Gaia s/d 150

Nesta Fase Final desta prova que vai, em especial além de designar o Campeão Nacional da Divisão, e nos termos Regulamentares em vigor as duas equipas, com subida direta á 1.ª Divisão Nacional, ou seja ao escalão maior do Andebol Nacional, disputou-se a 3.ª Jornada, com resultados equilibrados, e com algumas surpresas, pois por exemplo o jogo Arsenal / Boa Hora foi disputado no recinto do Boa Hora, o que só valoriza a vitória dos bracarenses. Deve-se ainda registar que foi uma jornada onde não se registaram ocorrências disciplinares. E desta vez tivemos uma melhoria significativa nas assistências aos jogos. Mantemos a nossa opinião de que as três equipas que muito provavelmente irão discutir os lugares de subida de divisão são o Arsenal, o São Mamede e Boa Hora, embora esta previsão seja neste momento bastante falível, e temos plena consciência disso. Depois da realização desta jornada apenas duas equipas se mantêm invictas (Arsenal e São Mamede)

No Pavilhão Fernando Tavares, disputou-se o Arsenal / Boa Hora, em mais jogo com a inversão de pavilhão (a nova moda a nível nacional), cujo que terminou com a com a vitória da equipa bracarense pela diferença mínima. Depois da disputa de jogo de grande equilíbrio, entre as formações, que venceram as respetivas zonas na 1.ª Fase da prova, e o equilíbrio entre os dois conjuntos verifica-se até pelo resultado que se verificava ao intervalo, e que era uma igualdade a 16 golos. Com a equipa do Arsenal, a confirmar a vitória pela diferença mínima, apenas no segundo tempo, João Santos com 7 golos e André Caldas com 5 golos foram os melhores marcador do Arsenal, Luís Nunes com 12 golos foi o melhor marcador do Boa Hora. Com esta vitória a equipa bracarense mantêm-se no comando da Fase Final juntamente com o São Mamede, apenas com vitórias.

O jogo mais desequilibrado da jornada, e conforme seria de esperar, pela analise factual do que têm ocorrido até ao momento, verificou-se no Pavilhão de Gândara, onde o AC Sismaria, defrontou o Vitória FC, uma das duas únicas equipas que nesta fase, ainda não contabilizaram qualquer ponto positivo. O Vitória até começou bem o jogo, chegando a estar na frente do marcador (3-2), mas foi como se costuma dizer “sol de pouca dura”, pois rapidamente os homens da equipa visitada, passaram para a frente do marcador (4-3), com a equipa do Vitória a ainda equilibrar o encontro até um diferencial de apenas dois golos 10-8, para ao intervalo já perder por 12-8, com o segundo período de jogo a confirmar a superioridade dos locais, a alargarem a sua vantagem. Frederico Malhão com 6 golos, e Filipe Oliveira com 5 golos foram os principais marcadores do AC Sismaria que teve 10 jogadores a marcarem golos. José Machuqueiro com 6 golos foi o melhor marcador do Vitória FC.

No Pavilhão Eduardo Soares, tivemos mais um encontro de grande equilíbrio, pois apesar da vitória da equipa do São Mamede, a mesma sentiu grandes dificuldades em levar de vencida a aguerrida equipa do FC Gaia, o resultado verificado ao intervalo é um puro reflexo desse equilíbrio, pois registava uma igualdade a 12 golos. Com a equipa do São Mamede a concretizar a sua difícil vitória apenas no segundo tempo. Estamos convictos de que mais tarde ou mais cedo do que se pensa esta equipa do FC Gaia poderá causar alguma surpresa. Com esta vitória a equipa do São Mamede fica no comando da Fase Final em igualdade pontual com o Arsenal. Tiago Andrade com 8 golos e João Baltazar com 7 golos foram os melhores marcadores do São Mamede, enquanto no FC Gaia com os golos muito divididos, os seus melhores marcadores não ultrapassaram os 4 golos (Luís Carvalho e Vasco Silva).

Após esta Jornada a Classificação ficou assim estabelecida: - 1.º Arsenal Devesa, São Mamede (9 pontos), 3.º Boa Hora (7 pontos), 4.º AC Sismaria (5 pontos), FC Gaia, e Vitoria FC (3 pontos).

Nota - Não ficaria mal á Federação, efetuar algumas transmissões através da Andebol TV. Mas deve ser um desiderato difícil. 

O Banhadas Andebol

16 comentários:

Pedro Marques disse...

Não foi o Vitória que entrou bem, mas a Sismaria que entrou mal, e só o intervalo é que valeu terem acordado definitivamente para o jogo. Ainda que o desconto de tempo na primeira parte tenha surtido algum efeito. Mas não sei o que é que o Pedro Violante que está de volta e vocês não referiram isso, lhes disse ao intervalo que passaram a jogar como bem sabem e podem. E não se esqueçam que a Sismaria também está na luta.

Anónimo disse...

e agora boa hora como é, isto não está nada bom

Anónimo disse...

Então Boa-Hora? Sismarias regressa à normalidade, diz-se que o treinador provisório foi despedido pela mulher? Ou pela incompetência? E o Violante aceitou regressar ao clube que o substituiu? Isto está bonito,está. Lá vão ganhar os mesmos do norte. Boa-Hora o que vai fazer? Dinheiro ,treinador? Arsenal grande equipa que deu um banho em Lisboa.

Anónimo disse...

Foi uma má hora...

Anónimo disse...

Foi uma má hora para o Boa Hora a Hora Boa dos Jogadores do Arsenal.
Foi uma má hora para o Boa Hora a distracção da CMB e do ABC.

Anónimo disse...

Tanto disparate sobre a saída do André Afra e o regresso do Pedro Violante, em vez de vir para aqui dizer disparates informe-se ou enfie a cabeça num buraco.

Anónimo disse...

Mais uma vitória do Gaia AH AH AH AH

Anónimo disse...

Aqui está a prova de como no mundo do desporto o trajeto de bestial a besta é muito curto e rápido...
Força Boa-Hora! O campeão também se faz nas derrotas!

Anónimo disse...

Tiveste jogo anónimo de 24 de Maio às 16:17? Não me parece, ficaste a ver mais uma jornada da fase final pelo site da FAP AH AH AH

Anónimo disse...

Quem é este anormal de nome Pedro Marques? então o rapaz foi substituído sem conhecimento e regressa mais tarde» Grande Sismarias. E o outro?

Anónimo disse...

A realidade e que o Boa hora ja tinha feito uma segunda parte contra o sismaria muito ma e tornou a jogar mal contra o Arsenal , pois acho que o treinador Luis Santana quando esta a perder nao consegue dar a volta aquilo .
pois este jogo contra arsenal teve que ser um jogador a pedir para ele meter o desconto tempo pq ele fica bloqueado.
Pois se chegarem a subir e espero que sim para ser mais uma equipa de lisboa acho que vao ter que arranjar um treinador altura de uma primeira divisao

Anónimo disse...

Falemos de realidade. Nesta divisão que segurança tem qualquer dos clubes, para andar depois na primeira e não descer? Nenhuma! Há um fosso em qualidade maior que o do estádio de Alvalade. O Boa-Hora foi muito falado porque eliminou o Spo. Horta e Àguas Santas na taça. O Spo. Horta até é um clube de segunda, enfim! quem irá subir e quem descerá na próxima época?...

Pedro Marques disse...

Não sou anormal, sou bem normal as mudanças da equipa técnica foram todas muito bem claras entre todos Pedro Violante - André Afra e respectiva Direcção. Mas quem está fora e vê os nomes a circular não sabe do que fala e manda palpites para ver se acerta e chateia alguém. Olhe mas é para sua casa e veja se funciona bem e deixe os outros em paz.

Pedro Marques disse...

A Sismaria perdeu fora contra o Boa Hora portanto há aqui um equívoco quanto ao treinador do Boa Hora não conseguir dar a volta ao jogo.

Anónimo disse...

O Boa Hora e O Arsenal têm duas coisas em comum:
A Qualidade dos Jogadores é inversamente proporcional à Qualidade dos Treinadores.
O Ganhar ou Perder, depende do Dia/Momento dos que têm qualidade.

Anónimo disse...

Já foi aqui tudo dito. Não é o Santana que é bom treinador. Muito longe disso. E vê se o currículo e conquistas dele. Ele teve foi a sorte de alguém o contratar iludido por algo (ou pelo patrocínio que anda com ele para trás e para a frente, vai na volta ele é que pagou a sua contratação com o patrocínio que trouxe), e uma equipa com um orçamento astronómico, que pode ir buscar qualquer jogador. Com uma equipa assim até o José Peseiro ganhava!
Quando as coisas apertam, onde está o treinador? A experiência? A capacidade de pegar na equipa? Não fosse um ou dois jogadores ali dentro e ia ser bonito.