gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

domingo, 8 de maio de 2016

Crónica de Fim-de-semana – 43 – 2015 / 2016 – I – Atualizada

Crónica intermédia de fim-de-semana, aos jogos do grupo A e B.

PO01 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Masculinos.
Jogos da Final (Play OFF, á melhor de 5, no sistema Casa, Fora, Casa, Fora Casa) – Apuramento do 1.º e 2.º Lugar

1.º Jogo
Dia 08-05-16
ABC 40 – 38 Benfica (C/ 2 prolongamentos)

Resultado
ABC (1) – (0) Benfica

ABC 40 – 38 Benfica

Mais um jogo disputado mítico Flavio Sá Leite, que se encontrava completamente esgotado, criando um extraordinário ambiente, e reforçando a nossa defesa de que esta forma de disputa do campeonato é a mais emotiva e a que mais público poderá trazer aos pavilhões. Presenciamos um excelente jogo de Andebol, com emotividade e grande qualidade, disputado até aos últimos momentos entre duas excelentes equipas, com dois excelentes técnicos, que com a sua forma de dirigir as equipas, com a rotação do plantel e com o aproveitamento dos jovens que fazem, proporcionam-nos espetáculos desta qualidade. Jogo equilibrado até cerca dos 8 minutos (igualdade a 5 golos), com o ABC a aproveitar as falhas técnicas do ataque do Benfica, o ABC faz um parcial de 5-0, e chega aos 10-5 aos 14 minutos, obtendo a sua maior vantagem (6 golos), aos 17 minutos (12-6), para o Benfica, encetar uma boa recuperação, chegar ao intervalo a perder apenas por 3 golos (17-14), devendo referir-se aqui a prestação dos dois guarda-redes Humberto Gomas (27% de eficácia) pelo ABC e Hugo Figueira (30% de eficácia) pelo Benfica, No segundo tempo, o Benfica continua a aproveitar bem as poucas falhas do ABC, e com Tiago Pereira (8 golos e 80% de eficácia) em grande plano, recupera e iguala a partida a 25 golos aos 47 minutos. A partir deste momento o equilíbrio, com as igualdades e as alternâncias no marcador foram sucedendo-se, destacando-se ainda e na nossa opinião em o guarda-redes Nikola (38% de eficácia), que este muito bem, e em João Pais (6 golos e 60% de eficácia), enquanto no ABC Nuno Grilo (11 golos e 65% de eficácia), Hugo Rocha (6 golos e 67% de eficácia) e Pedro Seabra Marques (5 golos e 38% de eficácia) são determinantes, juntando-se ainda Fábio Vidrago (6 golos e 86% de eficácia), completamente letal em contra ataque, e desta forma com duas equipas que disputaram um encontro com enorme Fair Play, ao final do tempo normal de jogo com uma igualdade a 32 golos. No primeiro prolongamento, nova igualdade agora a 36 golos, e com os atletas a já darem mostras de algum abaixamento físico, inicia-se o segundo prolongamento com o ABC a adiantar.se a dois golos 38-36, após grandes intervenções de Humberto Gomes e mais uma vez com golos de Nuno Grilo. Após uma falha de Borragan (6 golos e 60% de eficácia), e uma exclusão do mesmo atleta o Benfica termina em inferioridade numérica o segundo prolongamento. Dirigiu o encontro a dupla internacional de Leiria constituída por Daniel Martins e Roberto Martins, que souberam gerir emoções e controlaram muito bem o jogo, pois o número de exclusões para 80 minutos de jogo, foi na nossa opinião sempre bem aplicadas, erram e poucas veze em especial na lei da vantagem. Produziram na nossa opinião uma atuação bastante positiva, esperamos que até ao desta maratona de jogos assim seja.   

Depois de terminado este encontro ainda teremos mais 6 jogos entre o Benfica e o ABC, para terminar a época, com uma excelente forma de propaganda para a modalidade.

Jogos 3.º / 4.º Lugar (Play OFF, á melhor de 3, no sistema, Fora, Casa, Casa)

Atualização

1.º Jogo
Dia 08-05-16
Sporting 26 27 FC Porto

Resultado
Sporting (0) – (1) FC Porto

Jogo disputado no Pavilhão do Ginásio do Sul, perante uma assistência fraquíssima, perante aquilo que normalmente seria espectável. Espetáculo pouco agradável de seguir, com muitas falhas técnicas, com jogados “infantis”, na nossa opinião, não sendo uma boa propaganda para a modalidade, face á qualidade dos jogadores presentes nas duas equipas. Uma equipa como a do Sporting. Que começa o jogo a perder por 5-0 quando estavam decorridos cerca de 7 minutos, não se poderia em principio espera muito, o certo é que desta vez o seu técnico, resolveu pôr em campo jogadores menos utilizados e que muito deram á equipa, como por exemplo Edmilson Araújo (3 golos e 100% de eficácia), o russo Sanvel Aslanian (2 golos e 50% de eficácia), e ainda Sérgio Barros (2 golos e 100% de eficácia), O FC Porto foi sempre mais assertivo durante quase todo o encontro teve em Alfredo Quintana um dos seus principais elementos (33% de eficácia), e 4 livres de 7 metros defendidos (ou mal marcados), pela nossa parte damos o mérito sempre aos guarda-redes. Apesar do mau jogo que estava realizar o Sporting, que andou 55 minutos atrás do marcador, chegou ao intervalo a perder por apenas 2 golos (14-12), e posteriormente volta estar novamente a 5 golos de diferença, após duas falhas técnicas, e mais um remate sem nexo de Fábio Magalhães (3 golos e 43% de eficácia), aos 47 minutos (23-18), O FC Porto com Gilberto Duarte, apesar de não estar no seu melhor momento de forma ainda foi o seu melhor marcador (7 golos e 64% de eficácia), bem acompanhado pelo sempre imprevisível Yoel Morales com 5 golos e 56% de eficácia), no entanto a equipa do Sporting, que teve dois jogadores desqualificados Bosko Bjelanovic por acumulação de exclusões e Bruno Moreira diretamente, está exclusão é no seguimento de um erro grave (na nossa opinião da arbitragem), mas isso não significa estar de acordo com o possível comportamento verbal do atleta do Sporting, e conforme o que vinhas escrevendo o Sporting recupera e aos 57 minutos iguala a partida a 26 golos, com o cubano Frankis Carol (9 golos e 56% de eficácia) a ser preponderante nesta recuperação, para permitir o 27-26, e estar em posse de bola os últimos 45 segundos sem soluções atacantes que lhe dessem oportunidade de mínimo a igualar o encontro. Um último destaque para a prestação do guarda-redes Aljosa Cudic (32% de eficácia), no segundo tempo na baliza do Sporting. Jogo Dirigido pela dupla bracarense constituída por Alberto Alves e Jorge Fernandes, que estiveram menos bem no critério dos livres de 7 metros, quando as violações eram precedidas de nítidas faltas do atacante, e efetua um erro grave quando permite que Yoel Morales , tire a murro uma bola que está nas mãos (as duas) de Pedro Protela, aos 44 minutos de jogo. A regra 8:2 é clara para esta situação. E foi demasiado paciente na marcação do jogo passivo. Jogo com ocorrências disciplinares registadas.

Jogos 5.º / 6.º Lugar (Play OFF, á melhor de 3, no sistema, Fora, Casa, Casa)

1.º Jogo
Dia 07-05-16
Águas Santas 29 – 28 Madeira SAD (C/Prolongamento)

Resultado
Águas Santas (1) – (0) Madeira SAD

No pavilhão do Águas Santas, com uma boa moldura humana, realizou-se o primeiro de 3 possíveis encontros entre a equipa maiata e o Madeira SAD. Neste primeiro encontro a equipa maiata, venceu o jogo, após um prolongamento, já que o resultado ao fim dos 60 minutos regulamentares era uma igualdade a 26 golos. A equipa do Águas Santas entrou bem no jogo e comandou o jogo e o marcador até cerca dos 45 minutos de jogo (existem fortes discrepâncias, entre a estatística e o Boletim de jogo), chegando ter 4 golos de vantagem, que foram precisamente os mesmos que se registavam ao intervalo, onde chegou na frente do marcador por 15-11. Aos 45 minutos, registava-se uma igualdade a 15 golos, originado pela excelente entrada no segundo tempo da equipa do Madeira SAD, seguindo-se 15 minutos de verdadeiro equilíbrio e com alternâncias no marcador, por exemplo os maiatos venciam por 24-23, para pouco tempo depois os madeirenses estarem na frente por 25-24, e depois verificaram as duas igualdades, e com o tempo normal terminou com uma igualdade, no prolongamento com 3-2 a favor do Águas Santas, esta equipa fica em vantagem na discussão do 5.º lugar, que como sabemos dará certamente direito a uma participação numa prova Europeia. Pedro Peneda com 7 golos, António Ventura e Pedro Cruz com 5 golos cada, foram os melhores marcadores do Águas Santas. Cláudio Pedroso com 8 golos, e Elias António com 6 golos foram os melhores marcadores do Madeira SAD, que tem a vantagem de o próximo encontro ser disputado na Madeira. (Jogo sem ocorrências disciplinares registadas)

Jogos 7.º / 8.º Lugar (Play OFF, á melhor de 3, no sistema, Fora, Casa, Casa)

1.º Jogo
Dia 07-05-16
AA Avanca 28 – 26 Passos Manuel

Resultado
AA Avanca (1) – (0) Passos Manuel

Jogo disputado em Avanca, entre a equipa da AA Avanca e do Passos Manuel, tal como dissemos no texto anterior este é o 1.º de 3 possíveis encontros entre estas duas equipas, e apenas têm por objetivo, definir os dois últimos lugares na tabela classificativa do chamado Grupo A. Inicio de jogo com grande equilíbrio entre as equipas, que durou até cerca dos 7 minutos de jogo, para a equipa visitada assumir o comando do jogo e do marcador, com a sua vantagem a variar entre os 2 e 4 golos com chegou ao intervalo (14-10). No segundo tempo a toada de equilíbrio manteve-se, mas sempre com uma excelente atitude a equipa do Passos Manuel, iguala o encontro a 24 golos aos 55 minutos, para se verificarem ainda mais duas situações de igualdade a 25 e a 26 golos, respetivamente aos 55 e aos 56 minutos, com a equipa da AA Avanca a marcar os golos que lhe deram a vitória nos dois minutos finais. (jogo com ocorrências disciplinares registadas). Na equipa da AA Avanca com 10 jogadores a mercarem golos, os seus melhores marcadores, não passaram dos 4 golos, cada (Victor Iturriza- 57% de eficácia, Ricardo Mourão – 100% de eficácia, Digo Oliveira – 67% de eficácia, e João Carvalho – 100% de eficácia), uma referência ainda para o guarda-redes Luís Silva com 33% de eficácia. No Passos Manuel, Gonçalo Ribeiro com 7 golos (64% de eficácia), e Ricardo Barrão com 6 golos (67% de eficácia), foram os seus melhores marcadores. 

Grupo B
2.ª Fase
6.ª Jornada e última jornada
Dia 07-05-16
SC Horta 28 - 22 AC Fafe
Belenenses 31 - 23 Ismai

Descem de Divisão – SC Horta e AC Fafe

A última jornada deste Grupo definiu quem desce de divisão em termos regulamentares na época 15/16, e com os resultados que se verificaram, desceram á 2.ª Divisão Nacional o SC Horta e o AC Fafe, com a equipa insular a terminar com os mesmos pontos do Belenenses, mas o desempate a ser favorável ao Belenense (uma vitória e uma igualdade). Assim a equipa do Ismai, que já tinha assegurado a sua permanência na 1.ª Divisão, será acompanhada pela equipa do Belenenses. O jogo SC Horta / AC Fafe, terminou com o registo de ocorrências disciplinares.

No Pavilhão Acácio Rosa, com uma excelente moldura humana, disputou o Belenenses / Ismai, com a equipa maiata, já com a permanência na 1.ª divisão definida, ao Belenenses apenas a vitória lhe interessava, fosse qual fosse o resultado no outro entro do grupo, pois em caso de igualdade pontual como se veio a verifica estava sempre em vantagem. Excelente início da equipa do Belenenses, que aos 7 minutos de jogo vencia por 6-1, e este foi o melhor tónico que a equipa poderia ter para comandar o jogo e o marcador durante os 60 minutos de jogo, chegando ao intervalo a vencer por 18-13, No decorrer do segundo período de jogo, chegou a ter 7 golos de vantagem (máxima diferença até aos 58 minutos de jogo), quando estavam decorridos cerca de 55 minutos de jogo, terminado com a máxima vantagem registada em todo o encontro (8 golos). Carlos Siqueira com 8 golos (100% de eficácia) e Fábio Semedo com 6 golos (60% de eficácia), foram os melhores marcadores do Belenenses. Por sua vez o Ismai, que desiludiu em parte quem esperava ver uma equipa mais agressiva no bom sentido, os seus melhores marcadores não passaram dos 4 golos (Sérgio Martins – 67% de eficácia, e Leandro Semedo – 50% de eficácia).

Na Horta, realizou-se o SC Horta / AC Fafe, onde a equipa continental, estava praticamente condenada á descida de Divisão, e aos insulares apenas a vitória lhes interessava, pois ficavam dependentes do resultado que ocorresse no outro jogo. Jogo em que o AC Fafe iniciou em pleno e aos 4 minutos de jogo já vencia por 5-1, para vindo a perder fulgor, e os insulares com uma excelente reação, igualaram o marcador a 6 golos, para posteriormente passarem para a frente do marcador (7-6), mantendo posteriormente o comando do marcador chegando ao intervalo já a vencer por 15-12. No segundo período de jogo manteve-se o ascendente da equipa visitada que passou de 17-13 para 28-21, terminando em 28-22. Num jogo onde se registaram um total de 14 exclusões e uma desqualificação direta, o que não abona nada em termos disciplinares o mesmo. Yosdany Ballard e Raifer Noa, ambos com 8 golos cada, foram os melhores marcadores do SC Horta, por sua vez o AC Fafe com os golos distribuídos por 10 jogadores, onde os seus melhores marcadores não passaram dos 3 golos cada e foram 5

Classificação Final do Grupo “B”: - 1.º Ismai (30 pontos), 2.º Belenenses (29 pontos), 3.º SC Horta (29 pontos), 4.º AC Fafe (22 pontos).

O Banhadas Andebol

24 comentários:

Anónimo disse...

Mais um grande jogo em Braga. Começa a ser habitual! As três equipas muito bem. No ABC a coragem habitual (o golo do Seabra que leva a prolongamento é disso exemplo maior.) Grande 1ª parte e prolongamento do Humberto. Grilo, Hugo Rocha, Sarmento e Vidrago a um nível muito elevado. Esta equipa, apesar de todas as suas limitações vai chegar longe.

Anónimo disse...

Grande ABC!!!!!!!!!!!!!!!!
Há que acreditar!
O titulo é possível. Diria mesmo que muito possível!
No Sá Leite a táctica de 7+1 é imparável. O 7 é fantástico mas o 1 é inigualável.
O espírito de vitória está criado.
Somos todos ABC. O ABC somos todos nós. Ou como agora é moda: Je suis ABC!

Anónimo disse...

Ontem entrei no pavilhão do Ginásio na Cova da Piedade e, nem acreditei no que vi. Havia quase cem pessoas, num dia de futebol a decidir. Sendo um jogo para o terceiro e quarto era de prever fraca adesão. Isto prova que, era possível ter feito alguma coisa. O Sporting não tem direcçao á muito. Por acréscimo não tem treinador nem liderança e, termina de rastos com aqueles guarda-redes que nem na segunda os querem. Chamou-me a atenção que, o Russo afinal joga. Afinal os putos Edmilson Araújo e Sérgio Barros mostram qualidade. Onde esteve Carneiro? Pois...
Enquanto houver Fabio a perder todas as bolas divididas, nunca iremos a lado nenhum. Não chega ter um jogador o Portela e outro menos mal o Frankis. Época de negociatas imundas pondo em risco o Andebol no clube. Aguardemos por limpeza. Já agora perdão para as arbitragens que, nos derrotaram e que, ontem teimaram em mostrar quem manda. Ofereçam aquelas medalhas da taça. È triste que dois artolas não conheçam as regras. DEPLORÁVEL a cena do murro na bola e o que gerou. Que estranha prontidão e retidão a atuarem os dois palhaços travestidos de árbitro.

Anónimo disse...

O Benfica não pode começar os jogos a perder, senão não ganhará um único jogo dos sete ou cinco que, disputará com o ABC. Com o dinheiro das apostas quase ganhei a viagem a Braga e os bilhetes. Algo me dizia que, ía haver prolongamentos e que, ganhava o ABC. È claramente a equipa mais adaptada ao andebol que, por cá se pratica. Só peço que, Resende não vá para as gatas em cio do Lumiar.

Jorge Almeida disse...

Lista de transmissões de jogos de Andebol na TV, Internet e Rádio previstas entre 9 e 15 Maio 2016:

http://andeboltv.blogspot.pt/2016/05/lista-de-transmissoes-entre-09-e-15.html

A semana passada foi uma semana que tive pouco tempo para actualização do blogue, daí nem ter anunciado nada aqui no Banhadas. Peço desculpa pelo incómodo, mas quando não se é profissional disto, faz-se o que se pode.

Anónimo disse...

1º jogo da finalíssima e atribuição do titulo Nacional Sénior:
Resultado final:
ABC40 Benfica 38

Excelente jogo bem jogado sempre a correr e jogadores de grande competência técnica e estratégica!
Casa cheia de desporto social, muita alegrai muito sofrimento pro parte das gentes do ABC muita jovens cantando todo o jogo e final feliz.
-Benfica muito bem algumas duvidas e jogadores pouco utilizados e internacionais? foram contratados para quê?
Grande jogo da Dupla de arbitro os Irmãos Martins e sempre atentos, próximos e coerentes...
-Parabéns ao Pres. CA AM que começou a ter juízo e nomear quem pode ser nomeado e nada de experiências!

-ABC brilhante todo o jogo, jogadores em evidencia quer pelo entusiasmo, quer pela competência e solução para os problemas do jogo.Mereceram ganhar mas muito apertado!

Melhor em campo:
Os treinadores do ABC e Benfica na preparação do jogo e decisões nos Time-out e detalhes de orientação. Carlos Resende um pouco mais acima...
Jogadores:
ABC-Humberto Gomes, Pedro Seabra, Nuno Grilo e os golos do André Gomes em momentos críticos do jogo!

Benfica-Pereira o melhor jogo desde que esta no SLB e muito lúcido a decidir, Hugo Figueira bela exibição e excelente forma física. Os outros podem e devem fazer muito melhor!

-Arbitragem dupla e Mesa.
Excelente arbitragem dos Irmãos Martins e critério e rigor deixando jogar e não influenciados pela ambiente..
3 ou 4 erros individuais mas sem intencionalidade!
Mesa-Nervosa, entrava no jogo indevidamente, pouco sensata em chamar os árbitros para "soprar" o Cartão Amarelo aos treinadores?
PRESENÇA DE ELEMENTOS ESTRANHOS AO CA EM FUNÇÕES!
Deve dar direito a protesto por parte das duas equipas...
PUBLICO: MUITO MENOS POLICIAMENTO E FACILITA O BEM ESTAR DAS PESSOAS, MUITA FESTA, CÂNTICOS E ALEGRIA E NINGUÉM SAIU ATÉ AOS 80' DE JOGO COM INTERVALOS E DESCANSO ESTICA AOS 100' MINUTOS..
Mais jogos e sempre os melhores quem orienta, joga e arbitra...
Obrigado a todos por um fim de tarde bem ao jeito que gosto de ver o Andebol !

obs: para aqueles que precipitadamente aprovaram a mudança de MODELO de Campeonato para as próximas épocas, esta a tempo de corrigir !
AC/DC

Anónimo disse...

ANALISE:
Como é possível umas dos melhores orçamentos em equipas do meio da tabela na P01 e manteve-se quase sempre em ultimo lugar e assim ficou!
Refiro-me ao FAFE!

Anónimo disse...

Inaceitáveis as declarações de Ricardo Moreira e Zupo no final do jogo Sporting-Porto. "As duas melhores equipas nacionais", "as equipas que vão dar mais jogadores à seleção", "não nos deixaram ir à final". Então o Porto perde 4 jogos em 5 com o Benfica e é melhor? Não nos deixarem ir à final - quem? Perdendo uma mão cheia de jogos nos últimos minutos? Haja bom senso. Não sejam calimeros. Respeitem quem melhor trabalhou, mais se aplicou, melhor geriu os seus recursos (num dos casos muito limitados). Sejam humildes.

Anónimo disse...

ANDEBOL
P01
Avaliação do papel dos treinadores na valorização do plantel ao longo da época que esta a terminar:
COEFICIENTE:
0-NADA
5-SUFICENTE
10-MUITO


TREINADORES QUE VALORIZAM OS SEUS ATLETAS INDEPENDENTEMENTE DOS ORÇAMENTOS DISPONÍVEIS!:

ABC(9),BENFICA(6),MADEIRA(6),AGUAS SANTAS(5),AVANCA(6),PASSOS MANUEL(7), BELENENSES(5)

TREINADORES QUE NÃO VALORIZA OS SUAS EQUIPAS:

PORTO(3),SPORTING(2),ISMAI(4),FAFE(2),SP.HORTA(2)

PUBLICO E SUA INFLUENCIA NO APOIO À EQUIPA:
DE 0 A 10
PORTO(9),ABC(8),SPORTING(6),AGUAS SANTAS(7),MADEIRa(6),PASSOS MANUEL(4),AVANCA(5),BELENENSES(4),ISMAI(3),SP.HORTA(4),FAFE(4).

CLUBES DE ANDEBOL:
ABC,MADEIRA SAD,PASSOS MANUEL, AVANCA,ISMAI, SP DA HORTA

CLUBES DE FUTEBOL COM MODALIDADES DE "ALTO RENDIMENTO"(ANDEBOL).
PORTO,BENFICA,SPORTING,BELENENSES

CLUBES COM MEIOS AUDIO VISUAIS PARA TRANSMISSÕES VIA TV DOS JOGOS DAS SUAS EQUIPAS:
PORTO,BENFICA,SPORTING,AVANCA, ABC,SP. DA HORTA

AEP01



Anónimo disse...

Há coisas que não podemos fingir ou ignorar. Peguem no filme do jogo ABC-Sporting e no A.B.C.-Sporting e notem como a mesma dupla de irmãos usa de critérios tão diferentes! Afinal para um clube sem direção, treinador e maioria de jogadores (apesar de ser quem mais dá á seleção...) que, todos dizem andar mal...
parece que ainda é preciso arranjar reforços, para nos enganarem. Eu não disse para nos vencerem!

Anónimo disse...

PLAY-OFF
Porque tem havido cuidado nas nomeações e as melhores duplas para os jogos de grandes dificuldade e com prolongamentos tal o equilíbrio quem fica a ganhar é o publico e os treinadores que se preocupam com a suas equipas.
Os Treinadores do ABC e Benfica preparam muito bem as suas equipas explorando os pontes fracos e evitando ou anulando os ponto fortes dos rivais!
Existem belos momentos de jogo.
Parabéns a todos os intervenientes e pena é que não seja transmitida em Canal publico e não privado!
Estou de acordo com o comentário( 9 de maio de 2016 às 16:27-AEP01) de avaliação dos treinadores e valorização do plantel e jogadores que dispõem!
Esta época tivemos jogadores que ficaram aquém das expectativas de evolução e outras surpresas de jogadores que evoluíram de forma sustentada e alguns jovens surpreendente!
Flores

Anónimo disse...

Declarações deploráveis e completamente censuráveis dos treinadores do SCP e do FCP no final do jogo do passado dia 8 de atribuição dos 3º /4º lugar!!!ESPERO QUE NÂO PASSEM EM CLARO ás averiguações da justiça da FAP...

Depois do que não fez e tinha obrigação de fazer(desportivamente) e do que disse e da forma como se comportou, o espanhol Zuppo reforçou o seu mau perder e má qualidade humana e desportiva!

Depois do que não fez e tinha obrigação de fazer(desportivamente)pois apanhou uma equipa feita e mais apetrechada do que a do seu antecessor Obradovich e do que disse e da forma como se comportou, o português Ricardo reforçou o seu mau perder e má qualidade humana e desportiva!Aqui também a sua ainda impreparação para estas andanças...

Sem mais análises, quem viu o jogo de ABc X SLb e olhou bem para os técnicos de ambos os clubes percebe logo que só por aqui já se vê porque estão na final com tantos recursos abaixo dos outros dois aziados!!! DOIS SENHORES ao comando: tecnica, motivação, educação, desportivismo, lealdade, disputa de argumentos...

Anónimo disse...

Já aqui se falou da "PRESENÇA DE ELEMENTOS ESTRANHOS AO CA EM FUNÇÕES!"
Seria bom que AC/DC (9 de maio de 2016 às 11:57) dissesse quem eram, o que estavam a fazer e em que local estavam.
Ficaríamos assim elucidados e com a possibilidade de confirmar ou não de havia lugar para protesto.
No jogo em causa apenas poderiam estar na mesa os oficiais Agostinho Teixeira e Cristina Branco tal como os delegados Manuel Especada e Jorge Nunes.
Haviam uns senhores numa área reservada que não podiam estar lá. Não os conheço. Se eram os tais de que AC/DC fala está mal. Culpa dos delegados ao jogo e do director de campo.

Anónimo disse...

Há imagens a provar que o Sporting perde um campeonato, com nítida intervenção de arbitragem. È verdade que perdeu uma taça, onde trincaram os regulamentos. E é verdade que agora com o ABC há imagens provando que o campo inclinou. È natural que, todos no Sporting andem perdidos de cabeça. Para gozarem connosco, no jogo com o fcp os desconhecidos de assobio que, apareceram no pavilhão cometeram os
êrros que se sabe! Aqui compreendo que uns não queiram ver a Sporting Tv. Agora é verdade que, durante este processo cometeram-se erros e, se calhar não só erros. È uma vergonha o assédio a jogadores nossos e, sobretudo a forma como é feito! O Nuno nem fez falta e os portistas até já se devem ter arrependido. O Rui mexeu com a maneira de jogar. E saír insultando o treinador, na frente de todos, cheira mal!Parecendo gozarem-nos... O diretor de Andebol que faz neste clube? Céus! E confesso que não estou agradado com o presidente pois, não é sendo anti-benfiquista que governa mas, infelizmente há quem goste. No andebol ouvi que foi muita vez apoiar e até aparece em treinos. Mas mente muito e, a história do pavilhão devia ser evitada. Porta-se como um miúdo. Aquela de tanta falação com o Carneiro era escusada, sabendo-se que o Benfica reconheceu o mérito e esforço mas, está a acabar carreira. O Sporting em tempos, pelo menos no andebol, era imitado! Para acabar vão buscar um treinador que, é apelidado de bêbado e, faz as coisas mais incríveis! Desde sete-base que, muda de jogo para jogo. Até dois pontas direitos no sete. Desde entrar com os do banco, até mudar o sete-base por outro sete do banco. Chego a pensar que a água que bebo tem qualquer coisa! Se calhar puzemo-nos a jeito...
Quanto a estrangeiros o Cubano pode jogar mal, mas esforça-se. O Russo pode fazer melhor para o ano. Se os dois guarda-redes continuarem nunca mais meterei os pés, num pavilhão porque é insulto á minha inteligência. Portanto mudem dirigente,treinador e alguns jogadores. Tanta má arbitragem? Hummm! Não acredito e duvido que, não sejam intencionais. È o que penso. Provem-me o contrário!

Anónimo disse...

Estamos a viver uma ilusão mas, a mim não enganam. Tanto prolongamento na taça. Tanto prolongamento agora nos play-off? Fica sempre a ideia de "tornar o andebol mais apelativo". No entanto há diferenças abismais de critério de dupla para dupla e, em momentos de jogo com a mesma dupla. Aqui há gato...

Anónimo disse...

Tendo em conta as limitações dos planteis dos finalistas a sobrecarga dos jogos e respectivos prolongamentos quem prejudicará mais?
Será este o gato a que se refere o comentador das 14,50?

P.S.: Entretanto saia um cházinho para a lagartagem...

Anónimo disse...

É pá...e não é que o mundo se uniu para tramar o SCP e o FCP ...e o SLB e o ABC não têm qualquer mérito ou valor???
Não fossem os árbitros e acho que até estariam os dosi para descer de divisão...

E foi o mesmo na Challenge pá...

Francamente!!!!

Anónimo disse...

10 de maio de 2016 às 14:20
anonimo
Pedro Espeçada faz parte de que órgão da FPA? já não é a primeira vez!
AC/DC
nota: não é Manuel Espessada!

Anónimo disse...

E não é que o Bruno Moreira levando dois vermelhos diretos em dois jogos da fase final não é punido com nenhum jogo?

Eu até aprecio o rapaz e a sua qualidade, e até sei da sua educação, mas o CD não deve gostar mesmo nada do Hgo Rocha e do ABC...


Gostava de ver agora as queixinhas...e as declarações de assalto a carteiras e casas!!!

Anónimo disse...

A época está a acabar e, não se sabe quais as medidas punitivas sobre vários casos!
Há quem esteja nas mesas ou outro local dos pavilhões onde factos graves e que, põe em causa a defesa do espetáculo desportivo andebol.
Se há imagens desses acontecimentos porquê tanto tempo? È preciso um inquérito se estes jogos, foram transmitidos por tv ou no site da federação? Que se saiba uma claque de arruaceiros e marginais de noite, obrigou a que, muita gente tivesse de invadir um campo e, consequente paragem do jogo Sporting-Porto da taça nacional. Viram-se crianças a ser postas a salvo em braços. Por acaso nada de grave aconteceu. E quando um dia acontecer algo de grave? A seguir no ABC-Sporting um bando de marginais jovens arremessou fumos dentro do pavilhão. jogo parado e crianças a chorar com olhos a arder. Nada mais aconteceu por graças dos céus. Se um pai se sentisse e enfrentasse estes marginais, se calhar eles eram guardados pela policia. Moral da história eu adepto de andebol, adoro a modalidade mas, como contribuinte não gosto de ter de pagar para a policia, ter horas extraordinárias. Moro ao pé do pavilhão de Almada e no dia da taça, metia medo andar por perto do pavilhão. No entanto houve jogadores de todas as equipas, a confraternizar e até a combinar férias juntos.

Anónimo disse...

O andebol já é vitima de tudo porque, ninguém é o seu advogado de defesa. È triste que se suspeite de doping. Igualmente as arbitragens que, normalmente favorecem X Ou Y. Nomeações de quem erra com gravidade podem fazer suspeitar. Tanto jogo em que se vê jogadores permanentemente a falar ao ouvido e nada! Tanto cavar de faltas e antijogo, com guarda-redes que demoram eternidades a tirar a bola da baliza. Depois andam á pressa quando estão a perder. È feio demais quando se ouvem gritos de mulher histérica e depois se vê quem já não coxeie, a marcar falta ou a tentar isolar-se. Tanta impunidade ofende a já pouca pureza das regras. Sejam de que clube forem, devem ser punidos.

Anónimo disse...

Quando esta época começou o Benfica apesar de não muito respeitado, foi trabalhando. Verdade que na Europa tudo foram facilidades. Correto. Agora expliquem-me como se ganha quatro jogos a equipa campeã e que, já andava á muito tempo a não jogar jogos Europeus. Expliquem -me como ganhamos a taça e estamos na final da Chalenge. Graças a Deus com outro clube que, muito prestigia o andebol nacional á anos. Expliquem-me como até nos juniores aparece uma equipa que não perdeu um jogo. Ou então quem eram Pais, Cavalcanti, Davide, Moreno ou Aranda? E pelo que parece já se trabalha na próxima época. Não me importava que o pivot Costa regressasse. O ponta do ABC vai dar jeito e já é um jogador feito. Nesta altura até Areia deve estar a chorar e arrependido. Fé no trabalho e humildade. seriedade e honestidade de gente com Augusto e outros. Continuem e vamos fazer ressuscitar o andebol, segunda modalidade deste país.

Anónimo disse...

GOSTAVA DE SABER O QUE ESTÁ A SER FEITO PENSANDO NA PRÓXIMA ÉPOCA, QUANTO AO ANDEBOL DO FCPORTO. DEPOIS DOS DESGOSTOS QUE NOS DERAM HÁ QUE FAZER ALGUMA COISA. É TRISTE VER UMA EQUIPA HABITUADA A VENCER ANOS A FIO, TER UM ESTOIRO. FISICO OU PSICOLÓGICO? AEQUIPA ESTARÁ BOA PARA AS VÁRIAS FRENTES MAS, ESTÁ NA CARA QUE, A PONTA ESQUERDA É FRÁGIL E PRECISAVA DE DOIS BONS JOGADORES OU MINIMAMMENTE COMPLETOS E REGULARES. O PROBLEMA, SEJAMOS REALISTAS ESTÁ NOS MÉTODOS DE TREINO E DE QUEM COMANDA. MAGALHÃES É UMA PESSOA EXPERIENTE E QUE, ATÉ NEM PRECISA DE ANDEBOL PARA VIVER. É PRECISO TAMBEM MIL CUIDADOS POIS, OS JOGADORES QUE, SE VÃO BUSCAR EXIGEM UMA VIGILÂNCIA EXTRA. ESTE ANO NUNO FEZ O QUÊ? RUI NÃO ESTEVE NEM PERTO MAS, TALVEZ TENHAMOS DE TER PACIÊNCIA PORQUE, FOI UM ANO COM PROBLEMAS GRAVES NA SUA FAMILIA. PARA O ANO NÃO TEREMOS O MESMO PÚBLICO POIS, NÃO HÁ LIGA DOS CAMPEÕES.
JLBM

Anónimo disse...

AC/DC (10 de maio de 2016 às 17:33)
O Pedro Espeçada é, oficialmente, delegado. Repare que eu escrevi oficialmente.
Ainda bem que reparou no lapso. É que era assim que o site da FAP se referia aos delegados para o jogo. Creio que já rectificaram, não sei.