gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

domingo, 22 de abril de 2018

Crónica de Fim-de-semana – 25 – 2017 / 2018 – II


Ligeira e possível, crónica relativa à Fase Final Grupo A da PO02, com a realização da 5.ª Jornada desta Fase, com uma ligeiríssima crónica sobre os Grupos da Fase Nacional Grupo B

PO02 – Campeonato Nacional da 2.ª Divisão Seniores Masculinos.

Resultados
Fase Final Nacional - Grupo A
5.ª Jornada
Dia 21-04-18
CCR Fermentões 29 – 28 AD Sanjoanense CD
SC Horta 39 – 39 ADC Benavente SD
Alto Moinho 28 – 27 CA Póvoa Varzim

Disputada de forma completa esta 5.ª jornada da Fase Final Grupo A, que assinala o final da 1.ª volta da mesma, Fase que define o Campeão Nacional da Divisão, e determina quais as duas equipas, que ascendem à 1.ª Divisão Nacional. Nesta jornada, tivemos um conjunto de jogos, onde o equilíbrio foi a nota dominante dos mesmos, e talvez até alguns resultados possam ter causado alguma surpresa. Infelizmente temos de registar um encontro com ocorrências disciplinares. Novamente e pela positiva, os encontros foram disputados com um razoável nível de assistência.

Na Municipal do Alto Moinho, tivemos o Alto Moinho / CA Póvoa Varzim, encontro que terminou com a primeira vitória nesta Fase da equipa visitada, e ao mesmo tempo, registou-se a primeira derrota do CA Póvoa Varzim, tornando esta Fase Final Grupo A, com um forte equilíbrio, onde a 2.ª volta será determinante para os necessários apuramentos. O Jogo foi quase sempre equilibrado, embora a equipa do CA Póvoa Varzim, tenha chegado ao intervalo na frente do marcador por 16-14, com a equipa do Alto Moinho a reagir no segundo tempo e achegar à sua primeira vitória pela diferença mínima. Pedro Padre com 12 golos, e Frady Fernandes com 6 golos, foram os melhores marcadores do Alto Moinho, por sua vez, João Baltazar com 11 golos foi o melhor marcador do CA Póvoa Varzim, este resultado, não provocou alterações nas posições das equipas na tabela classificativa. No pavilhão Desportivo da Horta realizou-se o SC Horta / ADC Benavente, que terminou numa surpreendente igualdade, com um total de golos que demonstra a forma como as equipas encararam o encontro, (sem grandes preocupações defensivas, na nossa opinião), com a equipa do ADC Benavente a mostrar o porquê dos seus últimos resultados, e o intervalo foi atingido com uma igualdade a 18 golos, que se reflectiu em nova igualdade no resultado final, resultado bem mais positivo para a equipa continental, que mesmo assim em termos da tabela classificativa, não alterou a sua posição, já a equipa insular, ascende ao 2.º lugar em igualdade pontual com mais duas equipas (CCR Fermentões, e AD Sanjoanense). Pavel Hernandez com 12 golos, e João Pimentel com 7 golos, foram os melhores marcadores da equipa do SC Horta. NO ADC Benavente João Raquel com 11 golos, Ricardo Barrão com 10 golos e Miguel Xavier com 8 golos, foram os seus melhores marcadores. Em Fermentões tivemos o CCR Fermentões / AD Sanjoanense (encontro com ocorrências disciplinares), um dos mais importantes encontros da jornada (na nossa opinião), e que terminou com a vitória da equipa visitada pela diferença mínima, que já vencia ao intervalo por 16-13, tendo no entanto de suportar a enérgica reacção dos visitantes, que no entanto não foi suficiente para levar de vencida os anfitriões. Com esta derrota a AD Sanjoanense, termina a 1.ª volta desta Fase, em 4.º lugar embora em igualdade pontual com o seu adversário nesta jornada e o SC Horta. Filipe Caniço com 11 golos, foi o melhor marcador do CCR Fermentões, com Pedro Garcia a e os seus 11 golos, juntamente com Patrick Lemos que marcou 8 golos, a serem os melhores marcadores da AD Sanjoanense.

Após estes jogos a classificação ficou assim estabelecida: - 1.º CA Póvoa Varzim (12 pontos), 2.º SC Horta, CCR Fermentões, e AD Sanjoanense (11 pontos), 5.º ADC Benavente (8 pontos), 6.º Alto Moinho (7 pontos).

Fase Final Nacional - Grupo B
Zona 1
5.ª Jornada
Dia 21-04-18
Marítimo 30 – 30 FC Porto B
FC Gaia 31 – 21 CP Natação
Boavista 28 – 30 São Mamede
SP. Oleiros 27 – 28 GC Santo Tirso

Nesta Zona, onde se disputou a 5ª Jornada completa, e já existe um jogo disputado por antecipação da 6.ª jornada, tivemos um encontro com ocorrências disciplinares (SP. Oleiros / GC Santo Tirso), temos de registar a vitória da equipa do São Mamede no Bessa, assim como se deve assinalar a igualdade do Marítimo diante o FC Porto B, jogo que ainda não está contabilizado na tabela classificativa da FAP, com o FC Gaia, a vencer o CP Natação e a fazer valer o seu favoritismo. Zona onde continuamos a pensar que os últimos lugares irão ser bastante discutidos.

Após estes jogos a classificação ficou assim estabelecida: - 1.º FC Gaia (35 pontos), 2.º GC Santo Tirso, e Boavista FC (+1 jogo, 33 pontos), 4.º SP. Oleiros, e FC Porto B (26 pontos), 6.º CP Natação (24 pontos), 7.º Marítimo (+ 1 jogo, 23 pontos), 8.º São Mamede (21 pontos).

Zona 2
6.ª Jornada
Dia 21-04-18
AC Sismaria 29 – 25 AC. Coimbra
SIR 1.º Maio 33 – 32 Benfica B
Estarreja AC 28 – 24 CD Marienses
Juventude Lis 28 – 25 AD Albicastrense

Nesta Zona que tem mais uma jornada disputada que as restantes, teve nesta jornada a características, de vencerem todos os encontros as equipas visitadas, e mais uma vez teremos de nos repetir pois tal como na Zona 1, a disputa estará centrada nos lugares de descida, onde uma das equipas (na nossa opinião) que já estará resignada a um dos últimos lugares a AC. Coimbra, que continua sem averbar qualquer vitória, desta vez foi sofreu nova derrota diante o AC Sismaria, nesta jornada a grande surpresa foi a vitória do SIR 1.º Maio, sobre o Benfica B, embora pela diferença mínima, com o Benfica B, a registar a sua 1.ª derrota, nesta Fase, assinasse ainda que o CD Marienses, apesar das diversas mudanças técnicas, tendo estado no único jogo que teve ocorrências disciplinares, continua sem acertar o “passo”, e terminamos com a vitória da Juventude Lis sobre a AD Albicastrense. De destacar a troca de posições na tabela classificativa, entre o Estarreja AC e o CD Marienses.

Após estes jogos a classificação ficou assim estabelecida: - 1.º Benfica B (37 pontos), 2.º AC Sismaria (36 pontos), 3.º Juventude Lis (35 pontos), 4.º AD Albicastrense (30 pontos), 5.º SIR 1.º Maio (29 pontos), 6.º Estarreja AC (26 pontos), 7.º CD Marienses (25 pontos), 8.º AC. Coimbra (18 pontos).

Zona 3
5.ª Jornada
Dia 21-04-18
Vela Tavira 28 – 28 Ginásio Sul
CCP Serpa 30 – 31 Zona Azul
Vitória FC 24 – 21 CF Sassoeiros
1.º Dezembro 27 – 26 CDE Camões

Tal como a Zona 1, disputou a 5.ª Jornada da prova, que registou um forte equilíbrio em todos os encontros, e com um deles a registar ocorrência disciplinares, (1.º Dezembro / CDE Camões), e onde mais uma vez o resultado que mais nos surpreendeu foi a igualdade registada pelo Vela Tavira diante o Ginásio Sul, com este resultado começa a renascer a esperança da equipa se afastar dos lugares de despromoção, onde o CC Serpa num dérbi Alentejano sofreu nova derrota (continua sem o registo que qualquer vitória), agora diante o Zona Azul, num encontro que registou 19 exclusões, Sassoeiros, dando origem a que a equipa algarvia, comece a tentar fugir dos lugares de despromoção, assinalasse ainda o regresso às vitória so Vitória FC, e a vitória do 1.ª Dezembro sobre o CDE Camões, que lhe permitiu uma aproximação desta mesma equipa, tal como na Zona 2, e empregando as palavras com o mesmo sentido parece-nos que um dos lugares de descida poderá já estar definido (CCP Serpa), com a discussão pelo outro lugar a ser muito elevada e muitas equipas envolvidas.

Após estes jogos a classificação ficou assim estabelecida: - 1.º Vitória FC (32 pontos), 2.º Zona Azul (30 pontos), 3.º CDE Camões (29 pontos), 4.º 1.º Dezembro (28 pontos), 5.º Vela Tavira, e Ginásio Sul (27 pontos), 7.º CF Sassoeiros (24 pontos), 8.º CCP Serpa (16 pontos).

O Banhadas Andebol

4 comentários:

Anónimo disse...

O Alto do Moinho e o Benavente, considerados menos favoritos, ainda vão estragar o campeonato às outras equipas, esta fase final promete!

Anónimo disse...

Na fase de descida metem 2 abéculas a apitar em Setubal. Querem pôr o Sassoeiros na 3ª divisão à força.

Anónimo disse...

A Sanjoanense caminha a passos largos para repetir o fracasso do ano passado. Nem com mai dinheiro estão a conseguir vencer a vontade maior das outras equipas. Não mudem o chip não.

Anónimo disse...

Anónimo Anónimo disse...
Na fase de descida metem 2 abéculas a apitar em Setubal. Querem pôr o Sassoeiros na 3ª divisão à força.

23 de abril de 2018 às 14:06

Voce de duas uma ou é cego ou não percebe bem de andebol e das regras porque criticar é fácil estive no pavilhão a ver o jogo e os remates da sua equipa falhadas de pontas ,7 metros,remates dos 9 metros tirados atoa e ainda critica dupla arbitragem tenha vergonha na cara e vê o lado justo das coisas agora a pergunta se Sassoeiros ganhasse não estaria aqui a fazer este comentário triste certeza.......já que fala assim tão alto e gosta criticar o sr anónimo gostava que tivesse lá dentro no lugar dos árbitros certeza não fazia melhor figura trabalham mais , falam menos e se preocupam em jogar e não falham tanto nos momentos decisivos porque de criticar o mundo está cheio