gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

segunda-feira, 9 de abril de 2018

Crónica Relativa á PO09 - Play OFF – 27 – 2017 / 2018


Crónica exclusivamente dedicada ao Feminino, e dedicada desta vez já com os jogos do Grupo B, a serem igualmente realizados, e que se disputaram este fim-de-semana.

PO09 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Femininos.
Jogos 1/4 Final (Play OFF, á melhor de 3, no sistema Fora, Casa, Casa) – Apuramento do 1.º ao 8.º Lugar

1.ª Jogo
Dia 29-03-18
CS Madeira 17 – 22 Madeira SAD
Dia 30-03-18
Juventude Lis 22 – 36 Colégio Gaia
SIR 1.º Maio/CJB 18 – 24 Maiastars
Assomada 25 – 21 Alavarium

2.º Jogo
Dia 07-04-18
Madeira SAD 29 – 16 CS Madeira
Colégio Gaia 32 – 20 Juventude Lis
Maiastars 31 – 30 SIR 1.º Maio/CJB (C/prolongamento)
Alavarium 22 – 16 Assomada

3.º Jogo
Dia 08-04-18
Alavarium 27 – 25 Assomada

Resultados até ao momento
Madeira SAD (2) – (0) CS Madeira
Colégio Gaia (2) – Juventude Lis (0)
Maiastars (2) – (0) SIR 1.º Maio/CJB
Alavarium (2) – (1) Assomada

Depois da realização do segundo encontro em possíveis três (3) jogos, para definir as equipas apuradas para a eliminatória seguinte, e conforme prevíamos, foi quase toda decidida, e tal como tínhamos previsto, em apenas um dos encontros foi necessário recorre ao 3.º jogo (Alavarium / Assomada), e mais uma vez, sem um único jogo “para amostra” a ser transmitido pela Andebol TV. Todos os encontros se realizaram sem qualquer ocorrência disciplinar.

Apurados para as 1/2 Final (3 jogos – Fora, Casa, Casa)Madeira SAD, Colégio Gaia, Maiastars, e Alavarium.

O encontro mais equilibrado, e que apenas foi resolvido com prolongamento, foi o Maiastars / SIR 1.º Maio/CJB, que terminou com a vitória pela diferença mínima a favor da equipa maiata, num encontro sempre disputado com grande equilíbrio, com alternâncias e igualdades sucessivas no marcador e com o resultado a ser de 12-11 a favor da equipa da Marinha Grande, que se manteve na frente do marcador até a uma das várias igualdades que se registaram, desta vez a 14 golos, para se chegar ao final dos 60 minutos com uma nova igualdade a 26 golos, e depois de uma nova igualdade a 30 golos, o Maiastars acaba por vencer por 1 golo, marcado no segundo prolongamento. Encontro onde ocorreram 18 exclusões, e onde Mariana Azevedo com 10 golos, foi a melhor marcadora do Maiastars, pelo SIR 1.ª Maio/CJB, tivemos Barbara Ferreira com 9 golos, Miriam Almeida e Carolina Gomes, ambas com 5 golos, cada, como melhores marcadoras da equipa.

No Pavilhão do Alavarium, disputou-se o Alavarium / Assomada, jogo que ao terminar com a vitória do Alavarium, levou a eliminatória a ser decidida no terceiro encontro, sendo o único dos encontros, que foi a decidido com a realização do total dos jogos previstos. Neste segundo encontro a equipa visitada, entrou melhor, e esteve na frente do marcador, mas a Assomada reagiu e igualou a 5 golos, para posteriormente a equipa do Alavarium passar para a frente do marcador até final do encontro, chegando ainda no primeiro tempo a ter 4 golos de vantagem quando vencia por exemplo por 9-5, para chegar ao intervalo a vencer por 10-8. NO segundo tempo a equipa da casa continuou a comandar o marcador e o jogo, chegando aos 5 golos de vantagem (13-8, e 17-12, por exemplo), para terminar como vencedora por 4 golos de diferença, e deste modo levar a eliminatória a terceiro jogo, Ana Carolina Silva com 5 golos, foi a melhor marcadora do Alavarium, enquanto as melhores marcadoras da Assomada não passaram dos 4 golos (Odete Tavares, e Rute Fernandes). No encontro decisivo para se saber a equipa que continuava em prova, assistiu-se a um excelente jogo de andebol, com as equipas a alternar no comando do marcador, num jogo disputado com grande equilíbrio, com a equipa surpresa da prova a dar excelente réplica, e apenas a ceder nos momentos finais do jogo. Começou melhor o Alavarium, que esteve na frente do marcador até os 6-5, depois tivemos diversas igualdades, com a equipa da Assomada a chegar à frente do marcador, e atingir o intervalo, na frente do marcador por 13-11. No segundo tempo a Assomada que chegou a ter 3 golos de vantagem quando vencia por 17-14, foi-se mantendo na frente do marcador e a causar alguma apreensão no Alavarium, que no entanto igualou o marcador a 21 golos, para de seguida passar para a frente do marcador chegando aos 27-24, exactamente os mesmos 3 golos, que se tinham registado ao contrário no primeiro tempo. É difícil a uma equipa vencer um encontro quando se sofre 8 livres de 7 metros. Com o esta vitória o Alavarium passa às 1/2 Final da prova. Ana Carolina Silva com 12 golos, foi a melhor marcadora do Alavarium, no Assomada, Dulce Pina com 7 golos, juntamente com Odete Tavares e Kassia Cesar, ambas com 7 golos, cada foram as suas melhores marcadoras.

Em Gaia num encontro de sentido único, realizou-se o Colégio Gaia / Juventude Lis, que terminou como se esperava, com uma clara vitória do Colégio de Gaia, que ainda nos primeiros 30 minutos, chegou a estar na frente do marcador por 9 golos de diferença (14-5), para chegar ao intervalo a vencer por 17-10, e ter a vitória e a eliminatória praticamente decidida. No segundo período de jogo, e com o Colégio Gaia sem abrandar o ritmo apesar da gestão do plantel, chegou aos 11 golos de diferença quando vencia por 23-12, para terminar com um diferencial de 12 golos, resultado completamente esclarecedor. Carolina Monteiro com 7 golos, e Ana Gante com 6 golos, foram as melhores marcadoras do Colégio Gaia, por seu lado a Juventude Lis apesar de ter 10 jogadoras a concretizarem golos, teve em Margarida Gabriel com 5 golos a sua melhor marcadora.

No Funchal, disputou-se o Madeira SAD / CS Madeira, que terminou conforme o esperado, com a vitória do Madeira SAD, que venceu ao mesmo tempo a eliminatória. Apesar do bom começo do CS Madeira que chegaram a estar na frente do marcador até aos 4-3, para depois sofrerem um parcial de 3-0, o Madeira SAD passou para a frente do marcador por 6.4, situação que não mais abandonou, chegando ao intervalo na frente do marcador por 15-9. No segundo tempo a situação de jogo, não se alterou e chegou aos 11 golos de diferença (25-14), para terminar com gestão do jogo e do resultado. Mónica Soares com 14 golos, foi a melhor marcadora do Madeira SAD e do jogo, sendo bem acompanhada por Beatriz Sousa com 8 golos, Com Ana Franco e os seus 7 golos, a ser a melhor marcadora do CS Madeira.

Enquadramento para as 1/2 Final (casa, fora, fora)
– Apuramento do 1.º ao 4.º Lugar

1.º Jogo
Dia 14-04-18
Alavarium – Madeira SAD (17H30)
Maiastars – Colégio Gaia (19H00)
2.º Jogo
Dia 21-04-18
Madeira SAD – Alavarium (17H00)
Colégio Gaia – Maiastars (18H00)
3. Jogo (Se necessário)
Dia 22-04-18
Madeira SAD – Alavarium (17H00)
Colégio Gaia – Maiastars (18H00)

Enquadramento para os jogos do 5.º ao 8.º Lugar (casa, fora, fora)

1.º Jogo
Dia 14-04-18
CS Madeira – Assomada (17H00)
Juventude Lis - SIR 1.º Maio/CJB (15H00)
2.º Jogo
Dia 21-04-18
Assomada – CS Madeira (19H00)
SIR 1.º Maio/CJB – Juventude Lis (15H00)
3. Jogo (Se necessário)
Dia 22-04-18
Assomada – CS Madeira (16H30)
SIR 1.º Maio/CJB – Juventude Lis (21H00)

Grupo B – Apuramento do 9.º ao 12.º Lugar
1.ª Jornada
Dia 07-04-18
Académico FC 23 – 14 ND Santa Joana SD
CA Leça 25 – 25 JAC-Alcanena CD

Neste grupo que cujo maior interesse se pode resumir, a quem irá descer de Divisão, inicia-se com algum equilíbrio pontual, entre pelo menos três (3) equipas (JAC-Alcanena, Académico FC, e CA Leça), apenas o ND Santa Joana, surge deslocado em termos mais negativos. Os resultados ocorridos nesta jornada provam precisamente o que dissemos, com a vitória clara do Académico FC sobre o ND Santa Joana, e a igualdade ocorrida no encontro CA Leça / JAC-Alcanena, que foi um encontro que terminou com o registo de ocorrências disciplinares.

Classificação deste Grupo após estes jogos – 1.º Académico FC, e JAC-Alcanena (20 pontos), 3.º CA Leça (19 pontos), 4.º ND Santa Joana (13 pontos).

O Banhadas Andebol

1 comentário:

Anónimo disse...

Os jogos do Alavarium deram na Alavarium TV