gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

sexta-feira, 20 de abril de 2018

IHF – Sistema de Apuramento para os Mundiais Jovens


NOVO SISTEMA DE APURAMENTO PARA OS MUNDIAIS JOVENS

Depois de ter criado diversos problemas na região Pan-americana, com a criação de duas Confederações naquele Continente, a Confederação Norte-América-Caribe, e Confederação Sul-Centro Americana, a IHF publicou o seu novo Regulamento de Competições, onde se verificam alterações aos sistemas de qualificação para os Mundiais, em especial no escalão de Juniores e de Juvenis.

Assim no caso Pan-americano, e face as novas divisões, os lugares nos Mundiais serão os seguintes

Confederação Norte-Americana- Caribe – Um (1) Lugar
Confederação Sul-Centro Americana – três (3) Lugares.

Mundiais Juniores (Ambos os géneros)
São disputados, por 24 equipas, assim distribuídas:

Qualificações Obrigatórias
Organizador – um (1) Lugar
África – três (3) Lugares
Ásia – três (3) Lugares
Europa – três (3) Lugares
Sul-Centro Americana – três (3) Lugares
Norte-Americana-Caribe – um (1) Lugar
Oceânia – um (1) Lugar
Qualificações por mérito
Oito (8) lugares para os continentes dos oito (8) melhores Países classificados no Mundial anterior na mesma categoria.
IHF Trophy Intercontinental – Um (1) Lugar (Troféu organizado pela IHF nos diversos Continentes, e que terá uma Fase Final, normalmente entre os chamados Países emergentes.

Mundiais Juvenis (Ambos os géneros)
São disputados, por 24 equipas, assim distribuídas:

Qualificações Obrigatórias
Organizador – um (1) Lugar
África – três (3) Lugares
Ásia – três (3) Lugares
Europa – três (3) Lugares
Sul-Centro Americana – três (3) Lugares
Norte-Americana-Caribe – um (1) Lugar
Oceânia – um (1) Lugar
Qualificações por mérito
Oito (8) lugares para os continentes dos oito (8) melhores Países classificados no Mundial anterior na mesma categoria.
Continente do Campeão Mundial em Titulo – um (1) Lugar

No entanto foram criadas exigências adicionais, que se podem resumir deste modo:

Os Continentes que têm três (3) lugares obrigatórios, têm de jogar torneios Continentais com o mínimo de seis (6) equipas.

Os Continentes que têm um (1) lugar obrigatório, têm de jogar torneios Continentais com o mínimo de três (3) equipas.

Os Continentes que possuam qualificações por mérito, deverão torneios continentais com um número de equipas que têm de ter no mínimo o dobro de equipas dos lugares de mérito.  

Exemplo – Se um continente têm três (3) qualificações obrigatórias e duas (2) por mérito (total de cinco equipas), terá de disputar um torneio Continental com o mínimo de 10 equipas.

Se um Continente falhar com uma destas exigências, perderá um lugar, que será atribuído ao Continente da equipa Campeã Mundial em título na Categoria.
(Fonte Mundo Handball)

O Noticias

Sem comentários: