gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

terça-feira, 10 de abril de 2018

Torneios de Selecções Regionais Masculinas e Femininas – XVI - Sorteios


Realizaram-se em (09-04-18), os sorteios das fases finais destas provas com os seguintes resultados, e já com a confirmação das datas e locais de realização, esperamos que em definitivo.

Torneio Selecções Regionais Femininas - Prova destinada a atletas nascidos em 2003 e 2004.

Fase Final - Participam – AA Braga, AA Porto, AA Lisboa, AA Madeira, AA Aveiro, e AA Algarve.

Forma de Disputa - Fase Final – Participam as 6 equipas apuradas, que numa 1.ª Fase serão agrupadas em 2 zonas de 3 equipas, jogando TxT a 1 volta, com as 1/2 Final a serem disputadas pelos 1.º e 2.º classificados de cada zona (1.º Zona 1 x 2.º Zona 2, 1.º Zona 2 x 2.º Zona 1), enquanto os 3.º Classificados farão um jogo de definição do 5.º e 6.º Lugar, os vencidos nas 1/2 Final disputarão um encontro para definição do 3.º e 4.º Lugar.

Os jogos serão disputados em Odemira – 15 a 17-06-18

Calendário
Fase Final – Zona 1
1.ª Jornada
Dia 15-06-18
 Algarve – Lisboa (17H30)
2.º Jornada
Dia 16-04-18
Porto – Algarve (09H00)
3.ª Jornada
Dia 16-06-18
Lisboa – Porto (17H00)

Fase Final – Zona 2
1.ª Jornada
Dia 15-06-18
Aveiro – Madeira (19H30)
2.º Jornada
Dia 16-06-18
Braga – Aveiro (11H00)
3.ª Jornada
Dia 16-06-18
Madeira – Braga (19H00)

Dia 17-06-18 – disputam-se as - 1/2 Final, 5/6 Lugar, 3/4 Lugar, Final.

Torneio Selecções Regionais Masculinas - Prova destinada a atletas nascidos em 2002 e 2003.

Fase Final - Participam – AA Porto, AA Braga, AA Aveiro, AA Algarve, AA Viseu/AA Guarda, e AA Lisboa.

Forma de Disputa - Fase Final – Igual à já descrita para as equipas Femininas.

Os jogos serão disputados em Celorico de Basto – 11 a 13-05-18

Calendário
Fase Final – Zona 1
1.ª Jornada
Dia 11-05-18
Porto – Viseu/Guarda (17H30)
2.º Jornada
Dia 12-05-18
Aveiro - Porto (09H00)
3.ª Jornada
Dia 12-05-18
Viseu/Guarda – Aveiro (17H00)

Fase Final – Zona 2
1.ª Jornada
Dia 11-05-18
Braga – Lisboa (19H30)
2.º Jornada
Dia 12-05-18
Algarve - Braga (11H00)
3.ª Jornada
Dia 12-05-18
Lisboa – Algarve (19H00)

Dia 13-05-18 – disputam-se as - 1/2 Final, 5/6 Lugar, 3/4 Lugar, Final.

Esperamos que a realização das provas nestes locais, possa contribuir, para o desenvolvimento da modalidade nas mesmas. Embora tenhamos a consciência de que estas provas não irão sair baratas à Federação. 

O Formador

4 comentários:

Anónimo disse...

Por acaso estive à procuro do documento nos portais das outras modalidades e não está em nenhum. É lei só para o andebol?
Aproveitei para ver quando é que foram as Assembleias destas federações e vi que a do volei foi no mesmo dia da FAP e a do Basket ainda vai ser. Só o andebol é que é obrigado a fazer até 31 de Março?
Não acham que vos fica mal dizer mal por dizer, mentindo? Já agora, porque sou delegado à AG da FAP, aproveito para vos informar que eles apresentaram um lucro de quase meio milhão de euros, no exercício de 2017. É bom não é, ou será mau?
Ajudem o andebol, pois o que fazem actualmente é enterrar o andebol! Se estivessem na AG também tinham percebido que pela primeira vez na historia, o andebol está apurado para todos os mundiais juniores A e B femininos e masculinos, para todas as fases finais dos europeus juniores A e B dos para os jogos olímpicos da juventude e para a as fases finais do andebol de praia da Europa e mundo.
Isto é difícil de divulgar não é? Dá um nó na mão quando se está a escrever! Bendita direcção oxalá esteja lá por muitos anos!

O Banhadas Andebol disse...

Embora o seu comentário, tenha sido feito fora do artigo a que se refere, não temos problemas em publicar o mesmo, e até aproveitamos, para o informar que se é delegado desconhece os Estatutos da Modalidade, e mais não estamos cá para mentir, apenas lhe demos o conselho que aceita ou não de verificar o que dizem os estatutos da Federação de Andebol de Portugal, acerca das datas para apresentação de contas, e depois digamos que nós mentimos... Mas temos que dizer-lhe que como delegado lhe fica muito mal dizer que outras federações apresentaram as contas também em Abril, sabe o que dizem os estatutos das mesmas... Já agora se houve um saldo positivo de quase meio milhão de Euros, porquê a alienação de património.... Esta respostas também é uma excepção pois não costumamos responder provamos as nossa acções e provavelmente iremos fazer um novo post aproveitando o seu texto.

Anónimo disse...

A alienação do património teve uma explicação segundo a Direção da FAP: o prédio onde esta o barraco que é propriedade da FAP, foi vendido em bloco, com exceção do barraco da FAP e ou a FAP vendia o Barraco, ou era obrigada a comparticipar nas obras na parede central do prédio, ficando estas quase tão caras como o valor do barraco. Para a empresa que comprou era aliciante a compra porque ficava com o bloco completo o que lhe permite rentabilizar tudo para a FAP também porque desfez-se de um barraco por um preço muito alto. Segundo o Presidente o dinheiro do barraco será para aplicar na nova sede.
Em relação aos estatutos não preciso de ler (não sou assim tão mesquinho, quero mesmo é contas boas e podem ser apresentadas em Junho!), faço cópia do vosso post que diz no artigo 124: as contas DEVEM ser apresentadas até 31 de Marco
Portanto repito: mentiram, porque a FAP não é obrigada apresentar as contas até 31 de março, DEVE, logo, não estão fora da lei.
Mas isto nem é importante, importante mesmo é que o Banhadas exerça um papel ativo de crítica e vigilância, mas simultaneamente reconheça o positivo quando este existe.
Com meio mundo a dizer que o andebol está no top das modalidades indoor, o Banhadas não consegue encontrar uma coisinha por pequenina que seja que mereça reconhecimento? Então estão cegos e andam a acompanhar outra modalidade qualquer.
Repito: oxalá esta direção exerça por muitos e muitos anos!

Anónimo disse...

Não estive em assembleia mas não acredito que esta seja composta por um conjunto de mentecaptos tão ignorantes, que votem as contas por unanimidade e com voto de louvor. Questionar esta legitimidade não fica bem ao Banhadas. Também não sou inocente ao ponto de não perceber que a AG é composta maioritariamente por pessoas afetas à direção, portanto dificilmente se chumbará o que quer que seja apresentado pela direção da FAP.
Mas no grosso dos que lá estão há pessoas de confiança que não votariam de certeza um voto de louvor se não fosse merecido. Os delegados são colados às posições da direção, mas confesso que não conheço nenhuma instituição que não tenha esta prática, desde as org. Politicas às desportivas. Pensar o contrário é completamente utópico.
Pelo que leio nos comentários, os 500.000€ foram o motivo do louvor e se assim é também entendo que merecem o louvor.
O Banhadas pode e deve chamar a atenção para o facto de não terem cumprido o que esta escrito, mas concordo que DEVEM não é a mesma coisa de OBRIGATORIO. Mas se regulamentarmente diz DEVEM, não deve custar muito cumprir o que está escrito.
O Banhadas tem um papel importante na vigilância e denuncia do que está mal e isto só por si já é positivo. Não é obrigado a denunciar o que está bem, isto também seria utópico. O negativo é para chamar a atenção, o positivo é também digno de louvor, mas esse papel é de quem exerce o poder.
Pela perceção que tenho enquanto amante anónimo do andebol, concordo que a nossa modalidade vive momentos de otimismo, quer pelo número crescente de atletas e jogos, quer pela imagem que passa através das muitas transmissões televisivas e páginas de jornais, mas também pela qualidade das nossas seleções. Fica a sensação que se inverteu-se o circulo: nós que nos queixávamos de falta de transmissões, hoje vimos o basket e o volei com essa preocupação, em contraponto, vimos as transmissões do andebol a crescer todos os dias e, inclusive, a TVI abandonar o Basket para passar andebol. Esta troca é muito significativa.
Fica a sensação que a atual direção tem rumo, sabe o que está a fazer e está a conduzir o andebol para os lugares de anseios dos simpatizantes, como é o meu caso.
A título de exemplo a 2ª divisão está muito interessante, com pavilhões cheios e campeonato muito competitivo. No feminino os pavilhões estão sempre com excelente moldura. Na PO1 temos um campeonato muito bom.
Mas este sucesso também tem o dedo do Banhadas, pois à força de tanto denunciar, acaba por exercer pressão nos comandos centrais da FAP, obrigando-os a pensar todos os dias.
Resumindo, parabéns à direção da FAP pois está a fazer um trabalho notável, mas espero que o Banhadas dure muitos e bons anos pois também é parte importante nesses sucesso.