gal vence

Euro Masculino SUB-18, Portugal Perde com a Noruega 28-24 - Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

sábado, 18 de agosto de 2018

Europeu Sub-18 Masculino – 2018 – XXIII


EHF M18 EURO – 2018

SELECÇÃO DE JUNIORES SUB-18

Portugal terminou hoje a sua participação no Europeu da categoria que se está a disputar na Croácia e que termina no dia 19-08-18.

PORTUGAL PERDE COM NORUEGA
 (Classifica-se em 12.º)
Hoje Portugal disputou o encontro que têm influência directa na sua classificação final, ou seja, disputou o 11.º / 12.º lugar, precisamente com a equipa da Noruega, com perdeu na Intermediate Round por 28-26. Com a derrota a derrota no jogo de hoje Portugal, não tingiu nenhum dos seus objectivos, pois ficou de fora do Mundial de 2019, ou por outra classificou-se de forma que se mantêm na mesma Divisão digamos assim pois evitou os lugares de descida à EHF Championship. Neste encontro, colocamos a jogar pela primeira vez na prova o 3.º guarda-redes (Alexandre Oliveira), que jogos os primeiros 30 minutos e onde esteve francamente bem, assim como a equipa que ao contrário dos outros encontros entrou bem, e chegou a ter 4 golos de vantagem por diversas vezes (9-5) aos 15 minutos de jogo, e aos 23 minutos quando vencia por 11-7, para chegar ao intervalo já a perder o fulgor defensivo que tinha demonstrado até então, em especial em termos defensivos, e estava na frente do marcador por 13-11. No segundo tempo, começaram os erros do costume, e que já nem vamos repetir na sua descrição, sofremos um parcial de 9-3, e aos 42 minutos já estamos em desvantagem por 20-16, e apesar de alguma recuperação, pois aos 47 minutos de jogo, o resultado era de 21-20 a favor dos noruegueses. Mas foi o último “suspiro” da equipa Nacional, pois rapidamente os noruegueses colocam o diferencial em 3 golos (23-20), para nossa opinião ainda se registarem dois momentos decisivos, aos 56 minutos quando File Morais falha um livre de 7 metros, e aos 59 minutos quando Martim Costa falha igualmente na marcação de um 7 metros, com Grondahl (6 golos) a marcar o golo final e a sentenciar a partida, com Portugal a classificar-se em 12.º lugar, e a piorar a sua última classificação que tinha sido o 10.º lugar em 2016. Registe-se, que Joel Ribeiro (6 golos) é o MVP da equipa Portuguesa, e que Hftum (6 golos), foi o MVP da equipa da Noruega, que com esta vitória se classifica para o próximo Mundial. 

Uma referência final para Martim Costa, que até este momento comanda a lista dos melhores marcadores da prova com 48 golos.

Calendário e Resultados de Portugal

Jogos Cruzados
9/12
Dia 17-08-18
Noruega 19 – 28 Eslovénia
Hungria 24 – 22 Portugal

Dia 18-08-18
11/12 Lugar
Noruega 28 – 24 Portugal
9/10 Lugar
Eslovénia 26 – 23 Hungria

Outros Resultados
1/2 Final
Dia 17-08-18
Dinamarca 22 – 31 Suécia
Islândia 30 – 26 Croácia

Outros Jogos
7/8 Lugar
Dia 19-08-18
França – Sérvia (10H00)
5/6 Lugar
Dia 19-08-18
Espanha – Alemanha (12H30)
3/4 Lugar
Dia 19-08-18
Dinamarca – Croácia (15H00)
Final
Dia 19-08-18
Suécia – Islândia (17H30)

Horas Locais

Classificação Final – 1.º , 2.º , 3.º , 4.º , 5.º , 6.º , 7.º , 8.º , 9.º Eslovénia, 10.º Hungria, 11.º Noruega, 12.º Portugal, 13.º Rússia, 14.º Israel, 15.º Polónia, 16.º Roménia.

Notas

Os 11 primeiros disputam em 2019 o Mundial Sub-18, por apuramento directo.

De referir que as equipas piores Classificadas, disputarão em 2020 na prática a 2.ª divisão do Europeu de Sub-20, com os melhores classificados da prova de Sub-18 (2.ªDivisão), que está a ser disputada na Áustria e na Geórgia, a serem promovidos á 1.ª Divisão do Euro Sub-20 em 2020. Conforme o novo diagrama destas competições já divulgado em oportunidade por nós.

De realçar a excelente qualidade das transmissões, mesmo em Livestream que só são possíveis na nossa opinião por a modalidade ser uma das modalidades prioritária na Croácia, Continuou-se a verificar apenas uma boa aderência do público nos jogos onde participava a equipa do Pais Organizador. Veremos o último dia.

De destacar que em relação aos semifinalistas de 2016, não se verificou qualquer repetente.

Todos os jogos serão transmitidos pela EHFTV

O Noticias

Época 2018/2019 - XX Torneio de São Mateus - II


TORNEIO INTERNACIONAL DE VISEU
(XX TORNEIO DE SÃO MATEUS)

Mais uma vezes se realiza o tradicional Torneio de S. Mateus, agora designado por Torneio Internacional de Viseu, que na prática, apesar de já se terem disputado outros torneios este ano, volta a ser o torneio de referência para dar início à época desportiva 2018 / 2019, realizando-se num fim-de-semana que coincide com um Seminário Técnico e uma acção de formação para quadros de arbitragem, com o Conselho de Arbitragem, a a apenas fazer uma breve comunicação no Portal da FAP, no próprio dia do inicio da mesma, como era sua obrigação, pois apenas o Presidente da AA Viseu tinha anunciado a sua realização, via Comunicação Social.

De destacar mais uma vez e pela negativa mais uma vez a ausência da Televisão Pública nestes eventos, felizmente que a TVI24, está a fazer as suas vezes.

 Os Jogos estão a ser disputados no Pavilhão Cidade de Viseu. Com menos publico que o esperado, pelo menos nesta jornada.

No primeiro dia – Assistimos a dois encontros entre as equipas Nacionais, com as suas congéneres estrangeiras, e que contaram com alguma animação, e tivemos um Sporting a defrontar uma equipa da principal liga francesa, o Chambéry, Com a equipa Portuguesa a apresentar-se ainda sem intensidade de jogo, em especial em termos ofensivos, e com bastantes falhas em termos defensivos, pois apresentou uma deficiente recuperação defensiva, e com algumas ausências de peso, como Frankis Carol, Carlos Ruesga, e até Pedro Solha que não saiu do banco, perante uma equipa francesa que demonstrou o porquê do andebol francês estar no topo, pois jogou sempre em alta rotação, com um ataque rápido e construtivo onde a circulação de bola circulava, sempre com um objectivo (golo), de tal forma, que apesar do aparente equilíbrio, verificado durante os primeiros 30 minutos, já vencia ao intervalo por 18-17. No segundo tempo, chegou a dilatar o resultado para uma vantagem de 6 golos (30-24), aos 46 minutos de jogo, situação que foi gerindo perante um Sporting sem soluções atacantes, onde o jovem Gonçalo Grácio (3 golos) acaba por ser uma das revelações do jogo, e onde pela parte portuguesa, constatou-se que acabaram sem qualquer condicção física, sendo Tiago Rocha o melhor marcador da equipa com 5 golos, tantos com os os conseguidos por Nikcevic. Destaque ainda para a prestação na baliza do Sporting de Skok. Nos franceses destaque para o seu guarda-redes Julien Meyer, e para o seu número 44 e seu melhor marcador, Melic com 7 golos, numa equipa com 12 jogadores a marcarem golos. A Arbitragem a cargo da dupla Internacional de Braga, constituída por Daniel Freitas e César Carvalho, apenas teve o senão de ter alterado seu apertado critério disciplinar do 1.º para o 2.º tempo o que não foi saudável para o jogo, além que cria situações de injustiça, para as equipas. No resto nada temos de lhes apontar.

Tivemos a seguir, um Benfica / Chekhovskie Medvedi, que terminou com a vitória da equipa portuguesa, num jogo que teve alternâncias comportamentais das equipas, no primeiro tempo o Benfica, com uma equipa que sabe o que quer e onde o seu guarda-redes, Borko Ristovski, fez grande diferença em especial nos lançamentos para contra ataque e na rapidez de execução dos mesmos. E com Belone Moreira (8 golos) em bom plano, bem acompanha em todo o jogo por Pedro Seabra Marques (2 golos), mas muito bem a comandar o ataque da sua equipa, contra uma equipa com excelente índice físico, comandou o jogo e o marcador até cerca dos 18 minutos de jogo (vencia por 10-9), para nos minutos seguintes do 1.º tempo a equipa russa, igualmente com o seu guarda-redes Pavlenko em bom plano deu a volta ao resultado, e chegou ao intervalo a vencer por 17-15. No 2.º tempo o Benfica reagiu ao jogo dos russos e com uma defesa bem activa, criou forte problemas ao ataque do adversário, que por vezes se mostrou trapalhão, e aos 41 minutos igualava o marcador a 21 golos, para de seguida e aproveitando bem as diversas superioridades numéricas, e as percas de bola do adversário , aos 49 minutos já vencia por 26-23, para terminar o encontro a jogar com dois jovens que deram boa conta de si, quer Daniel Neves (2 golos), quer Corte Real, igualmente com 2 golos. Destaque ainda na equipa russa para Denis Vasilev que com 5 golos foi o seu melhor marcador. Jogo dirigido pela dupla de Aveiro Ruben Maia e André Nunes, que tal como os seus colegas no jogo anterior tiveram um critério bastante apertado em termos disciplinares, o que por vezes se torna difícil manter durante os 60 minutos, apenas lhe apontamos o excesso (na nossa opinião) na desqualificação do guarda-redes russo (Grushko) cerca dos 32 minutos de jogo.

Calendário e Resultados

Dia 18-08-18
Sporting 33 – 36 Chambéry SMBH
Benfica 32 – 28 Chekhovskie Medvedi
Dia 19-08-18
3º e 4º classificados
Sporting - Chekhovskie Medvedi (15H00) Andebol TV
Final
Benfica – Chambéry SMBH (17H00) TVI24

O Noticias

sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Europeu Sub-18 Masculino – 2018 – XXII


EHF M18 EURO – 2018

SELECÇÃO DE JUNIORES SUB-18

Dando continuidade à sua participação no Europeu da categoria que se está a disputar na Croácia termina no dia 19-08-18.

PORTUGAL PERDE COM HUNGRIA
VAI DISPUTAR
 (LUGARES DO 11.º AO 12.º)
Hoje Portugal disputou o encontro que têm influência directa na sua classificação final, ou seja, disputar o 9.º / 10.º Lugar, ou disputar o 11.º / 12.º lugar. Sabendo desde já que se mantém na mesma divisão em termos Europeus, pois fica classificada acima do 14.º lugar. Este encontro foi de primordial importância para a definição da Classificação Final, e <Portugal nunca soube aproveitar as oportunidades de que dispôs, num jogo de grande equilíbrio, e que até esteve bem em termos defensivos, mas foi uma autêntica “desgraça” em termos atacantes, com diversas falhas no passe, permitindo diversas inversões do sentido de jogo, e com um ataque por vezes demasiado precipitado, e sem preparação, e não vale a pena “carpir” a falta de experiência da equipa, pois é um argumento já gasto. Com esta derrota, num jogo onde durante cerca 9 minutos, (entre os 24 e os 33) não concretizamos nenhum golo, mesmo assim equilibramos o encontro até o intervalo que chegou com uma igualdade a 12 golos. Depois a Hungria entrou melhor no jogo e teve ascendente no mesmo e no marcador com Portugal a recuperar por diversas vezes, chegando aos 51 minutos de jogo com uma igualdade a 18 golos, e com o guarda-redes da Hungria de seu nome Kristof Gyori, a garantir a sua baliza e a realizar uma excelente exibição (MVP da equipa), sendo muito bem acompanhado por Bence Balint (7 golos, e melhor marcador da equipa), e a partir desse momento Portugal nunca mais se encontro chegando a ter 3 golos de desvantagem cerca dos 58 minutos (23-20), depois de se ter falhado um contra ataque por mau passe cerca dos 57 minutos e que poderia ter dado a igualdade a 21 golos a Portugal, e o final poderia ter sido outro, pois logo de seguida falhamos um golo “cantado”, neste encontro, dois jogadores na nossa opinião tiveram rendimento muito inferior à sua qualidade (Gonçalo Nogueira e Martim Costa), com Salvador a ser o MVP da equipa, talvez pelos 4 golos que marcou, tantos como Martim Costa. Com esta derrota, resta-nos um jogo, o Noruega / Portugal, para definir o 11.º lugar, (último de acesso, ao próximo Mundial), recordamos que já se defrontaram na Intermediate Round, e que o jogo terminou com a vitória da Noruega por 28-26.

Calendário e Resultados de Portugal

Jogos Cruzados
9/12
Dia 17-08-18
Noruega 19 – 28 Eslovénia
Hungria 24 – 22 Portugal

Dia 18-08-18
11/12 Lugar
Noruega – Portugal (18H00)
9/10 Lugar
Eslovénia – Hungria (20H30)

Outros Resultados
1/2 Final
Dia 17-08-18
Dinamarca 22 – 31 Suécia
Islândia 30 – 26 Croácia

Outros Jogos
7/8 Lugar
Dia 19-08-18
França – Sérvia (10H00)
5/6 Lugar
Dia 19-08-18
Espanha – Alemanha (12H30)
3/4 Lugar
Dia 19-08-18
Dinamarca – Croácia (15H00)
Final
Dia 19-08-18
Suécia – Islândia (17H30)

Horas Locais

Todos os jogos serão transmitidos pela EHFTV

O Noticias

Arbitragem – Formação – 2018/2019 - I


ACÇÕES DE FORMAÇÃO
(Viseu de 17 a 19-08-18)

Voltamos a começa este nosso texto por publicar parte do Artigo 8.º do Dec. Lei 93/2014, que rectifica o Dec. Lei 248/B de 2008 (Regime Jurídico das Federações), não publicamos o mesmo no seu todo por a restante matéria é irrelevante para o caso em apreço, assim diz:
Devemos ainda para bem da verdade que o CA é um órgão da FAP, e não um organismo independente, assim encontra-se sujeita, às normas constantes, na legislação e que foram vertidas para os estatutos da FAP.

A Verdade é que até ao momento, o CA, não fez publicar no Portal da Federação, nem o programa dos cursos a realizar em Viseu, nem fez publicar qualquer circular relacionada com estas acções, encontrando-se assim completamente fora da Lei e dos Estatutos da FAP, com permissão da Direcção que desta forma se torna conivente com este tipo de acções. Na nossa opinião atingimos co cúmulo da opacidade.

Poderemos ainda informar, que é completamente desconhecida a lista dos convocados para esta acção de formação, que segundo sabemos é dedicada a Árbitros, Delegados, Observadores e Oficiais de Mesa,

Não entendemos como se pode chamar a uma acção deste tipo, para Oficiais de Mesa, quando esta função deixou de existir, basta ver CO N.º 1 da FAP, ver regulamento Disciplinar da FAP, e ver ainda o chamado Regulamento dos CROM, assim parece-nos que existe um autêntico “navegar à vista”, e não sabemos o que andamos a fazer.

Nos programas de que tomamos conhecimento, consta por exemplo no dia 18-08-18, “exames médicos”, mas que será que todos os elementos presentes fazem anos no mesmo dia, ou será para termos os mesmos de reserva, para quando se entender a sua necessidade.

Como se pode ainda verificar pelo programa apresentado, vai-se falar em Novas Orientações sobre as “Novas Regras”, como pode falar-se em tal tema, se o CA até ao momento nada emitiu ou disse, pois o que existe não são novas regras, mas sim novas Orientações emitidas pela IHF, que estão em vigor desde 01-07-18, e até agora nada foi dito.

Vão realizar-se testes físicos, que não sabemos quais, e provas escritas, será para todos? Eis uma interrogação que deixamos no ar.

No dia 19-08-18, temos a salientar a presença de um Orador convidado, porque será que não se divulga o seu nome? Nada temos contra quem quer seja o orador convidado, mas seria de toda a transparência, saber-se quem é a pessoa. Ou será que é mais um dos elementos da EHF ou IHF, para ser exercida diplomacia desportiva, e com elevados custos para a FAP? Desejamos e esperamos que não.

Estranho a Associação de classe, que dá pelo nome de APAOMA, nada dizer sobre qualquer assunto, pois limita-se na sua página do Facebook, a divulgar nomeações internacionais, muito mal vai a Arbitragem Nacional.

Por hoje ficamos por aqui, mas voltaremos ao tema das Arbitragens em breve. Pois muito provavelmente após a publicação deste texto, irão surgir como de costume informações no Portal da FAP.

O Regras

Planteis PO01 – Época 2018 / 2019 – AC Fafe

Continuamos hoje a publicação dos planteis das equipas da PO01, sem nenhuma ordem especifica, dependendo apenas de termos ou não reunidos todos os elementos de que necessitamos.

Hoje publicamos o Plantel do AC Fafe

AC FAFE

Pavilhão – Municipal de Fafe
Nota – Reinicio dos Trabalhos – 06-08-18

(Foto Montelongo Desportivo)
O Noticias

quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Sorteio – PO06 – 2018 / 2019


Mais um sorteio realizado em (14-08-18), sobre uma prova, que não sofreu alterações na sua forma de disputa, e com os escalões etários estabilizados, o que significa alguma estabilidade competitiva.

Ao manter sua forma de disputa (e bem, na nossa opinião), e ao ser disputada em quatro (4) zonas, será uma prova certamente muito mais económica não só para os clubes como certamente para a Federação. Felizmente que o número par de clubes 40, vai permitir uma 1:ª fase com todas as zonas equilibradas (10 equipas em 4 Zonas). Na nossa previsão estava o FC Infesta a ser enquadrado na Zona 2 (Confirmou-se), com o CP Natação a ser enquadrado na Zona 1, o que também se conformou, confirmando-se igualmente as nossas previsões em relação às Zonas 3 e 4, parece-nos tudo completamente definido, com o regresso do Benfica à zona 4, que no entanto nos parece que será a zona com maiores custos, pois vai de Lisboa a Lagos, e engloba Beja e Tavira. Apesar de a Zona 2, também não ser fácil em termos financeiros.

Fase Final – É disputada pelos dois (2) primeiros classificados de cada zona da 2.ª Fase, no sistema de TxT a duas voltas, não existindo conforme já informamos a chamada Fase de Apuramento.

Analisando a constituição das zonas, facilmente se concluirá, primeiro as zonas são praticamente as mesmas da época passada, verificando-se o enquadramento das equipas que subiram de Divisão, e alguns rearranjos que já referimos.

Formato competitivo

1.ª Fase – 4 Zonas no sistema TxT a duas voltas (apura os 3 primeiros de cada zona para a 2.ª fase, Grupo “A”).

2.ª Fase Grupo A – será disputada em 2 zonas geográficas de 6 equipas, a ser disputada no sistema de TXT, com 6 equipas, 3 de cada Zona, apurando-se para a Fase final os dois (2) primeiros classificados de cada zona da 2.ª Fase.

2.ª Fase Grupo B – Será disputada pelas restantes equipas não apuradas para o Grupo A (número ímpar, o que na nossa opinião não é positivo), que se manterão na mesma zona, e que será disputada a 1.ª volta no sistema de TxT, após sorteio, sendo os recintos neutralizados, para o efeito, e transportarão 50 % dos pontos obtidos na 1.ª Fase. O último classificado de cada zona desce de divisão.

A 1.ª Fase tem início em 22-09-18 e termina em 09-02-19.

Resultado do Sorteio

PO06 – Campeonato Nacional Juvenis Masculinos 1.º Divisão

Zona 1
Zona 2
Zona 3
Zona 4
Arbitragem

Numa total demonstração de falta de capacidade para realizar nomeações para esta prova, o CA da FAP, publica, através do CO N.º 18 de 14-08-18, a informação demonstrativa e factual da sua incapacidade (que já tínhamos previsto em anteriores textos sobre esta prova), coloca nas mãos das Associações as responsabilidades da nomeação das duplas para todos os jogos da 1.ª fase da prova, e para a 2.ª Fase Grupo B, o que na nossa opinião é uma total “aberração”, numa Prova Nacional Fixa, São responsáveis pelas nomeações as seguintes Associações:

Zona 1 – AA Braga
Zona 2 – AA Porto
Zona 3 – AA Aveiro
Zona 4 – AA Lisboa

O Noticias

VII Mundial Juvenil Feminino – 2018 – V


VII MUNDIAL JUVENIL FEMININO
SUB-18
(POLÓNIA)

Está a disputar-se em Kielce na Polónia desde 7 até 19 de Agosto de 2018, o VII o Campeonato do escalão, SUB-18 Feminino.

Terminaram os 1/8 Final com os seguintes Resultados

1/8 Final
Dia 15-08-18
Hungria 36 – 22 Áustria
Espanha 20 – 18 Noruega
Croácia 24 – 25 Alemanha
Coreia 36 – 30 Japão
Holanda 24 – 23 França
Roménia 20 – 22 Suécia
Polónia 20 – 30 Dinamarca
Rússia 36 – 16 Tunísia

Resultados da President’s CUP
Dia 15-08-18
Angola 26 – 17 Egipto
China 27 – 25 Cazaquistão
Eslováquia 23 – 29 Chile
Argentina 15 – 25 Montenegro

Nestes resultados, destaca-se a Vitória da Espanha sobre a Noruega, e a difícil vitória da Alemanha sobre a Croácia, bem como a vitória da Holanda sobre a França, assim como a excelente vitória do Chile sobre a Eslováquia na President’s CUP.

Calendário para 16-08-18
1/4 Final
Hungria – Espanha (18H30)
Alemanha – Coreia (20H45)
Holanda – Suécia (18H30)
Dinamarca – Rússia (20H45)

9/10 Lugar
Roménia 30 – 29 França (Após 7 metros)
11/12 Lugar
Noruega 27 – 20 Croácia
13/14 Lugar
Polónia 22 – 20 Japão
15-16 Lugar
Áustria 32 – 25 Tunísia

Horas Locais

MONTENEGRO
VENCEDOR DA PRESIDENTE’S CUP
(Sucede a Japão)
(Foto IHF)
President’s CUP
17/18 Lugar
Chile 16 – 30 Montenegro
19/20 Lugar
Eslováquia 29 – 28 Argentina (C/Prolongamento)
21/22 Lugar
Angola 22 – 18 China
23/24 Lugar
Egipto 31 – 25 Cazaquistão

Todos os jogos estão a ser transmitidos em Livestreaming no site da IHF.

Classificação final – 9.º Roménia, 10.º França, 11.º Noruega, 12.º Croácia, 13.º Polónia, 14.º Japão, 15.º Áustria, 16.º Tunísia, 17.º Montenegro, 18.º Chile, 19.º Eslováquia, 20.º Argentina, 21.º Angola, 22.º China, 23.º Egipto, 24.º Cazaquistão.

Arbitragem

Portugal, encontra-se representado neste Mundial, através da dupla feminina, constituída por Marta Sá e Vânia Sá, que até ao momento estiveram presentes (Nomeadas ou como suplentes) em 10 jogos, já por nós indicados, posteriormente estiveram presentes ainda, nos seguintes encontros, aguardamos com alguma expectativa, as nomeações que se seguirão.

Dia 15-08-18
China – Cazaquistão (President’s CUP)
Coreia – Japão (1/8 Final, como suplentes)
Dia 16-08-18
Áustria – Tunísia (Jogos Classificativos, como suplentes)
Roménia – França (Jogos Classificativos, como suplentes)

O Formador

Planteis – PO01 – Época 2018 / 2019 – Belenenses


Hoje continuamos com a publicação dos planteis das equipas da PO01, sem nenhuma ordem especifica, dependendo apenas de termos ou não reunidos todos os elementos de que necessitamos.

Hoje publicamos o Plantel do Belenenses

C. F. Os Belenenses

Pavilhão – Acácio Rosa
Nota – Reinicio dos Trabalhos – 01-08-18

O Noticias

quarta-feira, 15 de agosto de 2018

Europeu Sub-18 Masculino – 2018 – XXI


EHF M18 EURO – 2018

SELECÇÃO DE JUNIORES SUB-18

Portugal iniciou a sua participação na Intermediate Round (Grupo I1) hoje (14-08-18) num grupo onde participam ainda a Noruega, a Roménia, e Israel, partindo com já com dois (2) pontos, correspondentes à vitória sobre Israel, tal como A Noruega (correspondem à sua vitória sobre a Roménia), esta Fase do Europeu da categoria que se está a disputar na Croácia termina no dia 15-08-18.

PORTUGAL VENCE A ROMÉNIA
(GRUPO I1)
(VAI DISPUTAR OS LUGARES DE 9.º AO 12.º)
Portugal que disputou o seu segundo e último jogo da Intermediate Round, ao vencer a Roménia, irá certamente disputar os lugares entre o 9.º e o 12.º, pois o seu 2,º Lugar no Grupo I1, assim o determina, e ainda têm nas suas mãos a possibilidade de obter os objectivos principal de se classificar entre o 9.º e o 11.º lugar de forma a garantir o apuramento para o Mundial de 2019.como já evitou ficar nos lugares de 15.º e 16.º evitando que os Sub-18 e os Subs-20, em 2020 disputem os chamados EHF Championship. Neste encontro Portugal ao contrário dos outros jogos entrou de forma assertiva, e cerca dos 11 minutos de jogo vencia por 10-4 (maior diferencial registado durante o jogo, e que se viria a repetir, como por exemplo aos 19 minutos, quando vencia por 14-8), para depois abrandar o seu ritmo, muito por culpa das várias falhas técnicas que cometeu, e da melhoria competitiva da equipa romena, chegando ao intervalo a vencer por 18-16. No segundo tempo Portugal ainda se manteve na frente do marcador e no comando do jogo até cerca dos 39 minutos, quando vencia por 23-18, para neste momento “sofrer uma autêntica branca, em termos de jogo e de excesso de confiança”, sofrendo em seis (6) minutos um parcial de 7-0, o que permitiu que a equipa da Roménia assumisse o comando do jogo e do marcador (25-23) aos 45 minutos, para passarmos a ter um jogo de total equilíbrio, até ao fim do tempo regulamentar, com Portugal a ter em Martim Costa (10 golos, e MVP da equipa), a concretizar o golo da vitória cerca dos 59 minutos de jogo, com Portugal a terminar o encontro a defender muito bem e com alguma qualidade, a que não é alheia a prestação de Miguel Neves (3 golos), e de Salvador (5 golos), e porque não até de Francisco Oliveira na baliza, decisivo por exemplo aos 53 minutos quando evitou que os romenos dilatassem a vantagem que possuíam no momento (29-28). Uma referência especial para Alexandru Ghivil com 6 golos e MVP da equipa. Hoje mais uma vez o encontro foi quase sempre dirigido pelo João Varejão. Perante a passividade do chamado Seleccionador Nacional.

Calendário e Resultados de Portugal

Grupo I1
Dia 14-08-18
Portugal 26 – 28 Noruega
Dia 15-08-18
Roménia 31 – 32 Portugal

Classificação Final dos Grupos da Intermediate Round

Grupo I1 – 1.º Noruega, 2.º Portugal, 3.º Israel, 4.º Roménia.
Grupo I2 – 1.º Hungria, 2.º Eslovénia, 3.º Rússia, 4.º Polónia.

Jogos Cruzados
9/12
Dia 17-08-18
Noruega – Eslovénia (18H00)
Hungria – Portugal (20H30)

Horas Locais

Jogos Cruzados e 1/2 Final – Dia 17-08-18
Jogos Classificativos (9.º ao 16.º) – Dia 18-08-18
Jogos Classificativos (5.º ao 8.º), 3/4 Lugar e Final – Dia 19-08-18

Todos os jogos serão transmitidos pela EHFTV

O Noticias

VIII Gala do Andebol da FAP – 2018 - I


VIII GALA DA FAP
BRAGA
CAPITAL EUROPEIA DO DESPORTO 2018

Tal e qual conforme o que previmos, temos uma Federação não activa mas reactiva, pois só momentos após a publicação (13-08-18) do nosso texto se dignou finalmente prestar informações sobre a gala com um longo texto, por este exemplo se verifica como funciona o Marketing na FAP (será que existe). Mais uma vez lembramos que esta é a VIII Gala da Federação, que nem foi precursora na ideia, pois as mesma começaram a existir durante a vigência da LIGA, e convêm lembrar, pois por vezes a memória é curta.

Mais uma vez, e não nos cansamos de repetir, esta realização deverá continuar a ser uma tarefa singular, que deve conter no seu espírito, além do seu evidente e gratificante significado, deverá ser de agradecimento para com todos, mas mesmo TODOS OS AGENTES DA MODALIDADE.

Repetindo-se de época para época, mais uma vez a informação disponível no sítio da FAP, praticamente só na véspera da realização da Gala a Federação indica quais são as três melhores propostos em cada categoria, e com a grande novidade de não haver votação aberta aos adeptos da modalidade, pois segundo informa no seu portal, apenas participaram na votação, os treinadores, capitães e sub-capitães (quem são) de cada equipa,”… num exercício individual de honestidade e desportivismos…este infeliz texto, apenas serve para justificar o injustificável, ou seja, os adeptos ou quem votava via internet, não era honesto, e quanto á história dos sub-capitães, qual o registo que a FAP, possuiu dos mesmos, para saber quem são.

A Gala realiza-se conforme já tínhamos informado no dia 25 de Agosto no Espaço Vita em Braga, inserida nos eventos a realizar no âmbito de Braga Cidade Europeia da Cultura 2018. Realizando-se no mesmo fim-de-semana as Super Taças Masculina e Feminina, se realizam no Fórum de Braga, no mesmo fim-de-semana.

As Nomeações Finalistas referentes à época 2017/2018, são:

·         Atleta Revelação Masculino
Diogo Oliveira (AA Avanca)
Diogo Silva (AA Avanca)
Reinier Taboada (AA Avanca)
·         Atleta Revelação Feminino
Beatriz Sousa (Madeira SAD)
Carolina Monteiro (Colégio Gaia)
Joana Resende (Colégio Gaia)
·         Melhor Jogador
Belone Moreira (Benfica)
Carlos Ruesga (Sporting)
Frankis Carol (Sporting)
·         Melhor Jogadora
Helena Soares (Colégio Gaia)
Mónica Soares (Madeira SAD)
Renata Tavares (Madeira SAD)
·         Melhor GR (masculino)
Aljosa Cudic (Sporting)
Humberto Gomes (ABC)
Luís Silva (AA Avanca)
·         Melhor GR (feminino)
Andreia Costa (Académico FC)
Isabel Góis (Madeira SAD)
Jéssica Ferreira (Colégio Gaia)
·         Melhor Treinador Provas Masculinas
Carlos Martingo (AA Avanca)
Hugo Canela (Sporting)
Jorge Rito (ABC)
·         Melhor Treinador Provas Femininas
João Florência (Assomada)
Paula Marisa Castro (Colégio Gaia)
Sandra Martins (Madeira SAD)
·         Melhor dupla de árbitros
Daniel Martins / Roberto Martins (AA Leiria)
Duarte Santos / Ricardo Fonseca (AA Madeira)
Eurico Nicolau / Ivan Caçador /AA Leiria)

Como é normal, serão ainda atribuídos prémios reconhecimento a diversas figuras impares do Andebol Nacional,

A Gala será transmitida em directo pela Andebol TV

O Historiador