Open Sub-19 Masculinos - Portugal foi amplamente derrotado pela Suécia 31-21
Calendário e Resultados na Barra Direita

quarta-feira, 1 de julho de 2015

Planeamento Desportivo – Época 2015/2016 - II

Está época a divulgação do Comunicado N.º 1 e seus anexos, foram acompanhados pela divulgação dos Regulamento Especifico das provas, que ainda não mereceram da nossa parte uma análise cuidada a fim de se verificar se existe diferenças em relação á época que está a terminar.  

Esta época, finalmente com a elaboração do seu CO N.º 2, ficamos a saber, quem são as equipas com direito desportivo a participar nas diversas provas Nacionais Fixas.

E deste modo a primeira conclusão a que chegamos, é exatamente a mesma que veiculamos na época transata, (por ventura outros chegarão a outras), e que voltamos a repetir, é que esta época voltamos, a ter um planeamento economicista e de transferência de responsabilidades, cada vez mais apertado, o que num País como o nosso não será de estranhar. Apesar de algumas alterações de valores, que já pudemos constatar no CO n.º 1.

Tal como dissemos na última época, duvidamos da capacidade organizativa de algumas Associações, onde como muito bem sabemos regras e normas regulamentares, serão “tabua rasa”, assim como temos fortes dúvidas da capacidade financeira de algumas para suportar os custos inerentes ao bom andamento desportivo de algumas destas provas.

No entanto importa dizer que é uma transferência de responsabilidades que concordamos em absoluto, apesar das dúvidas anteriormente colocadas, certamente obrigará muitas Associações a sair da letargia em que se encontram, pois esta época, já se verificou algumas melhorias, e só isso poderá ser um forte benefício.

Falando ainda sobre o CO N.º 1, as alterações mais significativas, que se verificam, são nos custos das arbitragens, que nos masculinos tiveram um aumento médio de cerca de 15%, com a circunstância de na PO02, apenas estarem previstos custos até á fase Final. Nos femininos, apenas está contabilizada a PO09 com um aumento de 50%, ou seja um aumento global próximo dos 25%. Já as alterações verificadas nos valores dos seguros também são significativas, sendo a média nos masculinos de cerca de 21%, e nos femininos de cerca de 15%, e estamos a falar apenas de praticantes, sendo de destacar que nos Bambis femininos se verifica uma descida de cerca de 33%.

Existem outras matérias nos Anexos ao CO N.º 1, que serão comentados em próximos textos, pois são indicadores preciosos, do planeamento que se seguirá.

O Banhadas Andebol

Vencedores das Provas Nacionais – Seniores – 2014 / 2015

Para a memória Histórica, divulgamos os vencedores de todas as provas Nacionais na época 2014/2015.

Masculinos

 
PO01 - Campeonato Nacional 1.º DivisãoFC Porto (A.A. Porto)

 
 
PO02 - Campeonato Nacional 2.ª DivisãoAC Fafe (A.A. Braga)

 

PO03 - Campeonato Nacional 3.ª DivisãoEstarreja AC (A.A. Aveiro)

 

PO20 - Taça de PortugalABC (A.A. Braga)

 

PO22 – Super Taça – FC Porto (AA Porto)

 

PO40 – Campeonato Nacional de VeteranosXico Andebol/Clássicos Guimarães (A.A. Braga)

 
Femininos

PO09 - Campeonato Nacional 1.ª DivisãoAlavarium (A.A. Aveiro)

 

PO10 – Campeonato Nacional 2.ª DivisãoND Santa Joana (A.A. Porto)

 

PO23 – Taça de PortugalMadeira SAD (A.A. Madeira)

 

PO24 – Super TaçaMadeira SAD (A.A. Madeira) 

 
O Historiador

terça-feira, 30 de junho de 2015

Europeu Open Masculino Sub-19 – 2015 - III

6.º EUROPEU OPEN MASCULINO SUB-19
Portugal na “Main Round”
Este torneio que é organizado em conjunto com a Federação Sueca de Andebol, e o comité organizador do torneio “Partille Cup”.

O 6.º Torneio Open Masculino Sub-19, que é dirigido para os jogadores nascidos em 1996 e mais jovens. Inscreveram-se 16 Países, representativos de Federações Nacionais membros da EHF.

Portugal que tem algumas tradições nas suas participações no Masculino, como por exemplo disputado a final em 2009 com a Eslovénia, perdendo pela diferença mínima (28-27), com Pedro Seabra em 2009 considerado o melhor jogador do torneio. O último vencedor deste Open em Masculino foi a Suécia (2013), seguida da Roménia e da Dinamarca. Portugal classificou-se em 7.º Lugar.

Assim, Portugal iniciou a sua participação na Edição de 2015 do Europeu Open Masculino Sub-19, que mais uma vez se realiza, em Gotemburgo na Suécia de 29 de Junho a 3 de Julho de 2015, integrando o Grupo C, com uma normal vitória sobre a estreante equipa da Geórgia, que não colocou grandes problemas ao selecionado português que já vencia ao intervalo por 15-12 (o sitio da Federação refere 15-6, erradamente, basta ver boletim da EHF), e mais uma vez com árbitros da Macedónia. Ainda no primeiro dia, com a vitória esperada sobre a Finlândia, por 26-18, em mais um jogo sem quaisquer problemas, conforme se comprova pelo resultado ao intervalo (13-/). Com esta vitória, Portugal já se encontra apurada, para a Main Round, juntamente com a Islândia. No 2.º Dia de competição a Seleção Nacional, apenas realizou um encontro, precisamente com a Islândia e que definiu, o 1.º lugar do grupo, e o enquadramento nos novos grupos da Main Round, como de costume, entramos bem no jogo, mas acabamos por perder pela diferença mínima (26-25) ocupando assim o 2.º lugar do grupo. Com estes resultados, e iremos discutir os lugares de 1 a 8.º.

Resultados

Fase Preliminar
Grupo C
Portugal 27 – 19 Geórgia
Finlândia 18 – 26 Portugal
Islândia 26 – 25 Portugal

Classificação grupo “C” 1.º Islândia, 2.º Portugal, 3.º Finlândia e 4.º Geórgia.
2.ª Fase

O Formato competitivo, diz-nos que foram apurados os 2 primeiros classificados de cada grupo para disputar a chamada “Main Round”, que ficou constituída por dois grupos (1 e 2), os restantes a disputar a chamada “Intermediate Round”, que também ficou constituída por dois grupos (3 e 4), seguindo-se a disputa dos jogos de classificação final (9 ao 16), os jogos de apuramento (5 ao 8) e as Finais (1 ao 4).

As 16 equipas presentes após esta 1.ª Fase ficaram assim distribuídas

Main Round
Grupo 1 – Espanha, Roménia, Islândia e Holanda
Grupo 2 – Eslováquia, Suécia, Portugal e Rússia.

Intermediate Round
Grupo 3 – Áustria, Kosovo, Finlândia e República Checa.
Grupo 4 – Moldávia, Estónia, Geórgia, e Ilhas do Faroé.

Calendário Portugal 2.ª Fase

Grupo 2 
Dia 01-07-15
Eslováquia - Portugal – Espanha (14H150)
Portugal – Suécia (21H15)
Dia 02-07-15
Portugal – Rússia (15H45)

Horas Locais

O Calendário para o dia 3, está dependente da classificação de Portugal no seu Grupo na chamada Main Round.

Arbitragem - Portugal não está representada no Torneio, a qualquer nível.

O Banhadas Andebol

Nomeações – EHF – 2015 / 2016 – II

EUROPEU UNIVERSITÁRIO EM BRAGA
 
A EHF divulgou as nomeações das jovens duplas, e dos delegados que os acompanharão durante esta prova, que se disputará em Braga de 2 a 9 de agosto de 2015. As duplas nomeadas fazem parte do programa de jovens árbitros ( YRP) da EHF, Portugal está representado nas duas funções.
 
Duplas Nomeadas:

Valery Butskevich / Yury Butskevich – Bielorrússia
Ante Mikelic / Petar Paradina - Croácia
Diego Di Casola / Niccolo Panetta - Itália
Ilir Bytyqi / Syart Kasapi - Kosovo
Carina Marie Brataas / Jannicke Kirkelund - Noruega
Ruben Maia / Andre Nunes - Portugal
Andrii Olyshchuk / Mykola Shnyt - Ucrania

Leitores nomeados

Antonio Goulão - Portugal (EHF Ref. Lecturer)
Nebojsa Vujisic - Montenegro (EHF Ref. Lecturer)
Alexandru Acsinte – Roménia (EHF Coach. Lecturer)
Vladimir Rancik – Eslováquia (EHF Office)

Aos nomeados damos desde já os nossos parabéns

O Noticias

segunda-feira, 29 de junho de 2015

Andebol 4ll – Campeonato Nacional de ACR7 - I

APD LEIRIA CAMPEÃ NACIONAL DE ACR7
A Final do Campeonato Nacional de Andebol em Cadeira de Rodas – ACR7 realizada em 27 de Junho de 2015, na Figueira da Foz, no Pavilhão Municipal Paião, sagrou com Campeã a APD Leiria, que assim venceu as 4 principais provas Nacionais em ACR4 e ACR7, que a Federação no desenvolvimento, do Projeto Andebol 4All, programou para esta época (Campeonato Nacional de ACR7 e ACR4, Taças de Portugal de ACR7 e ACR4)

Nesta competição, a ASS. A. Rovisco Pais, APD Leiria, APD Braga e CP SB Messines/Algarve disputaram as meias-finais, com as restantes equipas vão disputar os jogos de classificação final.


Resultados
1/2 Final - ASS. A. ROVISCO PAIS 15 – 18 APD Leiria
1/2 Final - APD BRAGA 12 – 6 CP SB MESSINES/ALGARVE
5º/6º Lugar - APD PORTO 6 – 19 APD LISBOA
3º/4º Lugar - ASS. A. ROVISCO PAIS 10 – 15 CP SB MESSINES/ALGARVE
Final - APD Leiria 15 12 APD BRAGA
Classificação Final - 1º - APD Leiria, 2º - APD Braga, 3º - CP SB Messines, 4º - Ass. A. Rovisco Pais, 5º - APD Lisboa, 6º - APD Porto, 7º - ACM/YMCA Vit. Setúbal.

Infelizmente não se registaram quaisquer Transmissões pela Andebol TV.

O Noticias

Competições Europeias 2015 / 2016 – VI – Liga dos Campeões Femininos

Mais uma vez Portugal não está representado nesta prova.
 
O sistema de disputa e igual ao da última época, que teve como novidade a disputa de uma Final Four, tal como nos masculinos.

O Sorteio dos jogos de qualificação da CL e dos Grupos para a época 2015 / 2016, ´foi efetuado hoje (26-06-15) Masculinos como em Feminino, em Viena.

Os torneios de qualificação (2 de 4 equipas) serão disputados em 12 e 13 de Setembro de 2015.

Torneios de Qualificação – Sorteio
Grupo 1 – WHC Radnicki Kragujevac (Sérvia), Glassverket (Noruega), Sercodak Dalfsen (Holanda) e Györi Audi ETO KC (Hungria)

Grupo 2 – Team Esbjerg (Dinamarca), HCM Baia Mare (Roménia), HC BNTU-BelAZ Minsk Reg. (Bielorrússia) e Ankara Yenimahalle BSK (Turquia)

Calendário

Grupo 1
Dia 12-09-15
1/2 Final
Györi Audi ETO KC - WHC Radnicki Kragujevac
Glassverket - Sercodak Dalfsen
Dia 13-09-15
3.º e 4.º Lugar
Final

Grupo 2
Dia 12-09-15
1/2 Final
Team Esbjerg - Ankara Yenimahalle BSK
HCM Baia Mare - HC BNTU-BelAZ Minsk Reg.
Dia 13-09-15
3.º e 4.º Lugar
Final

Os direitos de organização dos Grupos, foram atribuídos da seguinte forma:

Grupo 1 – Glassverket
Grupo 2 – HCM Baia Mare

Apenas os vencedores dos grupos terão acesso direto, á Fase de Grupos.

O 2.º e 3.º classificado, nos grupos serão enquadrados na 3.ª Eliminatória da CUP Winners’ CUP

O 4.º classificado, será enquadrado na 2.ª Eliminatória da CUP Winners’ CUP

A Fase de Grupos, é constituída por quatro (4) Grupos, disputado no sistema de TxT a duas voltas com início em 16/18-10-15.

Fase de Grupos – Sorteio
Grupo A – Larvik (Noruega), RK Krim Mercator (Eslovénia), Rostov-Don (Russia) e 1.º do Grupo 2 da Qualificação.

Grupo B – FTC-Rail Cargo Hungaria (Hungria), Thüringer HC (Alemanha), HC Podravka Vegeta (Croácia) e Fleury Loiret Handball (França).
 Grupo C – FC Midtjylland (Dinamarca), HC Vardar (Macedónia), Hypo Niederösterreich (Áustria) e 1.º do Grupo 1 da Qualificação.

Grupo D – Buducnost (Montenegro), CSM Bucuresti (Roménia), IK Sävehof (Suécia) e MKS Selgros Lublin (Polónia).

Uma limitação foi criada para o sorteio, a de não puderem fazer parte do mesmo grupo equipas do mesmo País.

São apuradas as 3 primeiras classificadas de cada grupo (12 equipas) para a Ronda Principal, que será constituída por 2 Grupos de 6 equipas cada.

Os 4 primeiros classificados de cada Grupo da Ronda Principal, serão os apurados para a disputa dos 1/4 Final da Prova. A Final 4, será disputada em 7 e 8-05-16 em Budapeste (Hungria).

O Banhadas Andebol

domingo, 28 de junho de 2015

Andebol de Praia 2015 – Campeonato da Europa Sub-19 Masculino – II

6.º CAMPEONATO DA EUROPA ANDEBOL DE PRAIA
(SUB-19 MASCULINO)
RÚSSIA CAMPEÃ DA EUROPA SUB 19
Venceu a prova a Rússia, que assim sucede á Hungria, como seria de espera a participação Portuguesa (2.ª consecutiva) neste Campeonato da Europa Sub-19 em Masculino, que se disputou em que se disputará em Loret del Mar (Espanha), de 26 a 28 de Junho de 2015. Saldou-se por um comportamento, onde mais uma vez fomos aprender e demonstrar que ainda nos encontramos a alguma distância da maioria dos Países nesta vertente da modalidade. Podendo-se até dizer que o saldo global, foi muito mais positivo do que muita gente certamente esperaria.

Portugal iniciou da melhor maneira a sua presença ao vencer a Geórgia por 2-0 (19-8 no sitio da EHF está 17-10 e 27-10).Para o jogo seguinte diante os Campeões Europeus em Titulo a Hungria, sofrermos uma pesada derrota por 2-0 (28-14 e 22-7), no último jogo do dia voltamos a perder, desta vez diante a Croácia 2-0, uma equipa que surpreendentemente na época passada, tínhamos vencido, e mais uma vez por parciais significativos, em especial no segundo jogo (20-17 e 34-16), e não satisfeitos continuamos com nova derrota, desta vez diante a Turquia, por 2-1 (18-16, 13-23, e 8-9), vamos disputar o grupo que define a classificação entre o 5.º e o 9.º lugar. Transportando para o novo grupo os resultados já obtidos com a Geórgia e a Turquia. Com precisamente os mesmos Países do campeonato anterior a apurarem-se para as 1/2 Final (Hungria, Rússia, Espanha e Croácia).

Na 2.ª Fase da Prova, e na disputa do grupo do 5.º ao 9.º lugar, entramos melhor vencendo a Suíça por 2-0 (18-17 e 27-14), e tal como no início da prova, começamos a disputa do grupo da melhor maneira possível, para no último jogo da nossa participação vencermos a Roménia por 2-1 (20-23, 23-13 e 8-7).
Classificação do Grupo de Portugal na 1.ª Fase
Os 3.º, 4.º e 5.º classificados nos grupos disputaram os lugares entre o 5.º e o 9.º, mos dias 27 e 28-06-15. Num Grupo que constituído para o efeito.
 
Os 2 primeiros classificados em cada grupo disputaram as 1/2 Final e Finais nos dias 27 e 28-06-15

Resultados de Portugal na 1.ª fase:
Dia 26-06-15
Portugal 2 – 0 Geórgia
Hungria 2 – 0 Portugal
Croácia 2 – 0 Portugal
Dia 27-06-15
Portugal 1 – 2 Turquia
 
Apuramento do 5.º ao 9.º Lugar
Dia 27-06-15
Portugal 2 – 0 Suíça
Dia 28-06-15
Roménia 1 – 2 Portugal

1/2 Final
Dia 27-06-15
Hungria 1 – 2 Rússia
Espanha 1 – 2 Croácia
3/4 Lugar
Dia 28-06-15
Hungria 0 – 2 Espanha
Final
Dia 28-07-15
Rússia 2 – 0 Croácia

Classificação Final1.º Rússia, 2.º Croácia, 3.º Espanha, 4.º Hungria, 5.º Turquia, 6.º Portugal, 7.º Suíça, 8.º Geórgia e 9.º Roménia.

“All Stars”

MVP- Carlos Asencio Cambra – Espanha
Melhor Guarda- Redes – Mislav Smolkovic – Croacia
Melhor Marcador – Mirko Hess – Suiça (89 Pontos)

Trofeu Fair Play – Croácia

Portugal, termina esta prova somando 3 vitórias, e classificando-se em 6.º lugar, o que significa uma acentuada melhoria em relação á sua primeira participação nestes eventos, pois na época passada, terminamos a prova em 7.º lugar e com apenas uma vitória.

Como nota de curiosidade referira-se que em relação ao último Campeonato da categoria, a final foi disputada pelas equipas que tinham disputado o 3.º e 4.º lugar, enquanto a disputa dos 3.º e 4.º Lugares, foi feita pelas equipas que tinham disputado a final.

O Noticias

Veteranos – PO40 - Campeonato Nacional Masculino - 2014 / 2015 – IV - Fase Final

Disputou-se a Fase Nacional deste Campeonato Nacional Masculino, este fim-de-semana (27 e 28-06-15) no Pavilhão Multiusos de Lamego.
 
VENCEDOR CD XICO ANDEBOL/CLÁSSICOS DE GUIMARÃES
(Renova o Titulo)
 
Forma de Disputa da Fase Final Nacional 

  • Será disputada no sistema de eliminatórias (1/4; 1/2; Final e Jogos Finais), com os clubes derrotados nos 1/4 Final, disputarão os jogos classificativos de forma a se definir uma Classificação Final do 1.º ao 8.º Lugar.
  • Os jogos terão a duração de 50 minutos (2x25)
  • Se no final do tempo regulamentar as equipas se encontrarem empatadas, haverá um prolongamento de 10 minutos (2x5). Se no final deste prolongamento as equipas continuarem empatadas, recorre-se á marcação de livres de 7 metros, de acordo com o estipulado nas Regras de Jogo.
Equipas que participaram – Xico Andebol/Clássicos de Guimarães, Macieira, AD Sanjoanense, Estarreja AC, CB Entroncamento, Passos Manuel, Esferantástica, e Académico Funchal “A”

Resultados

1/4 Final
Esferantástica-ACD 25 – 27 Estarreja AC
CD Xico Andebol / Clássicos de Guimarães 19 – 18 Passos Manuel
Académico Funchal 26 – 23 Macieira
CB Entroncamento 19 – 25 AD Sanjoanense
1/2 Final
Estarreja AC 23 – 25 CD Xico Andebol / Clássicos de Guimarães
Académico Funchal 13 – 25 AD Sanjoanense
5/8 Lugar
Esferantástica-ACD 15 – 22 Passos Manuel
Macieira 28 – 23 CB Entroncamento
7/8 Lugar
Esferantástica-ACD 26 – 21 CB Entroncamento
5/6 Lugar
Passos Manuel 20 – 21 Macieira
3/4 Lugar
Estarreja AC 22 – 20 Académico Funchal

Final
CD Xico Andebol/Clássicos de Guimarães 15 – 14 AD Sanjoanense
 
Classificação Final – 1.º CD Xico Andebol/Clássicos de Guimarães, 2.º AD Sanjoanense, 3.º Estarreja AC, 4.º Académico Funchal, 5.º Macieira, 6.º Passos Manuel, 7.º Esferantástica-ACD e 8.º CB Entroncamento.

O Banhadas Andebol

sábado, 27 de junho de 2015

IHF – Mundial dos Países Emergentes - III

I - MUNDIAL DOS PAÍSES EMERGENTES
(KOSOVO)
VENCEDOR – ILHAS FAROÉ
Terminou este Mundial que foi disputado nas cidades de Pristina e Gjakova (Kosovo), de 20 a 26 de Junho de 2015. Mas que curiosamente apenas mereceu poucas ou quase nenhumas noticias da IHF, entidade patrocinadora da prova.

Depois de termos noticiado alguns resultados, indicamos os resultados finais e a classificação da Prova, após a realização dos 48 jogos que a constituíram.

Jogos Classificativos (9.º ao 16.º)
Andorra 26 – 36 Irlanda
Albânia 37 – 26 Arménia
Austrália 26 – 32 Grã-Bretanha
China 28 – 27 Bulgária

Jogos Classificativos (5.º ao 8.º)
Camarões 26 – 27 Estónia
Moldávia 33 – 19 Malta

1/2 Final
Uruguai 21 – 25 Letónia
Ilhas Faroé 31 – 23 Kosovo

15.º / 16.º Lugar
Arménia 15 – 32 Andorra
13.º / 14.º Lugar
Albânia 29 – 33 Irlanda
11.º / 12.º Lugar
Austrália 35 – 36 Bulgária (C/prolongamento)
9.º / 10.º Lugar
Grã-Bretanha 28 – 22 China
7.º / 8.º Lugar
Camarões 39 – 13 Malta
5.º / 6.º Lugar
Estónia 37 – 33 Moldávia
3.º / 4.º Lugar
Kosovo 28 – 16 Uruguai
 
Final
Ilhas Faroé 27 – 24 Letónia

Registe-se o facto de uma das equipas que Portugal defrontará no Grupo 4 de Qualificação Europeia para o Play OFF do Mundial de 2017 a Estónia, ter obtido apenas o 5.º na classificação final, após vencer a Moldávia, o que confirma, a acessibilidade que este Grupo pode proporcionar a que Portugal esteja presente no Play OFF. 

Classificação Final1.º Ilhas Faroé, 2.º Letónia, 3.º Kosovo,4.º Uruguai, 5.º Estónia, 6.º Moldávia, 7.º Camarões, 8.º Malta, 9.º Grã-Bretanha, 10.º China, 11.º Bulgária, 12.º Austrália, 13.º Irlanda, 14.º Albânia, 15.º Andorra e 16.º Arménia.

“All Star Team”
Guarda-redes - Fonsho Isaac Junior - Camarões
Ponta Esquerda – Rosing Rasmussen – Ilhas Faroé
Ponta Direito – Karl Roosna - Estónia
Central – KreshnikKrasniqi - Kosovo
Lateral Esquerdo – RaimondsTrifanovs - Letónia
Lateral Direito – Aki Egilsnes – Ilhas Faroé
Pivot – Kastriot Jupa - Kosovo
 
Melhor Marcador – Svetlin Dimitrov – 64 golos - Bulgária
MVP - Kragesteen Trondur – Ilhas Faroé

O Noticias

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Competições Europeias 2015 / 2016 – V – Liga dos Campeões Masculinos - Sorteio

A EHF, realizou (26-06-15), o Sorteio dos Grupos para a época 2015 / 2016, em Viena. No entanto antecipadamente a EHF (23-06-15), já divulgou os procedimentos dos jogos de qualificação, que segundo a sua versão não justifica a existência de sorteio, pois os pares para as 1/2 Final deste torneio ficaram imediatamente definidos, pois só existem 4 equipas a disputar o mesmo.
 
TORNEIO DE QUALIFICAÇÃO

1/2 Final
Dia 05-06-15
Elverum Handball Herrer (Noruega) - OCI/Lions (Holanda)
ALPLA HC Hard (Áustria) - RK Borac m:tel (Bósnia)
Dia 06-06-15
3.º / 4.º Lugar
Final

Apenas se qualificará o vencedor deste Torneio de Quantificação, que se juntará aos grupos C e D como a 12.ª equipa.

O 2.º e 3.º classificado, entrarão diretamente na 3.ª Eliminatória da EHF CUP, o 4.º classificado entrará na diretamente na 2.ª Eliminatória da EHF CUP.

A ordem estabelecida para organização do torneio de qualificação, é a seguinte: 1.º RK Borac m:tel (Bósnia), 2.º OCI/Lions (Holanda) e por último o Elverum Handball Herrer (Noruega), seguido pelo ALPLA HC Hard (Áustria), em virtude deste último ter organizado na última época um dos torneios.
FASE DE GRUPOS - Constituição

Grupo A – THW Kiel (Alemanha), MKB-MVM Veszprem (Hungria), Paris Saint Germain HB (França), RK Celje Pivovarna Lasko (Eslovénia), Orlen Wisla Plock (Polónia), HC PPD Zagreb (Croácia), Besiktas Jimnastik Kulubu (Turquia) e SG Flensburg-Handewitt (Alemanha)

Grupo B – FC Barcelona, KS Vive Tauron Kielce (Polónia), HC Vardar (Macedónia), KIF Kolding Kobenhavn (Dinamarca), MOL-Pick Szeged (Hungria), Rhein-Neckar Löwen (Alemanha), IFK Kristianstad (Suécia) e Montpellier HB (França)
Grupo C – Naturhouse La Rioja (Espanha), HC Meshkov Brest (Bielorrússia), Chekhovskie Medvedi (Rússia), Futebol Clube do Porto (Portugal), Vojvodina (Sérvia) e Tatran Presov (Eslováquia).

Grupo D – HC Metalurg (Macedónia), Skjern Handbold (Dinamarca), HC Motor (Ucrânia), Kadetten Schaffhausen (Suíça), HCM Baia Mare (Roménia) e 1.º Da qualificação.

Numa análise, muito sintética, poderemos dizer, que a equipa portuguesa, teve um sorteio pouco favorável, pelo menos em termos de deslocações, se não entrarmos em linha de conta com a equipa espanhola

A nova Fase de Grupos (A, B, C e D com 28 equipas), terá início em 16/20-09-15 e terminará para os grupos A e B em 02/06-03-16, e para os grupos C e D em 02/06-12-15, com os jogos chamados de “KO” a serem disputados entre o 1.º do Grupo D com o 2.º do Grupo C, e entre 1.º do Grupo C com o 2.º do Grupo D, entre 24/28-02-16 e 02/06-03-16. Os vencedores destes jogos, serão apurados para os 1/8 Final (12 equipas), que se juntarão aos classificados do 2.º ao 6.º lugar dos Grupos A e B, os vencedores dos Grupos A e B, passam diretamente aos 1/4 Final (8 equipas). 

O Banhadas Andebol

Nomeações – EHF – 2015 / 2016 – I

A EHF divulgou as nomeações das 14 duplas, que irão estar presentes num seminário que decorrerá durante três dias (3) em Viena, no final de agosto.

Este seminário servirá de preparação e estes para a Fase Final do EURO 2016 Masculino, que irá decorrer na Polónia entre 15 e 31 de janeiro de 2016.
Das 14 duplas que frequentaram este seminário, serão escolhidas as 12 que irão estar presentes na Fase Final do EURO 2016 Masculino.

Salienta-se de que nas duplas indicadas, temos representantes Nacionais..

Duplas Selecionadas

Andrei Gousko / Siarhei Repkin (Bielorrússia)
Matija Gubica / Boris Milosevic (Croácia)
Vaclav Horacek / Jiri Novotny (República Checa)
Martin Gjeding / Mads Hansen (Dinamarca)
Oscar Raluy / Angel Sabroso (Espanha)
Stevann Pichon / Laurent Reveret (França)
Lars Geipel / Marcus Helbig (Alemanha)
Zigmars Stolarovs / Renars Licis (Letónia)
Vaidas Mazeika / Mindaugas Gatelis (Lituânia)
Gjorgji Nachevski / Slave Nikolov (Macedónia)
Duarte Santos / Ricardo Fonseca (Portugal)
Bartosz Lesczynski / Marcin Piechota (Polónia)
Bogdan Stark / Romeo Stefan (Roménia)
Michael Johansson / Jasmin Kliko (Suécia)
 
Aos nomeados damos desde já os nossos parabéns

O Noticias

Informação – Andebol Praia em Lamego

ANDEBOL PRAIA EM LAMEGO
O Noticias  

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Planeamento Desportivo – Época 2015/2016 - I

A Federação, com uma antecedência de cerca de 3 semana (o que nos apraz) de antecedência em relação á época que ainda esta para terminar, e embora ainda não tenha sido divulgado qualquer Regulamento Especifico de qualquer prova, feita a conjugação do CO agora emitido, N.º 2 (16-06-15), onde é divulgado as equipas com direito desportivo a participar nas diversas provas Nacionais fixas, segundo o conceito estabelecido na época transata, se fizermos uma leitura atenta dos mesmo, poderemos concluir sem grande margem de erro, que poucas ou nenhumas alterações foram efetuadas, havendo uma espécie de estabilidade nos quadros competitivos. Mas todo o seu impacto será quase sempre financeiro e nunca desportivo. Num futuro com a conjugação dos vários CO que deverão estar a ser emitidos, poder-se-á ficar com uma ideia mais abrangente do que será o futuro calendário de provas. Mas, haverá sempre um mas, teremos de esperar pelas datas limite das inscrições e da sua confirmação, para então termos uma verdadeira e consistente ideia de quem participa, e de quem abandona (esperamos que ninguém,) nas chamadas Provas Fixas.

A PO01 é a prova que talvez tenha sido o a prova que maior polémica levantou ao longo da época devido ao seu formato (Play OFF), que foi introduzido precisamente na época que está a terminar, tem os seus participantes completamente definidos, e não existe qualquer novidade na matéria publicada no Comunicado N.º 2, onde estão definidos os seus 12 participantes, pensamos que a forma de disputa se manterá, conforme já referimos anteriormente, neste artigo. Como defensores deste formato, que na nossa opinião será bem mais emotivo e trará certamente mais gente aos pavilhões (admitimos no entanto opiniões diversas da nossa), não efetuaremos mais nenhum comentário neste texto sobre a prova.

A PO02, foi uma prova que á duas épocas, sofreu um forte alargamento no seu número de participantes, aumento esse que no nosso entender não significou, nem mais qualidade nem mais competitividade. Aqui existiu uma tentativa de a grande maioria dos clubes da PO01, ou pelo menos uma quantidade apreciável dos mesmos, apresenta-se equipas “B”, e pensamos nós, que tal facto desse origem a que se registasse um menor abandono de atletas, com um maior aproveitamento dos seniores de 1.º ano. No entanto a adesão foi um autêntico Fracasso. E a continuação mantém-se, pois basta ler o presente CO n.º 2, para constatar tal facto, continuando apenas Benfica e FC Porto, com equipas designadas de “B”. Mas se se registasse uma alteração no formato competitivo, que desconhecemos, talvez (não é uma certeza), pudessem surgir mais equipas chamadas “B”. Pelo que é transmitido neste CO, ao divulgar apenas 28 nomes de equipas, será certamente o mesmo formato.

Agora outra questão se levanta (ou talvez não), que é a constituição das zonas, face às subidas que se registaram da PO03 (Estarreja AC, Modicus, Juventude Lis e 1.º Dezembro) e às descidas que se verificaram da PO01 (Xico Andebol e GC Santo Tirso). Segundo uma leitura atenta que fizemos das equipas, certamente que o Ílhavo AC se vai manter na zona sul.

Dada continuidade, que na nossa opinião é de bom senso, á inclusão das equipas insulares nas duas zonas e não apenas numa, neste caso até é indicado as zonas, que são precisamente as mesmas da última época. Ou seja, Marítimo a Norte e os Marienses a Sul.

A PO04 segundo o que nos é dado a perceber, através do CO N.º 2 da época 2015/2016, irá ser uma prova muito provavelmente igual á anterior, e a ser cumprida toda a matéria regulamentar que existia, continuará a ter somente 20 equipas, sendo de supor que se manterá com o mesmo número de equipas por cada zona (10 equipas). Se se mantiverem as alterações já efetuadas em 2012 /2013 na sua fórmula de disputa, que na altura afirmáramos,” foram uma demonstração pura do retrocesso puro (no nosso entender) e uma tentativa de remedeio…”. A Fase Final se for igual no seu formato ao da última época, Então, sim, será aí que se irá estar a disputar o verdadeiro Campeonato Nacional.

Com as equipas descritas no Comunicado N.º 2, e com o mesmo formato de prova, face às subidas e descidas, é muito provável que duas equipas da Região de Aveiro venham disputar a zona sul (na nossa opinião e se o critério for geográfico), as equipas deverão ser a do São Bernardo, que será uma continuidade e a da AA Avanca.

Existem outras provas no CO N.º 2, que serão comentadas em próximos textos, pois são indicadores preciosos, do planeamento que se seguirá. No entanto apenas a partir de 31-07-15, data limite para confirmação da inscrição, poderemos confirmar todos os dados.

O Banhadas Andebol