gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

sábado, 15 de dezembro de 2018

Crónica de Fim-de-semana – 31 – 2018 / 2019 – I – Em Actualização


Regresso às normais crónicas de fim-de-Semana, sobre a PO01.

PO01 – Campeonato Andebol 1 Seniores Masculinos.

1.ª Fase
14.ª Jornada
Dia 13-12-18
Sporting 30 - 25 SC Horta (J/Comentado)
Dia 15-12-18
Ismai 29 – 30 Benfica
Madeira SAD 20 – 31 FC Porto
CCR Fermentões 20 – 19 AC Fafe
AA Avanca 19 – 29 ABC
Arsenal 22 – 39 Belenenses
Boa Hora 25 – 25 Águas Santas
Dia 16-12-18
23.ª Jornada
Boa Hora – Sporting (18H00) Boa Hora TV / Andebol TV

Crónica totalmente dedicada, aos jogos que completam a 14.ª Jornada, que abriu a 2.ª volta, e ainda ao jogo antecipado da 23.ª Jornada (Boa Hora / Sporting), disputado no pavilhão João Rocha. Nos jogos disputados e relativos à 14.ª Jornada, apenas 2 resultados foram modificados em relação ao ocorrido na 1.ª Volta, e tivemos um encontro com ocorrências disciplinares registadas. Infelizmente temos a registar o mau funcionamento, ou não funcionamento das estatísticas em alguns encontros (Madeira SAD / Benfica, e AA Avanca / ABC), por exemplo.

Madeira SAD 20 – 31 FC Porto

No Pavilhão do Funchal, com boa assistência, tivemos um jogo de andebol que reflecte na perfeição a diferença existente entre as equipas participantes na PO01 (designadamente, o número participantes), encontro onde o Madeira SAD, que já têm um plantel curto, e apresentou desfalcado de Hugo Lima e Elias António, mas estreando o jovem Francisco Pereira, cedido pelo Benfica. O FC Porto, apresentou-se iniciando o encontro com uma forte intensidade defensiva, onde Alfredo Quintana, fazia a grande diferença, mas bem coadjuvado pela restante equipa em campo, com António Areia e André Gomes, a consolidarem a excelente prestação ofensiva, nos primeiros 30 minutos, e desta forma não admira que a equipa do Continente, aos 8 minutos, vencia por 7-1, chegando aos 9 golos de vantagem aos 22 minutos (13-4), para voltarem a ter a mesma diferença aos 29 minutos (17-8) e terminarem o primeiro tempo a vencerem por 17-9, com os madeirenses a não concretizarem neste período de jogo 3 livres de 7 metros, tendo cometidos diversas faltas técnicas, mas a terem um jogador em bom plano, Elledy Semedo. No segundo tempo ambas as equipas fizeram rodar os seus conjuntos, mas com o FC Porto a entrar, melhor, e a estabelecer uma diferença, de 12 golos, aos 35 minutos (22-10), para posteriormente gerir o resultado, até final do encontro mantendo sempre uma diferença que nunca baixou dos 10 golos, com Thomas Bauer na baliza, onde esteve igualmente bem assim como, Gustavo Capdeville, na baliza do Madeira SAD, rodou os seus três guarda-redes, na forma como geriu o seu plantel, com a lesão de Bruno Landim, que esperamos não seja grave, o FC Porto, acaba o jogo com 13 dos seus atletas a marcarem golos, até deu para voltar a testar os 7 jogadores de campo, pena a forma como o encontro terminou, com dois cartões vermelhos, que deram origem a que o encontro tenha ocorrências disciplinares, jogo que com este resultado foi confirmado resultado ocorrido na 1.ª volta. Jogo dirigido pela dupla internacional de Leiria, constituída por Eurico Nicolau e Ivan Caçador, que na nossa opinião estiveram com actuação positiva, embora não isenta de pequenas falhas, nomeadamente na lei da vantagem.

AA Avanca 19 – 29 ABC

Num jogo disputado no Pavilhão Adelino Costa, o ABC, comandou o jogo e o marcador durante os 60 minutos de um encontro que teve momentos menos bons de andebol, e com uma assistência razoável, e termina confirmando o resultado verificado na jornada homóloga na 1.ª volta. De dizer desde já que o piso do recinto se encontrava demasiado escorregadio, e poderia ter provocado algumas lesões que felizmente não se verificaram. Informar ainda que este encontro apesar de apresentar algumas estatísticas as mesmas não correspondem ao que se passou em campo, pois apenas estão feita até ao 12-6 a favor do ABC. O ABC que se apresentou com uma defesa bem aberta e mãos agressiva, criou grande problemas ao ataque da AA Avanca, que por vezes foi demasiado passivo e pouco assertivo, enquanto no ABC, os seus pontas iam resolvendo o encontro, André Rei (9 golos), e Dario Andrade (4 golos), apesar da boa exibição de Luís Silva na baliza da AA Avanca, com Humberto Gomes do outro lado a estar em grande forma e a ser um dos grandes obstáculos do ataque da equipa da casa, que aos 14 minutos de jogo, já perdia por 8-3, para cerca dos 18 minutos o diferencial se manter com o ABC a vencer por 10-5, e a chegar ao intervalo com um confortável diferencial de 6 golos (15-9). Nos segundos 30 minutos a AA Avanca procurou equilibrar o encontro, mas o ABC, geriu bem o jogo e o resultado, e aos 46 minutos de jogo vencia por 21-15, para a AA Avanca começar a demonstrar, uma enorme “crise de confiança”, e aos 55 minutos a diferencial era de 9 golos (26-17), para nos últimos 5 minutos a equipa bracarense terminar por vencer com um diferencial de 10 golos, na equipa da AA Avanca, o jovem Miguel Neves (4 golos) e Rafael Andrade (4 golos) foram os elementos mais na nossa opinião com Diogo Silva (1 golo), muito abaixo das expectativas. Dirigiu o encontro a dupla de Santarém composta por Fábio Gonçalves, e João Vinagre, que estiveram bem em termos da sanção progressiva e dos livre de 7 metros, mas com algumas falhas, na lei da vantagem e na falta do atacante, mas sem qualquer influência no resultado, o que já por si é positivo.

No Pavilhão Fernando Tavares, num jogo com assistência “ridícula” para uma PO01, tivemos um dos jogos, onde o resultado foi diferente do ocorrido na 1.ª volta, e foi na nossa opinião uma das da jornada, o Boa Hora / Águas Santas, que terminou com uma igualdade. Foi um encontro disputado sempre com grande equilíbrio, registando-se diversa alternâncias no marcador e no comando do jogo, assim como diversas situações de igualdade durante os 60 minutos, com maior vantagem que qualquer das equipas consegui, se ter registado cerca dos 28 minutos, quando o Boa Hora vencia por 13-10, resultado com que chegou ao intervalo, no segundo tempo, uma entrada em força do Águas Santas com um parcial de 4-0, coloca o resultado em 14-13 a seu favor, passando a partir deste momento a verificarem-se sucessivas igualdades, chegando aos 59 minutos de jogo com o Boa Hora a vencer por 25-24, com o Águas Santas a igualar o encontro nos momentos finais do encontro através de um livre de 7 metros. Com esta igualdade a equipa maiata, fica em igualdade pontual com o ABC, com a equipa do Boa Hora a afastar-se em termos pontuais, dos lugares “chamados de perigo”. Encontro que encerra a curiosidade de os dois guarda-redes, terem terminado com a mesma eficácia, Diogo Valério do Boa Hora, e António Campo elo Águas Santos com 29% de eficácia. André Alves com 8 golos (67% de eficácia, 1 em 2 de 7 metros), e Francisco Tavares com 7 (100% de eficácia), foram os melhores marcadores do Boa Hora, Pedro Cruz, com 7 golos (78% de eficácia, 2 em 3 de 7 metros), e Mário Lourenço com 5 (83% de eficácia, 3 em 3 de 7 metros), foram os melhores marcadores do Águas Santas.

Em Fermentões, tivemos um dérbi minhoto com a disputa do CCR Fermentões / AC Fafe, em mais um jogo de grande equilíbrio, embora a equipa do CCR Fermentões, tenha comandado mais vezes o marcador e jogo, mas apenas concretizou a sua vitória nos últimos minutos do encontro, pois aos 55 minutos tínhamos uma igualdade a 18 golos, o que é plenamente demonstrativo da superioridade das defesas em relação aos ataques, mas no último minuto vencia por 20-18, permitindo que o AC Fafe, diminui-se a diferença nos últimos segundos do jogo, no entanto a equipa local chegou ao intervalo a perder por 11-10. Com esta derrota o AC Fafe, mantêm-se nos últimos lugares da classificação, por sua vez o CCR Fermentões que regista a sua terceira vitória na prova, embora mantendo o mesmo lugar na tabela classificativa, afastou-se do SC Horta. Como seria natural grande evidência para os guarda-redes, Pedro Carvalho pelo CCR Fermentões com 50% de eficácia, e Nelson Reyniel do AC Fafe com 47% de eficácia, João Barbosa com 7 golos (88% de eficácia, 2 em 3 de 7 metros), foi o melhor marcador do CCR Fermentões, por sua vez os melhores marcadores do AC Fafe, não passaram dos 4 golos (Rui Rolo, apenas 36% de eficácia, e Luís Pereira, com 80% de eficácia, 4 em 4 de 7 metros).

No Pavilhão Municipal do Formigueiro, realizou-se o Ismai / Benfica, onde se verificou um resultado que muitos provavelmente não esperariam, mas depois da equipa maiata ter derrotado o Sporting, todos os jogos disputas com o Ismai, em especial na condição de visitado, não são fáceis, e o Benfica que terminou vencendo pela diferença mínima que o diga, pois venceu com grande dificuldade, confirmando resultado verificado na jornada homóloga, da 1.ª volta. O Ismai com uma excelente entrada no jogo, esteve quase sempre na frente do marcador, nos primeiros 30 minutos, chegando a ter quatro (4) golos de vantagem, cerca dos 23 minutos (14-10), para sofrer um parcial de 5-0 e o Benfica ficar a vencer por 15-14 cerca dos 28 minutos, o intervalo chegou numa perfeita igualdade a 16 golos. No Segundo tempo o equilíbrio manteve-se com alternâncias no marcador, e diversas igualdades, até cerca dos 55 minutos, quando se registava uma igualdade a 27 golos, com o Benfica a comandar o marcador a partir desse momento, e a cerca de um minutos fim vencia por 30-28, com o Ismai a reduzir nos momentos finais do jogo. O Benfica com esta vitória mantêm-se, na mesma posição na tabela classificativa, e o Ismai, atrasou-se em relação por exemplo ao Boa Hora. Nas Balizas, tivemos pelo Ismai um Manuel Borges em bom plano com 27% de eficácia, enquanto no Benfica Tanto Hugo Figueira, como Miguel Espinha terminaram com 24%. O Ismai terminou com 11 jogadores a marcarem golos, teve em Délcio Pina com 11 golos (69% de eficácia) o seu principal marcador. No Benfica onde 10 jogadores marcaram golos, Nyokas com 8 golos (80% de eficácia), e Pedro Seabra Marques com 6 (86% de eficácia), foram os seus principais marcadores.

No Pavilhão Flávio Sá Leite, realizou-se o Arsenal / Belenenses, onde como seria de esperar a equipa do Belenenses, entrou a todo o gás, e perante a equipa mais fraca da prova (na nossa opinião), que se apresentou com apenas 11 jogadores inscritos no Boletim de jogo, e dois eram guarda-redes, aos 7 minutos de jogo já vencia por 5-1, para aos 13 minutos, chegar aos 7 golos de diferença quando vencia por 11-4, para o Belenenses, ter um abrandamento, nos seus processos tanto ofensivos como defensivos, e o Arsenal com muita dignidade diminui a diferença para 6 golos aos 18 minutos de jogo (15-9), obrigando o técnico do Belenenses a solicitar um time OUT, para se chegar ao intervalo, com a maior diferença então registada, 9 golos (20-11). No segundo tempo, pouco o nada se alterou continuando a verificar-se a natural superioridade da equipa do Belenenses, que aos 50 minutos de jogo, vencia por 16 golos de diferença (33-17). Para terminar com 17 golos de diferença (39-22). Com esta nova derrota o Arsenal continua sem vencer até ao momento, nesta fase da prova, por sua vez o Belenenses continua classificado nos 6 primeiros lugares que dão acesso ao Grupo A, da Fase Final da Prova. Pedro Pando com 6 golos (86% de eficácia, 3 em 3 de 7 metros), foi o melhor marcador do Arsenal, por sua vez, no Belenenses onde 10 jogadores marcaram golos, Nuno Santos com 12 golos (80% de eficácia, 3 em 4 de 7 metros), e Nuno Roque com 6 golos (60% de eficácia), foram os seus principais marcadores. Uma referência, ainda para Bruno Silva na baliza do Arsenal com 27% de eficácia, e para Roney Franzini na baliza do Belenenses com 46% de eficácia.

Classificação actual – 1.º FC Porto (+1 jogo, 43 pontos), 2.º Sporting (40 pontos), 3.º Benfica (38 pontos), 4.º ABC, e Águas Santas (33 pontos), 6.º Belenenses (32 pontos), 7.º Madeira SAD (30 pontos), 8.º Boa Hora (26 pontos, 9.º Ismai (25 pontos), 10.º AA Avanca (24 pontos), 11.º CCR Fermentões (21 pontos), 12.º SC Horta, e AC Fafe (18 pontos), 15.º Arsenal (15 pontos). 

O Banhadas Andebol

Campeonato do Mundo Japão 2019 – Femininos - XI


24.º MUNDIAL DE SENIORES FEMININOS
(JAPÃO)
(Qualificação Europeia)

Vai realizar-se no Japão o Mundial Feminino, de 29 de Novembro a 15 de Dezembro de 2019. Nas cidades de Kumamoto, e Tokyo, com a participação de 24 equipas.

Segundo informação da EHF, já estão apuradas directamente para o Mundial as seguintes equipas Europeias:

França – Campeã em Titulo
Rússia, Holanda e Roménia – 3 das primeiras classificadas no Europeu de 2018

Estão definhadas as equipas que disputarão os restantes 9 lugares Europeus, através do chamado Play OFF.

Primeira Fase de Qualificação Europeias – Eslováquia, Suíça, Bielorrússia, Macedónia, e Islândia (*)

(*) – Melhor Segunda Classificada.  

Classificadas via Euro 2018 - Croácia, República Checa, Dinamarca, Espanha, Alemanha, Hungria, Montenegro, Noruega, Polónia, Eslovénia, Sérvia, Suécia, Áustria (*)

(*) – Segunda melhor terceira Classificada nas Qualificações para o Euro 2018.

Resultados do Sorteio do Play OFF
1.ª Mão – De 31 de Maio a 2 de Junho de 2019
2.ª Mão – De 4 a 6 de Junho de 2019

O Noticias

sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Treinos Abertos - Andebol de Praia Sub-17 - I


TREINOS ABERTOS - ANDEBOL DE PRAIA SUB-17


No seguimento do anterior texto que 1 Federação publicou no seu portal, e que foi motivo, de um texto da nossa parte, onde referimos nomeadamente:

“…A Federação de Andebol de Portugal pretende organizar treinos abertos de observação para a Selecção nacional de Andebol Praia Sub-17, masculina e feminina, entre os dias 17 e 21 de Dezembro. 


Esta geração, 2002/03/04, irá disputar o Campeonato da Europa de Andebol Praia Sub-17, Stare Jablonki – Polónia, de 27 a 30 de Junho de 2019. 


Qualquer atleta interessado em participar nesta observação pode inscrever-se e aguardar pela eventual convocatória….” 


A Federação divulga (13-12-18), uma segunda notícia, indicando as listas de atletas e os locais para observação, que são os seguintes:

 

Pela nossa parte colocamos sérias dúvidas, que todos estes atletas se tenham inscrito, conforme o solicitado, pois em alguns casos é evidente a intervenção das Associações e dos próprios clubes, existindo certamente quem se tenha inscrito.

 

Calendário e locais de observação

 

Masculinos

Dia 17-12-18 – Espinho (Praia 37)

Grupo 1 – (Aveiro, Braga, e Porto, das 09H00, ás 11H00)23 atletas, 1 não federado.

Grupo 2 – (Aveiro, Braga, e Porto, das 14H30, ás 16H30)22 atletas.

Dia 18-12-18 – Leiria - Campos de Areia (AC Sismaria)

Associações – (Leiria, das 15H00, ás 17H00)16 atletas.

Dia 19-12-18 – Lisboa – St. Amaro / Paço Arcos (A Confirmar)

Associações – (Lisboa, e Setubal, das 10H00, ás 12H00)21 atletas.

 

Femininos

Dia 17-12-18 Espinho (Praia 37)

Associações – (Aveiro, e Porto, das 11H00, ás 13H00)25 atletas.

Dia 18-12-18 – Leiria - Campos de Areia (AC Sismaria)

Associações – (Leiria, e Santarém, das 10H00, ás 12H00)12 atletas.

Dia 20-12-18 – Algarve – Lagoa (A Confirmar)

Associações – (Algarve, das 10H00, ás 12H00)13 atletas.

 

Em 3 dias 132 atletas, têm duas horas, para mostrar se têm ou não valor para fazer parte de duas selecções Nacionais (Masculina e Feminina), pensamos que só com um milagre o Seleccionador Nacional, conseguirá observar em condições de paridade e equidade todos os atletas, pré convocados para observação, com a enorme lacuna (grave na nossa opinião), de haver locais ainda não conformados.

 

A bem desta variante do Andebol, esperamos que este trabalho seja profícuo.


O Banhadas Andebol

Juniores B Femininas - Kakygaia - 2018


TORNEIO KAKYGAIA – 2018
SELECÇÃO DE JUNIORES B FEMININAS
(SUB-17)
NO
TORNEIO 
(Foto FAP)
Portugal irá mais uma vez participar neste torneio (XXX) que se disputa de 26 a 30 de Dezembro de 2018, com a sua Selecção de Juniores B (Sub-17), que será dirigida por Ana Seabra, coadjuvada, pelo técnico do SIR 1.º Maio/CJB, Miguel Carolino. A Selecção Portuguesa, participará juntamente com, Almeida Garrett, Colégio Gaia, Academia S. Pedro Sul, Ílhavo, Alavarium, Benfica, e Académico do Porto, no escalão Sénior.

A Selecção concentra-se no Centro de Alto Rendimento de Vila Nova de Gaia.

Convocatória como de costume sem comentários.
 A FAP, não divulgou forma de disputa, ou qualquer Calendário até este momento.

O Noticias

Campeonato Africano de Andebol Seniores Femininos - 2018


ANGOLA CAMPEÃ DE AFRICA
13.º Titulo para Angola 
(Foto CAHB)
Realizou-se no Congo (Brazzaville) de 02-12-18 a 12-12-18, o 23.º Campeonato Africano de Seniores Femininos. Onde os três primeiros classificados estavam directamente apurados para o Mundial de 2019 no Japão.

Angola, que era a maior favorita ao título, não deixaram os seus créditos por “mãos alheias”, e voltaram a conquistar a prova, sendo a 12.º vez que o conquistam.

A prova que contou com a participação de dez (10) Países, foi disputada com uma fase preliminar, onde foram constituídos dois Grupos, tendo o Grupo A sido vencido pelo Senegal, venceu sucessivamente, os Camarões por 23-18, a Tunísia, por 26-21, a Argélia por 35-22, e a Costa do Marfim por 32-22. No Grupo B, que teve Angola como vencedora, após derrotar sucessivamente, A Guiné por 40-17, Marrocos, por 50-14, República Democrática do Congo por 33-24, e finalmente o Congo por 32-19.

As 1/2 Final foram disputadas por:

Senegal 22 – 21 Rep. Dem. Congo
Camarões 16 – 25 Angola

3/4 Lugar
Rep. Dem. Congo 33 – 22 Camarões

Final
Senegal 14 – 19 Angola

Classificação Final1.º Angola, 2.º Senegal, 3.º Republica Democrática do Congo, 4.º Camarões, 5.º Congo, 6.º Tunísia, 7.º Guiné, 8.º Argélia, 9.º Costa do Marfim, 10.º Marrocos.

Angola, Senegal, Republica Democrática do Congo – Apurados directamente para o Mundial de 2019 no Japão.

O Noticias

quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

Crónica Intermédia de Fim-de-semana – 30 – 2018 / 2019 – I


Nova crónica intermédia de fim-de-Semana, sobre a PO01.

PO01 – Campeonato Andebol 1 Seniores Masculinos.

1.ª Fase
14.ª Jornada
Dia 13-12-18
Sporting 30 - 25 SC Horta
Dia 15-12-18
Ismai - Benfica (19H00)
Madeira SAD - FC Porto (15H00) TVI 24
CCR Fermentões - AC Fafe (18H00)
AA Avanca - ABC (18H00) Artística TV / Andebol TV
Arsenal - Belenenses (21H00)
Boa Hora - Águas Santas (18H00) Boa Hora TV/Andebol TV

Crónica totalmente dedicada, ao jogo que abriu a 2.ª volta, com a disputa do primeiro encontro da 14.ª Jornada. Jogo que confirmou o resultado da 1.ª Jornada. Encontro disputado sem ocorrências disciplinares.

Sporting 30 – 25 SC Horta

Jogo disputado no Pavilhão João Rocha, com uma razoável assistência, para o dia da semana e para a hora a que o encontro foi disputado, venceu o Sporting, perante um SC Horta, que fez na prática uma jornada dupla, mas em determinados momentos não se deu por isso, pois fez um jogo em que tacitamente era o que lhe convinha, paciente no ataque jogando nos limites do jogo passivo, e com uma ligação com a segunda linha, onde Pedro Silva (7 golos, 100% de eficácia, 1 em 1 de 7 metros), esteve muito bem, o Sporting, não arranjou antídoto para esta táctica, mas por vezes deu a sensação de relaxo, e de não ter soluções, para estas situações, nunca conseguindo equilibrar o mesmo, cometendo diversas faltas técnicas, que na nossa opinião são imperdoáveis, numa equipa com este plante, apesar das ausências de Pedro Solha, Cláudio Pedroso, Valentin Ghionea, Frankis Carol, e Ivan Nikcevic, mas apresentou em contrapartida alguns dos seus Juniores, em especial Gonçalo Grácio (2 golos, 100% de eficácia), que praticamente cumpriu os 60 minutos de jogo, e com o seu guarda-redes Asanin, que jogo no segundo tempo mas que demonstrou não estar em bom momento com apenas 13% de eficácia, contra os 29% de Skok, nos primeiros 30 minutos, enquanto Rui Pereira na baliza do SC Horta, este bem melhor que na véspera, com 24% de eficácia. O Jogo foi de grande equilíbrio até cerca dos 15 minutos, quando se registava uma igualdade a 7 golos, com o Sporting a assumir em definitivo o comando do jogo e do marcador logo de seguida, e comandou até fim do tempo regulamentar, chegando ao intervalo a vencer por 14-12, onde Fábio Chiuffa (6 golos, 100% de eficácia), esteve preponderante neste resultado, bem como Carlos Ruesga (6 golos, 67% de eficácia, 2 em 2 de 7 metros), no segundo tempo uma melhor atitude do Sporting, perante o jogo, chega aos 7 golos de diferença aos 46 minutos (23-16), após um parcial de 5-0, através de transições rápidas para o ataque, situação que durou pouco tempo, voltando a ter 7 golos de diferença aos 49 minutos (24-17), mas o SC Horta, que foi sempre fiel ao seu estilo de jogo, com José Silva (4 golos, 57% de eficácia) em bom plano, em especial quando passou a jogar como central na sua equipa, bem acompanhado por Pavel Hernandez (7 golos, 64% de eficácia), e por João Oliveira (5 golos, 63% de eficácia), foi diminuído a diferença e o Sporting, com a entrada de Neven Stejepanovic, em bom plano (5 golos, 83% de eficácia), levou a eu o Sporting, terminasse como vencedor por um diferencial de 5 golos. Destacar a excelente atitude competitiva do SC Horta, com um plantel bem mais curto. Jogo dirigido pela dupla de Lisboa, constituída por Tiago Correia e João Aranha, que num encontro bastante fácil de dirigir, pois quer o comportamento dos atletas quer os oficiais das equipas foram irrepreensível, tiveram uma arbitragem positiva, embora fossem bastante permissiva com o jogo passivo.

Classificação actual – 1.º Sporting (+1 jogo), e FC Porto (+1 jogo) (40 pontos), 3.º Benfica (35 pontos), 4.º Águas Santas (31 pontos), 5.º ABC (30 pontos), 6.º Madeira SAD, e Belenenses (29 pontos), 8.º Boa Hora, e Ismai (24 pontos), 10.º AA Avanca (23 pontos), 11.º CCR Fermentões e SC Horta (+1 jogo) (18 pontos), 13.º AC Fafe (17 pontos), 14.º Arsenal (+1 jogo, 14 pontos). 

O Banhadas Andebol

Juniores C Masculinos – Estágio – II


SELECÇÃO DE JUNIORES C MASCULINOS
(SUB-17)
ESTÁGIOS E TORNEIOS
(Foto FAP)
A Federação de Andebol de uma noticia inserida no seu Portal, informa da realização de novos estágios para os chamados Juniores C, agora designados por (Sub-17), quando em Outubro último foram designados por Sub-16 entre os dias 19 a 23 de Dezembro, com a participação no Torneio Internacional Cidade de Lagoa, e para 26 a 29 de Dezembro, com a participação no Torneio de Natal Cidade de Fafe.

Apesar da mudança de designação, mantém a informação de que os convocados são os nascidos em 2002 e 2003.

Estes “estágios” cujas datas coincidem exactamente com as datas dos torneios referidos, deverão ter como objectivo final, além da observação de atletas (Convocatórias diferentes, consoante os torneios) observação de atletas, para a participação em Abril de 2019, num torneio na Alemanha.

Não se entende, a razão por que não se dá qualquer explicação sobre a objectividade destes estágios, e destas participações?
Lista dos convocados (Lagoa) como é normal sem comentários.
Calendário de Jogos
Dia 21-12-18
Selecção – Boavista FC (12H00)
Lagoa AC – Selecção (20H00)
Dia 22-12-18
1/2 Final
1.º A – 2.º B (14H00)
1.º B – 2.º A (16H00)
5/6 Lugar
3.º A – 3.º B (18H00)
Dia 23-12-18
3/4 Lugar (13H30)
Final (14H30)
Lista dos convocados (Fafe) como é normal sem comentários.
Calendário de Jogos
Dia 27-12-18
AC Fafe - Selecção (16H00)
Dia 28-12-18
Selecção – Águas Santas (15H00)
Dia 29-12-18
5/6 Lugar
(10H30)
3/4 Lugar
(15H00)
Final
(16H45)

O Noticias

EURO 2018 FEMININO – FRANÇA – XXVI


EURO 2018 FEMININO – FRANÇA
FASE FINAL

Terminou hoje a “Main Round”, onde os 1.º e 2.º Classificados de cada Grupo são os apurados para as 1/2 Final, e os 3.º’s Classificados disputarão entre si o jogo que decide os 5.º e 6.º Lugar.

As duas equipas que se apuraram para esta fase e que faziam parte do Grupo de Portugal, (Rússia, e Roménia), se apurarem para as 1/2 Final

Esta Fase da prova, que foi disputada em dias alternados, e apenas na última jornada se disputaram jogos dos dois Grupos em simultâneo, começou com a vitória de Montenegro sobre a Suécia, e a França a regressar ao seu favoritismo, a vencer a Dinamarca, que está a ser uma das decepções da prova, e com a Espanha a ser derrotada pela Alemanha, e ficar cada vez mais afastada dos 3.º primeiros lugares, e com a Noruega a ter a sua 2.ª vitória, na 2.ª jornada desta fase, mais um resultado inesperado a igualdade ocorrida no Suécia / França, acompanhado pela vitória da Hungria sobre a Alemanha, destacando-se ainda a vitória da Holanda sobre a Roménia, com a Rússia a continuar a sua excelente prestação com a vitória sobre a Sérvia, que voltou a perder diante Montenegro na 3.ª Jornada, onde a Rússia continua imparável ao vencer a Dinamarca, por uma assinalável diferença, assegurando desde já o 1.º lugar do Grupo 1 da Main Round, que assim 10 anos depois chega a umas 1/2 Final, tivemos ainda no grupo 2 da Main Round, a sensacional vitória da Noruega sobre a Holanda, e nova derrota da Espanha, agora diante a Roménia. Na última jornada desta fase, e onde se definiam em definitivo as classificações, tivemos no Grupo 1 da Main Round, a vitória da Suécia sobre a Rússia, o que lhe vale a discussão do 5/6 lugar na prova, e a vitória da França sobre a Sérvia, o lhe permite ser uma das apuradas para as 1/2 Final, no Grupo 2 da Main Round, a vitória da Noruega sobre a Espanha (não venceu um único encontro nesta Fase), o que lhe permite, jogar com a Suécia para o 5/6 lugar, e vitória da Holanda sobre a Alemanha, que lhe valeu o 1.º lugar do Grupo e consequente apuramento para as 1/2 Final juntamente com a Roménia. Com a forte curiosidade, de as duas equipas que fizeram parte do Grupo de Portugal na Fase de Apuramento, se defrontarem numa das 1/2 Final.

Classificações da Main Round

Grupo 1
Grupo 2
Calendário Final

5 / 6 Lugar
Dia 14-12-18
Suécia - Noruega (14H00)
1/2 Final
Dia 14-12-18
Rússia – Roménia (17H30)
Holanda - França (21H00)
3 / 4 Lugar
Dia 16-12-18
(14H00)
Final
Dia 16-12-18
(17H30)

Podemos informar de que a totalidade dos serão transmitidos online, através do EHF TV.

Representação de Portugal – Portugal está representado neste Europeu ao nível de Delegados por António Marreiros, que depois de estar presente em todos os encontros do Grupo C, na disputa da Main Round, esteve presente nos seguintes encontros:

Espanha – Alemanha (Main Round, Grupo 2)
Hungria – Alemanha (Main Round, Grupo 2)
Holanda – Noruega (Main Round, Grupo 2)
Espanha – Noruega (Main Round, Grupo 2)
Holanda – Alemanha (Main Round, Grupo 2)

O Banhadas Andebol

quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Crónica Intermédia de Fim-de-semana – 29 – 2018 / 2019 – I


Nova crónica intermédia de fim-de-Semana, sobre a PO01.

PO01 – Campeonato Andebol 1 Seniores Masculinos.

1.ª Fase
13.ª Jornada
Dia 12-12-18
AA Avanca 36 – 32 SC Horta

Crónica totalmente dedicada, ao jogo que se encontrava em atraso da 13.ª Jornada, que com a sua realização fica completa. Encontro disputado sem ocorrências disciplinares.

AA Avanca 36 – 32 SC Horta

No Pavilhão Adelino Costa, disputou-se este encontro que finaliza da 13.ª jornada desta fase, ou se já a última da 1.ª volta, com uma assistência mais fraca, do que normalmente neste pavilhão, tivemos um encontro que terminou com a vitória da AA Avanca, num jogo que por vezes teve momentos de Andebol, e onde a intensidade em especial defensiva esteve ausente, basta verificarmos o número de golos, totais ocorridos durante o encontro, em especial nos últimos 10 minutos de jogo. Nos primeiros 30 minutos o SC Horta, ainda procurou dar alguma consistência na sua defesa, e em jogar pausadamente no ataque, mas a AA Avanca, que teve dois atletas em dia sim referimos, em especial a Diogo Silva (10 golos, 83% de eficácia), que na nossa opinião confirmou todas as suas qualidades, e ao seu guarda-redes Luís Silva (28% de eficácia), mas ambas as equipas tiveram péssimos momentos de andebol, no entanto a equipa da casa comandou o jogo e o marcador praticamente durante o encontro, com excepção dos 12 minutos iniciais, onde o equilíbrio foi uma constante, verificando-se na altura uma igualdade a 6 golos, depois a AA Avanca, foi progressivamente dilatando o resultado chegando ao intervalo já a vencer por 18-13, neste período o guarda-redes do SC Horta, Rui Pereira, apesar da baixa eficácia final (15%), ainda teve algumas intervenções importantes, com João Oliveira (8 golos, 67% de eficácia) a ser na nossa opinião um dos seus principais atletas. No segundo tempo a equipa da AA Avanca, aproveitando melhor as situações de superioridade, e em transições rápidas ou em contra ataque, chegou aos 8 golos de vantagem aos 50 minutos (30-22), para depois entrar no período já referido, de destacar a eficácia na equipa da AA Avanca de Ruben Ribeiro (7 golos, 88% de eficácia), e o oportunismo de Francisco Silva (67% de eficácia, o em 1 de 7 metros) nos 6 metros, com os seus técnicos a fazerem uma enorme gestão do plantel, tendo 12 jogadores a concretizarem golos. O SC Horta, mais limitado de plantel, teve ainda discernimento, para diminuir, de 8 para 4 golos, a diferença final, com Pavel Hernandez (8 golos, 73% de eficácia, 0 em 1 de 7 metros), e Pedro Silva (7 golos, 78% de eficácia, 4 em 4 de 7 metros) outro dos seus melhores elementos, em especial no ataque. Ficamos com a sensação de a equipa local, se deu por satisfeita com os 8 golos de vantagem, e de seguida perdeu intensidade e objectivo final dos 3 pontos já estava conseguido. Jogo dirigido pela dupla de Braga, constituída por Fernando Costa e Diogo Teixeira, que realizou uma arbitragem bastante inconsistente,  a todos os níveis, pois por exemplo não se compreende como se assinala um livre de 7 metros aos  5 minutos de jogo, por falta sem guarda-redes (plena ocasião de golo) e não se sanciona o infractor, do mesmo modo, não se compreende como, num lançamento de saída o atleta está a menos de 3 metros e intervém deliberadamente no mesmo e não é sancionado (11 minutos de jogo).

Classificação actual – 1.º FC Porto (+1 jogo, 40 pontos), 2.º Sporting (37 pontos), 3.º Benfica (35 pontos), 4.º Águas Santas (31 pontos), 5.º ABC (30 pontos), 6.º Madeira SAD, e Belenenses (29 pontos), 8.º Boa Hora, e Ismai (24 pontos), 10.º AA Avanca (23 pontos), 11.º CCR Fermentões (18 pontos), 12.º SC Horta, e AC Fafe (17 pontos), 14.º Arsenal (+1 jogo, 14 pontos). 

O Banhadas Andebol

Juniores B Masculinos – Estágio – II


SELECÇÃO DE JUNIORES B MASCULINOS
(SUB-19 – 2000/2001)
ESTÁGIO
(Foto - FAP)
A Federação de Andebol de uma noticia inserida no seu Portal, informa da realização de um novo estágio para os chamados Juniores B, desta vez designados por Sub-19, quando do anterior estágio eram designados de Sub-18 (???) nascidos em 2000 e 2001, segundo se depreende da convocatória, entre os dias 26 a 30 de Dezembro de 2018, em Celorico da Beira, utilizando o seu Pavilhão Municipal.

Mais uma vez questionamos e que continua a levantar dúvidas é quais são os objectivos deste estágio, pois verificando a programação para esta equipa, apenas existe a participação num torneio (Maia CUP) em julho de 2019, seguido de jogos em França, e de uma participação no Scadinavian Open Championship na Dinamarca não se compreendendo a existência de cinco estágios previstos, além do estágio que acompanha o Torneio, pensamos que estamos a exagerar com o número de estágios para estes jovens, cujos escalões serão alterados na próxima época. Atenção esta é apenas a nossa opinião, outras haverá e que merecem da nossa parte o devido respeito.

No entanto a Selecção de Sub-21, que disputará, em Julho de 2019 o Mundial em Espanha e que tinha um estágio calendarizado para a mesmas datas, e para o mesmo local, nada ainda foi informado, até ao momento. Ver imagem
Com a realização destes estágios e estas participações, a PO04, é interrompida em 19-12-18, com a próxima jornada a ser disputada em 13-01-19.

Lista dos convocados como é normal sem comentários 
O Noticias

Super Globe – 2019- I


SUPER GLOBE – 2019

Conforme já tínhamos anunciado, “Como nota podemos informar que já existem propostas da Arabia Saudita, para se candidatar à organização desta prova.

Agora podemos confirmar conforme notícia da IHF, que esta prova nas suas próximas 4 edicções (2019 a 2022), será realizada na Arabia Saudita, continuando a ser disputada nos mesmos moldes.

Apenas recordamos que a 1.ª Edicção se realizou na Áustria em 1997, seguido pelo Qatar em 2002, Egipto em 2007, e desde 2010 que se realizava em Doha no Qatar.

Os vencedores do Torneio desde 2010, até ao momento foram:

2010 – Atlético Madrid (Espanha)
2011 - THW Kiel (Alemanha)
2012 – Atlético Madrid (Espanha)
2013 – FC Barcelona (Espanha)
2014 – FC Barcelona (Espanha)
2015 - Fuchese Berlin (Alemanha)
2016 - Fuchese Berlin (Alemanha)
2017 – Barcelona (Espanha)
2018 - Barcelona (Espanha)

O Analista

terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Crónica Intermédia de Fim-de-semana – 28 – 2018 / 2019 – I


Mais uma crónica intermédia de fim-de-Semana, sobre a PO01.

PO01 – Campeonato Andebol 1 Seniores Masculinos.

1.ª Fase
19.ª Jornada
Dia 11-12-18
FC Porto 53 – 26 Arsenal

Crónica totalmente dedicada, ao jogo antecipado da 19.ª Jornada, que se realizou hoje (11-12-18), entre um dos primeiros classificados (FC Porto) e o último da tabela classificativa (Arsenal). Encontro disputado sem ocorrências disciplinares.

FC Porto 53 – 26 Arsenal

No Dragão Caixa, com uma moldura humana, bastante fraca, já que o jogo não era certamente atraente para gosta da modalidade, pois este formato de Campeonato com 14 equipas, têm destas coisas, digamos assim, o FC Porto, venceu com grande facilidade, pois aos 5 minutos vencia por 7-0, e aos 12 minutos por 14-1, e foi sempre em crescendo, diante uma equipa do Arsenal que se apresentou com apenas 8 jogadores de campo, num total de apenas 10 inscritos, jogo que foi totalmente propicio aos pontas, que foram sempre bem lançados em contra-ataque pelo guarda-redes, do FC Porto, Thomas Bauer (65% de eficácia), e com António Areia (7 golos, 100% de eficácia, 1 em 1 de 7 metros), Diogo Branquinho (8 golos, 89% de eficácia), e mais os jovens Miguel Pinto (3 golos, 75% de eficácia) e Leonel Fernandes (5 golos, 83% de eficácia, 2 em 2 de 7 metros), a serem os mais preponderantes na equipa onde descansaram Alfredo Quintana, Alexis Borges, Salina, e Djibril Mbengue, já que Hugo Laurentino está lesionado, e chega ao intervalo com 21 golos de vantagem (28-7), caminhando para um record do campeonato, que se veio a verificar, devesse ainda não esquecer a dignidade que o Arsenal colocou em jogo, e que nos segundos 30 minutos face ao “relaxamento” do FC Porto, lhe permitiu que todos os seus jogadores de campo marcassem golos, mas não devemos esquecer que o FC Porto, na rotação que fez do seu plantel, colocou na baliza no segundo tempo o jovem Francisco Oliveira (21% de eficácia) e deu o tempo de jogo a Yoan Balasquez (8 golos, 80% de eficácia), de que provavelmente este esperaria. Uma referência ainda para o facto de 12 atletas do FC Porto, terem marcado golos, e ainda que os dois centrais da equipa quer Rui Silva, quer Miguel Martins, não terem concretizado qualquer golo. No Arsenal, onde já salientamos a sua dignidade em campo, devemos ainda não esquecer Hugo Oliveira com os 7 golos (88% de eficácia). Jogo dirigido pela dupla Internacional de Leiria, constituída por Daniel Martins e Roberto Martins, que realizou uma arbitragem tranquila, e bem positiva, sem motivos para contestação de qualquer das equipas.

Classificação actual – 1.º FC Porto (+1 jogo, 40 pontos), 2.º Sporting (37 pontos), 3.º Benfica (35 pontos), 4.º Águas Santas (31 pontos), 5.º ABC (30 pontos), 6.º Madeira SAD, e Belenenses (29 pontos), 8.º Boa Hora, e Ismai (24 pontos), 10.º AA Avanca (- 1 jogo, 20 pontos), 11.º CCR Fermentões (18 pontos), 12.º AC Fafe (17 pontos), 13.º SC Horta (-1 jogo, 16 pontos, 14.º Arsenal (+1 jogo, 14 pontos). 

O Banhadas Andebol

PO20 - Taça de Portugal Seniores Masculinos – 2018 / 2019 – IX – 1/8 Final - Sorteio


Realizou-se hoje (11-12-18) o sorteio dos jogos relativos aos 1/8 Final da Taça de Portugal.

Este sorteio foi realizado sem condicionalismos.

1/8 Final – Jogos a serem disputados previsivelmente em 26-01-19

Resultados do Sorteio

CCR Fermentões – Póvoa Andebol Clube
AD Sanjoanense – Águas Santas
Vitória FC – Alto Moinho
Belenenses – AC Sismaria
Marítimo – Modicus
Madeira SAD – Estarreja AC
ABC – Benfica
FC Porto – Sporting

Sorteio onde se verifica, que duas das principais equipas do Andebol Nacional, estarão foram da Final Four, pois jogam entre si, nos jogos ABC / Benfica, e FC Porto / Sporting, caprichos do sorteio, teremos no entanto mais jogos verdadeiramente interessantes, pois teremos, certamente no mínimo duas da PO02, nos 1/4 Final, com dois jogos entre equipas daquela prova, sendo um deles quase um dérbi, referimo-nos ao Vitória FC / Alto Moinho, e ainda ao Marítimo / Modicus, depois poderemos ter TAÇA, talvez no CCR Fermentões / Póvoa Andebol Clube, e um encontro que poderá ter algum equilíbrio, o AD Sanjoanense / Águas Santas, apesar do claro favoritismo do Águas Santas. Nos restantes encontros, com maior ou menor dificuldade, deverão passar as equipas da PO01.

Equipas, por Divisão, que disputam os 1/8 Final.

3.ª Divisão (1) – Estarreja AC.

2.ª Divisão (7) – Póvoa Andebol Clube, AC Sismaria, Modicus, Marítimo, AD Sanjoanense, Vitória FC, e Alto Moinho.

1.ª Divisão (8) – ABC, Madeira SAD, CCR Fermentões, Belenenses, FC Porto, Benfica, Sporting, Águas Santas.

A próxima eliminatória será já a disputa dos 1/4 Final (8 equipas), será previsivelmente disputada em 16-03-19. 

Mas esta prova só voltara a ter verdadeiro espírito de taça, quando for uma prova aberta sem limitações, e com todas as equipas a iniciarem a sua participação ao mesmo tempo.

A estrutura da prova será:

1/4 Final – Vencedores dos 1/8 Final – 16-03-2019
1/2 Final – Vencedores dos 1/4 Final – 01-06-2019
Final – Vencedores das 1/2 Finais – 02-06-2019

O Noticias