gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

terça-feira, 21 de novembro de 2017

Crónica de Fim-de-semana, No Feminino – 10 – 2017 / 2018

Mais uma crónica de fim-de-semana exclusivamente dedicada ao Feminino (PO09).

Depois das nossas referências às poucas transmissões da Andebol TV desta prova, tivemos uma este fim-de-semana, (esperamos que não tenha sido uma excepção), os nossos parabéns.

Voltamos a referir o assunto das estatísticas, pelo respeito que nos merece o Andebol e em especial o Feminino, por vezes tal mal tratado, a nível da FAP, a verdade é que as mesmas existem ás vezes em http://po09.videobserver.com/pt/ , continuando-se a estranhar o silencio da Federação sobre o assunto. O Blog não têm de ser informado os adeptos da modalidade é que têm de ser devidamente informados e é para isso que nós tentamos contribuir. Referimos para os interessados que as mesmas não são em tempo real, mas mesmo assim só temos de agradecer a quem as faz, é a nossa obrigação.

PO09 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Femininos.

1.ª Fase – Resultados
6.ª Jornada
Dia 08-12-17
CA Leça - Alavarium (17H00)
7.º Jornada
Dia 23-11-17
Académico FC - CA Leça (21H15)
8.ª Jornada
Dia 19-11-17
CA Leça 29 - 22 CS Madeira
Maiastars 18 - 27 Madeira SAD
Dia 07-01-18
SIR 1.º Maio/CJB - Alavarium (17H00)
9.ª Jornada
Dia 18-11-17
Académico FC 11 - 28 SIR 1.º Maio/CJB
Assomada 23 - 27 Colégio Gaia
Maiastars 35 - 31 CS Madeira
JAC-Alcanena 35 - 21 Santa Joana
CA Leça 11 - 31 Madeira SAD
Dia 10-12-17
Alavarium - Juventude Lis (18H00)

Apenas uma breve referência à falta de regularidade da prova por bons motivos (a presença nas Competições Europeias), outras por motivos de que poder politico deveria intervir (Viagens ás ilhas e vice-versa), e outras nem se sabe porquê. Este fim-de-semana, mais uma vez isso aconteceu. Com equipas a disputar jorna dupla, jogos em atraso da 8.ª jornada e os normais jogos da 9.ª Jornada. Nos jogos disputados, não existiu (na nossa opinião) nenhum resultado que pudesse ser considerado surpresa, decorrendo tudo dentro de uma normalidade absoluta. Destacar pela positiva, que em nenhum dos jogos disputados se registaram ocorrências disciplinares.

Assomada 23 – 27 Colégio Gaia

No pavilhão Carlos Queirós, perante uma razoável assistência, para o normal que se regista neste espaço e nestes encontros, a equipa da Assomada, deu uma réplica que não era esperada por muitos e apenas, começou a ceder cerca dos 49 minutos do segundo tempo, pois o encontro foi de grande equilíbrio, com as equipas a presentarem esquemas defensivos diferenciados, o Colégio Gaia com o seu habitual 6x0, enquanto a Assomada, apresentou um esquema mais agressivo e aberto de 4x2, que criou enormes dificuldades ao ataque da equipa visitante, foi no entanto um jogo de muitas falhas técnicas, em especial do Colégio Gaia, com maus passes quando se encontrava no ataque. Neste encontro mais uma vez a equipa da Assomada se apresentou a praticar um andebol atractivo, e de qualidade, com a sua guarda-redes Soraia Almeida e ser uma grandes figuras do encontro, sendo bem acompanhada por Jéssica Ferreira na baliza do Colégio Gaia. O equilíbrio foi de tal forma evidente com as igualdades a sucederem-se, e o intervalo a chegar com o Colégio Gaia a vencer por um golos (21-11), com a equipa da Assomada a falhar a igualdade a 4 segundos do intervalo. No segundo tempo, o equilíbrio manteve.se até cerca dos 49 minutos de jogo, quando o marcador registava uma igualdade a 21 golos, neste momento a maior experiencia das atletas do Colégio, onde Helena Soares (5 golos) foi um autêntico quebra-cabeças para a defesa da Assomada, que sofre um parcial de 5-0 em 9 minutos colocando o resultado em 26-21aos 28 minutos, a favor do Colégio Gaia, e o jogo fica praticamente resolvido. Um dos momentos chaves do encontro ocorreu cerca dos 51 minutos quando Kassia César (6 golos), uma das melhores em campo pela sua equipa e a sua melhor marcadora, não concretiza em golo um livre de 7 metros, que foi defendido por Jéssica Ferreira. No Colégio Gaia, as suas melhores marcadoras, foram Patrícia Resende, e Joana Resende, ambas com 6 golos cada. Jogo bem rígido pela dupla madeirense constituída por Gonçalo Aveiro, e Hugo Fernandes, num encontro competitivo e com um exemplar comportamento desportivo por parte das atletas.

O CA Leça em jogo da 9.ª Jornada, defrontou o Madeira SAD, que tinha o natural favoritismo, dessa forma, a equipa da casa, fez naturais poupanças, para poder no dia seguinte, em que defrontava o CS Madeira, apresentar-se mais forte. Neste encontro prevaleceu a natural superioridade do Madeira SAD, que ao intervalo já vencia por uns esclarecedores 14-5, continuando no segundo tempo a equipa insulara a fazer valer a sua natural superioridade, terminando com 10 jogadores a concretizarem golo, sendo Cristiana Morgado com 8 golos a sua principal marcadora, por sua vez no CA Leça a sua melhor marcadora não foi além dos 4 golos (Ana Costa). No jogo respeitante à 8 jornada, o CA Leça defrontou o CS Madeira, e conforme já tínhamos referido apresentou-se com outra disposição e venceu o encontro, que apenas foi equilibrado nos primeiros 30 minutos, pois o intervalo chegou com a equipa do CA Leça a vencer pela diferença mínima (13-12), para no segundo tempo e após as madeirenses recuperarem e se colocarem na frente do marcador nos momentos iniciais, mas acabou por aproveitar e bem a sua superioridade em termos de condicção física, para se impor em definitivo, vencendo de forma clara. NO CA Leça 10 jogadoras marcarem golos, com Catarina Oliveira e Ana Castro, ambas com 7 golos cada, a serem as suas principais marcadoras, enquanto pelo CS Madeira foi Catarina Ascensão com 6 golos a sua melhor marcadora.

Em jogo da 9.ª Jornada o Maiastars, defrontou a teoricamente mais acessível equipa da Madeira o CS Madeira, de referir que as duas equipas ocupavam o 4.º lugar da tabela classificativa, como era normal, verificou-se um ascendente natural das maiatas a que responderam com muita dignidade as madeirenses chegando a estar na frente do marcador por 6-5, no entanto as maiatas apesar do forte equilíbrio que se verificava, chegaram ao intervalo na frente do marcador por 19-17. No segundo período de jogo, o equilíbrio foi mais uma vez a dominante do encontro, com a equipa do Maiastars, quando atingiu um diferencial de 3 golos, a não deixar que existisse nova aproximação do marcador bem pelo contrário, consegui aumentar a sua vantagem. Mariana Azevedo com 13 golos, e Diana Oliveira com 10 golos, foram as melhores marcadoras do Maiastars, com Jéssica Gouveia com 10 golos, e Cláudia Aguiar com 6 golos a serem as melhores marcadoras do CS Madeira. No dia seguinte o Maiastars, defrontou a forte equipa do Madeira SAD, em encontro referente à 8.ª Jornada, e desta vez não conseguiu vencer, embora o encontro fosse equilibrado mas apenas nos primeiros minutos, quando o resultado estava numa igualdade a 3 golos, mas rapidamente o Madeira SAD faz valer o seu valor e se coloca na frente do marcador, e chega o intervalo a vencer por 14-10. No segundo tempo a equipa insular manteve o ritmo de jogo, e controlou o mesmo e o resultado, acabando por vencer de forma clara e convincente a equipa maiata. Mariana Azevedo com 6 golos e Debora moreno com 5 golos, foram as melhores marcadoras do Maiastars, Sara Gonçalves com 5 golos, foi a melhor marcadora do Madeira SAD.

Tivemos um dos resultados mais dilatados da jornada de fim-de-semana, no Académico FC / SIR 1.º Maio/CJB, onde a equipa da Marinha Grande, fez valer a sua superioridade, diante uma equipa que não produziu nada que se comparasse ao que tinha feito na jornada anterior, e ao intervalo já a equipa do SIR 1.º Maio/CJB vencia por uns confortáveis 14-5, continuando segundo tempo a manifestar uma completa superioridade sobre a equipa do Lima. Uma referencia de que as melhores marcadoras do Académico FC, não passaram dos 4 golos, e foram, Sofia Freitas e Cristiana Alves, por sua vez Barbara Ferreira com 7 golos, Neuza Valente e Carolina Gomes, ambas com 5 golos, cada, foram as melhores marcadoras do SIR 1.º Maio/CJB.

Em outro encontro que terminou com o resultado desnivelado, o JAC-Alcanena, venceu como se esperava o Santa Joana, equipa mais fraca da prova, até este momento (na nossa opinião), dominando em todas as vertentes o encontro, chegando ao intervalo já na frente do marcador por 18-5, depois de um início de jogo fortíssimo, resultado que permitia à equipa do JAC-Alcanena, fazer uma completa gestão do seu plantel e do próprio jogo em si. Deste encontro não existe muito mais a referir a não ser os 8 golos de Aurora Prata, e os 7 golos de Maria Malaca pelo JAC-Alcanena, e os 7 golos de Ana Lopes pelo Santa Joana.

Classificação após estes encontros: - 1.º Madeira SAD, e Colégio Gaia (26 pontos), 3.º SIR 1.º Maio/CJB (-1 jogo), e Maiastars (19 pontos), 5.º JAC-Alcanena, e CS Madeira (17 pontos), 8.º Juventude Lis (- 1 jogo), e Assomada (16 pontos), 9.º CA Leça (-2 jogos, 13 pontos), 10.º Alavarium (- 3 jogos, 12 pontos), 11.º Académico FC (- 1 jogo, 10 pontos), 12.º Santa Joana (9 pontos).

Continuamos a referir que os nossos principais OCS, pouco ou nada disseram sobre esta prova, é um desprezo total, basta ver a revista de imprensa hoje e de ontem, no site da Federação. Lamentável.

O Noticias

Mundial Sub-20 Feminino – 2018 – II - Sorteio

MUNDIAL SUB-20 FEMININO – 2018
(HUNGRIA)
(Qualificação Europeia)
A EHF realizou hoje (21-11-17) o sorteio dos Grupos de Qualificação para A Fase Final deste Mundial que vai decorrer de 1 a 15 de Julho de 2018 na Hungria, nas cidades de Gyor, Tatabanya e Budadaors, o Mundial de Sub 20 Masculino (Atletas nascidas em 1998-1999, ou mais jovens)

Os Grupos de qualificação, serão disputados no formato de torneio de 23 a 25 de março de 2018.

Equipas Europeias já Apuradas

Hungria – Organizador
Rússia – 1.º Lugar no Mundial de Sub-18 em 2016
França – 1.º Lugar no Europeu Sib-19 em 2017
Dinamarca – 3.º Lugar no Europeu Sub-19 em 2017

Nota - O 2.º Classificado No Europeu Sub-19 em 2017 foi a Rússia, por esse motivo é apurada directamente a Dinamarca.

Os Grupos de apuramento determinaram os restantes nove (9) lugares que a Europa, ainda pode inscrever, e inscreveram-se 26 equipas

Resultado do Sorteio (5 Grupos de 4 equipas, e 2 Grupos de 3 equipas) – Foi transmitido em directo pelo canal do youtube da EHFTV.
Portugal ao ficar integrado no Grupo 1 juntamente com a Espanha, Áustria, e Bulgária, têm em nossa opinião possibilidades de discutir o apuramento, pois é um grupo onde se apuram duas equipas.

Notas

  • O Grupo de Portugal, a organização será prioritariamente da Áustria 
  • Dos Grupos 1 e 2 apuram-se os dois (2) primeiros classificados, dos Grupos 3 a 7 apenas o 1.º Classificado é apurado. 
  • Os Países, que organizaram as qualificações para o Euro Sub-19 Feminino, não poderão organizar estes Grupos de Qualificação (Croácia, República Checa, Espanha, Alemanha, Grécia, Macedónia e Eslováquia), excepto se não existirem mais nenhuma candidatura para o Grupo onde estiveram inseridas. 
  • Em caso da não existência de representante da Oceânia, a Europa terá direito a mais um representante. 
Encontram-se igualmente já apuradas as seguintes equipas:

Asia - Coreia do Sul, China, Japão, e Cazaquistão. 
África – Angola, Egipto, e Costa Marfim. 

O Noticias

Competições Europeias 2017 / 2018 – LX - Sorteios

Realizou-se hoje (21-07-17) na EHF, o sorteio dos 1/8 Final da Challenge CUP Feminina, onde se encontram ainda duas equipas Portugueses. Também na mesma ocasião foi sorteado a Fase de Qualificação para o apuramento Europeu do Mundial de Sun-20 2018 Feminino (texto em separado).

O Sorteio pôde ser seguido através da ehfTV no canal youtube.

Femininos
CHALLENGE CUP
Participam na competição 34 equipas (menos 2 que na época anterior).

O Alavarium vai disputar na 4.ª Eliminatória (1/8 Final - 16 equipas) – Defrontando o Ardesen GSK (Turquia). Com a 1.ª mão ser disputada em 03/04-02-2018, em Aveiro, e a 2.ª mão em 10/11-02-2018, na Turquia.

O SIR 1.º Maio/CJB vai disputar a 4.ª Eliminatória (1/8 Final – 16 equipas) – Defrontando o MKS Perla Lublin (Polónia). Com a 1.ª mão ser disputada em 03/04-02-2018, na Polónia, e a 2.ª mão em 10/11-02-2018, na Marinha Grande.
.
Parece-nos que depois dos diversos sorteios a tarefa das equipas portuguesas estão bem complicadas em especial no feminino, pois defrontarão as equipas classificadas em 3.º e 4.º lugar do ranking da prova.

A Todas as equipas boa sorte. 

O Noticias

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Crónica de Fim-de-semana – 09 – 2017 / 2018 – II

Nova e ligeira crónica dedicada á PO02. Prova que como sabemos é constituída por 3 Zonas, onde as equipas “B”, não serão apuradas para a Fase Final.

Apuram-se para a Fase Final do Grupo A, o que dá acesso á 1.ª Divisão os 2 primeiros classificados de cada Zona.

PO02 – Campeonato Nacional da 2.ª Divisão Seniores Masculinos.

Zona 1
7.ª Jornada
Dia 26-11-17
Boavista FC - Marítimo (15H00)
8.ª Jornada
Dia 17-11-17
FC Porto B 30 - 31 CP Natação
Dia 18-11-17
CA Póvoa Varzim 31 - 26 FC Gaia
CCR Fermentões 24 - 22 SP. Oleiros
Santo Tirso 29 - 20 Boavista FC
Marítimo 25 - 23 São Mamede

Disputou-se a 8.ª Jornada da Zona, com alguns resultados não surpreendentes, mas que causaram alguma estranheza, ora pelos dilatados diferenciais verificados, ora pela dificuldade sentida pelas equipas vencedoras, e até pelo equilíbrio ocorrido em alguns encontros, como foi o caso da vitória do CP Natação diante o FC Porto B, na condicção de visitante, e que ao intervalo perdia por 2 golos de diferença (15-13), mas que soube gerir a sua forma de jogar e deu a volta ao resultado, vencendo pela diferença mínima. Com este resultado o FC Porto B, continua com apenas uma vitória nos jogos disputados até ao momento, e ocupa um dos últimos lugares da tabela classificativa. O CCR Fermentões, venceu com grande dificuldade o SP Oleiros em Fermentões, apenas consolidando a sua vitória no segundo tempo, já que ao intervalo perdia por 13-12, e apenas obteve a difícil vitória no segundo tempo. Com esta vitória, e com apenas uma derrota até ao momento, e quando falta apenas uma jornada para terminar a 1.ª volta desta fase da Prova, o CCR Fermentões comanda a Zona. Dizer que nesta jornada se registou um encontro com ocorrências disciplinares, e que foi precisamente o encontro onde se verificou o resultado mais desnivelado da prova, e que para nós constitui uma surpresa, face ao que se têm verificado até ao momento, foi no GC Santo Tirso / Boavista FC, onde o Boavista FC vencia ao intervalo por 12-11, realizando o segundo tempo completamente desastroso, o que permitiu à equipa local, terminar como vencedora folgada do encontro, com esta sua segunda derrota na prova até ao momento, o equilíbrio que se verifica na zona, torna cada vez mais difícil um prognóstico acerca dos possíveis apurados para a Fase Final. O neo divisionário CA Póvoa Varzim, venceu o FC Gaia, num encontro onde o equilíbrio apenas foi patente durante os primeiros 30 minutos, com o resultado ao intervalo a assinalar já, 15-14 a favor da equipa visitada, confirmando no segundo tempo a sua vitória, assim igualou o Boavista FC no 2.º lugar da tabela classificativa. Na Madeira, o Marítimo sofreu para levar de vencida o São Mamede, que esteve quase a ser a equipa sensação da jornada, pois no final dos primeiros 30 minutos a equipa do Continente estava na frente do marcador por 12-11, perdendo fulgor no segundo tempo acabando por sair com nova derrota, e desta forma continua a ser a única equipa só com derrotas até ao momento na zona.

Classificação da zona, após a realização destes jogos – 1.º CCR Fermentões (22 pontos), 2.º CA Póvoa Varzim, e Boavista FC (20 pontos), 4.º GC Santo Tirso (19 pontos), 5.º FC Gaia, e SP. Oleiros (17 pontos), 7.º Marítimo (14 pontos), 8.º CP Natação (13 pontos), 9.º FC Porto B (10 pontos), 10.º São Mamede (8 pontos).

Zona 2
8.ª Jornada
Dia 18-11-17
Benfica B 28 - 32 AC Sismaria
SIR 1.º Maio 19 - 27 AD Sanjoanense
ADC Benavente 34 - 26 Estarreja AC
CD Marienses 38 - 27 AC Coimbra
Juventude Lis 28 - 26 AD Albicastrense

Zona, disputado com alguns resultados que se podem considera não esperados, alguns até pelos diferenciais finais verificados, e infelizmente com um jogo a registar ocorrências disciplinares, o que será sempre de lamentar. E iremos começar por esse encontro que foi p Juventude Lis / Albicastrense, e que terminou com a vitória da equipa leiriense, que no entanto perdia no fim do primeiro tempo por 15-12, apenas conseguindo dar a volta ao resultado nos segundos 30 minutos, e com esta vitória manter-se isolada no comando da zona, enquanto o AD Albicastrense, não deixa de ser uma surpresa pela negativa, pois com este resultado desce mais um lugar na classificação. Na Região Insular o CD Marienses, venceu a AC. Coimbra, com relativa facilidade, pois construiu todo o resultado nos primeiros 30 minutos, ao chegar ao intervalo já na frente do marcador por 20-11, diferença que manteve no final do encontro, que registou um anormal número de exclusões (15). Com esta nova derrota a equipa de Coimbra, continua a ser única equipa da Zona, que apenas contabiliza derrotas nos jogos disputados até ao momento. Em Benavente, realizou-se o ADC Benavente / Estarreja AC, que terminou com a folgada vitória da equipa da casa, que ao intervalo já vencia por 19-13, resultado que nos surpreendeu não pela vitória em si do ADC Benavente mas sim pela diferença final. Com este resultado o Estarreja AC é alcançado em termos pontuais pelo seu adversário na jornada, onde 4 equipas ficam igualadas pontualmente (ADC Benavente, AC Sismaria, Estarreja AC e AD Sanjoanense), ficando a discussão pelo apuramento para a Fase Final totalmente em aberto (na nossa opinião). Sem surpresa a vitória da AD Sanjoanense sobre o SIR 1.º Maio, que ao intervalo já vencia por 15-10. Com esta vitória a AD Sanjoanense, é uma das equipas que conforme já dissemos ascende ao 2.º lugar da classificação em igualdade pontual com outras 3 equipas, o mesmo se passa com a vitória so AC Sismaria na condicção de visitante sobre o Benfica B, num jogo, onde construiu a sua vitória nos primeiros 30 minutos, ao chegar ao intervalo a vencer por uns surpreendentes 17-10, limitando-se a fazer a gestão do jogo e do resultado nos segundos 30 minutos.

Classificação da zona, após a realização destes jogos – 1.º Juventude Lis (21 pontos), 2.º ADC Benavente, AC Sismaria, Estarreja AC, e AD Sanjoanense (18 pontos), 6.º Benfica B (17 pontos), 7.º CD Marienses, e AD Albicastrense (15 pontos), 9.º SIR 1.º Maio (12 pontos), 10.º AC. Coimbra (8 pontos)

Zona 3
4.ª Jornada
Dia 17-12-17
SC Horta - Alto Moinho (17H00)
8.ª Jornada
Dia 18-11-17
1.º Dezembro 17 - 25 Vitória FC
CDE Camões 27 - 26 Ginásio Sul
Zona Azul 30 - 31 Vela Tavira
SC Horta 32 - 25 CCP Serpa
Dia 19-11-17
Alto Moinho 26 – 21 CF Sassoeiros (15H00 SD 14-9 (12-12)

Finalmente uma Zona onde não se verificaram ocorrências disciplinares, e ocorreram alguns resultados surpresos (na nossa opinião). Um dos resultados surpresos, ocorreu no Zona Azul / Vela Tavira, com a inesperada vitória do Vela Tavira, diante uma equipa que ultimamente dava sinais de uma enorme recuperação., foi um jogo de forte equilíbrio com a equipa visitada a vencer ao intervalo por 14-12, mas o Vela Tavira conseguiu no segundo tempo dar a volta ao resultado e vencer o encontro pela diferença mínima, obtendo assim a sua segunda vitória na prova, tantas quantas possuiu o seu adversário de jornada. O outro resultado inesperado na nossa opinião foi o CDE Camões / Ginásio Sul, que terminou com a vitória do CDE Camões, que esta época têm (na nossa opinião), demonstrado alguma irregularidade, e que ao intervalo perdia por 14-13, sendo outra das equipas que deu a volta ao jogo, nos segundos 30 minutos, com esta vitória ultrapassaram em termos classificativos o seu adversário. O Vitória FC, foi ao recinto do 1.º Dezembro vencer e confirmar todo o seu favoritismo na Zona, continuando juntamente com o SC Horta a serem as únicas equipas sem derrotas na zona, neste encontro, já vencia ao intervalo por 13-11, apenas dilatando a sua vantagem no segundo tempo. Na Horta, tivemos o SC Horta / CCP Serpa, um encontro sem história, que opôs uma equipa que apenas contabiliza vitórias, o SC Horta, contra uma equipa que pelo Contrário, apenas contabiliza derrotas na Zona, e perante esta enorme desigualdade a equipa insular não teve qualquer dificuldade, construindo o resultado no primeiro período de jogo, chegando ao intervalo na frente do marcador por 19-11, realizando posteriormente um segundo tempo de jogo onde geriu plantel e o resultado. Por fim tivemos um Alto Moinho / CF Sassoeiros, com a equipa do Alto Moinho a vencer um CF Sassoeiros, que começou bem a prova, mas que neste momento a uma jornada do fim da 1.ª Volta apenas regista duas vitórias, encontrando-se nos últimos lugares em igualdade pontual com o Vela Tavira, no entanto neste encontro o Alto Moinho fez o resultado no primeiro tempo ao chegar ao intervalo a vencer por 14-9, tendo de suportar uma excelente reacção da equipa visitante no segundo tempo onde equilibrou o jogo.

Classificação da zona, após a realização destes jogos – 1.º Vitória FC (23 pontos), 2.º SC Horta (- 1 jogo, 21 pontos), 3.º Alto Moinho (-1 jogo), e 1.º Dezembro (18 pontos),  5.º CDE Camões (16 pontos), 6.º Ginásio Sul (15 pontos), 7.º Zona Azul (13 pontos), 8.º CF Sassoeiros, e Vela Tavira (12 pontos), 10.º CCP Serpa (8 pontos). 

O Banhadas Andebol

Informação – Clubes

CD MARIENSES
(NOVO TREINADOR)
O CD Marienses, equipa que milita na 2.ª Divisão Nacional, na Zona 2, substituiu, o seu treinador Pedro Resendes, que treinava a equipa acerca de 15 épocas consecutivas, e que coordenava o Andebol do Clube. Esta substituição deve-se naturalmente, a actual Classificação do Clube na Zona, provavelmente outras de ordem pessoal, que a nossa fonte não quais identificar. O novo treinador será o Henrique Melo, que já treinava os escalões de formação da equipa. 

O Noticias  

domingo, 19 de novembro de 2017

Competições Europeias 2017 / 2018 – LIX

Hoje (19-11-17), disputou-se o encontro da 2.ª Mão da 3.ª Ronda de Qualificação da Challenge CUP Feminina, com a equipa do Alavarium a defrontar o ZJRK BOR RTB (Sérvia).

Femininos
ALAVARIUM VENCE COM ZJRK BOR RTB
(2.ª MÃO, e VENCE ELIMINATÓRIA)
CHALLENGE CUP

Com o pavilhão do Alavarium completamente cheio, após a igualdade verificada no jogo da 1.ª Mão, o Alavarium ficou a conhecer ao valor desta equipa sérvia, que apesar de se apresentar com apenas 10 jogadoras inscritas no Boletim de Jogo, têm pelo menos 3 jogadoras que fazem grande diferença a Lateral Esquerda Bojana Milic (12 golos), a pivô Jovana Nikolic (4 golos), e a sua guarda-redes Marijana Llic, este encontro foi pautado pelas grandes nunces técnicas, com a equipa do Bor, a jogar praticamente durante todo o encontro a utilizar 7 jogadoras no ataque, após o Alavarium entrar com uma precaução especial à Lateral esquerda, o Alavarium após ter falhado algumas situações de baliza a baliza, ficou com receio de realizar esta opção táctica. O encontro foi sempre disputado com grande equilíbrio, e a maior diferença verificada para qualquer das equipas foi precisamente a verificada no resultado final. Verificaram-se diversas alternâncias no marcador, bem como diversas igualdades, nunca nenhuma equipa ter tido uma vantagem superior a dois golos. Apesar de se terem verificado alguns erros quer no passe quer no ataque a equipa do Alavarium, foi a equipa que melhor soube gerir os aspectos físicos que se começaram a verificar após os 40 minutos de jogo. O resultado ao intervalo era favorável ao Bor por 18-17. Na equipa do Alavarium destaque total para a sua guarda-redes Ana Silva que foi na nossa opinião a sua principal responsável da vitória da sua equipa, com mais uma vez Cláudia Correia (11 golos) a ser uma suas principais rematadoras, e para o jogo de Ana Carolina Silva (5 golos), quer a defender quer a atacar, e para possante pivô Soraia Fernandes (4 golos). Quando aos cerca de 27 minutos se registava uma igualdade a 26 golos, e o Alavarium em posse de bola, pensamos que foi o momento decisivo do encontro, com Ana Sampaio de livre de 7 metros a marcar o 27-26, praticamente ambas as equipas terminaram o encontro com menos uma jogadora. Com este resultado temos mais uma equipa apurada para a próxima eliminatória. Dirigiu o encontro a dupla húngara constituída por Adam Biro e Oliver Kiss, que realizaram actuação sem grandes reparos.

Resultados
1.ª Mão
Dia 18-11-17
Alavarium 26 – 26 ZJRK Bor RTB
2.º Mão
Dia 19-11-17
ZJRK Bor RTB 26 – 29 Alavarium

O Sorteio da próxima eliminatória realiza-se em 21-11-17.

O Noticias

Crónica de Fim-de-semana – 21 – 2017 / 2018 – I

Cronica da PO01, dedicada aos disputados este fim-de-semana.

PO01 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Masculinos.

11.ª Jornada
Dia 15-11-17
Belenenses 29 - 32 FC Porto (Antecipado)
Dia 18-11-17
Xico Andebol 24 – 40 ABC.
Arsenal 26 – 25 Boa Hora
Benfica 27 – 15 Ismai
AA Avanca 33 – 25 São Bernardo
Dia 22-11-17
AC Fafe - Madeira SAD (21H30)
Águas Santas - Sporting (21H00)

Disputara-se apenas 4 encontros relativos a esta jornada, pois um dos encontro já tinha sido disputado por antecipação, e os outros dois foram adiados devido á participação das equipas portuguesas nas provas Europeias de Clubes. Continua-se a não entender o critério de nomeações realizadas pelo CA da Federação, porque mais uma vez são nomeados para estes dois encontros duplas que fazem parte do quadro do Nível 3, conforme Circular N.º 007 de 04-10-17. Encontros disputados sem ocorrências disciplinares registadas.

Benfica 27 – 15 Ismai

Jogo disputado no pavilhão da luz, com menos publico do que se desejava, e que terminou com a vitória da equipa do Benfica, não existindo qualquer surpresa neste resultado, embora fosse um encontro que até aos 11 minutos de jogo registava, uma igualdade a 3 golos, que era demonstrativa da eficácia dos sistemas defensivos, perante a inoperância dos ataques.Com o Benfica jogar praticamente com uma defesa aberta e mais agressiva, e onde o homem da baliza do Ismai Manuel Borges (39% de eficácia) realizava uma boa partida, e a equipa maiata que chegou a ter uma desvantagem de 5 golos, (9-4, e 10-5), a última das quais aos 22 minutos de jogo, para depois realizar uma boa recuperação e chegar ao intervalo a perder por apenas dois golos de diferença 11-9, apesar da excelente prestação competitiva quer de Fábio Vidrago (8 golos, 89% de eficácia), quer de Hugo Figueira (52% de eficácia), na baliza do Benfica. No segundo tempo uma péssima entrada da equipa do Ismai, que sofre um parcial de 7-0, em cerca de 13 minutos, o Benfica coloca o resultado em 18-9, e fica com o jogo resolvido, pois a equipa maiata, que não têm 1.ª Linha, caiu radicalmente na sua forma de jogar cometendo erros atrás de erros, enquanto o Benfica fazia entrar para a baliza Miguel Espinha (50% de eficácia), e fazia rodar toda a sua equipa, o que resultou na distribuição dos golos por 12 jogadores. De destacar no Ismai além do seu guarda-redes por nós referido, o seu melhor marcador que foi Gonçalo Meireles (4 golos, 100% de eficácia). Com esta vitória o Benfica assume o comando da classificação. Dirigiu o encontro a dupla de nível 3 de Lisboa constituída por André Gameiro e Renato Marques, que tiveram tarefa fácil, e souberam levar o jogo até ao fim sem complicarem, resultando numa actuação positiva.

Em Avanca disputou-se um dérbi da Região de Aveiro no encontro AA Avanca / São Bernardo, que terminou com a vitória da equipa local, num encontro que foi de grande equilíbrio até aos 39 minutos, quando se registava uma igualdade a 20 golos, com o intervalo a chegar com a equipa do São Bernardo na frente do marcador por 16-14, e a causar grande apreensão aos locais. Mas a partir da igualdade já assinalada a equipa da casa passa para a frente do marcador e começa a dilatar a sua vantagem que aos 50 minutos já era de 5 golos 29-24, e após um parcial de 5-0, colocam a equipa a vencer por 8 golos aos 59 minutos, com uma nítida quebra da equipa do São Bernardo, que assim continua a ser a única na prova que ainda não regista qualquer vitória. Na AA Avanca com 10 jogadores a marcarem golos, Diogo Oliveira com 7 golos (70% de eficácia, 3 de 7 metros), e Ricardo Mourão com igual número de golos, (78% de eficácia), foram os seus principais marcadores, e contaram ainda com o Luís Silva na baliza a ter uma boa prestação (36% de eficácia), no São Bernardo Tiago Sousa (71% de eficácia), e Ulisses Ribeiro (83% de eficácia), ambos com 5 golos cada foram os seus melhores marcadores, Emanuel Ribeiro na baliza a chegar aos 29% de eficácia.

No pavilhão Francisco Holanda, realizou-se um dérbi minhoto, o Xico Andebol / ABC, que terminou com a contundente e clara vitória dos bracarenses, que comandaram o jogo, praticamente durante os 60 minutos, pois a equipa do Xico Andebol, nunca esteve na frente do marcador, apenas conseguiu algumas igualdades nos primeiros 10 minutos de jogo, depois o ABC foi construindo o resultado e chegou ao intervalo já a vencer por 20-13, resultado completamente esclarecedor da sua superioridade, que lhe permitiu no segundo tempo e apesar da gestão do plantel feita pelo seu técnico, foi aumentando progressivamente a vantagem para terminar com um resultado que não era esperado por muitos. Com este resultado a equipa bracarense manteve-se nos primeiros lugares da classificação geral nesta fase da prova. Uma das grandes diferenças entre as equipas esteve nas balizas com Humberto Gomes no ABC a chegar aos 41% enquanto o melhor do Xico Andebol foi Luis Castro com 23% de eficácia. Cláudio Mota (7 golos, 88% de eficácia) e Afonso Lima (5 golos, 71% de eficácia), foram os melhores marcadores do Xico Andebol, por sua vez no ABC com 10 jogadores a marcarem golos, Hugo Rocha (7 golos, 78% de eficácia – 4 de 7 metros), e Rafael Peixoto (7 golos, 100% de eficácia), foram os seus principais marcadores.

No Flavio Sá Leite, realizou-se o Arsenal / Boa Hora, que foi o encontro com o resultado final, mais equilibrado verificado, nos jogos disputados, que com a vitória da equipa do Arsenal, colocou as duas equipas em igualdade pontual na classificação. Foi um encontro onde a equipa do Boa Hora esteve mais tempo na frente do marcador e chegou ao intervalo a vencer por 13-11. No segundo tempo continuou a manifestar superioridade e aos 40 minutos vencia por 5 golos de vantagem (19-14), para aos 45 golos, estar a vencer por 6 golos de diferença (21-15), para sofrer 3 exclusões no espaço de 2 minutos, e mesmo assim chegar aos 54 minutos ainda na frente do marcador (24-23), para o Arsenal, marcar o golo da vitória nos momentos finais do encontro. Henrique Carlota que foi o único guarda-redes utilizado pelo Boa Hora, apresenta uma boa eficácia (38%), mas O regressão esta época à competição Luís Oliveira no tempo que jogou, chegou aos 53% de eficácia. André Caldas (10 golos, 91% de eficácia – 7 de 7 metros), e Manuel Sousa (7 golos, 64% de eficácia), foram os melhores marcadores do Arsenal, Rui Barreto (5 golos, 56% de eficácia – 3 de 7 metros), e Uros Markovic (5 golos, 83% de eficácia), foram os melhores marcadores do Boa Hora.

Após a realização destes jogos a classificação é a seguinte – 1.º Benfica (31 pontos), 2.º Sporting (30 pontos), 3.º ABC (29 pontos), 4.º FC Porto (28 pontos), 5.º AA Avanca, e Belenenses (+ 1 jogos), (26 pontos), 7.º Madeira SAD (- 1 jogo, 20 pontos), 8.º Boa Hora, Arsenal, Águas Santas (-1 jogo), e Ismai (18 pontos), 12.º Xico Andebol (17 pontos), 13.º AC Fafe (- 1 jogo, 13 pontos), 14.º São Bernardo (12 pontos). 

O Banhadas Andebol

sábado, 18 de novembro de 2017

Competições Europeias 2017 / 2018 – LVIII

Este fim-de-semana, entrou a outra equipa portuguesa em acção ao disputar a 3.ª Ronda de Qualificação da Challenge CUP Feminina, o Alavarium, com o SIR 1.ª Maio/CJB, já qualificado para a ronda seguinte.

Femininos

ALAVARIUM EMPATA COM ZJRK BOR RTB
(1.ª MÃO)

CHALLENGE CUP

O Alavarium iniciou com a disputa da 1.ª Mão da 3.ª Ronda de Qualificação (32 equipas) – defrontando o ZJRK Bor RTB (Sérvia), em Aveiro, com o pavilhão bem composto. Mas não conseguiu mais do que uma igualdade perante uma equipa que se apresentou com apenas 10 inscritas no Boletim de jogo, e que surpreendentemente vencia ao intervalo por 13-9. Para terminar por ceder a igualdade no segundo tempo de jogo, deixando a decisão da eliminatória para o jogo da 2.ª Mão que se disputa amanhã, igualmente no pavilhão do Alavarium. Claudia Correia com 10 golos, foi a melhor marcadora da equipa portuguesa, Nojana Milic com 9 golos e Aleksandra Stamenic com 7 golos, foram as melhores marcadoras da equipa da Sérvia.

Resultados e Calendário
1.ª Mão
Dia 18-11-17
Alavarium 26 – 26 ZJRK Bor RTB
2.º Mão
Dia 19-11-17
ZJRK Bor RTB – Alavarium (18H00) Andebol TV

O Noticias

Competições Europeias 2017 / 2018 – LVII

Este fim-de-semana, disputou-se a 1.ª Mão da 3.ª Ronda de Qualificação da EHF CUP Masculina onde participa o FC Porto.

Masculinos

EHF CUP
O FC Porto, defrontou no Dragão Caixa a forte equipa alemã do Füchse Berlin na 3.ª Ronda de Qualificação (32 equipas), que na nossa merecia mais público, pois ver uma equipa como a alemã, recheada de estrelas do Andebol, mas que apanhou pela frente um FC Porto, que fez um excelente jogo, deu uma luta que certamente os alemães não esperavam, e proporcionando um excelente jogo. Pena a lesão que Alfredo Quintana sofreu logo aos 4 minutos de jogo, sendo muito bem substituído por Hugo Laurentino que fez uma excelente exibição (apesar de a sai eficácia ser apenas de 19%. O FC Porto, que esteve muito bem na defesa, onde esteve serenos e teve um bom bloco defensivo, e no primeiro tempo teve a sua 1.ª linha em bom nível. O FC Porto surpreendeu a equipa alemã, que provavelmente não lhe deu o devido valor e isso poderia ter-lhe sido fatal, e comandou o marcador até aos 20 minutos de jogo quando vencia por 10-9, chegando a ter uma vantagem de 3 golos (7-4, aos 15 minutos), no entanto a equipa de Silvio Heinevetter na baliza (27% de efico eficácia) e com as estrelas Hans Linderg (11 golos, 85% de eficácia, 4 de 7 metros),e Peter Nenadic (6 golos, 86% de eficácia), a jogarem e a fazerem jogar, partir dos 24 minutos, quando passaram para a frente do marcador por 11-10, apenas consentiram uma igualdade a 23 golos, numa extraordinária reacção da equipa do FC Porto, que se registou cerca dos 49 minutos, com o intervalo a chegar com o Füchese Berlin na frente do marcador por 14-12. No segundo tempo, mantiveram a superioridade no marcador e as suas estrelas brilharam, mas a equipa portuguesa, teve dois jogadores que também foram estrelas, referimos a Angel Hernandez (8 golos, 80% de eficácia), e Miguel Martins, que jogou como à muito não lhe víamos fazer (6 golos, 75% de eficácia, 1 de 7 metros). Nestes segundos 30 minutos, as “Raposas de Berlim” chegaram a ter a vantagem de 4 golos (vantagem máxima durante os 60 minutos), sendo a última das quais aos 59 minutos. Com esta derrota torna-se difícil a viagem à Alemanha, da equipa portuguesa, mas como se costuma dizer, enquanto à vida existe esperança. Jogo dirigido pela dupla húngara constituída por Peter Herczeg e Peter Sudi, tiveram uma prestação bastante positiva, pese alguns pequenos lapsos na regra da violação da área.

Calendário
1.ª Mão
Dia 18-11-17
FC Porto 27 – 30 Füchse Berlin
2.º Mão
Dia 23-11-17
Füchse Berlin – FC Porto (19H30) Canal Porto

Horas Locais

O Noticias

Competições Europeias 2017 / 2018 – LVI

Hoje (18-11-17), completou-se a disputa da 3.ª Ronda de Qualificação da Challenge CUP Masculina onde participou o Madeira SAD.

Masculinos
CHALLENGE CUP

MADEIRA SAD VENCE PARNASSOS STROVOLOU
(2ª MÃO, e VENCE ELIMINATÓRIA)
O Madeira SAD voltou a defrontar a frágil equipa do Parnassos Strovolou (Chipre), no encontro da 2.ª Mão, igualmente disputado no Funchal, tal como a 1.ª Mão, e que fácil ao resultado ocorrido no jogo da 1.ª Mão, poucas duvidas restavam de quem seria a equipa que estaria com a passagem garantida para a eliminatória seguinte, e desta vez com um pavilhão, com menos publico que no jogo anterior. Voltamos a ter um resultado sem história, com a equipa cipriota a confirmar o que tinha demonstrado na véspera, apesar de o resultado. O Madeira SAD, entrou mais descontraído e a fazer uma completa gestão do plantel disponível, gestão que não foi impeditiva, de chegar ao intervalo a vencer por 20-5. Para “descansar” completamente no segundo tempo permitindo aos cipriotas que neste período igualassem o marcador a 15 golos, terminando por serem derrotados por 35-20. A equipa cipriota que teve em Vassilis Demosthenous, o seu principal elemento ao marcar 10 golos, tantos quantos marcou João Paulo Pinto, com Daniel Santos a marcar 8 golos e a serem os melhores marcadores da equipa madeirense. Com esta nova vitória a equipa portuguesa estará na 4.ª Ronda de Qualificação.

Resultados
1.ª Mão
Dia 17-11-17
Madeira SAD 46 – 12 Parnassos Strovolou
2.º Mão
Dia 18-11-17
Parnassos Strovolou 20 – 35 Madeira SAD

Jogos disputados em Portugal

O Sorteio da 4.ª Eliminatória (1/8 Final), realiza-se no dia 28-11-17. 

O Noticias

Competições Europeias 2017 / 2018 – LV – Liga dos Campeões Masculinos

O Sporting disputou a 8.ª jornada na Fase de Grupos da Liga dos Campeões Europeus, integrando o Grupo D.
SPORTING PERDE COM HC MOTOR ZAPOROZHYE
(SEM POSSIBILIDADES DE APURAMENTO)

Na 8.ª Jornada a equipa portuguesa, volta a defrontar a equipa da Ucrânia o HC Motor Zaporozhye, equipa que tinha vencido como visitante na 2.ª Jornada do Grupo a equipa portuguesa, pelo resultado mais dilatado até ao momento, e que na nossa opinião é uma das mais fortes equipas do Grupo. Com o pavilhão do Sport Complex Lokomotiv (4500 lugares) com menos publico do que se esperava, mas que nunca deixou de apoiar a sua equipa, que como anteriormente dissemos, o seu andebol não é atractivo, mas é eficaz. O Sporting que fez um jogo de grande equilíbrio em especial nos primeiros 30 minutos, onde comandou o marcador a partir dos 10 minutos, chegando a ter 3 golos de vantagem aos 14 minutos quando vencia por 10-7, após ter feito um parcial de 4-0, estando bem em termos defensivos, o que lhe permitiu realizar ataques rápidos e contra-ataques, em especial com Pedro Portela (4 golos) e Ivan Nicevic (3 golos), nunca esquecendo quer a acção de Pedro Valdez (4 golos) e em especial de Frankis Carol (5 golos), (Nota, não apresentamos as % de eficácia, para qualquer equipa, pois pensamos que estes dados estatísticos não estejam bem, embora sejam os que são fornecidos pela EHF), mas cometeu falhas técnicas imperdoáveis, no entanto chegou ao intervalo na frente do marcador por 15-14. No segundo tempo tudo se alterou, com a equipa ucraniana, mais assertiva, e uma entrada no jogo da equipa portuguesa, que perdeu intensidade defensiva, e deixou de ter a eficácia, que tinha demonstrado nos primeiros 30 minutos, e desta forma a equipa visitada coloca-se na frente do marcador aos 32 minutos (16-5), para consolidar a sua liderança aos 37 minutos quando vencia por 20-17, e chegando aos 4 golos de vantagem aos 42 minutos (23-19), sendo decisivos nesta recuperação Malasinskas (8 golos, 7 de 7 metros), pelo Barys Pukhouski (5golos), bem como pelo Kozakevych (6 golos), de salientar que assim que ganhou esta vantagem a equipa ucraniana, nunca permitiu que o Sporting, se aproximasse em demasia pois ainda chegou aos dois golos de diferença cerca dos 44 minutos (24-22), e aos 56 minutos (29-27), pela última vez, uma palavra final, para a prestação positiva de Cudic, na baliza do Sporting. Com esta derrota a equipa do Sporting, fica definitivamente afastada da discussão do possível apuramento para os chamados jogos KO, com o Grupo C. Dirigiu o encontro a dupla da Bielorrússia composta por Andrei Gousko e Siarhei Repkin, que na nossa opinião, fez uma arbitragem de conveniência, e por que não dizê-lo experiente, sendo até por vezes demasiado inteligente, e os seus piores pecados que prejudicaram nitidamente a equipa portuguesa, situam-se no critério disciplinar que não foi equitativo, nos passos e na lei da vantagem.

Grupo D Constituição – HC Metalurg (Macedónia) Montpellier HB (França), HC Motor Zaporozhye (Ucrânia), Besiktas Mogas HT (Turquia), Chekhovskie Medvedi (Rússia) e Sporting (Portugal) 

Resultados
1.ª Jornada
Dia 17-09-17
Besiktas Mogas HT 26 – 30 Sporting
2.ª Jornada
Dia 24-09-17
Sporting 23 – 31 HC Motor Zaporozhye
3.ª Jornada
Dia 30-09-17
HC Metalurg 28 – 27 Sporting
4.ª Jornada
Dia 04-10-17
Sporting 31 – 30 Chekhovskie Medvedi
5.ª Jornada
Dia 15-10-17
Sporting 29 – 33 Montpellier HB
6.ª Jornada
Dia 04-11-17
Montpellier HB 33 – 32 Sporting
7.ª Jornada
Dia 11-11-17
Sporting 34 – 27 Besiktas Mogas HT
8.ª Jornada
Dia 18-11-17
7.ª Jornada
HC Motor Zaporozhye 32 – 29 Sporting

Nota:

A Fase de Grupos (A, B, C e D com 28 equipas), terá início em 14-09-17 e terminará para os grupos A e B em 28-02/04-03-18, e para os grupos C e D em 29-11/03-12-17. O 1.º e 2.º classificado dos Grupos C e D, disputaram os chamados jogos KO, para apurar as 2 equipas que se juntarão aos 2.º, 3,º, 4.º, 5.º, e 6.º classificados dos grupos A e B passam para os chamados “last 16” (12 equipas), os 1.º classificados dos Grupos A e B, passam directamente aos 1/4 Final.

O Banhadas Andebol

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Competições Europeias 2017 / 2018 – LIV

Hoje (17-11-17), iniciou-se a disputa da 3.ª Ronda de Qualificação da Challenge CUP Masculina onde participa o Madeira SAD.

Masculinos

CHALLENGE CUP

MADEIRA SAD VENCE PARNASSOS STROVOLOU
(1ª MÃO)

O Madeira SAD iniciou a disputa desta eliminatória (32 equipas) com a realização do encontro da 1.ª Mão defrontando o Parnassos Strovolou (Chipre), no Funchal, on de será igualmente realizado o jogo da 2.ª Mão, com um pavilhão cheio, mas limitado conforme as normas da EHF. Resultado sem história, pois a equipa cipriota, demonstrou ser claramente inferior à equipa portuguesa, de tal forma que ao intervalo o resultado de 23-5, era completamente esclarecedor, do sentido que o jogo tinha pois a equipa do Madeira SAD, comandou o jogo e o marcador durante os 60 minutos. O segundo tempo não foi muito diferente do primeiro, e o resultado final, é completamente esclarecedor da nítida superioridade do conjunto português. O resultado permitiu à equipa do Madeira SAD, fazer uma gestão de recursos, de forma a aproveitar a pouca resistência da equipa adversária. De tal forma o fez que os jovens João Miranda com 11 golos, e João Martins com 8 golos, com o experiente João Paulo Pinto igualmente com 8 golos, foram os melhores marcadores da equipa portuguesa, uma palavra, para a disciplina com que correu o encontro com apenas 1exclusão para cada lado, uma palavra para dizer que o melhor marcador da equipa visitante não passou dos 3 golos e foi Orestis Leontiou. Com este resultado, na nossa opinião a passagem à eliminatória seguinte está praticamente garantido. Pena que o Madeira SAD não tenha usado o Ticker da EHF.

Resultadoe e Calendário
1.ª Mão
Dia 17-11-17
Madeira SAD 46 – 12 Parnassos Strovolou
2.º Mão
Dia 18-11-17
Parnassos Strovolou – Madeira SAD (17H00)

Jogos disputados em Portugal

O Sorteio da 4.ª Eliminatória (1/8 Final), realiza-se no dia 28-11-17.

O Noticias

Torneio Internacional de Avilés - 2017

Juniores C Masculinos
No VIII Torneio Internacional Avilés
(Foto FAP)
A selecção Nacional de Juniores C Masculinos, segundo informa o sitio da Federação, participar num Torneio Internacional de Avilés, nas Astúrias, de 14 a 17-12-17.

È uma participação que consideramos “desgarrada”, que qualquer objectivo, que se conheça, pois nada é dito acerca do que se pretende com esta participação:

  • Quais os objectivos desta competição?
  • Pretende-se observar jogadores em competição?
  • Pretende-se preparar uma nova geração de atletas?
  • Ou será pura e simplesmente mais uma participação?

Responda quem souber, pois ao consultar-se o sitio da Federação não se encontra nenhuma definição dos objectivos, nem do seu enquadramento, em qualquer quadro competitivo.

A participação é antecedida de um pequeno (mais que pequeno) estágio a realizar no CAR de Gaia, e pelo que nos é dado a ler resume-se a dois (2 dias) de treinos em 12 a 14-12-17.

Lembramos que esta participação obriga a alterações nos jogos da PO06, PO07 e PO08, felizmente que a FAP, desta vez justificou as alterações que se encontram no CO N.º 39 de 16-11-17, face a esta informação, teremos de dar os parabéns a quem o elaborou pois o mesmo é informativo, dos motivos das possíveis alterações.

Não existe ainda nem informação sobre as equipas participantes bem como do calendário da competição, Recordamos que no último torneio, participaram no torneio as equipas, de Portugal, a Espanha, Roménia e a Áustria.

Lista de convocados como de costume sem comentários:
O Formador

Competições Europeias 2017 / 2018 – LIII – Liga dos Campeões Masculinos

O Sporting vai disputar a 8.ª jornada na Fase de Grupos da Liga dos Campeões Europeus, integrando o Grupo D.
Grupo D Constituição – HC Metalurg (Macedónia) Montpellier HB (França), HC Motor Zaporozhye (Ucrânia), Besiktas Mogas HT (Turquia), Chekhovskie Medvedi (Rússia) e Sporting (Portugal) 

Nesta 8.ª Jornada a equipa portuguesa, volta a defrontar a equipa ucraniana do HC Motor Zaporozhye, na Ucrânia, equipa que veio vencer ao Pavilhão João Rocha na 2.ª Jornada do Grupo, por um resultado confortável. Desejamos á equipa portuguesa que seja um bom jogo de Andebol, e que embora não seja fácil, consiga rectificar o resultado anterior.

8.ª Jornada
Dia 18-11-17
HC Motor Zaporozhye - Sporting (18H00) EHF TV

Horas em Locais

Nota:

A Fase de Grupos (A, B, C e D com 28 equipas), terá início em 14-09-17 e terminará para os grupos A e B em 28-02/04-03-18, e para os grupos C e D em 29-11/03-12-17. O 1.º e 2.º classificado dos Grupos C e D, disputaram os chamados jogos KO, para apurar as 2 equipas que se juntarão aos 2.º, 3,º, 4.º, 5.º, e 6.º classificados dos grupos A e B passam para os chamados “last 16” (12 equipas), os 1.º classificados dos Grupos A e B, passam directamente aos 1/4 Final. 

O Banhadas Andebol