gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

quarta-feira, 15 de junho de 2016

PO13 – 2015 / 2016 – Fase Final

Realizou-se este fim-de-semana (de 10 a 12-06-16) no Pavilhão da Escola Secundária de Alcanena em Alcanena a Fase Final da PO13 (Campeonato Nacional Iniciados Femininos), prova não fixa, que tal como todas as provas não fixas, teve a sua 1.ª Fase a ser disputada sob a responsabilidade das associações.

CA LEÇA CAMPEÃO NACIONAL
(Sucede ao Alavarium) 

PO13 – Campeonato Nacional de Iniciados Femininos

Foi Campeã Nacional a equipa do CA Leça, que assim sucede á equipa do Alavarium, e que terminou esta Fase Final sem derrotas. Como esta prova Nacional é a não fixa, não existem descidas de divisão.

Modelo Competitivo: O 1º Classificado de cada zona fica apurado para a Fase Final., mais o vencedor da Fase de Apuramento disputam a Fase Final (TXT a 1 volta – regime concentração). O 1º Classificado será Campeão Nacional.

Clubes Participantes:- CA Leça, ARC Alpendorada, JAC-Alcanena, e CS Madeira A.

Fase Final – Resultados

1.ª Jornada- Dia 10-06-16
CA Leça 23 – 17 ARC Alpendorada
CS Madeira A 39 – 31 JAC- Alcanena
2.ª Jornada – Dia 11-06-16
ARC Alpendorada 26 – 27 JAC Alcanena
CA Leça 26 – 22 CS Madeira A
3.ª Jornada – Dia 12-06-16
CS Madeira A 28 – 23 ARC Alpendorada
JAC-Alcanena 21 – 23 CA Leça

Classificação Final1.º CA Leça (9 pontos), 2.º CS Madeira A (7 pontos), 3.º JAC-Alcanena (6 pontos) e 4.º ARC Alpendorada (3 pontos).

Prémio Fair-Play – JAC-Alcanena

Algumas Notas

Fase Final disputada entre várias equipas que se consideram do “topo” do andebol Nacional, em especial na formação. Com a equipa Campeã Nacional a terminar sem derrotas.

De registar que apesar do equilíbrio verificado em alguns dos encontros, que foram sempre presenciados com uma considerável assistência, para o escalão e que que em alguns jogos, ultrapassou jogos da 1.ª Divisão Nacional.

Um dos fatores de grande positivismo desta prova residiu no exemplar comportamento disciplinar das equipas, o que significa que o ambiente entre os atletas foi no mínimo saudável.

Não gostaríamos de terminar, sem destacar Joana Resende do CA Leça, Maria Pereira do ARC Alpendorada, Beatriz Pereira do JAC- Alcanena, e Beatriz Sousa do CS Madeira.

O Formador

Sem comentários: