gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

segunda-feira, 11 de junho de 2018

P004 – Fase Final – 2017 /2018 – X


Crónica dedicada á Fase Final Nacional da PO04, numa Fase, onde se registou a tão desejada competitividade no escalão que todos dizem não existir.

BENFICA TRI-CAMPEÃO NACIONAL
PO04 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Juniores Masculinos

Fase Final Nacional – Grupo A
10.ª Jornada
Dia 10-06-18
Sporting 33 – 35 Benfica
ABC 24 – 29 Águas Santas
São Bernardo 23 – 30 FC Porto

Campeão Nacional - Benfica
Desceram de Divisão
Zona 1 – Ismai, e Académico FC
Zona 2 – Vitória FC, e Almada AC
Subiram à 1.ª Divisão
Zona 1 – Alavarium e Boavista FC
Zona 2 – ADC Benavente e IFC Torrense

Jornada onde se decidiu a atribuição do título, e que conforme estipula o Regulamento Desportivo da mesma, foi toda realizada à mesma hora, onde foram confirmado todos os resultados ocorridos na jornada similar da 1.ª volta, e onde o apesar da distância pontual já existente entre algumas equipas, continuaram a registar-se alguns jogos de grande equilíbrio, sendo uma jornada sem registos de ocorrências disciplinares. A informação de quem já desceu de divisão é mantida, porque o Grupo B já terminou e ficaram já definidas as descidas de divisão. Com os resultados verificados, continuou a existir uma total igualdade pontual entre o Benfica e o Águas Santas, com o Campeão a ser decidido através da diferença de golos (4 golos) nos jogos entre si (pois o número pontos, era igual). O São Bernardo terminou esta Fase Final, apenas com o registo de derrotas. Com esta vitória o Benfica conquista o Tri Campeonato no escalão.
               
No Fernando Tavares, com uma boa assistência, realizou-se o Sporting / Benfica, com a equipa do Benfica a comandar o jogo e o marcador praticamente durante os 60 minutos, chegando ao intervalo já a vencer por 19-15, No segundo tempo, o Benfica continuou a comandar o jogo e o marcador para o Sporting reagir e chegar a diminuir a diferença para o registo final, na equipa do Sporting onde 14 jogadores marcaram golos, Daniel Neves com 7 golos, foi o seu principal marcador. No Benfica Francisco Pereira com 8 golos, Gonçalo Nogueira e Pedro real, ambos com 6 golos, foram os melhores marcadores do Benfica. NO Pavilhão Flavio Sá Leite, disputou-se o outro encontro que poderia influenciar a classificação final, ou seja o ABC / Águas Santas, que foi um encontro com grande equilíbrio durante os primeiros 30 minutos, onde as igualdades e as alternâncias no marcador foram diversas, como por exemplo a igualdade a 10 golos, para o ABC chegar ao intervalo na frente do marcador pela diferença mínima (15-14). No segundo tempo a equipa maiata, resolveu o encontro e conseguiu dar a volta ao marcador vencendo por uma margem de 5 golos, mantendo-se em termos pontuais em igualdade com o Benfica. Francisco Silva com 7 golos e Carlos Bandeira com 6 golos, foram os melhores marcadores do ABC, enquanto Rubem santos com 10 golos, foi o melhor marcador do Águas Santas. No pavilhão Gimnodesportivo de São Bernardo disputou-se o São Bernardo / FC Porto, que tinha como especial aliciante o facto de o São Bernardo, poder conquistar a sua 1.ª vitória, e a equipa visitada, comandou o jogo e o marcador, durante os primeiros 30 minutos, chegando a ter 4 golos de vantagem como por exemplo quando o marcador registava 6-2 a favor da equipa visitada, e chegou ao intervalo a vencer por 16-14. No segundo tempo, depois da igualdade a 17 golos, o FC Porto passou para a frente do marcador e começou paulatinamente a ganhar vantagem terminando como vencedor por uma confortável margem. Tiago Couto com 8 golos, foi o melhor marcador do São Bernardo, o FC Porto com 11 jogadores a marcarem golos teve em André Sousa com 7 golos, o seu principal marcador.

Classificação, após a realização destes jogos – 1.º Benfica, e Águas Santas (26 pontos), 3.º FC Porto (24 pontos), 4.º ABC (18 pontos), 5.º Sporting (16 pontos), 6.º São Bernardo (10 pontos).

O Noticias.

7 comentários:

Anónimo disse...

CAMPEÃO POR GOL-AVERAGE??????
Benfica Campeão com todo o merito emaptado em pontos como Aguas Santas.

Se houvesse bom senso os campeonatos Nacionais da Formação se terminassem empatados em ponto deveria recorrer-se a uma FINALISSIMA EM CAMPO NEUTRO OU SORTEIO.Assiti a variso jogos desta Fase final e justificava perfeitamente uma finalissima tal o equilibrio entre o Benfica e Aguas Santas.
ADC
nota: nas Poules finais não é necessário porque se re3corre ao prolongamento e 7 metros.

Anónimo disse...

Gostava de saber quantos campeões vão chegar à equipa principal.

Anónimo disse...

O Sporting foi não á muito tempo tetracampeão nacional de juniores. Agora o Benfica vai já no tri. Quantos jogadores entram de caras nas equipas principais? Não será que o segredo está em depois se emprestar e fazer consolidar a formação? Raramente se entra de caras na equipa principal! Depende da posição onde se joga e da concorrência interna! Pensem e meditem...
A maioria vai ser aproveitada nos clubes de meio da tabela. Ou vai emigrar?

Anónimo disse...

Grande espétaculo este domingo no pavilhão do Boa Hora! Pavilhão cheio, sem mais lugares sentados, duas equipas que quiseram jogar um andebol rápido, com vontade de vencer (nota-se pelo resultado - 68 golos). Duas equipas com jogadores talentosos e com futuro na modalidade, com o Benfica superior mas com um Sporting com muitos bons jogadores ainda juvenis, mesmo a 3ª equipa também esteve bem sem querer aparecer muito no jogo (ainda bem). Que este campeonato da PO4 seja sempre assim, com casa cheia e bom espetáculo de andebol, adivinha-se um bom futuro.

Anónimo disse...

Não se esqueçam de pedir 2 medalhas a mais para o trina e monteiro

Anónimo disse...

Cada vez que leio os comentários aqui neste blog,sinto uma certa azia no que toca ao Benfica. O Benfica foi um justo campeão.

Anónimo disse...

Benfica justo campeão
Relativamente ao aproveitamento desta juventude...para a equipa principal,toda a gente têm noção que não ė fácil...essa afirmação.
Vai depender do esforço deles,da dedicação,da entrega...
Deste grupo,quatro atletas trabalharam 2,3 vezes semanalmente ao longo da ėpoca, com o plantel Sénior(3 juniores de primeiro ano e 1 juvenil),ė a prova mais que evidente que lhes ė dada oportunidade por parte do clube e que conta com eles e investe neles.
O Futuro dirá se lá chegam.