gal vence

Euro Sub-19 Feminino, Portugal derrotada pela Dinamarca 32/16 - Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

domingo, 22 de maio de 2016

Crónica Relativa á PO09 Play OFF e Grupo B – 31 – 2015 / 2016 – Atualizado

Crónica exclusivamente dedicada ao Feminino, jogos do Play OFF (Grupo “A”), e do Grupo “B”. 

PO09 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Femininos.

MADEIRA SAD NOVA CAMPEÃ NACIONAL 

Jogos Final (Play OFF, á melhor de 5, no sistema Casa, Casa, Fora, Fora, Casa) – Apuramento do 1.º e 2.º Lugar

1.º Jogo
Dia 14-05-16
Madeira SAD 21 – 20 Alavarium
2.º Jogo
Madeira SAD 24 – 22 Alavarium
3.º Jogo
Dia 21-05-16
Alavarium 20 – 28 Madeira SAD

Resultado
Madeira SAD (3) – (0) Alavarium 

O Titulo ficou decidido ao 3.º jogo, com nova vitória do Madeira SAD, agora de forma mais clara, naquele que foi provavelmente o seu jogo mais fácil dos 3 que disputou com o Alavarium. Num jogo disputado em Aveiro, e com o pavilhão completamente cheio, a equipa local desiludiu os seus adeptos, com uma exibição bem longe do que pode sabe e deve fazer., de tal forma que aos 21 minutos de jogo, já a diferença no marcador se situava nuns inesperados 8 golos (12-4) a favor do Madeira SAD, para ainda durante o primeiro tempo atingir os 10 golos de diferença aos 27 minutos quando o marcador assinalava 17-7, o intervalo chegou com 17-8, E se no segundo tempo se esperava uma reação mais positiva da equipa do Alavarium, a sua reação foi extemporânea, e foi mais o Madeira SAD que passou a gerir resultado e a controlar o jogo, do que positivismo na reação da equipa da Região de Aveiro, que desta forma inglória, perdeu o titulo de campeã Nacional. Na equipa do Alavarium apenas Mónica Soares (11 golos) esteve no seu nível normal, na equipa do Madeira SAD, a experiente Renata Tavares com 9 golos, esteve ao seu nível, assim como a jovem Erica Tavares, e ainda a sua guarda-redes Diana Roque. Mais uma vez se lamenta e não se compreende que para um jogo da final de um Play Off, não exista delegado e apenas esteja presente um Oficial de Mesa. Felizmente que o jogo que decorreu sem incidências disciplinares.

Jogos 3.º / 4.º Lugar (Play OFF, á melhor de 3, no sistema, Fora, Casa, Casa)

1.º Jogo
João Barros 25 – 28 Colégio Gaia
2.º Jogo
Dia 21-05-16
Colégio Gaia 29 – 28 João Barros

Resultado
João Barros (0) – (2) Colégio Gaia

Mais uma definição de classificação onde não foi necessário a realização dos 3 jogos possíveis, pois tudo ficou decidido após o segundo jogo, com nova e difícil vitória do Colégio Gaia que na nossa opinião termina a época em forma descendente, e que foi disputado em Gaia, perante uma assistência que julgávamos já não ser possível existir nestas provas (40 espectadores). O Colégio Gaia, iniciou bem o encontro e comando o jogo e o marcador durante os primeiros 30 minutos, depois de um equilíbrio aos 6-5, rapidamente fizeram o 9-6 para chegar ao intervalo a vencer por 17-14. Mas o segundo tempo foi de enorme sofrimento, após a excelente reação do João Barros, que equilibrou totalmente o encontro, acabando derrotado pela diferença mínima. Assim o Colégio Gaia classifica-se em 3 lugar e o João Barros em 4.º lugar. Patrícia Lima com 8 golos e Bebiana Sabino com 5 golos, foram as melhores marcadoras do Colégio Gaia, Manuel Martins e Inês Pires, ambas com 5 golos cada foram as melhores marcadoras do joão Barros. Jogo que decorreu sem incidências disciplinares.

Atualização

Jogos 5.º / 6.º Lugar (Play OFF, á melhor de 3, no sistema, Fora, Casa, Casa)

1.º Jogo
CS Madeira 31 – 27 Maiastars
2.º Jogo
Dia 21-05-16
Maiastars 33 – 27 CS Madeira 
3.º Jogo
Dia 22-05-16
Maiastars 29 – 25 CS Madeira

Resultado
CS Madeira (1) - Maiastars (1)

Jogo disputado no Pavilhão Municipal da Maia, com a equipa do Maiastars a comandar o jogo e o marcador durante os 60 minutos de jogo, depois de rapidamente ter chegado aos 3-0, ainda durante o primeiro tempo e fazendo uma excelente prestação, depressa chegou 11-3, para chegar ao maior diferencial registado durante o encontro quando ainda no primeiro tempo colocou o marcador a seu favor em 19-7, para chegar ao intervalo a vencer por 20-11. No segundo tempo as madeirenses tiveram uma reação bem positiva, e chegaram a apenas 3 golos de diferença 29-26, que foi a menor diferença registada neste período. Com esta resultado o 5/6 Lugar só será definido com o terceiro encontro. Maria Cerqueira e Diana Oliveira, ambas com 8 golos cada, foram as melhores marcadoras da equipa maiata, Sara Gonçalves com 10 golos e Cláudia Vieira com 8 golos, foram as melhores marcadoras da equipa do CS Madeira. Jogo que decorreu sem incidências disciplinares.

No jogo que decidia o 5/6 Lugar, disputado hoje (22-05-16), o terceiro encontro entre estas duas equipas, e diga-se desde já que se saúda o facto de não existirem registo disciplinares. Foi um encontro, que começou da melhor maneira para o CS Madeira, que rapidamente chegou a 3-0, para de pois se ter a ver com a extraordinária reação da equipa maiata, que iguala o marcador a 7 golos, para a partir deste, momento a equipa do Maiastars assumir o comando do marcador, até final dos 60 minutos, com o intervalo a chegar com a equipa maiata na frente pela diferença mínima (12-11), nos segundos 30 minutos, o diferencial foi sempre em crescendo, chegando aos 7 golos de vantagem para o Maiastars (27-20), com uma reação final, acompanhada por nítido abrandamento da sua forma de jogar, da equipa maiata, que permitiu, o seu términus com apenas 4 golos de diferença, e com esta vitória, alcançou o 5.º lugar da classificação. A grande figura do encontro foi a jovem Diana Oliveira do Maiastars com 14 golos, por seu lado Ana Castro e Cláudia Vieira, mabas com 5 golos cada foram as melhores marcadoras do CS Madeira.

Jogos 7.º / 8.º Lugar (Play OFF, á melhor de 3, no sistema, Fora, Casa, Casa)

1.º Jogo
Santa Joana 23 – 26 CA Leça
2.º Jogo
Dia 21-05-16
CA Leça 33 – 29 Santa Joana (C/prolongamento)

Resultado
Santas Joana (0) – (2) CA Leça

Jogo disputa no Municipal de Leça de Palmeira, com a equipa local a vencer o encontro após prolongamento, depois de uma igualdade a 27 golos no tempo regulamentar. O CA Leça vencia ao intervalo por 17-11, mas um segundo período de reação plena, da equipa maiata do Santa Joana, levou a que o resultado no final do tempo regulamentar fosse uma igualdade, transformando o encontro num jogo com duas partes completamente distintas, no prolongamento a equipa do CA Leça concretizou a sua vitória, ao vencer por 6-2, e com este resultado alcançar o 7.º Lugar da Classificação, não havendo a necessidade da disputa do 3.º jogo, para definir a classificação final. Jogo que decorreu sem incidências disciplinares. Cristiana Morgado com 14 golos foi a melhor marcadora do CA Leça, Ana Sampaio com 5 golos foi a melhor marcadora numa equipa que teve 10 atletas a marcar golos.

Grupo B

6.ª Jornada (Última Jornada)
Dia 21-05-16
Juventude Lis 32 – 37 Assomada
Passos Manuel 20 – 19 ARC Alpendorada

Permanecem na 1.ª Divisão – Juventude Lis e Passos Manuel
Descem de Divisão – Assomada e ARC Alpendorada

Grupo onde nesta jornada (última desta fase) ficavam definidas as equipas que desciam de divisão e as equipas que permaneciam na 1.ª Divisão, curiosamente defrontavam-se as duas equipas que já tinham as suas posições definidas (Juventude Lis / Assomada) e as duas equipas que discutiam um lugar de permanência (Passos Manuel / ARC Alpendorada). Jogos realizados sem se registarem ocorrências disciplinares o que é sempre salutar.

O Passos Manuel, venceu pela diferença mínima, o ARC Alpendorada, num jogo, sempre disputado com grande equilíbrio, durante os 60 minutos, o que é demonstrativo do equilíbrio existente entre estas duas equipas, basta recordar a igualdade a 30 golos registada na 1.ª volta. Este encontro entre o Passos Manuel e o ARC Alpendorada, foi disputado com uma assistência bem acima do que é normal registar-se no Pavilhão da Quinta Marrocos, nestes encontros. O Passos Manuel chegou ao intervalo a vencer por 12-10, mas a forte reação do ARC Alpendorada, levou a sucessivas igualdades, a 16, a 17 e a 18 golos, para terminar pela diferença mínima. Com esta vitória a equipa do Passos Manuel, mantêm-se na 1.ª Divisão, sendo a única Portuguesa que disputa os principais Campeonatos Nacionais de Seniores nos dois géneros. No Outro encontro e surpreendentemente a Assomada foi a Leiria vencer a Juventude Lis, num encontro em que comandou o marcador praticamente durante os 60 minutos, passando do 10-6maior diferencial no primeiro tempo para o 18-15 ao intervalo, no segundo tempo chegou a ter 7 golos de diferença quando o marcador registava 34-27. Apesar de ter vencido este encontro, a sua descida de divisão já estava confirmada.

Classificação do Grupo “B”, após esta Jornada: 1.º Juventude Lis (30 pontos), 2.º Passos Manuel (29 pontos), 3.º Assomada (27 pontos), 4.º ARC Alpendorada (26 pontos).

Classificação Final

1.º Madeira SAD, 2.º Alavarium, 3.º Colégio Gaia, 4.º João Barros, 5.º Maiastars, 6.º CS Madeira, 7.º CA Leça, 8.º Santa Joana, 9.º Juventude Lis, 10.º Passos Manuel, 11.º Assomada, 12.º ARC Alpendorada.

O Banhadas Andebol

10 comentários:

Anónimo disse...

e agora Herlander como é, a culpa é dos árbitros como sempre

Anónimo disse...

Então atletas do Sta. Joana não ficavam com o Prof. Borges... mas não há convites t~em que aguentar:(

Anónimo disse...

Mais uma época a chegar ao fim e o mérito as vencedoras.

Não deixem de ver o jogo das vencedoras da Final4 europeia, certamente inspiradora para o andebol nacional. Se o masculino é o que é, o feminino tem um logo longo caminho....................

Anónimo disse...

Um vencedor justo do Campeonato Feminino com todo o mérito o MADEIRA SAD ganhou em 3 jogos e mais um campeonato passado e muita motivação e interesse por parte de todos os intervenientes.
O Alavarium com uma estratégia errada desde a escolha da classificação para os Play-OFF falhou no assalto final!
Gentes do Clube de Aveiro terão de repensar melhor o caminho a seguir agora sem os apoios previstos naturalmente(FPA) ao longo dos últimos 4 anos.
Boa final four na Madeira e será um momento de exaltação do andebol Feminino em Portugal.
Parabens

Jorge Almeida disse...

Lista de transmissões de jogos de Andebol na TV, Internet e Rádio previstas entre 23 e 29 Maio 2016:

http://andeboltv.blogspot.pt/2016/05/lista-de-transmissoes-entre-23-e-29.html

Anónimo disse...

E confirma-se o slogan da claque do Alavarium:
O campeão voltou!

Anónimo disse...

Diana Roque? Não devem de ter visto o mesmo jogo do que eu...Monica Correia foi sim a grande guarda-redes que deu ainda mais força para a excelente exibição da SAD e foi também o pesadelo das aveirenses!
Só dão protagonismo a quem já foi ou ainda vai a selecção! Que na minha opinião por vezes não são feitas as melhores escolhas...ou pq tem de dar lugar às mais novas ou pq não são do clube do coração ou simplesmente pq não! Mas não sou eu o/a selecionador/a por isso o que eu acho ou deixo de achar vale o que vale.
Adiante este madeira SAD já merecia este título à muito tempo...por isso PARABÉNS EQUIPA!
E como diz o anónimo das 21:43...o campeão voltou!

Anónimo disse...

Vencedor merecido. Assomada e Alpendorada equipas que merecem descer.
Deceção- Alavarium na fase final; Colégio de Gaia sem treinador para o investimento. Maia com época regular. Spor Madeira com época acima do plantel. Juve Lis época irregular sem melhorias na troca do treinador.Sta Joana e Leça com época regular. Passos fraquinho mas safou-se pela qualidade do técnico. João de Barros grande investimento e mais do mesmo.

Anónimo disse...

Parabens ao Madeira Sad mais uma vitoria de todos os portugueses , sim todos nao so dos Madeirenses nao esquecer que esta formaçao e paga pelos impostos de todos os portugueses assim e facil

Anónimo disse...

Por favor esclareçam-me uma coisa: a treinadora do Madeira Sad é aquela que não percebia nada de andebol? A não ser que, sem que seja público, o Madeira Sad tenha contratado como consultores alguns dos experts que por aqui aparecem….