gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

domingo, 10 de junho de 2018

Campeonato do Mundo Masculino 2019 – XXX


26.º MUNDIAL DE SENIORES MASCULINOS
DINAMARCA – ALEMANHA – 2019
PLAY OFF

PORTUGAL PERDE COM A SÉRVIA
(JOGO DA 1.ª MÃO)

Embora o Portal da FAP, se tenha limitado a Fotos e a algumas frases do Seleccionador Nacional, só hoje soubemos através do Boletim de Jogo, e da Transmissão Televisiva, quais os 16 jogadores escolhidos para o jogo. É Pena.
Hoje em Nis (Sérvia), defrontamos a Sérvia, com um pavilhão que leva 5.600 espectadores, e que se encontrava pouco composto, e com o público por vezes “amorfo”, e cuja equipa é comandada pelo nosso conhecido Obradovic, Portugal disputou o encontro da 1.ª Mão deste Play OFF, e venceu a Séria por uma confortável margem (7 golos), com Portugal a realizar uma fraca exibição em especial em termos atacantes cometendo diversas falhas quer ao nível do passe, quer na precipitação do remate, com ao Sérvios a comandar o jogo e o marcador durante os 60 minutos, tendo no seu guarda-redes Vladimir Cupara, um dos grandes obstáculos, do ataque nacional, nesta posição e na nossa opinião Portugal teve o seu melhor elemento, Alfredo Quintana, entre os 11 minutos quando perdíamos por 5-4, e os 19 minutos sofremos um parcial de 6-0, e que resolveu praticamente o encontro ao colocar o marcador em 11-4, (diferencial de 7 golos), Portugal ainda tem uma ligeira reacção chegando ao intervalo com o resultado em 14-10 a favor dos servos. No segundo tempo uma boa entrada de Cavancanti (2 golos), que teve bem na marcação a um dos melhores jogadores da Sérvia Nemanja Zelenovic (4 golos), e nos remates do exterior, mas continua a perca de bolas por parte da selecção nacional, condicionou sempre a sua actuação, apesar da melhoria em termos defensivos onde Alexis Borges esteve bem, mas foi perdulário em termos atacantes, e apenas Tiago Rocha (3 golos), teve algum protagonismo, mas os sérvios, com Nemanja Ilic (6 golos), a nunca perdoar em especial nos 7 metros, e aos 50 minutos perdiam novamente por 7 golos (25-18), para chegarmos aos 59 minutos a perder por 8 golos (28-20), após Portugal ter tido a loucura de jogar com 7 jogadores no ataque, mas não saber quem saia, para entrar o guarda-redes, conforme se ouviu na transmissão. Na Selecção Nacional, uma palavra ainda para Pedro Portela (5 golos, e 1 7 metros falhado), enquanto nos Sérvios, um conjunto bem orientado e com uma defesa fortíssima, o seu pivô Mijaijo Marsenic (3 golos) faz diferença quando se joga para os 6 metros, aquilo que Portugal raramente conseguiu, e com João Ferraz em dia não. Com a arbitragem da dupla russa, constituída por Evgeny Zotin e Nikolay Volodkov, que na nossa opinião teve uma actuação para esquecer, inclusive a não desqualificação de Salina no 2.º tempo, pois foi uma dupla que demonstrou não ter critério uniforme e apitar conforme lhe convinha e foram diversas as situações.

Dificilmente Portugal, mesmo melhorando e muito a sua forma de jogar, mesmo tendo um forte apoio do público, será muito difícil superar esta equipa da Sérvia, mas como bons portugueses, esperamos sempre um “milagre”.

Resultados e Calendário do Play OFF
1.ª Mão
Dia 10-06-18
Sérvia 28 – 21 Portugal
2.ª Mão
Dia 14-06-18
Portugal – Sérvia (21H00) – Póvoa Varzim TVI 24

Campeonato Mundial de Seniores Masculinos de 2019 será realizado numa organização conjunta da Dinamarca e da Alemanha, de 13 a 17-01-19

O Banhadas Andebol

16 comentários:

Anónimo disse...

Mais do mesmo, uma equipa fraca, sem profundidade ofensiva, sem capacidade defensiva para suster um ataque “jugoslavo” como antigamente. As equipas daquela zona não jogam com espetacularidade mas sim para ganhar, com eficácia e uma defesa extremamente regrada. Com portento físico que advém do treino que fazem desde que existe a modalidade. Aqui no país dos Doutores e dos Catedátricos continuamos sem conseguir qualificar-nos para uma prova maior do andebol internacional, com métodos de treino ridículos e com camadas jovens fracas em virtude da carrada de treinadores fracos e mesquinhos que se vêem pelos pavilhões, com a ideia que querem ser campeões europeus dos campeonatos regionais, com a falta de noções de andebol que têm; com as vacas sagradas que não saem do sítio, com os compadrios nas seleções nacionais, com uma arbitragem que não segue no bom caminho e hoje com suspeitas de corrupção...
Uma segunda divisão muita fraca, aliás como as últimas 4 equipas da primeira divisão, uma terceira divisão masculina e uma segunda feminina absolutamente intoleráveis de assistir, uma primeira divisão feminina no máximo pobre com um andebol pouco dinâmico.
Deixa-me muito triste ver o caminho que se vai traçando, a modalidade precisa de mais.
Menos entendidos e mais pragmáticos, é o que nos falta.
A título de exemplo temos Obradovic, na mesma linha tivemos os nossos anos de ouro quando o país foi “invadido” pelo andebol da Europa de Leste, é hora de tirar conclusões, e na segunda década do século, vamos mal, muito mal.

Anónimo disse...

Oh pá a coisa complicou-se a sério...
Exibição sem lustre.Por vezes quase paupérrima...
Faltou claramente à equipa um pensador de jogo...Não gostei nada do jogador que atuou nessa posição, Wilson. Não é a sua praia....

..equipa técnica muito mal na preparação e na orientação. Obradovic deu 10-0 a PP....!


Acreditemos

Anónimo disse...

Vivemos uma época em que se duvida de tudo. O certo é que o nosso campeonato terminou e há quem esteja detido e se tenham apreendido 60 000 euros! Será que ontem os dois do assobio gostavam mais dos Sérvios? Nas bandeiras dos dois países há uma ave de duas cabeças e as cores são as mesmas! São povos muito ligados, isso são. Mas perante uma selecção com um líder que conhece a maioria dos n jogadores, estivemos mal e jogamos com três a menos. Tudo se pode virar mas do outro lado estão jogadores habituados a campeonatos competitivos. Martins de início na PD assim como Daviyes sem comentários...
Não defendemos, nada atacamos ou contra-atacamos e, ainda demos bolas de golo quase certo. Em momentos de decisão os Sérvios estiveram melhor e foram mais equipa. Nos Balcãns o Andebol vive-se com grande paixão mas, ontem aquele pavilhão esteve mudo. Podíamos ter perdido por menos...

Anónimo disse...

Quando se não tem atitude em jogadores que, jogam em França e Alemanha como Ferraz e Fábio ou Wilson. Quando não se defende e ainda se oferecem bolas ao opositor, num jogo que importava perder por pouco ou empatar, ou ganhar mesmo que por um, enfim! Misterioso é que Portela comece no banco! Tiago Rocha e pouco mais. Não fomos NADA! Ò Paulo não inventes mais! ... Mas, a culpa não é só tua! Se calhar ficaste bem visto na Roménia! Póvoa é terra de pescadores mas, cheira-me a mau isco!

Anónimo disse...

Sérvia-Portugal

"A diferenca está nos treinadores e nos jogadores sérvios. Mais altos,mais pesados, melhores técnicamente e melhores dirigidos pelo conmhecido Obradovic" ZM

Anónimo disse...

Portugal. Queriam mais? Com um campeonato onde existem equipas, totalmente amadoras e em que, nunca se poderá dizer que três são totalmente profissionais. Quando ainda nesta época um ABC, alcança um lugar e depois recusa competir na Taça Europeia que lhe competia? Querem o quê? Nestas alturas é só otimismos! Com sinceridade o que faríamos numa competição como o Mundial? Ainda por cima em dois países com Andebol sério e, pavilhões a abarrotar. Há-os na 2ª. divisão Alemã bem mais cheios que em Portugal. Não estou a par de como é na Dinamarca. Apanhamos uma Sérvia fracota, porque noutros anos teríamos sido cilindrados. Tivemos um só jogador regular. Inadmissível que haja mãosinhas de papel rasgado, a passar bolas para os calcanhares. Recuperar de sete bolas? Hummm! Milagres não sei se houve em Fátima, pois nessa altura não havia máquina de filmar e, o maior responsável da nação tinha sido criado num colégio de padres. Pois...

Anónimo disse...

Em vez de andar a dar entrevistas de treta o Paulinho devia era ter sensatez. Não é com estágios mal feitos e viagens para mostrar jogadores na Roménia e, apresentar equipa sem lógica que lutamos. Perante esta ocasião única, havia que ter cabeça e ter equipa fresca. Usar três centrais e apostar num Central\Lateral, é o que é. Só pode ser brincadeira de mau gosto Portela ficar no banco! Demita-se caro Paulinho e leve os outros dois consigo. Anda a fazer apostas, é? O que deram ao Ferraz antes do jogo? Foi um dos melhores da Sérvia!

Pedro Marques disse...

Não se pode comentar aqui que os árbitros foram tendenciosos para a seguir chegar à conclusão que a selecção do porto perdeu por culpa própria. Um bocadinho de juízo, valia bem a pena.

Anónimo disse...

CONVOCATÓRIA:
Justificava-se após ver o jogo de ontem que os Internacionais:
Pedro Seabra, Belone, Paulo Pedroso e Pedro Cruz, DEVERIAM SER CONVOCADOS DEPOIS DE UMA EXCELENTE ÉPOCA E VENCEDORES DAS COMPETIÇÕESEM QUE PARTICIPARAM!.
Só entendo este esquecimento porque o Selecionador pp está a treinar na Romenia e não assistiu aos jogos da Fase Final Grupo "!A" e Final Four da Taça de Portugal.
Amadorismo das estruturas das Selecções Nacionais!.

Anónimo disse...

Entrar no jogo com Wilson Davies e Carlos Martins foi pura irresponsabilidade! Não querer aceitar a lógica dos melhores, da regularidade dentro duma mecanica de equipa! Seja qual for o resultado mandem este trio embora. Um treinador a viver em Portugal é uma coisa, a viver lá fora é outra! Nem quero pensar em outras hipóteses como P P estar a agradar a terceiros. È que tenho memória e sei como se pôs á frente da sel. e, de que maneira tudo foi feito...
Já nem amadores somos e sim apenas curiosos!
Tudo aqui cheira a podre!!! Pobres jogadores e pobre nação!

Anónimo disse...

Não convocar para Lateral direito Pedroso e pra Central P. Seabra, é um acto de estupidez ou algo mais? È o que dá ter padrinhos e enteados. È o que dá negociatas sujas. Isto não pára?! Portela no banco?! È pra rir! È o melhor e de muito longe! No outro corredor Branquinho e Barros na segunda parte, está perfeito devido ás qualidades de ambos. Boa mistura. Nada tenho contra Carlos Martins mas é escandaloso e que se saiba, não houve lesões. Salina continua a fazer das suas. A arbitragem não foi o pior contra, o mal está dentro da nossa organização!
A FAP é uma manta de retalhos, na qual raramente os Portugueses de Andebol se revêm! Metam mais aprendizes doo Avanca, metam á tonelada! Querem ver que é a maior escola de formação cá do burgo?
* Adepto do Belenenses e selec. nacional. Trafaria.

Anónimo disse...

Desorientação total. Num jogo que devíamos tentar perder por pouco e se possível, devido á pressão sobre os Sérvios, fazer uma gracinha, improvisou-se. Equipa macia e afinal quem defendeu bem, foram os Sérvios. O Central é quem coordena sobretudo no ataque e o que se viu, foi com Rui, M. Martins e Wilson, andar Gilberto a fazer as vezes. Nem comento a escolha de Carlos Martins em vez de Portela. Até acho que sendo Benfiquista Areia seria o n. 2 naquele posto. Nota-se uma enorme estima de Paulo P, por ele. Isto é a selecção, não é para agradar a alguém. Assim não vou á Póvoa apesar de morar no Porto. Porque saíu Figueira?

Anónimo disse...

Em relação ao Comentário abaixo. Paulo Pedroso é um político, e não um Andebolista do Sporting.

"CONVOCATÓRIA:
Justificava-se após ver o jogo de ontem que os Internacionais:
Pedro Seabra, Belone, Paulo Pedroso e Pedro Cruz, DEVERIAM SER CONVOCADOS DEPOIS DE UMA EXCELENTE ÉPOCA E VENCEDORES DAS COMPETIÇÕESEM QUE PARTICIPARAM!.
Só entendo este esquecimento porque o Selecionador pp está a treinar na Romenia e não assistiu aos jogos da Fase Final Grupo "!A" e Final Four da Taça de Portugal.
Amadorismo das estruturas das Selecções Nacionais!.

11 de junho de 2018 às 17:32"

Anónimo disse...

Por cada 7'5 minutos temos de marcar 1 golo e assim passamos a eliminatoria!
Coisa simples contas do Selecionador!...
Heróis do Mar!

Anónimo disse...

Agora que tudo parece, pelo menos parece, estar perdido lá vem o Paulo pedir apoios! Mas não era melhor apresentar uma equipa para podermos decidir na Póvoa? Estamos a brincar? Não sou de nenhum grande, ou melhor de clubes que têm futebola. O que não aceito é tropelias e desonestidade. O caso de Portela no banco diz tudo sobre a falta de carácter. Há um cansaço enorme de como as coisas se fazem nesta nação corrompida. O desporto não foge á regra. Gostava de festejar estarmos num mundial mas, a verdade é que não fizemos tudo! Demita-se Paulo ou srs. da federação ou demitam-no! Acabe-se de vez com fantochadas! Não basta que hajam pavilhões onde se ouvem as moscas em vez de público? Não basta a cada vez maior colagem do Andebol ao aluguer e vinculação de arbitragens? Não basta haver quem tenha sido apanhado em jogo baixo e curiosamente, nem se tenha defendido? Não basta nem sabermos quantos vão emigrar?

Anónimo disse...

Nunca pensei que hoje dia que acaba a época de Andebol em portugal, me sentisse tão depressivo! Um campeonato manchado pela corrupção, onde se provaram crimes de favorecimento, com jogos ganhos através de árbitros que decidiram mais que jogadores! Um país onde um presidente que se desconfia governou, com elevados empréstimos e dominando para se perpetuar no poder. Noticiários especiais onde se nota que, todos estão a pensar que, houve um presidente que mandou uma claque agredir jogadores! Onde há atropelos ao normal funcionamento de instituições num estado de direito! Onde um treinador de Andebol chega a selecionador de maneira duvidosa! Estarei errado? Que país é este?