gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

segunda-feira, 18 de junho de 2018

Encontros Nacionais de Minis – 2017 / 2018 – III


ENCONTROS NACIONAIS DE MINIS
MASCULINOS (PO37) E FEMININOS (PO38)

A Federação através de uma notícia inserida nos últimos dias no seu Portal, relembra não só o seu CO N.º 59 e respectivo anexo (29-01-18), bem como através uma notícia publicada no seu Portal em 30-01-18, e agora através do seu CO N.º 107 (08-06-18) confirmou não só o local da realização dos Encontros Nacionais de Minis, tanto em Masculino como em Feminino, como a sua estrutura, bem como em anexo ao CO informa dos clubes e das equipas inscritas nas diversas variantes e géneros. Com limites de inscrição a 30-04-18.

Apenas lembramos o local de realização (Avanca /Estarreja) de 28-06-18 a 01-07-18.

Mantendo-se a curiosa nota, “As equipas de Minis dos clubes a participar no Garcicup 2018, serão integrados no Encontro Nacional de Minis”, só por curiosidade, serão contabilizados em que organização?

Finalmente:

Continua-se a permitir e até se incentiva a participação de equipas mistas, que nestes escalões são perfeitamente admissíveis, conforme se pode verificar os grandes torneios Internacionais.

A continuação da não definição de ”campeonato”, tornando estas provas, mais lúdicas e de divulgação do que em competições que normalmente trazem, na nossa opinião uma forte carga negativa às mesmas, embora tenhamos a consciência plena de que existem opiniões plenamente contrárias á nossa e que as aceitamos e respeitamos.

Um dos factores mais positivos desta organização agora divulgada, foi o esclarecimento sobre a participação de equipas de Andebol de 5, e esclarecidas as condições de participação neste vertente, bem como as idades nos respectivos géneros.

Continua a não se entender:

E repetindo o que afirmamos na época transacta, a realização dos dois eventos em simultâneo. Será por certamente, se pretender efectuar uma grande acção de divulgação da modalidade, pois como todos sabemos, ao escolher o mesmo local pelo menos, evitam-se dispersão de meios às equipas participantes, deixando de haver este factor que na nossa opinião era limitativo, e provavelmente levava á tomada de opções por um ou outro encontro, no entanto não altera a nossa sensibilidade do princípio de separação dos encontros, permitindo a divulgação da modalidade em outros locais.

Quadro competitivo
Infelizmente a FAP, informa que apenas será divulgado em oportunidade, apenas dizendo que a vertente 7 será disputada em 3 Pavilhões e 4 Poli-desportivos exteriores, e a vertente 5 em 5 campos exteriores, (chamamos a tenção para os horários, de forma a evitar as horas de temperaturas mais elevadas)

Outras Atividades
Dia 28-06-18 – Reunião Técnica, Cerimónia de Abertura, Atividades Culturais / Desportivas.
Dia 29-06-18 – Mini Festival Garci Cup - Estarreja.
Dia 30-06-18 – Noite de Insufláveis – Parque Municipal do Mato.
Dia 01-07-18 – Cerimónia de Encerramento (Pavilhão Adelino Costa em Avanca).

Na PO38 – Femininos

Destinado aos nascidos em 2007/2008 e 2009, em Andebol 7
Pelo que nos foi dado ler existem fortes limitações à existência de Andebol de 5 neste género, embora possam existir equipas mistas.

Estão previamente inscritas 22 equipas (15 na vertente 7 e 7 na vertente 5), o significa que no tal temos um número previsivelmente igual ao da época anterior, se entramos em linha de conta com as 7 equipas mistas, previamente inscritas, no entanto, e face ao momento actual o número até poderá ser significativo. Eis os números verificados nas últimas épocas, para análise, de quem quiser:

Época 2010 / 2011 – 10 equipas
Época 2011 / 2012 – 16 equipas
Época 2012 / 2013 – 21 equipas
Época 2013 / 2014 – 16 equipas
Época 2014 / 2015 – 20 equipas (17 na vertente 7 e 3 na vertente 5)
Época 2015 / 2016 – 21 equipas (17 na vertente 7 e 4 na vertente 5)
Época 2016 / 2017 – 29 equipas (17 na variante 7, 4 na vertente 5, e 8 na vertente Mistas)
Época 2017 / 2018 – 29 equipas (15 na variante 7, 7 na variante 5, e 7 ne vertente mistas)???

Na nossa análise consideramos que existem condições para se igualarem os melhores números verificados nos últimos anos, são números positivos, demonstrando uma evolução significativa a partir de 2010 / 2011, considerando-se ainda, que estes números estão dependentes da confirmação e poderão ainda ser rectificados.

Na PO37 – Masculinos

Destinado às idades de 2006 / 2007, para o Andebol 7, agora designados por Minis A.
Destinado às idades de 2008, e seguintes, para o Andebol 5, agora designados por Minis B. Aqui poderão existir equipas mistas.
Estão previamente inscritas 87 equipas (59 na vertente 7 e 28 na vertente 5), verificando-se na prática um número similar ao verificado na época transacta, aqui não entramos em linha de conta com as equipas mistas, no entanto gostaríamos de ver uma evolução. Eis os números verificados nas últimas épocas, para análise, de quem quiser:

Época 2010 / 2011 – 32 equipas
Época 2011 / 2012 – 43 equipas
Época 2012 / 2013 – 41 equipas
Época 2013 / 2014 – 43 equipas
Época 2014 / 2015 – 67 equipas (49 na vertente 7 e 18 na vertente 5)
Época 2015 / 2016 – 73 equipas (54 na vertente 7 e 19 na vertente 5)
Época 2016 / 2017 – 88 equipas (56 na vertente 7, e 24 na vertente 5)
Época 2017 /2018 – 87 Equipa (59 na vertente 7, e 28 na vertente 5)???

Estes números significam um total de 64 clubes previamente inscritos, com 116 equipa, e um total previsto de praticantes de 1315, segundo os dados oficiais da FAP. Números que consideramos significativos, face ao momento Actual em que vive, e á notória falta de apoios.

Verifica-se um decréscimo, embora praticamente insignificante no número de clubes previamente inscritos que baixou de 66, para 64, embora o número de atletas previsto, esse sim tenha uma diminuição mais penalizante, pois passamos de 1414 previsíveis em 2016 / 2017, para 1315 (número a ser confirmado posteriormente)

Ficaremos a aguardar a conformação das inscrições definitivas nestas provas, nomeadamente sobre o número de inscritos. Após essa confirmação, divulgamos os mesmos.

O Noticias

1 comentário:

Anónimo disse...

Não há uma linha de coerência neste blogue, senão vejamos: na noticia sobre a competição das selecções regionais afirmam que "Embora tenhamos a consciência de que estas provas não saíram certamente de baixo custo à Federação." e nesta noticia afirmam que seriam benéfico fazer uma competição separada de amabas as PO. Estão a contradizerem-se, no fundo há uma linha de coerência: dizer mal e criticar tudo o que vem da FAP.