gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

terça-feira, 26 de junho de 2012

11.º Congresso da EHF – 2012 - Eleições

ELEIÇÕES EHF 2012-2016

A Federação noticia com “pompa e Circunstância”, que aumentamos em 50%a representação Nacional nos Órgãos da EHF, mas esqueceu-se pelo contrário de falar da derrota, que se lamentavelmente se sofreu, com a não eleição de António Goulão para a arbitragem na Comissão de Competições, onde na prática seria, passe a expressão “o dono” da arbitragem a nível Europeu, este sim um dos mais importantes cargos na EHF.

A reeleição de Rui Coelho, só demonstra o bom trabalho que tem efectuado, na presidência de um dos Órgãos mais Importantes da EHF – EHF Court of Handball.

A reeleição de Lúcio Correia, representa o reconhecimento pelo trabalho que já vinha desenvolvendo no Órgão de Recurso da EHF – EHF Court of Appeal.

A eleição de Pedro Sequeira, não deixa de ser mais um português na estrutura da EHF. Mas deve dizer que o mesmo foi eleito através uma Sub Comissão da Comissão de Métodos, e deverá também informar-se de que Pedro Sequeira era Candidato em duas Sub Comissões (Youth, Scool Sports and Non-competitive Sports e Member Delelopment), tendo apenas sido eleito por esta última.

Também deveria ter sido referido a não eleição do elemento Português para uma Sub Comissão da Comissão de Andebol de Praia – (António Canelas).

Todas as eleições são de aplaudir, principalmente quando se trata de representantes Portugueses em Organismos Internacionais, esperando sempre que os Interesses da Modalidade sejam valorizados em detrimento dos interesses individuais. São estes os nossos desejos.

O Noticias

11 comentários:

Anónimo disse...

Mas que derrota? A não eleição de António Goulão não é derrota nenhuma, ou tinhamos que ser todos eleitos para a EHF? daqui a pouco eram só Portugueses naquele organismo. Tenham dó, sejam sérios nas analises que fazem ou daqui a pouco ninguém lê esta bodega, acontece-vos o que aconteceu ao Sete metros.

Anónimo disse...

Falar das eleições na EHF desta forma é quem nada percebe dos mecanismos deste organismo,

O Goulão ser eleito pa a arbitragem europeia era o mesmo que ser eleito PRESIDENTE DA REPUBLICA, passe as diferenças concretas...

Não façam comentários levianas...

Anónimo disse...

O Banhadas tem alguma dificuldade em compreender tudo que ultrapasse a esfera de visão do diametro do seu nariz! O Antonio Goulão nao sofreu uma estrondosa derrota, porque para este setor tão importante, jamais seria eleito numa 1ª aparição. Estratégicamente a candidatura de Goulão foi importante não só porque apareceu nos palcos de decisão, mas também porque passou a ser colunavel para cargos de nomeação. Se António Goulão integrar o futuro conselho de arbitragem (nomeado) será uma estrondosa vitoria; se nao for, nao perdeu nada em aparecer na passerelle. Porque será que depois do sucesso de Portugal neste congresso o Banhadas pega no tema de forma tão negativa? Dá para pensar não?

Rui Silva disse...

O que é que eu escrevi há uns dias atrás?

Só me falta acertar nos números do euromilhões.

Fiz bingo!
Conheço as pessoas e as instituições.

Cumprimentos

Anónimo disse...

Banhadas, mais uma vez eu sou contra a corrente dos comentários, pois eu tenho quase a certeza, para aí uns 99% de que sabias que esta direcção não teve nada a ver com estas indicações, mas que se estão a tornar gabarolas com as mesmas estão sim senhora e mais uma vez parabens pela coragem a por os pontos nos is, ola ri lolé Pimba

Anónimo disse...

parem de bater no ceguinho, eles até se esqueceram do trabalho de dastidores que foi feito por funcionários da federação, e querem o mérito todo para eles

Anónimo disse...

Fantástico: os que ontem batiam forte e feio na direção anterior saem agora em sua defesa! Já dizia a minha avó: é a vida dos coitadinhos!

snake disse...

Os dois comentários (26 de Junho de 2012 20:06 e 26 de Junho de 2012 21:39) são de um baixo nível impressionante.

Anónimo disse...

Quando alguem fecha um comentário com: "ola ri lole Pimba" está tudo dito! É mesmo pimba, nao diz nada porque no "caco" só vai entulho!

Anónimo disse...

Concordo inteiramente com aqueles que afirmam que este já era um trabalho da direção anterior. É indesmentivel! quem era a direção anterior? Ulisses Pereira, Miguel Fernandes,Rui Coelho,Antonio Galambas, mais os colaboradores Lucio Pereira e Pedro cequeira. Onde anda essa gente agora? Será que colaboraram nesta eleição?

Snake disse...

Olhá dor de cotovelo!!!