gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

domingo, 24 de junho de 2012

PO38 - Encontro Nacional de Minis Feminino

PO38 - Encontro Nacional de Minis Femininos

CA LEÇA – VENCE ENCONTRO NACIONAL DE MINIS FEMININOS

Disputou-se também este fim de semana o Encontro Nacional de Minis Femininos, em que participaram 16 equipas, numa organização conjunta da FAP, AA Santarém e CM Benavente e ainda do ARE Porto Alto, com notável trabalho, com jogos a serem somente disputados, no Porto Alto e Samora Correia, o numero de equipas presentes superou e muito o registado na época transacta, o que se saúda.

Foi vencedora da Prova a equipa do CA Leça que venceu na final o ARE Porto Alto (14-13), após desempate (11-11 no Tempo Regulamentar), sucedendo desta forma ao JAC-Alcanena.
Classificação Final 1.º CA Leça, 2.º ARE Porto Alto, 3.º SIM Porto Salvo, 4.º Maiastars, 5.º Juventude Mar, 6.º Lagoa AC, 7.º JAC-Alcanena, 8.º Juventude Lis, 9.º Colégio Gaia, 10.º Valongo Vouga, 11.º Vela Tavira, 12.º CP Vacariça, 13.º Ass. Assomada, 14.º Alavarium, 15.º IC Madalenense e 16.º S. Pedro Sul.

O Noticias

6 comentários:

Anónimo disse...

Parabens a todas as equipas presentes.

Mas gostava de dar as minhas felicidades aos treinadores da JUVE MAR pela atitude que tiveram durante todo o torneio. Acataram com tranquilidade e serenidade todas as decisoes dos arbitros. Queria tambem fazer uma ressalva ao árbitro Nuno Rebelo, pelas péssimas arbitragens que teve durante todo o torneio. Notou-se que estava mal preparado e nao se compreende como pode um miudo que tantos jogos fez esta época estar num estado tao fraco da arbitragem.


Para os Treinadores do Vacariça e do Tavira, foi engraçado o que fizeram no time-out do ultimo jogo. Nunca tinha visto!


Parabens á organização e que venha o Encontro Masculino...

Anónimo disse...

Muitos Parabéns ao Porto Salvo pelo trabalho desenvolvido nesta temporada.
Votos de sucesso e de continuidade

Jorge Almeida disse...

Parabéns a todas as equipas participantes: 16 equipas, se não me falha a memória, representa um incremento bem grande face aos anos anteriores.

Muitos parabéns à equipa vencedora: um clube que tem vindo a trabalhar bem nos escalões de formação nos últimos anos.

Permitam que dê os especiais parabéns ao clube do meu concelho, a JUVE MAR, e um abraço ao Rui Santos. Já fazia alguns anos que não tinha classificações de relevo nos escalões de formação a nível nacional (excepção a terem sido campeãs nacionais da 2ª divisão há 2 épocas, salvo erro, mas isso não é nada para quem, aqui há 10 anos, tinha equipas em quase todos os escalões de formação que iam longe a nível nacional). Que seja um retomar dessa boa e antiga tradição de aposta nos escalões jovens.

Não posso deixar de notar nisto: dos 10 1ºs classificados, 4 são do Litoral Norte. Será um ressurgimento das equipas duma zona que dominou o andebol feminino de formação durante décadas até há uns 10 anos atrás? Se for, sejam bem vindos: fazem falta à modalidade. Para além disso, um regresso que se saúda do Madalenense ao andebol feminino, onde já não apresentava equipas há cerca de 20 anos.

Um pormenor: Decidir um jogo de Minis nos 7 metros? Ainda por cima a final? Drama a mais para tão tenras idades! Penso que era melhor declararem as 2 equipas vencedoras caso se chegasse a um empate no final do prolongamento.

Anónimo disse...

Este encontro Nacional foi uma excelente propaganda ao Andebol, particularmente ao Andebol feminino.
A organização foi verdadeiramente impecável.
A presença de 16 equipas vindas de quase todo o Pais deu um colorido especial a este evento.
O apuramento do 1º lugar foi um verdadeiro espectáculo de emotividade, contagiando todo o pavilhão (completamente cheio) o que ainda embelezou mais a festa.
Uma palavra de conforto às jovens atletas do AREPA (digno vencido desta final) pela sua excelente prestação. O “drama” de uma final decidida em livres de 7 metros talvez não seja a forma ideal de resolver um encontro de Minis.
Parabéns à equipa vencedora (CALE), constituída por jovens praticantes com um nível (para a idade) muito bom.

Anónimo disse...

Algumas notas positivas acerca desta prova.
- Aumentou para o dobro o número de participantes.
- A organização (impecável).
- Muitos árbitros jovens presentes, o que significa que ainda há zonas onde o recrutamento para esta difícil missão é levado em devida conta.
- A presença de um elevado número de atletas com excelente qualidade técnica para a sua idade, o que atesta o trabalho de bom nível, que está a ser feito em alguns clbes.
PARABÉNS A TODOS OS PARTICIPANTES.

Anónimo disse...

Curiosamente, contrariamente à opinião acima, julgo que o árbitro Nuno Rebelo esteve muito bem. Sempre atento a todos os lances e com cuidados de pedagogia com as atletas. Queria aproveitar para lhe dar os parabéns.