gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

terça-feira, 5 de junho de 2012

EURO 2012 FEMININO – XII

HOLANDA DESISTE DE ORGANiZAR A FASE FINAL

A EHF, em comunicado hoje publicado no seu site, anunciou a desistência da Federação Holandesa de organizar a Fase Final do Euro 2012 Feminino que estava agendado para ser disputado entre 4 e 16 de Dezembro de 2012.

A EHF, informa que desta forma o sorteio que estava previsto para se efectuar no dia 6-06-12 em Roterdão (Holanda) é cancelado. Uma nova data e local serão anunciados oportunamente pela EHF.

A EHF, informa ainda de que está actualmente desenvolvendo negociações que considera positivas com vários Países a fim de encontrar um novo organizador desta fase, que herdará os direitos então conferidos à Holanda.

O Noticias

8 comentários:

Anónimo disse...

Um bom motivo para Portugal organizar com reduzidos custos e unir o andebol feminino interno com o regresso de todas as melhores atletas sob as ordens do seleccionador João Florêncio?
ADC

Anónimo disse...

Esta seria uma boa oportunidade para Portugal se chegar à frente e desenvolver uma aposta forte no feminino. É preferível gastar uma verba que funcione como investimento do que estar toda a vida a gastar dinheiro que não passam de custos.

Anónimo disse...

Mas alguém faz ideia qual é o caderno de encargos numa competição destas que a EHF exige? e que retorno haveria? O Governo estaria disposto a financiar esta competição no actual cenário? Não custa atirar ideias para o ar sem ter a minima noção da realidade

Anónimo disse...

Meus caros, uma das principais razões da holanda desistir foram as exigências da EHF, que iriam fazer disparar os custos previstos, e eles, e bem, não tiveram para aturar as madurezas dos outros com dinheiro que não é deles, portanto pedir que Portugal se candidate é uma pura poesia ou mehor se calhar uma grande maldade.

Anónimo disse...

5 de Junho de 2012 12:02
resposta:
COMPREENDO O SEU COMENTÁRIO ATÉ PORQUE SE TRATA DE UM QUE NÃO CORRE RISCOS NA VIDA E TUDO PELA CERTA, POR ISSO PORTUGAL NÃO DEVIA TER ORGANIZADO COMPETIÇÕES INTERNACIONAIS POR CAUSA DOS CUSTOS ... RIDÍCULO.. .QUANTO MAIS COMPETIÇÕES ORGANIZAR MAIS REDUZIDOS SÃO OS CUSTOS NA PREPARAÇÃO DAS SELECÇÕES PERGUNTEM AO SR. LUIS SANTOS..
Grande oportunidade para a regeneração e recuperação do andebol feminino tão mal tratado nos últimos anos...
Caro Senhor, não é preciso fazer instalações novas e os pólos do andebol feminino estão claramente definidos, Porto, Aveiro,Leiria Algarve, Madeira.
a EDP apoia esta iniciativa juntamente com a CGD.Sei do que estou a falar...
AC

snake disse...

Ai se fosse a FAP a desistir...
Seria bonito.
Mas como é a holandesa, passa-se ao lado.

Tou gostando.

Anónimo disse...

Se reduzirem os custos com a selecção de futebol, chega para organizar a prova de andebol feminino.

Anónimo disse...

A EDP e a CGD estáo dispostas a patrocianar esta organização, colocando duas unicas exigências: que o jogo se jogue com os pés e que as "gajas" sejam "gajos" com a obrigação de incluir um de nome Cristiano!
anónimo das 12.09: vai pentear macacos!