gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

domingo, 17 de junho de 2012

PO14 – Fase Final 2011 / 2012

PO14 - Campeonato Nacional de Infantis Femininos

VALONGO VOUGA CAMPEÃO NACIONAL

Disputou-se este fim de semana no Pavilhão Municipal de São Pedro do Sul, a Fase Final do Campeonato Nacional de Juvenis Infantis Femininos, com a participação das equipas do APAE São Pedro do Sul (AA Viseu), ARC Alpendorada (AA Porto), CD B. Perestrelo (AA Madeira), CA Leça (AA Porto), JAC-Alcanena (AA Santarém) e Valongo do Vouga (AA Aveiro), registando-se duas repetições (Valongo Vouga e CA Leça) em relação á última época. Tendo-se sagrado Campeão Nacional a equipa de Valongo Vouga, que sucede ao Lagoa AC, e que terminou invicta a Fase Final.
O Noticias

21 comentários:

Anónimo disse...

Fernando Rodrigues o melhor marcador desta fase final. Parabéns.

Anónimo disse...

Vergonhoso o que se passou em S.Pedro do Sul,Valongo levado ao colo.Federação mais uma vez nomeou 3duplas sem nenhum nivel,autoritários e arrogantes e um delegado que esteve presente que não sabia o que estava a fazer,nota positiva para o cronometrista.Parabens á organização por tudo o que fez e ao Valongo por ter sido campeão, mas já estava encontrado antes,pois quando foi preciso a dupla de Aveiro com o delegado resolveu.

Henrique disse...

De parabéns está a equipa do Valongo Vouga e de quem com ela trabalha.

Anónimo disse...

de facto as duplas de arbitragem foram muito fracas. Dualidades de critérios, muita arrogância e egocentrismo. Conseguiram até em certos jogos serem os principais intervenientes, quando deviam ser as atletas as vedetas do jogo. De resto, boa organização e a festa do andebol a ser feita por quase todas as atletas. Quase todas porque as coitadas das miúdas do valongo deviam de ter ordens pra não se dar com ninguém. Fora isso, parabéns ao valongo pelo que fizeram (e deixaram fazer) dentro das 4 linhas.

Anónimo disse...

Parabéns ás meninas do Valongo do Vouga por esta conquista.Contudo, quero fazer uma ressalva...elas não necessitavam de "ajudas extras", mas elas aconteceram.
O andebol é festa, é alegria, é convivio. Por isso, desejo uma mensagem aos srs do andebol:
- Numa fase final deveriam TODAS as equipas ficarem instaladas no mesmo sitio para conviverem umas com as outras. Porque as meninas dentro de campo são adversárias mas fora dele não o devem ser. Todas elas têm a mesma paixão...o andebol, por isso, têm muito em comum, têm muitas experiências para partilharem.
Um bem haja para quem anda neste mundo por paixão!

Anónimo disse...

Antes de qualquer comentário a esta fase final os meus parabéns a esta organização. Tudo fizeram dentro dos normais condicionalismos para que nada faltasse às equipas.
De resto mais do mesmo, campeonatos encomendados sem que houvesse necessidade.
Árbitros jovens (como deve ser) a arbitrarem este escalão. O problema é que estes meninos do apito são arrogantes, prepotentes e com muita habilidade para inclinar o campo para o lado que dá mais jeito!!!
Valongo do Vouga tem uma excelente equipa de Infantis, o problema é que sempre que os jogos complicavam um bocadinho lá vinha a mão divina a dar uma ajudinha.
O jogo entre esta equipa e as Madeirenses do Bartolomeu a arbitragem nos últimos 5 minutos do jogo foi escandalosa. Contra o Alpendorada arrumam o jogo nos primeiros minutos com decisões caricatas que levaram o treinador do Alpendorada a perder a cabeça (difícil seria acontecer o contrário).
No jogo contra o Cale a arbitragem foi “excelente” o problema é que isso só aconteceu quando a equipa de Leça já tinha o jogo perdido.
Apenas uma pergunta, havia necessidade??? A equipa do Valongo não merecia (dada a qualidade da mesma) que ficassem tantas dúvidas no mérito da atribuição deste título

Anónimo disse...

Nesta fase final a Associação de Andebol do Porto era a única que tinha dois clubes na prova. Foi também a única que se importou em saber como a mesma estava a decorrer aos seus clubes associados. Foi ainda aquela que desde o inicio deu todo o seu apoio e incentivo às equipas.
Continuem assim, estão no bom caminho….., para irem todos para a RUUUUUUAAAAA, tenham vergonha!!!

Anónimo disse...

É inquestionável que a equipa do Valongo do Vouga é uma excelente equipa e que quer queiramos, quer não, venceu esta fase final.Sendo assim, não precisariam da ajuda de ninguém porque sozinhas elas chegariam lá. O facto é que não foi isso que aconteceu. A equipa do Cale, a única no meu entender que lhe poderia fazer frente e, que por incrivel que pareça, só perdeu com o Valongo foi bastante prejudicada nesse jogo. Perguntarão: mas a diferença de golos foi tão grande?
E eu respondo: pois foi e digo porquê. Se tivermos em conta que a atleta nº5 do valongo , com seis , sete minutos de jogo, quando a atleta nº10 do cale está a rematar no ar, agride-a com um soco na boca, levando a que esta atleta ( por sinal a melhor atleta do grupo) tenha que ser assistida fora do campo, e que a arbitragem em vez de mostrar vermelho, apenas dá dois minutos e foi porque foi pressionada, não acham que começa logo no início a fazer diferença?
Mais, se tivermos em conta que quase sempre que a atleta nº10 do cale conseguia furar a defesa e marcar o golo, eles invalidavam o golo e descobriam a falta nos 9 metros, isto não faz a diferença? Por fim olhem para os livre de sete metros marcados contra o cale e a favor do cale e, por aí, já poderão fazer também uma análise.
No entanto, e apesar de tudo, parabéns ao Valongo do Vouga, ás suas meninas; não digo o mesmo do treinador pois considero-o bastante mal formado, e ele sabe porquê.

Anónimo disse...

Defacto tenho de concordar que as duplas de arbritagem foram fraquinhas, os putos de viana safam-se muito bem... Mas por mais caricato que pareca Nao fizeram um unico jogo a decidir... Por aí nao dava jeito a federacao... O delegado coitado dele... Enfim... A equipa do valongo foi a melhor e a mais consistente ao longo da prova mereceu o titulo... Ja o meu clube nao passou de uma prova desastrosa... Para o ano ha mais... Parabens a organizao.
Joao
Alcanena

Rui Silva disse...

Anónimo de 19 de Junho de 2012 09:22

Por acaso sabe se havia condições para colocar todas as equipas no mesmo local?

Anónimo disse...

É assim o valongo para chegar onde chegou a fase final sofreu muito tambem foi muito roubado, mas foi sempre superior a isso, pois com a ajuda dos pais das atletas, trinadores e colegas de equipa unidas ultrapassavam tudo......elas choraram, elas riram, elas trabalharam para atinjir um objetivo que era em primeiro chegar a fase final e assim o conseguiram......na fase final.....elas dentro e fora de campo foram verdadeiras guerreiras......elas venceram pelo seu trabalho, suor, dedicaçao, e treinadores que lhes foram muito importantes para esta vitoria.....

Anónimo disse...

Ao Sr. João

Se calhar devia era tentar saber quais eram os objectivos para esta Fase Final antes de dizer que foi uma "prova desastrosa".
Mas como eu até tenho a certeza, que você nem é do JAC, quanto mais de Alcanena, aliás estou convencido que é um dos "putos de viana", digo-lhe o seguinte:

Pais, dirigentes, treinadores, membros da direcção, deram todos os parabéns às atletas pela brilhante Fase Final que fizeram.
Pelas redes sociais e até pessoalmente, se multiplicaram os votos de parabéns ás atletas do JAC que sendo maioritariamente de 1º ano (tirando 2 atletas de 2º ano e inclusivé duas minis) souberam honrar a camisola que vestiam e cumpriram com os objectivos definidos. Quantas atletas de 1º ano tinham as outras equipas? Quantos clubes puderam dizer que todas as suas atletas jogaram na Fase Final?

Em relação aos árbitros, não considero que tenham tido muita influência nos resultados do JAC. Houve dualidade de critérios em certos lances, mas nada por aí além. Em relação aos outros jogos, não comento as arbitragens deles, embora tenha assistido a alguns lances caricatos e que até me deram vontade de rir, tal era o disparate.

Mas resumindo, o Valongo é o justo vencedor, por ser a equipa mais forte dentro das 4 linhas.

Por isso, deixem de comentar em nome de Alcanena os casos de arbitragens, mas principalmente não falem em "provas desastrosas", porque isso é completamente mentira.

Palas

Anónimo disse...

Carlos Pires

Fui responsável pela organização desta prova e quero agradecer a todos os clubes intervenientes a forma cordial e compreensiva com que aceitaram todos os condicionalismos, contribuindo para que a mesma evoluísse de forma positiva. Relativamente à questão colocada, não posso deixar de referir que, se a equipa de Valongo não ficou a dormir em São Pedro do Sul, tal se ficou a dever à opção tomada pelos seus dirigentes e não por opção da organização (pelo que me justificaram essa situação ficou a dever~se à proximidade dos exames nacionais do sexto ano). A nossa equipa não ficou alojada por razões monetárias.
Um agradecimento a todos os que estiveram presentes. Votos de continuidade de um excelente trabalho na formação de jovens atletas.

Anónimo disse...

Sinceramente eu não vi os jogos todos, mas fui ver no Domingo, e os árbitros estavam mal, no jogo do ARCA-Leça ai sim, muitas vezes a atleta nº10 do Leça fazia passes e o árbitro não assinalava nada e marcava golo, mas as do ARCA tiveram muita sorte de esses remates terem ido para fora. No jogo Alcanena-Valongo Do Vouga, não vi muitos erros dos árbitros ate estiveram bem. Sou jogadora de andebol e conheço muitas jogadoras do Valongo, e elas lutaram muito para chegarem há 2ªfase e há fase final, elas uniram-se e traçaram juntas 1 único objectivo, serem campeãs nacionais, se a arbitragem as favoreceu não sei, mas elas não tem culpa nenhuma, sei o quanto elas sofreram o quanto elas se dedicaram para conseguirem o titulo, lembro-me de as ouvir dizer que queriam ganhar ao ARCA nos dois jogos e ficarem em 1º na 2ª fase do campeonato, e elas trabalharam para tal e conseguiram e elas não perderam nenhum jogo nesta época, nenhum mesmo, enquanto o Leça,o ARCA, o Bartolomeu e o Alcanena devem ter perdido . Com as infantis de Valongo aprendi várias coisas, uma deles foi a união faz a força e só temos o sucesso no final se trabalharmos desde o primeiro desafio e nunca desistirmos!

Anónimo disse...

tambem ja pensaram no que as atletas, treinadores e pais pensam e sentem quando leem estes comentarios desagradaveis????
sim toda a gente sabe que os arbitos nem sempre foram os mais corretos para todas as equipas, mas os resultados estam feitos deviamos estar todos contentess pelo valongo do vouga, afinal foi ele que venceu!!!!!!!!!!!!!
o que é que voces ganham com em criticar os arbitos e treinadores????? NADA!!!!! esta rivalta entre pais, treinadores e adpetos nao faz nada bem as atletas pois isto é o que lhes transmitem.........quando elas se magoam nos jogos é tudo sem intensao pois o ANDEBOL é um jogo de contacto.........e pensem antes de criticarem seja la o que for pois os vossos filhos aprendem e imitam vos!!!!!!!!!!!

Anónimo disse...

Fica a informação que o Alcanena apenas conheceu o sabor da derrota nesta Fase Final. Perdeu, e perdeu por mérito próprio, não por culpa das arbitragens.

Anónimo disse...

A federação fez o que se verifica á muito no andebol femenino,não ligou nenhuma,nomeou 3 duplas que todos sabiamos qual a postura delas,pois encontramo-los durante o ano,falta de formação,arrogantes,prepotentes,mal educados e quando deveria ir com eles um elemento com mais experiencia mandaram uma pessoa sem nenhuma experiencia nestas andanças,pois a seleção jogava no sabado e tinham que se andar a pavonear em Guimarães aos quartetos e tambem havia a final four da taça de Portugal femenina que dá visibilidade,desrespeito total por esta fase final.De todos os elementos presentes como diz o anonimo 14.36 uma nota muito positiva para o cronometrista com uma nova fisionomia,muito mais moderado com muito bom senso e fair-play,bom trabalho e continuação de boa recuperação.
Parabens á organização que tudo fez para que nada falta-se aos vencedores e a todas as equipas presentes e á associação de andebol de Viseu.

Gbezala disse...

Parabéns a todas as atletas que participaram nesta fase final. É bom ver que a maioria, apear de serem adversárias em campo são amigas e, no final do jogo trocam mensagens de carinho e amizade. Quero, em especial agradecer e engrandecer a simpatia das atletas do Alcanena, do Bartolomeu e do Alpendorada. Sou mãe de uma atleta da Mariana, nº 10 do Cale e sei que em muitos momentos, principalmente com o Alpendorada tivemos momentos que não foram fáceis, mas deriva tudo do momento. No entanto, todas elas foram espetaculares no apoio dado quer à equipa do cale, quer à minha princesa e foi bonito ver um pavilhão quase inteiro a gritar o nome da Mariana. Deram uma verdadeira lição de vida, de solidariedade, de companheirismo a todos os que estavam presentes. Obrigada também aos treinadores e dirigentes desta equipa pela sua simpatia. Acredito que são verdadeiros condutores de jovens e que lhes incutem ensinamentos que farão delas verdadeiros seres humanos. Gostei muito de ver jogar as meninas do Alcanena e, tal como disse ao seu treinador, acredito que elas para o ano têm tudo para serem campeãs. A todos um muito obrigada, em meu nome pessoal pelo carinho demonstrado pela minha filhota.Até para o ano e muito sucesso para todos.

Anónimo disse...

Eu sinceramente não sei qual é a ideia de tanta discussão. Se o Valongo ganhou é porque se dedicou horas e horas a fio, e tinha um único objetivo e continuam a tê-lo tornarem-se cada vez melhores naquilo que gostam de praticar, querem ter orgulho no que fazem. Eu sou jogadora no Valongo ( não nas infantis ) e sei bem o quanto elas se esforçaram, nos treinos, o quanto elas queriam ganharam. Se foram vencedoras é porque trabalharam em conjunto, se esforçaram e mereceram esse mérito, agora acho que virem dizer coisas que nem vale a pena referir para aqui é que não, cada um é como cada qual. Todas as equipas estão de parabéns, todas elas chegaram há fase final, e para isso de certeza que se esforçaram muito mesmo.

Anónimo disse...

Parabéns aos organizadores deste evento.

Parabéns a todas as equipas participantes nesta fase final por mérito desportivo (Alpendorada, JAC, Bartolomeu, CALE, Valongo do Vouga) foram na época 2011/2012 as melhores neste escalão.

Parabéns à equipa organizadora (APAESUL) e ao seu treinador pela prestação destas meninas com tão pouco tempo de prática na modalidade.

Parabéns ao Valongo do Vouga pela vitória alcançada.

Parabéns (este agora especial)à minha equipa pelo excelente 2º lugar.

Luis Prata

Anónimo disse...

FORÇA VALONGO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! ÉS O NOSSO ORGULHO!!!!!!!!!