gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

terça-feira, 24 de abril de 2018

P004 – Fase Final – 2017 /2018 – IV

Crónica dedicada á Fase Final Nacional da PO04, onde na nossa opinião, é que existe a tão desejada competitividade no escalão que todos dizem não existir.

PO04 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Juniores Masculinos

Fase Final Nacional – Grupo A
3.ª Jornada
Dia 22-04-18
São Bernardo 24 - Sporting 28
FC Porto 28 – 33 Águas Santas
Benfica 32 – 25 ABC

Tivemos mais uma jornada onde o apesar da distância pontual já existente entre algumas equipas, não retira equilíbrio à prova. Desta vez voltamos a ter um encontro com ocorrências disciplinares.

No Pavilhão da Luz tivemos um clássico entre duas escolas de formação, o Benfica / ABC, que terminou com a vitória do Benfica, por um diferencial totalmente construído nos primeiros 30 minutos, quando o Benfica chegou ao intervalo a vencer por 17-10. Nos segundos 30 minutos o ABC, respondeu com grande dignidade, e equilibrou o jogo, mas nunca conseguiu aproximar-se de modo significativo no marcador. Qualquer das equipas se apresentou com os seus principais elementos, como por exemplo Gonçalo Nogueira e Pedro Santana no Benfica, Rui Ferreira e Carlos Bandeira pelo ABC. O encontro terminou com Francisco Pereira e os seus 9 golos, juntamente com Joaquim Nazaré a marcar 6 golos, a serem os melhores marcadores do Benfica. O ABC que teve 11 dos seus atletas a concretizarem golos, teve em Vinicius Fonseca com 6 golos o seu principal marcador. Com esta vitória o Benfica iguala o seu adversário na tabela classificativa, pois o ABC sofreu a sua primeira derrota nesta fase. No Colégio de Carvalhos, disputou-se um dos principais jogos da jornada e um dos que foi disputado com mais equilíbrio, o FC Porto / Águas Santas (jogo com ocorrências disciplinares), e que terminou com a vitória pela diferença mínima da equipa maiata, que assim mantêm o pleno até ao momento nesta fase da prova. No primeiro tempo o Águas Santas chega a ter 3 golos de vantagem quando vencia por 7-4, maior vantagem neste período de jogo, para de pois permitir, que o FC Porto, reagisse e igualasse o marcador a 8 golos e até comandasse o marcador (11-10, por exemplo), para depois se registarem algumas igualdades, e o intervalo chegar com o Águas Santas já novamente na frente do marcador por 17-14. No segundo tempo a equipa maiata nunca perdeu o controlo do jogo, nem do seu marcador chegando a ter 6 golos de diferença quando o mesmo assinalava 33-27 a seu favor já perto do final. O melhor marcador do FC Porto, foi Martim Costa com 9 golos, por sua vez o melhor marcador do jogo e da equipa do Águas Santas, com uns surpreendentes 17 golos, foi Gonçalo Vieira, acompanhado por outro experiente jogador no escalão Luís Frade com 7 golos, de referir, que no FC Porto, actuou ainda André Gomes. Em São Bernardo, tivemos um São Bernardo / Sporting, onde apesar da equipa visitada ainda não ter alcançado qualquer vitória nesta Fase Final, não deixa de ser uma das boas equipas neste escalão, onde já deu “cartas” como se costuma dizer. Tivemos um jogo de grande equilíbrio, com a equipa do Sporting que também apresentou os seus “pesos pesados”, incluindo o seu guarda-redes Manuel Gaspar, a chegar ao intervalo na frente do marcador por 12-11, no segundo tempo o equilíbrio manteve-se até ao momento em que se registava uma igualdade a 20 golos, a partir deste momento o Sporting assumiu o comando do jogo e do marcador, embora a sua vantagem nunca fosse superior aos 4 golos, que se verificaram no final. Neste encontro os melhores marcadores do São Bernardo com 5 golos, cada, foram, Daniel Santos, e Tiago Couto. No Sporting onde 10 jogadores marcaram golos, Afonso Ferreira com 8 golos, foi o seu principal marcador.

Classificação, após a realização destes jogos – 1.º Águas Santas (9 pontos), 2.º Benfica, e ABC (7 Pontos), 4.º FC Porto, e Sporting (5 pontos), 6.º São Bernardo (3 pontos).

O Noticias.

Sem comentários: