gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

sábado, 10 de outubro de 2015

Competições Europeias 2015 / 2016 – XVIII

O FC Porto, hoje deu continuidade á sua participação na Liga dos Campeões Europeus, integrando o Grupo “C”, na sua nova fórmula de disputa. O FC Porto disputou e voltou a vencer agora na 4.ª jornada do seu grupo.

Liga dos Campeões Europeus
FC PORTO 3.ª VITÓRIA
EM 4.º JORNADAS
Num Dragão Caixa, completamente cheio, assistiu-se a uma excelente vitória do FC Porto diante a equipa russa do Chekhovskie Medvedi, comandada por uma lenda viva da modalidade chamado Vladimir Maximov. Jogo com duas partes completamente distintas, no primeiro tempo sempre com a equipa russa no comando do marcador, chegando a ter 5 golos de vantagem, cerca do 12 minutos (8-3), e voltando a ter a mesma diferença cerca dos 16 minutos (11-6), com a equipa russa a jogar em termos defensivos como um autentico bloco, e o FC Porto a defender de forma passivo, e o seu ataque a ser mais trapalhão, com vá rias falhas técnicas á mistura, e falhas em remates isolados, por veze com mérito do guarda-redes adversário, o experiente Oleg Grams, que permitiam que o seu adversário comanda-se o marcador durante este período, e onde pontificavam jogadores como Kovalev (3 golos e 60% de eficácia), e Alexander Kotov (4 golos, 100% de eficácia), e Dmitry Shelestyukov (6 golos e 67% de eficácia), no FC Porto o seu técnico teve de trocar de guarda-redes, (tal como mais tarde o técnico russo, o teve de fazer), pois Hugo Laurentino, não estava nos seus dias e havia alguma coisa que fazer, entrando Alfredo Quintana, cerca dos 18 minutos de jogo. O Intervalo chegou com os russos no comando do marcador por 14-12, e Quintana a defender um livre de 7 metros. NO segundo tempo a equipa portuguesa surgiu em campo completamente transformada, facto a que não é alheio o rendimento de Gustavo Rodrigues (6 golos e 100% de eficácia), e a entrada de António Areias (5 golos e 56% de eficácia), bem como o bom jogo de Hugo Santos que esteve quase 100% eficaz na marcação dos livres de 7 metros (7 golos e 70% de eficácia), esta alteração tanto na forma defensiva, bem mais agressiva no bom sentido e mais eficaz, como o ataque organizado e mais pensado, levaram a que o FC Porto cerca dos 34 minutos passasse pela primeira vez para o comando do marcador por 16-15, e assumiu-se o mesmo em termos definitivos cerca dos 37 minutos (19-8), sendo agora a sua vez de chegar a ter 5 golos de vantagem, como por exemplo aos 26-21, quando estavam decorridos cerca 45 minutos, e aos 57 minutos (31-26). A estes factos não é alheio também a melhoria verificada na baliza da equipa portuguesa com a entrada de Alfredo Quintana. A todos estes factos deve-se dizer que a partir dos 40 minutos de jogo com a desqualificação por acumulação de exclusões do Chernoivanov, a equipa russa, ressentiu-se em termos defensivos. Jogo dirigido pela dupla francesa constituída por Stevann Pichon  e Laurent Reveret , que, na nossa opinião tiveram uma actuação equilibrada, sem grandes problemas, com uma virtude, mantiveram o mesmo critério durante 60 minutos, com acerto especial nos livres de 7 metros, na falta do atacante, alguns exageros em termos de jogo passivo, e em especial em termos disciplinares (apesar de manterem uma equidade total), foram exclusões a mais na nossa opinião.  

O FC Porto, que participa no Grupo “C” que é constituído por - Naturhouse La Rioja (Espanha), HC Meshkov Brest (Bielorrússia), Chekhovskie Medvedi (Rússia), Futebol Clube do Porto (Portugal), Vojvodina (Sérvia) e Tatran Presov (Eslováquia).

Resultados
1.ª Jornada
Chekhovskie Medvedi 27 – 26 Naturhouse La Rioja
FC Porto 33 – 23 Tatran Presov
HC Meshkov Brest 34 – 22 Vojvodina
2.ª Jornada
Naturhouse La Rioja 30 – 23 FC Porto
Tatran Presov 20 – 30 HC Meshkov Brest
Vojvodina 26 – 24 Chekhovskie Medvedi
3.ª Jornada
Vojvodina 23 – 27 FC Porto
Chekhovskie Medvedi 27 – 33 HC Meshkov Brest
Naturhouse La Rioja 37 – 29 Tatran Presov
4.ª Jornada
FC Porto 31 – 27 Chekhovskie Medvedi
Tatran Presov 19 – 27 Vojvodina
HC Meshkov Brest 31 33 Naturhouse La Rioja
 
Nesta Fase e neste Grupo, face os resultados até agora verificados, temos 3 equipas igualadas no 1.º lugar com 6 pontos (Naturhouse La Rioja, HC Meshkov Brest, e FC Porto) com o FC Porto a defrontar na próxima jornada no Dragão Caixa o HC Meshkov Brest (Bielorrússia), o FC Porto com a sua terceira vitória no Grupo, pode começar a pensar em outros voos, que irão certamente depender dos próximos resultados, num grupo, e repetimos, que aparentemente poderá ser mais equilibrado do que se poderia supor, poderá ser decidido através da diferença de golos.

Recordamos - Que, esta nova Fase de Grupos (A, B, C e D com 28 equipas), teve início em 16 -09-15 e terminará para os grupos A e B em 02/06-03-16, e para os grupos C e D em 02/06-12-15, com os jogos chamados de “KO” a serem disputados entre o 1.º do Grupo D com o 2.º do Grupo C, e entre 1.º do Grupo C com o 2.º do Grupo D, entre 24/28-02-16 e 02/06-03-16. Os vencedores destes jogos, serão apurados para os 1/8 Final (12 equipas), que se juntarão aos classificados do 2.º ao 6.º lugar dos Grupos A e B, os vencedores dos Grupos A e B, passam diretamente aos 1/4 Final (8 equipas).

Próxima Jornada
5.ª Jornada
Dia 17-10-15
FC Porto - HC Meshkov Brest (18H00)

Horas Locais

O Banhadas Andebol

3 comentários:

Anónimo disse...

Os árbitros estiveram muito bem. As exclusões não foram exageradas foram as necessárias perante homens de 120 kg e 2 metros de altura a agarrar, empurrar e bater.

Não houve uma exclusão que não fosse bem aplicada pelo livro de regras do jogo.

Se fosse uma dupla portuguesa a crítica do banhadas seria mais áspera e de forma errada pois o critério foi excelente.

Anónimo disse...

Excelente arbitragem desde o inicio até ao fim sem influenciar directa ou indirectamente o resultado.Manter o mesmo critério é de mestre! não podem dar vários Cursos aos nossos árbitros à falta de um CA capaz e competente..
Bela 2ª parte do Porto e um jogo pleno da dupla. Obrigado

Anónimo disse...

Assisti ao jogo e a 2ª parte foi brilhante por parte do F do Porto. A Equipa Chekhovskie Medvedi om uma excelente 1ª parte desapareceu completamente do jogo e pena é ser treinada por um treinador do anos 70 MAXIMOV que foi afastado da Selecções Nacional Russas face aos negócios e controle dos jogadores com pedido exorbitante de dólares!O Porto também foi vitima deste senhor com a contratação do USSATI e POKURKINE soviético ano 90/91.Esta equipa merecia outro dimensão técnica e não manter um reformado do Andebol.