gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

domingo, 11 de outubro de 2015

Crónica de Fim-de-semana – 09 – 2015 / 2016 – I – Em actualizada

Iniciamos a nossa habitual crónica de fim-de-semana, com os jogos antecipados da 7.ª Jornada.

PO01 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Masculinos.

Resultados
1.ª Jornada
Dia 31-10-15
AA Avanca - SC Horta (18H00)
4.ª Jornada
Dia 19-10-15
SC Horta - FC Porto (21H00)
7.ª Jornada
Dia 07-10-15
Madeira SAD 31 – 32 Sporting
Águas Santas 29 – 28 AC Fafe
FC Porto 30 – 25 Benfica
Dia 10-10-15
AA Avanca 28 - 22 Ismai
SC Horta 25 - 34 ABC
Passos Manuel 24 - 20 Belenenses
9.ª Jornada
Dia 11-10-15
Madeira SAD 36 – 29 AC Fafe (antecipado)

Esta 7.ª Jornada que teve três encontros antecipados, dois entende-se o porquê, devido á sua participação nas provas Europeias, a outra é mais uma das questões que deixamos em interrogação. È uma jornada que nos jogos hoje disputados até incluiu um dos clássicos do andebol, um FC Porto / Benfica, que terminou com a vitória do FC Porto, que deste modo é a única equipa que apenas contabiliza vitórias nesta Fase da Prova. Na Madeira disputou-se o Madeira SAD / Sporting, num pavilhão completamente cheio, criando um fantástico ambiente para o jogo, que foi acima de tudo um emocionante jogo de andebol, Apesar do equilíbrio com que foi quase sempre disputado, os insulares por várias vezes chegaram a ter três (3) golos de vantagem, com a equipa do Sporting sempre “atrás do prejuízo” e a recuperar por diversas vezes, criando inúmeras situações de igualdade, mas apenas conseguiu passar para a frente do marcador pela 1.ª vez cerca dos 49 minutos de jogo, quando colocou o resultado em 27-26 a seu favor com um golo de Pedro Spínola (5 golos), para o Madeira SAD igualar e voltar a comandar o marcador, daqui até ao final do tempo regulamentar as igualdades sucederam-se, bem como as vantagens sempre pela diferença mínima, agora com maior preponderância da equipa lisboeta. Que termina vencendo com um golo de Pedro Portela (8 golos) ao finalizar o tempo regulamentar, após um Time OUT da sua equipa a 8 segundo do fim, e que lhe deu a vitória. De referir que o Madeira SAD terminou o encontro em inferioridade numérica por exclusão de David Pinto, teve em Elias António o seu principal elemento que ao marcar 11 golos foi o melhor marcador da equipa que soube e bem aproveitar, quase todas as ocasiões que dispôs e através das várias falhas da equipa do Sporting, nos madeirenses uma referência ainda para os 8 golos de Nelson Pina, um autêntico “veneno” em contra ataque, e os 7 golos de Cláudio Pedroso, numa equipa que defende como poucas. Na equipa lisboeta, destaque ainda para Frankis Carol, com os seus 12 golos, sendo o melhor marcador da equipa e do jogo. Em águas Santas, disputou-se o Águas Santas / AC Fafe, com alguma assistência, e que surpreendentemente, foi um jogo de grande equilíbrio, terminando com a vitória pela diferença mínima da equipa maiata. Nos primeiros 30 minutos, a equipa do Águas tantas, comandou mais vezes o marcador mas, sem nunca se distanciar no marcador, de forma clara, permitindo sem recuperações e várias igualdades no marcador, de tal forma que a neo divisionária, com um bom jogo atingiu o intervalo com uma igualdade no marcador a 13 golos. No segundo período do jogo, manteve-se a mesma toada de equilíbrio, com a equipa minhota a colocar-se na frente do marcador pela primeira vez cerca dos 32 minutos por 15-14, através de um golo do experiente Nuno Pimenta, chegando a ter uma vantagem de 2 golos (19-17) cerca dos 40 minutos, para o marcador sofrer nova reviravolta e cerca dos 47 minutos era o Águas Santas que comandava o marcador por 22-20, e cerca dos 55 minutos, os maiatos venciam por 26-22, o maior diferencial registado durante os 60 minutos. Mais uma vez Pedro Cruz com os seus 13 golos (72% de eficácia) foi o melhor marcador do Águas Santas e do jogo, sendo bem acompanhado por Hugo Rosário com 6 golos (86% de eficácia), desta vez foi João Moniz o guarda-redes mais produtivo da equipa com 28% de eficácia. Na equipa do AC Fafe, o seu último reforço Dario Andrade com 8 golos (80% de eficácia), foi o seu elemento mais produtivo (na nossa opinião), sendo bem acompanhado mais uma vez por Nuno Pimenta com 5 golos (100% de eficácia), foi um jogo que na nossa opinião terminou com um elevado numero de falhas técnicas (21 no total).

Actualização

Em Avanca disputou-se o AA Avanca / Ismai, que não teve a moldura humana que certamente os homens da equipa visitada quereriam, foi um jogo de fases distintas, um primeiro tempo com a equipa da AA Avanca longe do que pode e sabe render, diante uma equipa do Ismai, que apesar de ter ficado sem um dos seus principais jogadores o Sérgio Martins, por desqualificação directa aos 6 minutos de jogo, comando o jogo durante todos os 30 minutos conseguindo por diversas vezes vantagem de 4 golos, chegando ao intervalo a vencer por 13-10. Segundo tempo completamente diferente com a equipa da AA Avanca a entrar com todo o “gás”, fazendo um parcial de 5-0 em 9 minutos e colocando-se na frente do marcador por 15-13 aos 39 minutos de jogo, com a equipa do Ismai a sofrer com nova desqualificação agora de Francisco Leitão e nunca mais se encontrou até final do encontro. Com a equipa visitada a chegar a ter vantagens de 8 golos como por exemplo aos 54 minutos, quando vencia por 26-28. Vasco Santos com 6 golos e 67% de eficácia, e o jovem Diogo Oliveira com o mesmo n´+úmero de golos mas com uma eficácia de 75%, foram os melhores marcadores da equipa local, que teve ainda uma forte ajuda do seu guarda-redes Luís Silva (37% de eficácia). Nos maiatos um destaque para os 5 golos do experiente Tiago Heber com 83% de Eficácia. No Pavilhão Adelino Moura, por impedimento da Quinta de Marrocos, disputou-se o Passos Manuel / Belenenses, jogo que se previa equilibrado, face ao que as equipas têm vindo a demonstrar, e que terminou com nova derrota ada equipa de Beldem, que está a ter um início de época para “esquecer” , o Passos Manuel obteve assim a sua segunda vitória na prova, num jogo em que praticamente comandou o marcador e o jogo durante os 60 minutos, chegando a desfrutar de vantagens de 6 golos, como por exemplo aos 25 minutos de jogo (9-3), e aos 39 (14-8), chegando ao intervalo na frente do marcador por 9-5, números que são demonstradores do que se passou em campo, apesar de alguma tentativa de reacção por parte dos azuis do Restelo, em especial nos segundos 30 minutos, que tiveram um pouco mais de qualidade, a equipa Liceal, teve sempre o jogo e o marcador controlado. E este resultado verificou-se com os guarda-redes do Belenenses a terem no seu conjunto uma eficácia de 37% de eficácia. No Passos Manuel, Pedro Sequeira 6 golos (50% de eficácia), e Gonçalo Valério com o mesmo número de golos mas com 100% de eficácia foram os melhores marcadores da equipa, No Belenenses, Filipe Pinho com 7 golos e 70% de eficácia foi o melhor marcador da equipa. Este foi um jogo que se caracterizou pelo elevado número de faltas técnicas (9 para o Passos Manuel e 13 para o Belenenses). Na Horta disputou-se o SC Horta / ABC, que teve uma primeira parte atípica, pois rapidamente os bracarenses chegam a 6-0, obrigando o técnico do SC Horta a efectuar um Time OUT, cera dos 5 minutos de jogo, continuando na sua toada atacante a equipa do ABC coloca o resultado em 10-2 seu favor, para depois sofrer um parcial de 4-0 e após a marcação de mais golos por parte dos continentais, esta equipa sofre novo parcial de 4-0, ficando o resultado pela diferença mínima a favor do ABC 11-10, com um Time OUT do técnico do ABC pelo meios (cerca dos 19 minutos de jogo), verificando até ao intervalo ainda duas situações de igualdade aos 11 e aos 12 golos com esta última cerca dos 25 minutos de jogo, para o primeiro tempo terminar com o ABC na frente do marcador por 16-13, de assinalar que neste período a equipa bracarense sofreu 5 livres de 7 metros (todos concretizados). NO Segundo tempo do jogo o ABC, entra novamente muito bem e rapidamente faz um parcial de 11-2 colocando o resultado a seu favor por 27-15, com um diferencial de 2 golos que foi o maior durante todo o encontro e que só se veio a verificar novamente cerca dos 58 minutos, quando o resultado era favorável aos minhotos por 34-22. O “veterano” Yuriy Kostestskyy com 10 golos foi melhor marcador da equipa e do jogo, com o seu colega de equipa Raifer Noa com 7 golos a seguir-se-lhe. No ABC, onde 10 jogadores de campo marcaram golos, o que demonstra o bom trabalho de gestão do plantel que foi feito, destacaram-se Fábio Vidrago e Miguel Sarmento, ambos com 6 golos. Em jogo antecipado da 9.º Jornada, disputou-se no Funchal o Madeira SAD / AC Fafe, num pavilhão que se apresentava com uma excelente moldura humana, e que terminou com a vitória da equipa madeirense por um diferencial que não era certamente esperado pelos mais optimistas, e depois de nos 6 minutos iniciais da partida (1-1), onde se verificaram um sem numero de falhas técnicas e remates falhados de parte a parte, ainda menos. A partir deste momento em que o Madeira SAD fez o 2-1, nunca mais largou o comando do marcador e do jogo, embora em determinados momentos do encontro os minhotos ainda tentassem dar alguma réplica, que saiu infrutífera, atingindo-se o intervalo com a equipa insular a vencer por 18-12 (maior diferença registada, nos primeiros 30 minutos), com a equipa do AC Fafe a sofre um parcial de 6-1 nos últimos 6 minutos deste primeiro tempo. No segundo tempo de jogo, a equipa madeirense, com uma excelente entrada no jogo rapidamente chega a uma diferença de 9 golos (24-15 e 25-16), respectivamente aos 38 e 39 minutos, para o maior diferencial do jogo (11 golos) ser atingido pela primeira vez aos 53 minutos (34-23), para a equipa continental atenuar a diferença nos minutos finais do encontro. O Madeira SAD com um agressivo processo defensivo, deu origem a diversos erros do adversário e utilizou com excelência uma das suas principais armas o contra-ataque, onde marcou 9 golos em 12 ocasiões, se acrescentar-mos a isto tudo os livres de 7 metros converteu 7 em 8, juntamente com a excelente exibição do seu guarda-redes Yusnier Giron (44% de eficácia), com os 10 golos de Nelson Pina (83% de eficácia), e os 7 golos (54% de eficácia) por Cláudio Pedroso, teremos a justificação do resultado, pois o AC Fafe, teve Bruno Dias em dia de fraco rendimento (12% eficácia), e apenas Diogo Gomes (7 golos e 58% de eficácia), juntamente com o reforço Dario Andrade (6 golos, 60% de eficácia), foram em termos reais os mais produtivos, numa equipa que cometeu 15 faltas técnicas.
 
FC Porto 30 – 25 Benfica

Jogo disputado no Dragão Caixa, que mais uma vez se apresentou com uma invejável moldura humana, e com a equipa do FC Porto, a ser apoiada incansavelmente durante 60 minutos. O Jogo terminou com a vitória do FC Porto, que foi ao longo dos 60 minutos a equipa mais equilibrado, e que produziu melhor andebol, e foi mais eficaz, e onde sobressaiu um jogador cuja presença física, aliada á sua enorme qualidade e á sua prestação desportiva de hoje o torna, na nossa opinião no homem do jogo, é ele Alfredo Quintana (40% de eficácia), que foi uma autêntica muralha, quase intransponível na baliza. O Benfica entrou bem no jogo e comandou o marcador durante os primeiros minutos de jogo, mas assim que a equipa do FC Porto, comandada por outro jogador de eleição de seu nome Gilberto Duarte (7 golos, 58% de eficácia, e melhor marcador da equipa), rapidamente igualou o marcador a 3 golos cerca dos 5 minutos de jogo, para passar para o comando do marcador e do jogo, cerca dos 8 minutos de jogo até aos fim do tempo regulamentar, O Benfica apenas ofereceu resistência durante o primeiro período de jogo com alguns dos seus jovens a estarem muito bem, caso por exemplo de Hugo Lima (3 golos, 60% de eficácia), mas a jogar e a fazer a sua equipa, como á muito não se via fazer, e consegui que o intervalo chegasse com um diferencial d apenas 3 golos, 16-13 a favor do FC Porto. Mas o FC Porto, que controlou o jogo e o marcador cerca dos 40 minutos de jogo já vencia por um diferencial de 5 golos (22-17), chegando a estar a vencer por um diferencial de 10 golos cerca dos 52 minutos (29-19), momento em que se apoderou da equipa portista uma completa desconcentração tanto no ataque como na defesa, só voltando marcar aos 59 minutos e sofrendo entretanto um parcial de 4-0 em 7 minutos. Na equipa do Benfica que trocou algumas vezes de guarda-redes, teve em Hugo Figueira o guarda-redes mais eficaz (32%), teve na sua organização atacante muita precipitação, com ataques demasiado curtos e algumas vezes precipitados., na defesa não conseguiu parar o bom jogo de Miguel Martins, e de Rui Silva (3 golos e 75% de eficácia), e em especial a velocidade e a imprevisibilidade de Morales (4 golos 80% de eficácia), e a confirmação da qualidade de Gustavo Rodrigues (4 golos, 80% de eficácia), teve no seu reforço Uelington Silva o seu melhor elemento e o seu melhor marcador com 8 golos (80% de eficácia), sendo uma agradável surpresa, bem acompanhado por outro reforço da época, Belone Moreira com 6 golos (60% de eficácia)), mas sofreu do “síndroma” Alfredo Quintana na marcação de 7 metros, falhando dois, aliás o Benfica não concretizou 3 livres de 7 metros. Dirigiu o encontro a dupla internacional bracarense constituída por Daniel Freitas e César Carvalho, que na nossa opinião poderiam ter terminado a sua actuação com um balanço bem mais positivo, pois estiveram muito bem na marcação de 7 metros, na Falta do atacante e nos passos, mas com algumas falhas, diga-se poucas mas existiram na lei da vantagem, e no Jogo Passivo adoptaram um critério que mais parecia a “pedido”, e têm na nossa opinião duas importantes falhas no critério disciplinar, primeiro como é possível que dois atletas que “crescem” um para o outro chegam a encostarem-se com ar ameaçador (Alfredo Quintana e Flávio Fortes), cerca dos 20 minutos de jogo e não sofram qualquer sanção disciplinar, e posteriormente exista uma exclusão de Hugo Lima cerca dos 48 minutos, por total exagero de interpretação, da dupla.

Classificação após os jogos disputados até ao momento: - 1.º Sporting e Benfica (19 pontos), 3.º FC Porto (-1 jogo - 18 pontos), 4.º ABC e Madeira SAD (+1 jogo) (17 pontos), 6.º Águas Santas (13 pontos), 7.º AA Avanca e Passos Manuel (12 pontos), 9.º AC Fafe (+ 1 jogo) (11 pontos), 10.º Ismai (10 pontos), 11.º Belenenses (9 pontos), 12.º SC Horta (-2 jogos) (5 pontos). 
 
O Banhadas Andebol

41 comentários:

Anónimo disse...

Bom jogo, com FCP a mostrar mais recursos, competência e maturidade. Destacou-se o guarda redes cubano. É muito positivo ver jovens jogadores a crescer e o acerto nas aquisições.

O SLB começo bem, a querer demonstram que vinha disputar o jogo. Os jogadores do SLB falharam quando não podiam: livres 7 metros e isolados frente ao guarda redes. Quando na visão pedagógica do coordenador técnico estes erros dificilmente são admissíveis nos juvenis e juniores...apenas passam os intocáveis. 3 ou 4 jogadores a destacarem-se. O Hugo Lima e o brasileiro Silva estiveram bem. Duvidas para o futuro.

Anónimo disse...

Sendo adepto dos dois clubes gostei dum jogo com muitos golos. O Madeira vai ser a grande surpresa e soube aproveitar jogadores que, andam á procura de se afirmar. Nesta sétima jornada a equipa defende bem e, já vai fazendo coisas bonitas no ataque. Pedroso está a voltar á vida e certamente pensar em seleção. Elias aparece agora mais a lateral. Será que P. Fidalgo vai tentar a Europa? A maior competitividade vai estar no meio da tabela, com ABC, Àguas Santas P.Manuel e Benfica. Acho possível! O Sporting acusou a frustração do jogo anterior com o Porto e, ao estar a perder enervou-se. No corredor esquerdo Fábio eclipsou-se cedo demais, e nas pontas Solha esteve mal e Sérgio ansisoso. Na direita foi bom ver Spínola dar um ar da sua graça e, Frankis certeiro. Na ponta, Portela o tal que, falhou o último remate, ontem salvou a segundos do fim. Joga muito tempo e isso vai ter consequências. A ligação Carneiro B. Moreira nada deu e, o guarda redes do Sporting esteve mal.

Anónimo disse...

O Porto deu ontem um passo gigante para, ir reservando o primeiro lugar. Depois de derrotar o Sporting, mais uma vez chamou a atenção a variedade da sua equipa. E Quintana começa a tornar-se um pesadelo para quem remata e acho eu, não fica muito tempo em Portugal. Se calhar ontem esteve aí uma diferença enorme, entre os guarda redes dos dois clubes! O brasileiro canhoto começa a aparecer e já nem se sente falta de Ferraz. O caso de Areia dá que pensar pois, falava-se em ser dispensado á tempos atrás. Depois foi jogando mais e estabilizou, tanto que, o Porto o foi buscar! E na hora H! Ricardo Moreira já não se mexe muito. Com aquela idade vai subir muitos pontos e, é impossível andar num campeonato sem interesse. Para este jogo a dupla de arbitragem não foi a melhor. Cheira que, o Benfica está a procurar formar equipa e, lançar juventude mas, só dará para os três lugares cimeiros. Nesta altura há mais cansaço no Porto mas, nota-se que há resposta viva e positiva!

Anónimo disse...

O Andebol no Benfica farta-se de falhar. O meu aplauso para o treinador que não possuindo grande equipa rentabiliza-a! Creio que, é o deixa andar e vamos ver se dá para os três primeiros. Nem quero pensar doutra maneira! Ouve-se falar muito em Pedroso e José Costa. Porque não rendiam? Que evolução de Lima mas, ainda não chega, assim como o Paulo Moreno. Ontem os guarda-redes afundaram e no lado contrário esteve um fora do comum.

Anónimo disse...

Grande jogo que o porto fez ao nivel europeu, benfica muito fraco apenas belone moreira a lutar contra a muralha portista, arbitros em bom nivel , mas tinha que haver uma mancha neste jogo quem quem poderia ser essa mancha claro o delegado tinha que se levantar e mandar mostrar amarelo ao treinador do benfica curioso o paizinho a epoca passada fez o mesmo no mesmo porto -benfica , este delegado que como arbitro foi uma nodoa nem correr sabia agora anda ali armado em dono do jogo tenha e vergonha e quando ocupamos estes lugares temos que deixar os clube do coraçao de fora , uns arbitros jovens foram corridos por um deles ser do porto e este senhor que e uma vergonha para andebol ainda anda ali se ra que o pai ainda da boleias ao sr º jose ribeiro. tenha vergonha e que va rapidamente embora do andebol anda a mais.

Anónimo disse...

Gostava que o Àguas Santas jogasse com os médios ou pequenos, como o faz com os grandes. Na lista incluo o ABC e se calhar vamos disputar algo com eles!
Atenção Paulo Faria usa a psicologia motivacional!! Ganhar ao Fafe por um levou-me a pensar. Já agora não nos mandem as patarecas da Anas. Algum dia as raquíticas ainda engolem o apito. E são isto a melhor dupla. Se há deus que lhes perdoe! Ou aos inventores delas!

Francisco Ramos disse...

Em relação à arbitragem protagonizada no derby a minha opinião diverge um pouco, vejamos:

1. Lei da Vantagem
Alguns lances foram parados, e bem no meu ponto de vista, pois não se pode deixar seguir um ataque quando o jogador (mesmo agarrado) faz passos. Vi 4 lances destes, para diferentes equipas, e todos eles foram bem assinalados.

2. Jogo Passivo
Quem acompanha jogos "lá fora" nomeadamente das melhores europeias (temos de nos reger pelos melhores, ponto assente!), reparou certamente na lentidão que as transições estavam a demorar sobretudo no segundo tempo. Mesmo antes dos árbitros começarem assinalar já era cansativo de se ver. Pessoalmente, a dupla "falhou" em não assinalar também ao Benfica (teve dois momentos claros para o fazer).

3. Exclusões
- Seguindo o raciocínio do Banhadas
Tratou-se de um derby, em que aos 20m deu-se a quezília que todos vimos, um leva com duas bolas na cara e o outro (sem querer) dispara dois remates para a mesma zona. São decisões difíceis, e claro não é bonito de se ver aquele "confronto", ou mesmo antes, o apontar de dedo. No entanto, os árbitros saíram-se bem (o jogo assim o proporcionou) e viu-se fairplay entre os intervenientes durante os últimos 40m.
Em relação às exclusões, mais uma vez é a minha opinião, só falharam na exclusão ao Alexis Borges quando é visível, mesmo sem repetição, que o jogador controla o adversário com os braços no peito, e se tratou unicamente de diferença de envergadura.

Resumindo,
Bom ambiente, bons intervenientes, boa arbitragem.
Só faltou um pouco de acerto (ou menos acerto do Quintana) na hora da finalização ao Benfica para termos o último ingrediente para o bem do espectáculo e da modalidade.

Cumprimentos.

Anónimo disse...

Russia- Portugal hoje em seniores femininos!

Os sites de apostas dão como previsão a vitória da Russia por 15. Vai ser bonita a tareia vai. Vamos levar mais de 20.

Para que é que a federação gasta dinheiro com isto?

Anónimo disse...

Uma equipa faz-se e desenvolve-se nos equilíbrios. Talvez só o guarda-redes possa estar o tempo todo em jogo e em intensidade máxima. O "escândalo" do Sporting deve-se sobretudo a isso. Basta revêr as imagens e, salta á vista que os erros, dão-se na parte final de jogo e, incidem em Portela e Frankis Marzo. Fábio é assim. Um pouco mole. São quem mais joga e faz a despesa de jogo. Analisem o jogo de ontem. Pina não marca tantos golos habitualmente mas, ontem estava na lateral de Portela. Aproveitou. Nada tenho contra o treinador Espanhol, só que deram-lhe equipa desequilibrada e, quando se chegar ao fim de época, virá ao decima muita coisa. Carneiro á praticamente o único central. Era possível equilibrar com um Pedro Sequeira ou P. Seabra! Não abundam pontas direitos nem laterais. Na ponta podiam ter ido buscar Bellone Moreira. De facto na época passada a equipa chega ao play-off espremida ao máximo. E depois houve aquela golpada monumental dos lindinhos do C. Arbitragem. Estava na cara que íamos sêr enganados. Por isso apitaram três vezes.

Anónimo disse...

Outra vez a conversa da seleção feminina?

Se a masculina jogasse contra a França, ganhava? Não, levava uns 10.

Não há mal em não sermos melhores que os outros. Mal é de quem não tenta. Se os sites de apostas dizem que portugal perde por 15 até pode ser realista mas não é razao para não se participar.

Anónimo disse...

O Areias nunca foi conhecido por jogador rápido e de garra. È feio e baixo festejar cada golo como se fossem os mais importantes. Claro que se sabia que, tal como noutros casos o Benfica negoceia mal. Sendo anti-benfiquista nunca devia ter vestido de encarnado. Toda a gente sabe que é leão de peito e agora empregado azul. Até podia ter ido para o clube do coração. Foi para quem melhor lhe pagou. Foi para onde se tenta e faz tudo para se vencer. Verdade seja dita. São os que de longe teem a melhor e mais extensa equipa. Cuidado Areias que um dia se em sub-rendimento, podes ter de sair pela porta do cavalo. Nesse clube é uma constante. Depois não andes a dizer que, és tripeiro de coração.

Anónimo disse...

Alguém me sabe informar se a dupla Trinca-Monteiro tem um clube preferido e, não gosta de algum? E na Madeira atuaram com peuguinhas da APOMA? Qual o critério deste conselho de arbitragem, se assim lhe podemos chamar?

Anónimo disse...

Alguém me sabe informar se a dupla Trinca-Monteiro tem um clube preferido e, não gosta de algum? E na Madeira atuaram com peuguinhas da APOMA? Qual o critério deste conselho de arbitragem, se assim lhe podemos chamar?

Anónimo disse...

O clássico de ontem mostrou o futuro campeão, salvo qualquer caso de doença ou fuga de atletas. O Benfica foi uma vergonha pois, tinha a equipa muito mais fresca. Não é com galinholas como Limas, Ferros e outros que, nem sei de cor o nome que, um dia seremos alguma coisa de proveitoso. O Tiago faz á anos a mesma finta. O Pais e Moreno ainda mostram vontade e evolução mas, de resto é o marasmo. Viu-se que, os outros nem apertaram pois, tinham de se poupar para jogos internacionais que se aproximam. Ao menos os lagartos ainda deram alguma luta e, se calhar, perderam por azar. Nós foram vinte minutos e, depois parece um baralho de cartas a caírem. Mais um ano para sermos gozados? No Sporting anda o Batata a fazer de técnico de guarda-redes e quando junior cá nada dava, nós é o coordenador-geral do Passos Manuel. Enquanto isto, o Magalhães está tão calminho no banco que, parece vindo duma sessão de yoga. Vai aos Viscondes e tira jogadores e, cá leva o que lá lhe faz falta. O nosso dirigismo é o habitual em imcompetência e, falta de olho pró negócio.

Anónimo disse...

O Banhadas não pode chamar a um FCPorto-SLBenfica um clássico a não ser que, se trate de hóquei patinado, basquete, atletismo etc...
O Benfica não é propriamente um clube de tradições andebolísticas!
Será noutras modalidades e, é o maior clube do mundo, ou pelo menos de Portugal mas, em andebol o que venceram atá hoje? Que jogadores famosos formaram? Internacionalmente conhecemos o Eusébio, Carlos Lisboa ou António Livramento. Carlos Lopes e Rosa Mota já é outra área. Logo, é certamente por isso que, apesar de ótimas condições o pavilhão está sempre vazio! Há um jogador que á uns tempos, até disse que, sabia o nome de quase toda a gente habitual no pavilhão!
Com todo o respeito pelo grande clube, julgo não estar a fugir á verdade.
Clubes de tradição são o Sporting, o Belenenses, o Passos Manuel, o Porto, o Àguas Santas, o Madeira Sad. e o ABC!

Anónimo disse...

Haja quem me explique quais os dois jogadores que, vão sair do Sporting pró Porto no final de época. Acompanham muito os dois e ao que parece, foram até contactados juntos. A negociata dizem que foi feita num centro comercial enorme. Ninguém viu nada? Se calhar estava doente ou cansado de muitas horas de casino!
Quem vai trazer Zupo em dezembro? Ou quem querem que traga?!

Anónimo disse...

Trinca e Monteiro são benfiquistas assumidos. Nem disfarçam como fizeram nos últimos minutos em belem...

Anónimo disse...

O delegado de serviço ao Porto / Benfica é muito mau.
Não sei qual a ideia do CA ao dar-lhe tantos jogos.

Trinca e Monteiro são sócios do Benfica.

Anónimo disse...

EU COMO BENFIQUISTA FALO PARA DENTRO MAS TAMBEM PARA UMAS MELANCIAS VERDINHAS JUNTEM OS DOIS QUE NAO FORMAM UMA EQUIPA PARA GANHAR AO PORTO NO MEU BENFICA SO SE APROVEITA DAS CONTRATACOES O BRASILEIRO BOM JOGADOR DOS VERDINHOS PARA MAIS DO MESMO TINHAM O FREDERICO ATE ME ADMIRA O VOZ DE BAGACO NAO IR BUSCAR O OBRADOVIC ISSO SIM E UM TREINADOR HAHAHA MAS PELOS VISTOS O BAGACEIRA JA GANHOU UM TORNEIO QUANDO DISSE ISSO ATE PENSEI QUE TINHA GANHO A EHF

Anónimo disse...

O Frederico só não foi campeão, porque houve o maior roubo da arbitragem de todos os tempos em Portugal. O mais vergonhoso e descarado! Com a equipa que tinha e, mais dois ou três jogadores e Portugueses, o Sporting lutaria agora pelo título! Agora é fácil dizer que, ele só era campeão em juniores! Fez mais e melhor que o Prokajack! ... ou o P. Faria! Zupo é bom mas, não vai aguentar sem dois jogadores por posição. Por alguma razão faz experiências...

Anónimo disse...

Neste espaço de troca de ideias e debate, depressa se chega á conclusão que só um clube, está preparado para competições nacionais e internacionais. Os outros não estão e em caso dum percalço, ou muitas lesões estão fora de combate. E nem vamos no final da primeira volta, da fase normal do campeonato! Começa-se a vêr que, agora já são os atletas a quererem mudar para o FCP! Porquê?

Anónimo disse...

Em tempos uma dirigente do Xico, já dizia que, era preciso apoio da Camara de Guimarães para se andar na europa. Isso prova que, venceram a taça de Portugal por mero acaso, fora os casos de prrrriu! E não foram poucos! Agora há dirigentes a falarem conquistar o campeonato mas... não há jogadores suficientes e nem qualidade de alguns. O andebol nacional e dirigismo tacanho, retrógado e ultrapassado, anacrónico e por aí fora! Sonhos sem realidade. é o que é!

Anónimo disse...

Por falar em delegados, dá gosto e boa disposição ver o Conceição a trabalhar nos pavilhões...Já como árbitro dava! Era risada garantida! Assim como um outro que é uma jóia de pessoa mas... é preciso estar a uma distância razoável! Tal é o bafo!
Como estamos na era em que os árbitros, já estão previamente escolhidos... Duarte e cª. e Anas... há problemas que, já estão resolvidos! Se a arbitragem estava péssima... agora...

Anónimo disse...

Fizeram a cama ao Frederico pois o homem só não foi campeão nacional por causa dos ladrões da Madeira e por causa do Trancoso e eu sei bem do que falo

Anónimo disse...

Belém a caminho da 2ª, URGE PROMOVER MUDANÇAS

Anónimo disse...

Passos Manuel consegue a primeira vitória na prova aseguir à vitória na Horta. Já o próprio site da federação diz que o Passos com a vitória da jornada fica no 10º lugar...quando eles próprios não atualizaram a classificação acrescentando lá 3 pontinhos.

Anónimo disse...

Belenenses e Horta muito mal, no belenenses nada estranha. já começou mal com a entrada com o rui silva, mas nem levou 2 meses no "comando". No Horta filipe duque já deu o que tinha a dar, os jogadores já devem andar cansados sempre de atura-lo, mas o estranho é que ao fim de alguns anos do treinador do horta andar sempre sozinho esta época têm treinador adjunto, será que andam a preparar algo para o futuro?

Anónimo disse...


Ver o Horta e o Belém a jogar andebol este ano é das experiências mais surrealistas que existem. São as grandes desilusões 2015/2016.

Anónimo disse...

Belenenses e uma vergonha, o melhor que tinham a fazer e acabar com seniores a historia do andebol do belenenses nao merece isto, acabar com seniores ficar so com formaçao e daqui um ou dois anos voltar novamente do zero

Anónimo disse...

Lembro-me dum ano em que Carlos Rezende, depois de campeão pelo Porto foi despachado no final de época! Agora foi o Frederico Santos que, sem equipa regular e, banco capaz aguenta o segundo lugar, passando ao play-off d cinco jogos. Aguenta-se mas, eis que ao quarto jogo, informam o balneário do Sporting de serem apitados pelo duo da Madeira! Mesmo assim vai ao segundo prolongamento, só que o tal duo apitava o terceiro jogo em cinco e, resolveu fazer um campeão em quatro tempos! E não é que, no final das férias se soube que, havia treinador novo no Sporting, apesar de Frederico têr mais um ano de contrato? Depois foi sabendo-se que, viria guarda-redes novo e retornaria a casa João Pinto. Depois grande festa pela aquisição de Carlos Carneiro, com fotos ao lado do atual presidente do clube!
Depois sabe-se das dispensas de juniores e ex-juniores.
Tudo isto prova haver um governar ao sabor dos ventos, só que num dos clubes vence-se! Num em tempos gastou-se á maluca e, no outro apostou-se para lugares certos e pensa-se na Europa! E pelos vistos começa a afirmar-se na liga dos campeões o Porto.

Anónimo disse...

NUNCA VI UM CAMPEONATO TÃO DESINTERESSANTE E PREVÍSIVEL!!
JÁ SE SABE QUEM VAI SÊR O CAMPEÃO, SALVO UM TSUNAMI (PORTO)
HÁ VÁRIOS CANDIDATOS Á SEGUNDA E ESTE ANO ASSUMIU-SE O BELENENSES TAMBEM!
PORTANTO QUANDO MUITO PODERÁ HAVER LUTA PELO SEGUNDO LUGAR E, NOS LUGARES EUROPEUS!
SOMOS ÚNICOS!
NÃO DEIXA DE CHAMAR Á ATENÇÃO QUE, SAEM JOGADORES PARA CAMPEONATOS EUROPEUS MAIS COMPETITIVOS!

Anónimo disse...

A nova moda são as lamúrias. O clube da alta sociedade do condado de Alvalade, teima em espetáculo e jornalistas em formigueiro! Clama por moral mas, janta com o líder da liga! No andebol começaram com o circo no Algarve. Esta época trocaram de tudo e até chamaram fotógrafos, para mostrar um Carneiro já velhito! Tal e qual a aparição de Jesus em Alvalade, com uns jogadores já entradotes. Vivem á sorte e se em tempos ganharam em juniores e, rebentaram com orçamentos em estrangeiros manetas e deficientes, agora resta dizerem que vão sêr campeões. Apesar que depois da derrota á dias, andam mais mansos. Lá pró natal vamos rir a bom rir!

Anónimo disse...

A equipa sénior do Belenenses não pode acabar nem PODE DESCER DE DIVISÃO.
Urge que a direcção se apetreche de todos os meios disponíveis (humanos e materiais) para salvar a época.
Deixem de ser orgulhosos e peçam ajuda.
Ninguém que compõe a actual direcção tem a mínima noção do que é e como se estrutura a modalidade.
Peçam ajuda a ilustres Belenenses como Manuel Miguel, Vítor Domingos, José Francisco, Armando Pinho entre outros.

Anónimo disse...

Presidente do belém, o andebol do clube não pode caminhar paera o abismo, intervenha enquanto é tempo

Anónimo disse...

O Belenenses assim vai certinho para a 2ª Divisão. O Manuel Miguel pode ter dinheiro mas não é maluco para o rasgar com estes rapazes. Os outros só se for para irem mais depressa. Antes ainda havia uns jogadores na 2ª Divisão que podiam ser reforço mas agora nem isso e com a criação do satélite vejo o azul muito escuro.

Anónimo disse...

Ui! Ui! Ui! O Frederico depois de escorraçado e apunhalado pelas costas, piorou as coisas e, não voltará ao Sporting tão cedo!
Um filho dele está a jogar nos juvenis ou juniores do Benfica! Será que, uma das teses está certa? O rapaz saíu porque seria mal tratado na formação do Sporting?
Então sempre há protegidos e amaldiçoados.
Que melhoras trouxe ao Sporting o "técnico de guarda-redes" Batata? Ui! È giro vêr ele com ar compenetrado nas bancadas, tirando notas e fazendo gestos! E não é que, se soube que, três irmãos Pinto andaram pelo clube? O pai é dirigente! Se calhar por isso é que, a um puseram-no a jogar na ponta direita, não sendo canhoto! Ele há histórias do diabo!

Anónimo disse...

Nenhum sócio dum clube gosta de ver perder o seu clube. Depois de perdermos em Viseu com o Sporting e, com o Porto ficamos tristes. O pior é que com os outros, para quem foi praticante e sente que, não há matéria para ir longe, fica a confusão. Não se pode investir muito mais e, por outro lado os jovens ainda estão crus e só dois dão sinais. Temos um técnico bom mas, sente-se que, ainda não resolvemos como equipa. Nas aquisições o Brasileiro nota-se fazer a diferença mas, aquele pivot não apaga a memória do J. Costa. Estrangeiros são para ser acima da média, senão nada feito. Estaremos num ano de transição e, onde o treinador termina contrato.

Anónimo disse...

Muita conversa, muita acusação. Ainda bem que, há quem reconheça que, a única equipa apetrechada para andar na europa somos nós. E ou me engano ou o Porto vai passar á próxima fase. Benfica e Sporting assim como ABC estão mais fracos. Vai dar para no campeonato desde que, com mestria e dedicação, chegar á fase de play-off. Depois será onde os outros mais fraquejam, por falta de argumentos ou equipa pequena. Se andarem pela europa, mais vão sentir o impacto de cansaço. Não gosto do treinador que até foi jogador, acima da média. Agora quanto a equipa há uma base sólida e as aquisições foram certeiras. Quando os jogadores das outras equipas desejam vir para o Porto, isso diz tudo. Julgo até que no caso do Quintana, ele não fica em Portugal muito tempo! Com aquela idade, já é um fora do normal! Num posto onde a idade conta. O jogo com o Sporting mostrou que, a equipa varia muito e termina os jogos na mesma rotação que começou! Isto de pois dum jogo europeu dois dias antes! Cheira-me a mais um campeonato no bolso do dragão.

Anónimo disse...

Quanto a Europa, os clubes tugas viajam normalmente e não em aviões fretados! Não será por isso que, á dois anos os in-responsáveis do Sporting fizeram que, a equipa perdesse um campeonato? Fora o milagre dos treze segundos do J. Costa! Então antes do jogo com os murcães fazem a equipa perder duas noitadas... È claro que na segunda parte do jogo se notou algo! Ainda por cima só se utilizavam 8\9 jogadores!
Esgotamento total dos mais utilizados e acanhamento dos pouco utilizados, medo de falhar! Agra chorem...

Anónimo disse...

Porque querem tanto agradar as duplas de árbitros, ao clube dominante o F. C. porto?
Vi o jogo com o Fafe e, pergunto como pode ser possível uma falta de qualidade, de bradar aos céus! Depois o medo faz o resto! A diferença de nível já era grande mas... eles teimam em agradar ao imperador Magalhães! Ele está no banco sempre sorridente e descontraído ao máximo...

Anónimo disse...

Se as pessoas pensassem veriam que foi um erro crasso a saída do Frederico um hom integro honesto e competente vejam bem o que lhe fizeram pelas costa olhem o tipo dos gelados esse mama que lá por ter sido campeão em Juniores não larga a mama destrói uma equipa campeã nacional e nas vielas faz o que fez ao Frederico vejam os seus tristes comentários na nossa tv,vejam a formação este ano só gostava de ter o padrinho dele