gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

terça-feira, 26 de março de 2019

PO04 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Juniores Masculinos


Crónica dedicada á Fase Final Nacional da PO04, disputada nos mesmos moldes da época anterior, reiteramos a nossa opinião, de que, agora é que pode existir a tão desejada competitividade no escalão que todos dizem não existir.

PO04 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Juniores Masculinos

Fase Final


Grupo A
2.ª Jornada
Dia 24-03-18
Águas Santas 35 - 28 Benfica
Sporting 23 - 24 ABC
Belenenses 32 - 29 FC Gaia

Nova jornada isenta de casos disciplinares, o que é sempre de registar, pois não tivemos um único encontro em que se verificam-se ocorrências disciplinares registadas, poderemos ainda afirmar que as assistências apesar de continuarem a registar números que em alguns jogos consideramos exíguos, foram mesmo assim bastante superiores ao que anteriormente se vinha verificando, o que só prova que quando existe equilíbrio e competição poderá existir público. Esperamos agora que a Andebol TV dê alguma atenção a esta prova (As esperanças são poucas ou quase nulas), e que o CA não se perca em experiências, pois esta é uma fase decisiva de uma prova, que na nossa opinião poderá ser provavelmente muito mais competitiva e equilibrada, do que muitos estariam á espera. Neste momento e em nossa opinião, existirá muito provavelmente uma ligeira superioridade das equipas apuradas na Zona 1, sobre as equipas apuradas na Zona 2 (embora ainda seja cedo para conjecturas, ou previsões mais concretas) Desejamos ainda que o adiamento de jogos, não seja uma regra nesta Fase Final, pois pode desvirtuar a sua verdade desportiva, em especial com a antecipação de jogos, para utilização de atletas nas equipas B. Assim como desejamos que os boletins de jogo, não seja elaborados no final dos jogos, e que cheguem a divergir por diversas vezes naquilo que está a ser colocado no portal da FAP, ver caso Belenenses / FC Gaia.

No Pavilhão do Águas Santas, realizou-se um Águas Santas / Benfica, que terminou com a vitória da equipa maiata, e onde os dois conjuntos se apresentaram com os seus principais elementos. A equipa do Águas Santas, construiu o resultado nos primeiros 30 minutos, ao chegar ao intervalo a vencer por um diferencial que ninguém certamente esperaria (18-9), para o no segundo tempo além de entrar em modo de gestão, permitir uma reacção da equipa do Benfica, que apenas conseguiu reduzir a diferença em dois golos. Com esta derrota a equipa do Benfica, é a única equipa até ao momento (apenas 2 jornadas), sem registar qualquer vitória. António Aparício com 9 golos, Ruben Santos, e Artur Oliveira, ambos com 6 golos, cada, foram os melhores marcadores do Águas Santas. Daniel Neves, e Gonçalo Nogueira, ambos com 7 golos, cada, foram os melhores marcadores do Benfica. No Pavilhão João Rocha, disputou-se o Sporting / ABC, que foi disputado sempre com grande equilíbrio e com uma extrema garra por parte da equipa do ABC, o que lhe acabaria por dar a vitória embora pela diferença mínima, com o resultado ao intervalo a ser uma igualdade a 12 golos, que reflete o forte equilíbrio verificado ao longo dos 60 minutos. Com esta vitória a equipa minhota passa a ser a única equipa até ao momento que apenas contabiliza vitórias. Joel Ribeiro com 6 golos, Salvador, e João Reis, ambos 5 golos, cada, foram os melhores marcadores da equipa do Sporting, enquanto no ABC, Francisco Silva com 7 golos, foi o seu melhor marcador. Terminamos com o Belenenses / FC Gaia, que ocorreu no Pavilhão Acácio Rosa, que teve a particularidade de o seu Boletim de Jogo, apresentar por exemplo diversos resultados ao intervalo, desde 24-18 a favor do FC Gaia, até 19-18, ainda a favor do FC Gaia, para finalmente ter o resultado real de 18-15 a favor da equipa visitada. Foi um encontro disputado sempre com grande equilíbrio, e a equipa do Belenenses construiu a sua vitória nos primeiros 30 minutos, pois no segundo tempo a equipa do FC Gaia, voltou a dar uma excelente réplica, e terminou o parcial com uma igualdade a 14 golos, o que é plenamente demonstrativo do equilíbrio registado ao longo dos 60 minutos. 10 Jogadores marcaram golos, no Belenenses, sendo João Almeida com 9 golos, o seu principal marcador, no FC Gaia, Pedro Barbosa, igualmente com 9 golos, foi o seu melhor marcador.

Classificação – 1.º ABC (6 pontos), 2.º Sporting, Belenenses, FC Gaia, e Águas Santas (4 pontos), 6.º Benfica (2 pontos).

O Noticias.

6 comentários:

Anónimo disse...

O jogo Belenenses x Gaia teve dois protagonistas: a Equipa de Arbitragem e Um Oficial de Mesa.

Em primeiro lugar há que dizer que o Belenenses fez um jogo sério e empenhado. O Gaia, sem 2 jogadores importantes, jogou abaixo das suas capacidades mas desde o 1ºminuto foi condicionado pela equipa de arbitragem e nos minutos finais apareceu o Sr Orlando, oficial de mesa, a ter um comportamento desprestigiante para a modalidade.

No início ainda dei o benefício da dúvida aos árbitros pensando que os erros técnicos de arbitragem eram pelo facto de não saberem mais… mas com o desenrolar do jogo verifiquei que os árbitros sabiam bem o que estavam a fazer e como fazê-lo.

A situação tornou-se hilariante quando o Gaia empatou a poucos minutos do fim do jogo… As campainhas do piquete soaram todas:
- marcaram-se sete metros que nem os adeptos de Belém descortinaram
- exclusões de jogadores e treinador
- cartões vermelho e azul. Depois no final do jogo o árbitro disse que se enganou no cartão azul, mas a vontade dos árbitros era tanta que se tivesse um cartão preto também o exibia!
- o oficial de mesa, por 2 vezes, quando o Gaia atacava interrompia o jogo dizendo que o Gaia estava a jogar com mais 1 jogador. Esse Senhor sabia perfeitamente que tinha saído o guarda-redes para a entrada de mais jogador mas o objectivo era mesmo quebrar a iniciativa atacante. Esta xico- espertice saloia pensava que já estava banida dos nossos pavilhões mas infelizmente ainda continua activa !

A provocação do Oficial de Mesa continuou até final da partida com um diálogo insultuoso para com os jogadores e dirigentes. Os árbitros, apesar de não darem razão ao oficial (valha-nos isso!), tinham que dar ordem imediata para o senhor abandonar a mesa. Se o Dr Orlando não estava em condições para desempenhar as funções de Oficial de Mesa os árbitros tinham que agir.

Agora, para completar o ramalhete, só faltava que os árbitros tivessem nota positiva do observador que estava na bancada.

Se num jogo entre duas equipas que não lutam pelo primeiro lugar acontece isto quando o campeonato se aproximar do fim …. não se prevê nada de bom.

O campeonato da 1ªdivisão de juniores merece outro tratamento e mais respeito.

Anónimo disse...

É hilariante ler que estava um observador na bancada do Acácio Rosa, quando não estava em causa nenhuma dupla de árbitros, mas sim dois árbitros que por acaso fizeram dupla nesse jogo. Como seriam observados?
A falta de noção é tanta, que por vezes leva a disparates destes. O senhor deve ser o mesmo que comentou o jogo do Gaia x Benfica “B”, com tanta “isenção"

Anónimo disse...

O comentário do anónimo de 27 de março de 2019 às 09:10 é já uma preparação para a repreensão que vão dar ao Martim, ao invés dos 4 jogos que dariam a qualquer outro jogador de outra equipa. E em especial se fosse do meu Belém. Assim no fim de semana já pode jogar descansado. Nada melhor do que reclamar de erros que na maioria nem se sabe do que se fala para tentar já condicionar.

Anónimo disse...

Infelizmente 1 equipa através dos seus dirigentes e treinador nao dignificou a modalidade. Mas o atos sao para quem os pratica e felizmente nao conseguiram condicionar os arbitros. Parabens a arbitragem quanto à mesa nao posso dizer o mesmo.

Anónimo disse...

Este sr anonimo das 12h está com falta de equilibrio na mente. Estive a ver o boletim e mais equilibrio em 7m e exclusoes nao pode existir está igual sera que foi o sr da mesa que engatou isso. Que se veja nao existe observador nomeado. O sr. sente-se bem?

Anónimo disse...

No meu tempo prreparava-se os jogos analisava-se as equipas os arbitros. Agora nao ta tudo muito ocupado a treinar muito a trabalhar muito mas nao se analisa nada e depois só sai disparate. Observador essa tá boa...