gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

domingo, 3 de setembro de 2017

Crónica de Fim-de-semana – 01 – 2017 / 2018 – I

Regressamos às nossas normais crónicas de fim-de-Semana, sobre a PO01.

Eventualmente poderá haverá análise às arbitragens, mas somente nos jogos em que estiveram presentes colaboradores.

Continua-se a dar valor acrescentado às diversas transmissões que poderão ser efectuadas, em especial pelos canais próprios de alguns clubes, via internet e não só, tal como se saúda o positivismo das diversas Transmissões da Andebol TV, incluindo a TVI24. Apenas esperando que se continue a verificar uma forte melhoria nos seus comentadores.

PO01 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Masculinos.

1.ª Jornada
Dia 02-09-17
Arsenal 20 – 28 Águas Santas
Ismai 28 - 24 Avanca
Boa Hora 24 - 25 Belenenses
São Bernardo 26 - 28 Xico Andebol
FC Porto 23 - 23 ABC
Dia 06-09-17
Sporting - AC Fafe (20H00)
Dia 27-09-17
Benfica - Madeira SAD (18H00)

Jornada que não foi totalmente disputado na mesma data, o que provavelmente vai acontecer mais vezes nos próximos tempos, devido a pensarmos que felizmente estes adiamentos seriam um indicativo da continuidade da participação das nossas equipas nas Provas Europeias. Teve ainda a curiosidade da estreia na competição, verificarmos resultados verdadeiramente equilibrados, e foram diversos, até com algumas surpresas pelo meio. Caracterizada pela a ausência de indisciplina, mas com um jogo no mínimo em que o número de espectadores foi muito inferior ao desejável, para uma 1.ª Divisão.

FC Porto 23 – 23 ABC

Jogo disputado no Dragão Caixa, com uma excelente moldura humana, para primeiro jogo da época, e que proporcionou emotividade, e teve momentos de excelente andebol, com permanente equilíbrio, e com o ABC a provar que apesar da “sangria” que sofreu, se preparou bem para este encontro, e demonstrando que o resultado obtido na supertaça não foi um acaso. O FC Porto, que esteve bem em termos defensivos, tal como o ABC, mas pecou por vezes na sua organização atacante. O equilíbrio foi de tal ordem com a s igualdades e as alternâncias no marcador a serem sucessivas, e com o intervalo a chegar com o ABC na frente do marcador por 11-10. No segundo tempo após uma igualdade a 16 golos cerca dos 40 minutos de jogo (deve dizer-se que nenhuma das equipas esteve na frente do marcador por mar mais de dois golos de diferença), o FC Porto assumiu o comando do marcador até aos 58 minutos quando se verificou nova igualdade a 22 golos, para através de um dos seus melhores elementos em campo Angel Zulueta (6 golos, 67% de eficácia, e melhor marcador da sua equipa) a fazer o 23-22, com Hugo Rosário a igualar o encontro a 23 golos no segundo final do encontro. Uma das grandes figuras do encontro foi o experiente guarda-redes do ABC Humberto Gomes, que terminou com 36% de eficácia, e defendeu dois livres de 7 metros ao portista José Carrilo, no ABC, estiveram ainda bem, mais uma vez Nuno Silva (6 golos, 55% de eficácia), mas a controlar e a comandar todo o ataque do ABC, Hugo Rosário (5 golos, 71% de eficácia), e que foi decisivo em diversos momentos do encontro. Uma palavra ainda para Alfredo Quintana na baliza do FC Porto com 30% de eficácia, e que não foi por vezes devidamente auxiliado pelos seus colegas, em especial nos ressaltos de bola. Arbitragem a cargo da dupla de Leiria, pertencente aos quadros da IHF, que realizou uma arbitragem bem positiva, sem ser necessário a aplicação de qualquer ar de arrogância.

Em São Bernardo, disputou-se o encontro entre os primo divisionários, o São Bernardo / Xico Andebol, com a equipa visitante a vencer o encontro, e onde se notou a ausência do treinador anunciado Eduardo Fernandes, tendo a equipa mais uma vez sido dirigida por Gustavo Castro, bem como dos anunciados reforços vindos de Cabo Verde. Mas estas ausências não foram impeditivas de a equipa obter a vitória num jogo, onde apesar do equilíbrio verificado, esteve praticamente no comando do marcador durante os 60 minutos de jogo, com a maior diferença (4 golos) a verificar-se aos 14 minutos (7-3) e aos 18 minutos (9-5), pois a partir deste momento as diferenças foram sempre variando entre 1 a 3 golos, com os locais a terem uma reacção bem positiva, ao resultado adverso, chegando á diferença menina a segundos do fim do encontro, permitindo que o Xico Andebol, ainda marcasse nos momentos finas do encontro. O resultado ao intervalo já era favorável aos vimaranenses por 12-11. A Grande figura do Xico Andebol esteve na Baliza, de seu nome Élcio Fernandes com 40% de eficácia, sendo bem acompanhado pelo experiente Cláudio Mota com 8 golos (73% de eficácia). No São Bernardo, João Vilar com 9 golos (75% de eficácia), e melhor marcador da equipa, esteve bem acompanhado por Leandro Rodrigues em termos de número de golos (6), mas com uma baixa eficácia de remate (38% de eficácia).

No pavilhão Fernando Tavares, disputou-se o Boa Hora / Belenenses, que foi mais um encontro de total equilíbrio, ao longo dos 60 minutos, com diversas igualdades e alternâncias no marcador, mas onde o intervalo chegou com ima plena igualdade a 14 golos, com a maior vantagem nestes primeiros 30 minutos a pertencer à equipa visitado (2 golos) quando estavam decorridos cerca de 21 minutos de jogo, No segundo período de jogo o equilíbrio continuou a verificar.se, com a equipa visitada a ter mais uma vez 2 golos de vantagem aos 43 minutos, quando o marcador assinalava 20-18, mas a equipa do Belenenses, passa para a frente do marcador, permitindo no entanto que o Boa Hora volta-se a igualar a 22, 23, e a 24 golos, esta última igualdade aos 55 minutos, para nos 5 minutos finais, apenas se ter marcado um golo, e que deu a vitória à equipa do Restelo. A grande figura do encontro acaba por ser o guarda-redes João Moniz do Belenenses com 38% de eficácia), bem secundado por Nuno Roque com 7 golos e 64% de eficácia). No Boa Hora com grande distribuição de golos pelos seus atletas, Luís Nunes com 5 golos (56% de eficácia), foi o seu melhor marcador. Num jogo caracterizado pelo excesso de faltas técnicas (21 no total).

O jogo com o resultado mais dilatado da jornada, disputou-se no Flávio Sá Leite, onde se realizou o Arsenal / Águas Santas. Foi um jogo de sentido único com a equipa maiata a comandar o jogo e o marcador durante os 60 minutos. Com a equipa do Águas Santas a chegar ao intervalo já na frente do marcador por 11-6. No segundo tempo a diferença no marcador chegou a ser de 10 golos, quando o resultado aos 46 minutos assinalava, 22-12 a favor dos maiatos, daqui até final do encontro Rolando Freitas fez gestão do resultado e do plantel, terminando mesmo assim com um diferencial de 8 golos. ´No Águas Santas. o experiente guarda-redes António Campos com 33% de eficácia, foi um dos seus principais elementos, sendo como de costume Pedro Cruz com 8 golos (73% de eficácia), o seu melhor marcador. No Arsenal, Apenas o reforço João Gonçalves esteve a um bom nível com 5 golos (83% de eficácia).

No Pavilhão Municipal da Maia, tivemos o Ismai / AA Avanca, um dos encontros que despertava, mais interesse na jornada, pelo previsível equilíbrio do jogo. As expectativas, não saíram furadas, e tivemos um bom jogo de andebol, com duas partes distintas, um primeiro tempo com algum equilíbrio até cerca dos 11 minutos (igualdade a 7 golos), para a AA Avanca, começar a marcar superioridade e aos 25 minutos vencia por um diferencial de 4 golos (15-11), mas a equipa maiata nunca se deu por vencida e faz um parcial de 4-0 neste 5 minutos finais do primeiro tempo que termina com uma igualdade a 15 golos. No segundo tempo o equilíbrio e a alternância no marcador é a nota dominante com uma igualdade no marcador aos 50 minutos verificou-se pela última vez uma igualdade no marcador (22 golos), com os maiatos a arrancarem para vitória pela margem de 4 golos, pois AA Avanca não soube aproveitar as superioridades numéricas que dispôs neste período. Não foi pela baliza que a AA Avanca perdeu o encontro pois tanto Luis Silva (32% de eficácia), como Magnol Fiz (42% de eficácia), estiveram bem, mas foi no processo atacante, que as coisas não correram pelo melhor, e onde apenas Reinier Taboada (6 golos, 55% de eficácia), e Diogo Oliveira (6 golos, 50% de eficácia), estiveram a um nível aceitável. Na equipa do Ismai, com Eduardo Borges (50% de eficácia), e Ricardo Castro (30% de eficácia), na baliza começaram a construir a sua vitória, bem acompanhados por Diogo Coelho (6 golos, 75% de eficácia), bem acompanha por António Ventura (45& de eficácia), e Francisco Fontes (56% de eficácia), ambos com 5 golos cada.

Não publicamos a classificação por entendermos que de momento tal não se justifica.

O Banhadas Andebol

22 comentários:

Anónimo disse...

Forca Xico

Anónimo disse...

O meu sao bernardo conseguiu perder em casa com a pior equipa do campeonato. O ano passado ficámos à frente deles, eles perdem alguns jogadores ficam mais fracos e nós perdemos?

A culpa disto é de quem manda no meu sao bernardo. Contratar um treinador de 3º divisão? Se o Ulisses estava mesmo impedido de continuar por causa da seleção feminina nada a fazer, mas com tantos treinadores bons por aí vão contratar o João Alves que nos seniores a experiencia maior que teve foi treinar 3ª divisão? Foi para isto que o clube tanto festejou a subida, para agora perdermos com o Xico?

A culpa não é do treinador (mas eu vi ontem coisas de bradar aos ceus!!!), é de quem lá o meteu. Estamos tramados.

Anónimo disse...

O banhadas está desatualizado. O treinador Eduardo Fernandes demitiu-se a semana passada e foi substituído pelo treinador Rui Carvalho que comandou a equipa no jogo contra o S. Bernardo. Gustavo Castro mantém-se como treinador adjunto.

Anónimo disse...

Ao anónimo das 14:01, evo dizer-lhe que se o técnico do Xico é o Rui Carvalho, pode acontecer-lhe pior que ao Fafe na última época, pois esse senhor é apenas grau 3 estagiário , nem grau 3 ainda é portanto não pode sequer treinar uma equipa da 1.º divisão, será por isso que lá está Gustavo Castro a dar o nome e a dar o nível necessário para o clube competir, então temos mais vigarice encapotada. Mas é engraçado ver os jornais desportivos de referência e ver quem é que eles colocam como treinador do Xico

Anónimo disse...

E não elogiam a junta diretiva do são bernardo por ter conseguido contratar um Guarda redes da qualidade do Emanuel? Ou um bom lateral como o Queirós? Ok, a escolha do treinador foi estranha por terem optado por um tipo que nos seniores nunca mostrou nada em lado nenhum mas já se sabia que quem viesse a seguir ao Ulisses ia ter uma tarefa complicada porque estas transições depois de um treinador que ganha são sempre dificeis. Com o regresso do nosso capitão a coisa vai melhorar. Mas espero que os treinos também melhorem porque passar um treino inteiro a fazer 2 exercicios deve ser coisa do tempo passado.

Anónimo disse...

Se nao me engano o regulamento diz que a equipa tem que ter um treinador de grau 4. O regulamento também especifica as funções do treinador?

Anónimo disse...

Isto do grau dos treinadores é interessante! Falam dos pequenos e esquecem- se que num grande o treinador principal está inscrito como dirigente!

Anónimo disse...

O Xico ganhou. está de volta com muitas dificuldades mas ao que parece já incomoda! Ganhem juízo.

Anónimo disse...

não é só o treinador do xico. e o do porto ninguém fala...
as leis só são para os pobres!!!

Anónimo disse...

Alguém está preocupado com o Xico? O Xico só ganha a um São Bernardo com jogadores medianos e com um treinador que ainda não sabe quem o meteu numa divisão 2 níveis acima da que é o seu nivel.

Anónimo disse...

o regulamento requer um treinador grau 4 se está lá a fazer figura de corpo presente ou a dar indicações pouco importa. todas as equipas têm um elemento no banco com o grau 4 na po01, menos o fafe mas consta que esta autorizado

Anónimo disse...

No porto vale tudo: o Moreira e o Graça já são Master Coach?? de um dia para o outro? Ouvi dizer que tiraram o curso por correspondência ou por telefone, assim como o ricardo costa tinha tirado: no pacote do nestum!
Desgraçados dos que pagaram uma fortuna para estarem dentro da lei. o que faz o idpj? anda a dormir? é possível uma direção completa de uma federação compactuar com isto? o que tem agora a dizer o grande pedro sequeira: anda a oferecer diplomas? vergonhoso...

Anónimo disse...

Dizem que o Porto deixou sair jogadores como Borges e Rodrigues. salta á vista que as finanças não andem bem. Que se saiba o tal pavilhão com o nome de caixa, foi pago com benesses de todos contribuintes Portugueses! O que sofre o ABC é bem pior pois não há os tais esbanjamentos e pedidos para mais! O Porto teve medo de ter no banco o Gomes e Branquinho? Deviam ter vergonha de usar o seu poder na federação, através de canais já conhecidos. Vão pagar cara a golpada. Pobres miudos que no fim querem ganhar mais. Foram incautos o que é normal naquela idade dada a falta de maturidade. sabemos bem que o Porto tentou dois jogadores do Sporting mas...eram caros! E agora?

Anónimo disse...

Quem viu o F.C. do Porto e seu autor José Magalhães e alguns dirigentes 7 títulos nacionais em que o Tr. Obradovic foi peça chave e agora sobre a Administração do Dr. Adelino Caldeira e Engº Borges passando director Desportivo JM para lugar secundário e o projecto vai cair sem ter começado!
O responsável pelo afastamento do Ricardo Costa assim como a contratação do Novo treinador que se viiu no jogo falta- lhe quase tudo e mal ajudado pelo Prof. Luís graça armado em treinador!
O Pres. Jorge Nuno tem que intervir antes que seja tarde!
NOTA: achei muito estranho na apresentação do novo treinador não estar presente o Pres. Jorge Nuno e o Director Desportivo José Magalhães ausente em serviço em Cabo Verde?

Anónimo disse...

O Actual Vice Pres. do Andebol portista Dr. Adelino Caldeira tem um Curriculum fantástico no andebol!
Afastou 3 treinadores campeões nacionais porque qu3em sabe e manda é Ele! a saber Paulo Pereira, Carlos Resende e L. Obradovic e foi responsável pela o actual treinador e adjunto!
Reflectir!

Anónimo disse...

Muitos parabéns às equipas maiatas pela vitória de ambas, em especial do meu Águas!!! Isto só prova a grande aposta que o Concelho tem feito em variadissimos desportos (andebol, voleibol, basketbol, ténis, hipismo, etc), que neste momento estão em pé de igualdade com o futebol, o que para mim como municipe é extremamente importante!

Anónimo disse...

TREINADORES DO PORTO NAO TEM GRAU 4. O IDPJ LEVA DINHEIRO E FORMAÇOES AOS POBRES PARA OFERECER AOS RICOS!!!
MAIS O PORTO B NAO PODE PARTICIPAR NA 2ª DIVISAO, POIS NAO TEM JOGADORES SUFECIENTES CONFORME AS REGRAS PARA PARTICIPAR. A FAP QUE SEJA SERIA E DIVULGUE AS LISTAS DOS 12 ATLETAS DA EQUIPA A. DEPOIS E PRECISO 10 ATLETAS SENIORES ATE AOS 23 ANOS. ONDE ESTAO??? ISTO TINHA QUE SER FEITO ATE 31 DE AGOSTO..
REVOLTEM-SE OS CLUBES PELA SERTEDADE DA MODALIDADE !!!!!

Cumprimentos,
O visionario

Anónimo disse...

Obrigado ao grande treinador luis Santana do Boa-Hora por meter o pedro Sequeira magoado pois jogou 15 minutos contra o belenenses pois com esta lesao deve estar a pedir mais um estrangeiro ao presidente Jose Ramos.
Bom derbi como ja nao se via ha muito tempo , penso que o resultado justo seria um empate mas ganhou o treinador com mais experiencia pois viu se no ultimo lance do jogo Florencio deixou a morte o ponta direita .
Bela casa que o Boa-Hora fez cada entrada a 5,00 euros parte negativa foi nao haver policia (pois isso custa dinheiro e o presidente nao quer gastar) e um jogador do belenenses Diogo Domingos que nao estava inscrito no jogo a saltar a vedacao para ir agredir um jogador do Boa-Hora .

Anónimo disse...

Anónimo disse...

O Actual Vice Pres. do Andebol portista Dr. Adelino Caldeira tem um Curriculum fantástico no andebol!
Afastou 3 treinadores campeões nacionais porque qu3em sabe e manda é Ele! a saber Paulo Pereira, Carlos Resende e L. Obradovic e foi responsável pela o actual treinador e adjunto!
Reflectir!

4 de setembro de 2017 às 11:21

FALTOU A ESTA NOTICIA QUE DR. ADELINO CALDEIRA TAMBÉM MANDOU EMBORA O RICARDO COSTA ,mas o problema dele é a guerra em que se meteu com o Pres. do Sporting Bruno de Carvalho que lhe está a comer os títulos! e jogadores Tiago rocha!

Anónimo disse...

Basta consultarem a lista dos treinadores da EHF para saberem que o Treinador do meu Porto é Master Coach!! Só falta o IPDJ dar a TPTD para ele poder ser treinador em Portugal! Não vejam casos onde eles não existem! Força Porto!!!

Anónimo disse...

Tiago Rocha? Sabem quanto se ganha em campeonatos profissionais e andando na Europa? Longe vão os tempos onde o Porto fazia dinheiro no futebol e dava para as modalidades benefeciarem! Os tempos em que por exemplo o Fernando Gomes pr. da câmara do Porto, trafulhava e até se chegou ao ponto de aquando do Euro não haver verba para habitação social...acabaram! Agra é adm. na SAD-Porto! O POrto foi de longe quem melhor andou em palcos europeus e ainda agora, com o ABC teve quase dois mil no Dragão. O mistério...está aqui! Como consegue o Sporting-Bruno ter tanto dinheiro? Se no hóquei jogam em Alverca e no andebol jogaram em dez pavilhões que, estão sempre vazios...façamos contas! E é no andebol e no Hóquei e ainda no futebol femenino, volleibal e mais coisas! A seu tempo... tudo se vai saber!
O desporto em Portugal é um mundo de trapaças!

Anónimo disse...

Em Resposta ao anónimo com o comentário de dia 6, se não sabe informe-se, em vez de vir para aqui levantar suspeitas infundadas.
É tão simples, as cotas pagas pelos sócios do Sporting Clube de Portugal, vão na sua totalidade para pagar as despesas das modalidades ditas amadoras. Isso ficou decidido numa das ultimas assembleias de sócios do clube.
Mais o Futebol do clube, é todo gerido pela SAD, e esta tem de gerar dinheiro para poder pagar os ordenados do plantel, isso implica, gamesboxs, patrocinios, vendas e compras de jogadores.
Por isso antes de falar seja o que for informe-se primeiro. Boa noite.