gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

domingo, 1 de dezembro de 2019

Crónica de Fim-de-semana – 11 – 2019 / 2020 – II


A habitual crónica, dedicada á PO02, constituída por 3 Zonas.

Apuram-se para a Fase Final do Grupo A, a que dá acesso á 1.ª Divisão os 3 primeiros classificados de cada Zona, que transportam os resultados e pontos nos jogos entre si na 1.ª fase, não voltando a defrontar-se na Fase Final, que será disputada no sistema de TxT a duas voltas. Os 2 primeiros classificados da Fase Final ascendem ao Andebol 1.

PO02 – Campeonato Nacional da 2.ª Divisão Seniores Masculinos.

1.ª Fase

Zona 1
11.ª Jornada
Dia 27-11-19
AC Fafe 29 - 33 Xico Andebol
Dia 29-11-19
FC Porto B 24 - 23 Arsenal
Modicus - CA Penafiel (N/completado)
Dia 30-11-19
CD Feirense 25 - 28 Póvoa AC
SP. Oleiros 26 - 30 GC Santo Tirso

Jornada, onde se verificou a interrupção de um dos encontros, (Modicus / CA Penafiel), que foi remarcado para 11-12-19, quando o resultado era 10-9 a favor do Modicus. Fora este acontecimento, verificou-se que em todos os restantes encontros, foram confirmados os resultados ocorridos na jornada homóloga da 1.ª volta, verificando que as assistências em alguns dos encontros, foi bastante razoável, sendo igualmente disputada sem o registo de ocorrências disciplinares. No principal encontro da jornada (na nossa opinião), o AC Fafe / Xico Andebol, terminou com a vitória da equipa de Guimarães por 33-29, num encontro em que já vencia ao intervalo, e com o AC Fafe a sofrer a sua terceira derrota consecutiva, e embora ainda não esteja hipotecada a sua candidatura à Fase Final, começa a tornar-se cada vez mais difícil. O Xico Andebol, reforçou a sua candidatura, mantendo-se no 2.º lugar da tabela classificativa, que continua a ser comanda pelo Póvoa AC, que nesta jornada foi vencer o CD Feirense, num encontro de algum equilíbrio como se verifica pelo resultado final e que ao intervalo lhe era favorável por 15-10. O encontro com o resultado mais equilibrado da jornada, realizou-se no Dragão Arena, e foi o FC Porto B / Arsenal, que o Arsenal vencia ao intervalo por 14-13. Com esta vitória o FC Porto B, mantêm-se no 3.º lugar da classificação, com a equipa do Arsenal a ficar igualmente no mesmo lugar, mas longe dos lugares de possível apuramento para a Fase Final. No SP. Oleiros / GC Clube Santo Tirso, tivemos uma nova vitória do GC Santo Tirso, num jogo sempre bem disputado e que já vencia ao intervalo por 15-14, com esta vitória a equipa de Santo Tirso, igualou o AC Fafe em termos pontuais, na tabela classificativa, e começa a ser um dos candidatos a uma possível discussão pelos lugares de apuramento.

Classificação, após estes encontros – 1.º Póvoa AC (21 pontos), 2.º Xico Andebol (27 pontos), 3.º FC Porto B (26 pontos), 4.º GC Santo Tirso e AC Fafe (24 pontos), 6.º Modicus (-1 jogo) (19 pontos), 7.º Arsenal (18 pontos), 8.º CD Feirense (17 pontos), 9.º CA Penafiel (-1 jogo), e SP. Oleiros (15 pontos).

Zona 2
11.ª Jornada
Dia 30-11-19
Juventude Lis 26 - 26 AD Sanjoanense
ADC Benavente 26 - 26 AC Sismaria
CD Marienses 23 - 36 São Bernardo
Alavarium 28 - 25 Estarreja AC # 14/14 SD 50
CD Mafra 28 - 31 AD Albicastrense

Zona que foi disputada a jornada completa, e sem registar ocorrências disciplinares, e com assistências bastantes fracas na nossa opinião, verificando-se duas inversões de pavilhão (Juventude Lis / AD Sanjoanense, e ADC Benavente / AC Sismaria), destacando-se ainda o facto de apenas em dois encontros se ter verificado a conformação do resultados ocorridos na 1.ª volta. Um dos resultados onde se conformou o resultado da 1.ª volta foi no CD Marienses / São Bernardo, onde a equipa continental voltou a vencer, num jogo onde praticamente comandou o jogo e o marcador durante os 60 minutos, chegando ao intervalo já na frente do marcador por 20-14, com esta vitória, mantêm o 2.º lugar da tabela classificativa, mantendo-se como uma das favoritas ao apuramento para a Fase Final. O outro encontro que onde se confirmou o resultado da 1.ª volta foi no CD Mafra / AD Albicastrense, «que terminou com a vitória da equipa de Castelo Branco, que se mantém no mesmo lugar na tabela classificativa, enquanto CD Mafra, continua a ser a única equipa que apenas regista derrotas até ao momento nesta Fase da Prova. Verificaram-se duas igualdades, precisamente nos jogos onde se verificou a inversão de pavilhão, e curiosamente, envolvendo ambos equipas da AA Leiria, no Juventude Lis / AD Sanjoanense, disputada no municipal de Travessas, a Juventude obteve uma excelente igualdade num encontro onde ao intervalo vencia por um surpreendente 16-11, com esta igualdade a equipa de Leiria, mantêm o mesmo lugar na tabela classificativa, e a AD Sanjoanense, viu-se aproximar-se em termos pontuais o seu mais directo adversário (São Bernardo), continuando a comandar a classificação na Zona. Em Gândara, disputou-se o ADC Benavente / AC Sismaria, que terminou também com uma igualdade, e pelo mesmo número de golos (26), num encontro onde o ADC Benavente vencia ao intervalo por 14-13, o que diz bem do equilíbrio e da entrega ao jogo de todos os intervenientes, com este resultado ambos os conjuntos mantiveram as classificações distantes (em nossa opinião) dos lugares de discussão de apuramento para a Fase Final. No pavilhão do Alavarium, disputou-se o Alavarium / Estarreja AC, que terminou com a vitória da equipa da casa, que está a realizar uma prova acima das expectativas, e com esta vitória, num jogo de forte equilíbrio, conforme demonstra o resultado ao intervalo (igualdade a 14 golos), as duas equipas igualaram-se em termos pontuais na tabela classificativa.

Classificação, após estes encontros – 1.º AD Sanjoanense (30 pontos), 2.º São Bernardo (29 pontos), 3.º Estarreja AC, e 4.º Alavarium (25 pontos), 5.º AD Albicastrense (24 pontos), 6.º Juventude Lis (22 pontos), 7.º ADC Benavente (21 pontos), 8.º CD Marienses (17 pontos), 9.º AC Sismaria (16 pontos), 10.º CD Mafra (11 pontos).

Zona 3
11.ª Jornada
30-11-19
Alto Moinho 29 - 28 Sporting B
Lagoa AC 33 - 20 Zona Azul
Marítimo 35 - 25 CDE Camões
1.º Dezembro 26 - 31 CF Sassoeiros
Vela Tavira 29 - 31 Almada AC

Zona onde se disputaram todos os encontros, não se registando resultados inesperados, mas sim onde alguns vencedores passaram por algumas dificuldades inesperadas, felizmente com uma forte melhoria nas assistências, numa jornada onde foram confirmados quatro dos resultados verificados na 1.ª volta da prova, sendo disputada com ocorrências disciplinares. No Alto Moinho / Sporting B, um dos encontro disputado com maior equilíbrio, onde o Sporting B, vencia ao intervalo por 15-14, mas que face à forte oposição do Alto Moinho, que soube dar a volta ao resultado e terminou como vencedor pela diferença mínima, com esta vitória, manteve-se no 1.º lugar da classificação em igualdade dom o Almada AC, que foi vencer o Vela Tavira, igualmente num encontro de grande equilíbrio, e onde a equipa do Almada AC, encontro algumas dificuldades inesperadas, pois vencia ao intervalo por 17-16, e com esta vitória continua a ser uma das forte candidatas ao apuramento da Zona para a Fase Final, a outra equipa que se encontrava em lugar de discussão de um lugar para a Fase Final o CDE Camões, foi amplamente derrotada pelo Marítimo, (jogo com ocorrências disciplinares), que ao intervalo já vencia por 17-9, e assim rectificou o resultado verificado na 1.ª volta, com este resultado a equipa do CDE Camões foi ultrapassada pelo CF Sassoeiros, que foi vencer o 1.º Dezembro na condição de visitante, em mais um jogo de forte equilíbrio, como nos diz o resultado que se verificava ao intervalo (igualdade a 13 golos), e que com esta vitória se mantêm na discussão pelos lugares de apuramento na zona. Em Lagoa, tivemos o Lagoa AC / Zona Azul, que foi um dos encontros onde foi alterado o resultado ocorrido na jornada homóloga da 1.ª volta, e que desta vez terminou com a vitória clara da equipa local, que ao intervalo já vencia por 14-10. Com este resultado o Lagoa AC trocou de posição com o Zona Azul na tabela classificativa.

Classificação, após estes encontros – 1.º Almada AC, Alto Moinho (28 pontos), 3.º CF Sassoeiros (27 pontos), 4.º CDE Camões (26 pontos), 5.º Sporting B (25 pontos), 6.º Marítimo (22 pontos), 7.º Lagoa AC (18 pontos), 8.º Zona Azul (17 pontos), 9.º 1.º Dezembro (15 pontos), 10.º Vela Tavira (14 pontos).

O Banhadas Andebol

5 comentários:

Anónimo disse...

Mais uma semana passou e nada de castigo à Juve por usar um jogador castigado.
A Federação ter medo da Presidente dá nisto. E ainda se queixam.

Anónimo disse...

Quem anda assustado????

Anónimo disse...

É de lamentar o que aconteceu no pavilhão do Alavarium, assumo desde ja que sou adepto do EAC, ainda da era QUIMIGAL, ja vi muitas centenas de jogos! O que aconteceu no sabado passado nao evolui, nem engrandece o andebol nacional, refiro me não só á prestação da dupla de arbitros, quer da postura do treinador da equipa da casa, pis parece que quanto mais velho, mais prepotente, a humildade deveria imperar, mas, infelizmente não, o estarreja foi claramente abalroado pela dupla de arbitragem, estando tambem animicamente abalado com o episodio do ultimo jogo, aproveitando assim a dupla de arbitragem para condicionar o jogo do estarreja, sendo que as exclusoes todas que o alavarium teve foram nos ultimos 7 minutos da 2 parte, pois quem olha para a ficha de jogo vê um equilibrio, equilibrio esse que foi furjado, é enganador, o Alavarium nunca jogaria com 6 jogadores de frente, pois em todas as ações defensivas teria sempre alguem excluido, mas os cristerios so estavam a ser impostos para um dos lados, não dizendo que todas as exclusoes que o EAC teve foram mal dadas, muito pelo contrario, apenas não houve igualdade de criterios! é ridiculo quando 3 equipas da região de aveiro se encontram e em vez de mostrar a grandeza do andebol em aveiro, mostra a podridão que assombra por cá, quando há interesses, o ALAVrium tem claramente uma equipa inferior ao estarreja, esta de facto a fazer um bom trabalho, agora custame a crer que seja a custa do seu treinador, pois pelo que vi no sabado percebem se as vitorias!!!


Um bem haja a todos os amantes da modalidade!

Anónimo disse...

O Alavarium é sempre levado ao colo pelos árbitros. Tem ligações à arbitragem muito fortes como de resto o EAC também tem. O bom trabalho do ALA tem nome e rosto EB. O outro sempre foi um arruaceiro cujo comportamento sempre foi questionável. Tenho dito

Anónimo disse...

Quem é o Alavarium? No sabado foi um degredo para o andebol/associação de aveiro! É de lamentar...