gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

terça-feira, 17 de dezembro de 2019

Crónica de Fim-de-semana – 12 – 2019 / 2020 – IV


Crónicas de fim-de-semana dedicada à PO04, que esta época sofreu fortes alterações, em especial no que diz respeito à disputa da 2.ª Fase, conforme já dissemos, mantendo-se a 1.ª Fase estável no seu modelo competitivo.

São directamente aprovados para a Fase Final as 3 primeiras classificadas em cada zona da 1.ª Fase. 

PO04 – Campeonato Nacional 1.ª Divisão (sub-18) Juniores Masculinos
1.ª Fase

Zona 1
12.ª Jornada
Dia 15-12-19
CD Feirense 25 - 37 FC Gaia
AD Sanjoanense 24 - 27 Águas Santas
ABC 24 - 19 Boavista FC
CP Natação 16 - 36 FC Porto
Xico Andebol 26 - 25 BECA

Jornada realizada sem surpresas, e com dois encontros a apresentarem resultados, diferentes dos ocorridos na jornada homóloga da 1.ª volta. Nesta jornada verificou ainda um encontro onde se registaram ocorrências disciplinares. No CD Feirense / FC Gaia (Jogo com ocorrências disciplinares), tivemos 30 minutos de relativo equilíbrio, com o intervalo a chegar já com o FC Gaia na frente do marcador por 19-17, ampliando significativamente a diferença no segundo tempo, sendo este um dos resultados diferenciados em relação ao verificado na 1.ª volta. Pedro Sousa com 11 golos, e Eduardo Rocha com 6 golos, foram os melhores marcadores do CD Feirense, por seu lado o FC Gaia com 10 jogadores a marcarem golos, Francisco Costa com 12 golos, foi o seu principal marcador. Com esta vitória o FC Gaia mantêm-se juntamente como Águas Santas por exemplo na discussão por um dos lugares de apuramento. No municipal das Travessas, tivemos mais um encontro de grande equilíbrio, com o Águas Santas, a chegar ao intervalo na frente do marcador pela diferença mínima (12-11), só consolidando a sua vitória nos segundos 30 minutos. António Deville com 8 golos, e Guilherme Silva com 7 golos, foram os melhores marcadores da AD Sanjoanense, enquanto, João Gomes com 7 golos, e Bruno Lopes com 5 golos, foram os melhores marcadores dos maiatos, que continuam a lutar por um lugar na Fase Final. No ABC / Boavista FC, a equipa visitada comandou o jogo na sua totalidade chegando ao intervalo a vencer de forma confortável por 12-6, para no segundo tempo controlar o jogo e o marcador, com esta vitória o ABC continua a ser um dos principais favoritos ao apuramento para a Fase Final, enquanto o Boavista FC, ainda não esteja completamente afastado, começa a ver o mesmo cada vez mais difícil. Nuno Vieira com 8 golos, e Pedro Castro com 6 golos, foram os melhores marcadores do ABC, com Gustavo Marques, e Gonçalo Coelho, ambos com 6 golos, a serem os melhores marcadores do Boavista FC. No resultado mais dilatado da jornada o FC Porto venceu o CP Natação, com o resultado ao intervalo a ser já favorável ao FC Porto por uns esclarecedores 18-9. Com esta vitória o FC Porto, mantêm-se isolado no comando da zona, com o CP Natação a ser a única da zona, que regista apenas derrotas. João Coelho com 5 golos, foi o melhor marcador do CP Natação, no FC Porto onde 11 jogadores marcaram golos, Tomás Abreu, Rúben Santos, e Fábio Silva, todos com 6 golos, foram os seus principais marcadores. O encontro da jornada, que terminou com o resultado mais equilibrado, foi o Xico Andebol / BECA, mas ao intervalo a equipa de Guimarães, já vencia por 16-10, permitindo que o BECA, com uma excelente reacção, reduzisse a desvantagem no segundo tempo até á diferença mínima, sendo este um dos resultados diferente do que se verificou na 1.ª volta. João Torres, com 10 golos, Diogo Teixeira, e João Leite, ambos com 5 golos, foram os melhores marcadores do Xico Andebol, João Pires com 6 golos, e Nelson Alves com 5 golos, foram os melhores marcadores do BECA.

Classificação, após estes encontros – 1.º FC Porto (34 pontos), 2.º ABC (32 pontos), 3.º FC Gaia, e Águas Santas (29 pontos), 5.º Boavista FC (26 pontos), 6.º Xico Andebol (23 pontos), 7.º BECA (21 pontos), 8.º CD Feirense (18 pontos), 9.º AD Sanjoanense (16 pontos), 10.º CP Natação (12 pontos).

Zona 2
12.ª Jornada
Dia 15-12-19
Alto Moinho 28 - 24 Ginásio Sul
Vitória FC 41 - 22 ADC Benavente
Alavarium 27 - 25 Belenenses
Sporting 30 - 27 Benfica
São Bernardo 31 - 27 AA Avanca

Nesta Zona, verificou-se em três jogos resultados diferentes da jornada homóloga da 1.ª volta, verificando-se ainda ocorrências disciplinares em dois encontros. E encerou ainda a curiosidade de se verificar a vitória de todas as equipas que jogaram como visitadas, e nesta zona, verificaram-se algumas surpresas. O principal encontro da jornada na nossa opinião foi um dos clássicos da modalidade o Sporting / Benfica, que terminou com a vitória do Sporting, e assim foi um dos resultados diferenciados da jornada homologa da 1.ª volta. Com este resultado o Benfica sofre a sua primeira derrota nesta fase da prova, num encontro onde praticamente o Sporting, comandou o jogo e o marcador, e chegou ao intervalo a vencer por 15-12, precisamente a mesma diferença que se registou no final do encontro. Duarte Seixas com 12 golos, e Miguel Loureço com 5 golos, foram os melhores marcadores do Sporting, com Daniel Neves com 9 golos, e Fábio Ramos com 5 golos, a serem os melhores marcadores do Benfica. Mas a grande surpresa da jornada (na nossa opinião), ocorreu no Alavarium / Belenenses (jogo com ocorrências disciplinares), encontro que terminou com a vitória do Alavarium, num encontro de grande equilíbrio, e que registava ao intervalo uma igualdade a 13 golos, com a equipa local a vencer o encontro apenas no segundo tempo, e foi ainda um dos resultados diferenciados do ocorrido na 1.ª volta. Com este resultado a equipa do Belenenses continua na plena discussão pelos lugares de apuramento, agora em igualdade pontual com o Sporting, Jorge Crespo com 7 golos, Miguel Brandão e Ricardo Brandão, ambos com 5 golos, foram os melhores marcadores do Alavarium, Tomas Gonzalez com 6 golos, foi o melhor marcador do Belenenses. O encontro com o resultado mais dilatado da jornada foi o Vitória FC / ADC Benavente (jogo com ocorrências disciplinares), que terminou com a vitória da equipa visitada, que desta forma, registou a sua primeira vitória na prova até ao momento, e que ao intervalo já registava um resultado favorável à equipa da casa por 21-9, terminando com diferencial inesperado (na nossa opinião), terminando com 16 exclusões, e 1 desqualificação. No Vitória FC, com 11 jogadores a marcarem golos, Ricardo Raposo com 11 golos, foi o seu principal marcador, o ADC Benavente que teve os mesmos 11 jogadores a marcarem golos, mas com o seu principal marcador a não ultrapassar os 4 golos. Um encontro equilibrado foi o Alto Moinho / Ginásio Sul, que terminou com a vitória do Alto Moinho, que já vencia ao intervalo por 14-12, consolidando a sua vitória no segundo tempo, com esta vitória a equipa do Alto Moinho, mantém esperanças na discussão por um dos lugares de apuramento. Relembrar que este encontro foi disputado no pavilhão do Ginásio Sul, em mais uma inversão de pavilhão. O Alto Moinho com 10 jogadores a marcarem golos, teve em Ricardo Marques com 12 golos, o seu principal marcador. Pedro Carvalho com 7 golos, foi o melhor marcador do Ginásio Sul. No São Bernardo / AA Avanca, que terminou com a difícil vitória do São Bernardo, que ao intervalo perdia por 15-13, tendo que dar tudo e mais alguma coisa para dar a volta ao resultado, e terminar como vencedor, continuando assim na discussão pelos lugares de apuramento para a fase final. David Gomes com 10 golos, e Gustavo Freire com 8 golos, foram os melhores marcadores do São Bernardo, enquanto Edi Vicente com 6 golos, Heitor Trettel, e Eduardo Oliveira, ambos com 5 golos, foram os melhores marcadores da AA Avanca.

Classificação, após estes encontros – 1.º Benfica A (33 pontos), 2.º Belenenses, e Sporting (31 pontos), 4.º São Bernardo (29 pontos), 5.º Alto Moinho (24 pontos), 6.º Alavarium (23 pontos), 7.º AA Avanca (22 pontos), 8.º Ginásio Sul (19 pontos), 9.º Vitória FC, e ADC Benavente (14 pontos).

O Noticias

Sem comentários: