gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

Crónica de Fim-de-semana – 32 – 2019 / 2020 – I

Crónica de fim-de-semana, relativa aos jogos da 17.ª Jornada que se disputaram, relativos ao Andebol 1.

PO01 – Campeonato PLACARD Andebol 1 (1.ª Divisão Seniores Masculinos).

1.ª Fase
15.ª Jornada
Dia 18-01-19
Boa Hora – AA Avanca
17.ª Jornada
Dia 11-12-19
Ismai 28 - 29 Madeira SAD SD
Benfica 38 - 26 AA Avanca
Boa Hora 18 - 28 Águas Santas
Boavista FC 26 - 26 Vitória FC
FC Porto 35 – 29 Belenenses
ABC 22 – 26 Sporting
SC Horta 23 – 26 FC Gaia

Em mais uma semana com duas jornadas, disputaram-se os encontros relativos à 17.ª Jornada, onde tivemos a realização de um dos clássicos da prova o (ABC / Sporting), não se registando qualquer surpresa, registe-se no entanto que em três encontro tivemos alteração dos resultados em relação à jornada homóloga da 1.ª volta, e que a mesma foi disputada sem o registo de ocorrências disciplinares. Lamentável o relatório da estatística do ABC / Sporting, e falta de fecho do boletim Boa Hora / AA Avanca. Voltamos no entanto a realizar uma crítica ao calendário da prova, pois a sequência de jogos é tal que inevitavelmente se estão a criar situações, que em nossa opinião poderão prejudicar a Selecção Nacional, não só devido a possíveis lesões, como a forte carga competitiva, que os atletas levam para o Europeu.

Ismai 28 – 29 Madeira SAD

Jogo disputado no Pavilhão do Funchal por inversão do Pavilhão e que foi um dos resultados da jornada rectificado em relação ao verificado na 1.ª volta. Num pavilhão que não de apresentou com a sua normal moldura humana, para assistir a um jogo de grande equilíbrio, c com diversas igualdades a verificarem durante o encontro, embora a equipa insular, tenha na maior parte das vezes estado na frente do marcador, com António Campos (23% de eficácia) e Pedro Peneda (5 golos, 63% de eficácia), excepcionalmente bem acompanhados por Elledy Semedo (9 golos, 75% de eficácia, 4 em 4 de 7 metros), realizado boas exibições, e sendo em especial através destes jogadores e a espaços por Elias António (5 golos, 63% de eficácia), que o Madeira SAD foi construindo a sua vitória, depois de uma igualdade a 6 golos aos 11 minutos, o Madeira SAD chega ao intervalo a vencer por 15-13, com Hugo Santos (1 golo, 100% de eficácia, 1 em 1 de 7 metros) na equipa maiata a lesionar-se nos primeiros minutos e a não dar mais o seu contributo à equipa, para agravar a situação dos pontas directos do Ismai, Ricardo Mourão (5 golos, 100% de eficácia, 3 em 3 de 7 metros), é desqualificado aos 34 minutos de jogo, quando se registava uma igualdade a 16 golos, após uma excelente entrada em jogo no segundo tempo do Ismai, que iguala o marcador pela última vez aos 49 minutos a 23 golos, as faltas técnicas cometidas pela equipa do Ismai, levou a eu o Madeira SAD, ficasse na frente do marcador por 28-25, apesar da prestação de André Azevedo (7 golos, 54% de eficácia, 1 em 2 de 7 metros), e da boa prestação competitiva de João Carvalho (4 golos, 100% de eficácia), e não fosse o comportamento de Délcio Pina aos 58 minutos, que levou a uma exclusão completamente escusada, prejudicando a sua equipa, com o Ismai a reduzir para a diferença mínima, mos momentos finais do encontro. Dirigiu o encontro a dupla da Madeira, constituída por Hugo Fernandes e Gonçalo Aveiro, que apenas na nossa opinião foi excessiva na desqualificação de Ricardo Mourão e por vezes na sanção progressiva não teve princípios de equidade, pois no resto nada se lhes pode apontar.

FC Porto 35 – 29 Belenenses

No Dragão Arena, composto, com serie de equipas dos escalões de formação de equipas da zona, assistimos a encontro descontraído com bons momentos de andebol, apesar das diversas ausências verificadas na equipa do FC Porto, como por exemplo António Areia, Alexis Borges, Rui Silva, entre outras, o Belenenses, uma equipa que pratica bom andebol, entrou bem no jogo e aos 3 minutos vencia por 3-0, mantendo-se na frente do marcador até aos 11 minutos (6-5), mas o FC Porto, com Diogo Branquinho em grande forma (10 golos, 100% de eficácia, 2 em 2 de 7 metros), passa para a frente do marcador, com o Belenenses a voltar a igualar aos 17 minutos a 8 golos, para de imediato o FC Porto assumir em definitivo comando do jogo e do marcador, apesar da boa prestação de Roney Franzini (25% de eficácia) na baliza do Belenenses, em especial nos primeiros 30 minutos, o FC Porto, igualmente com Mbengue (5 golos, 63% de eficácia), e aproveitando a fragilidade do lado esquerdo da defesa do Belenenses, chega ao intervalo a vencer por 18-14. No segundo tempo o FC Porto, começou a criar distâncias irrecuperáveis, tendo o Belenenses já Diogo Valério (23% de eficácia) na baliza, com o FC Porto a trocar também de guarda-redes, pois Alfredo Quintana (21% de eficácia), no primeiro tempo foi substituído por Thomas Bauer (apenas 13% de eficácia), mas os erros técnicos cometido pela equipa do Belenenses, aliado ao poder de 1.ª linha e do bloco central quando a defender do FC Porto, chega aos 50 minutos com 9 golos de vantagem (30-21), para depois entramos em período de descompressão e permitir que o Belenenses atenuasse a diferença final, com Diogo Domingos (6 golos, 86% de eficácia), e André Alves (5 golos, 71% de eficácia, 2 em 3 de 7 metros), a serem os principais culpados desta ligeira reacção. Ambas as equipas rodarem os seus jogadores de tal forma que no FC Porto, 11 jogadores marcassem golos, com 12 jogadores a marcarem golos, na equipa do Belenenses, que na nossa opinião quebrou em definitivo, quando o FC Porto, começou a usar a sua habitual táctica de 7 jogadores de campo quando se encontrava no ataque (cerca dos 36 minutos). Com esta vitória o FC Porto, mantém-se na frente da classificação sem derrotas, juntamente com o Sporting. Dirigiu este encontro a dupla internacional feminina do Porto, constituída por Marta Sá e Vânia São, que estiveram quase bem pois perderam-se em excessos de zelo na sanção progressiva nos momentos finais do encontro.  

(rectificação)
Levados em erro, vimos rectificar esta crónica a bem da verdade, pois não temos qualquer receio em emendar o que está mal. No Pavilhão Flavio Sá Leite, realizou-se na nossa opinião o mais importante encontro da jornada, o ABC / Sporting, que tal como na primeira volta terminou com a vitória da equipa do Sporting, depois de uns primeiros minutos de equilíbrio, até a igualdade a 8 golos, que se verificava cercados 8 minutos jogo, para de imediato o sporting, passar para a frente do marcador chegando ao intervalo a vencer por 16-11. No segundo tempo continuou a comandar o jogo, mas permitiu uma notável reacção do ABC com Hugo Rocha a igualar o marcador a 19 golo, e só depois desta igualdade alicerçada em jogadores com a experiencia e garra de Hugo Rocha, e o marcador chegado a ter 9 golos de vantagem quando vencia por 22-13, ou 23-14, por exemplo, para depois entrar em modo de gestão permitiu uma extraordinária e positiva reacção do ABC, com o Sporting a acordar, terminando o encontro na frente do marcador. Hugo Rocha com 8 golos (100% de eficácia, 2 em 2 de 7 metros) foi o melhor marcador da equipa do ABC, onde juntamente com outro experiente jogador na baliza Humberto Gomes que chegou aos 40% de eficácia), e a grande figura do encontro, no Sporting, tivemos Carol com 7 golos (50% de eficácia), e Valentin Ghionea com 5 golos (63% de eficácia, 0 em 1 de 7 metros), como melhores marcadores, enquanto Cudic (19% de eficácia), e Manuel Gaspar (17% de eficácia) «, estiveram abaixo do que normalmente produzem. Com esta vitória o Sporting, continua juntamente com o FC Porto, a comandar a classificação, ambos sem derrotas.

No Municipal de Pedrouços, disputou-se o Boavista FC / Vitória FC, encontro que terminou numa igualdade, conseguida pela equipa do Bessa, nos últimos momentos do encontro, e assim tivemos mais um resultado diferenciado do verificado na jornada homóloga na 1.ª volta, e voltamos a ter um Vitória FC, a demonstra alguma subida de rendimento, e que a resistência dada ao FC Porto na jornada anterior, não foi por acaso. Neste jogo que foi disputado com grande equilíbrio, e com duas partes distintas, na primeira metade a pouca superioridade existente foi o do Boavista FC, que chegou ao intervalo a vencer por 12-11, no segundo tempo tudo se alterou e o Vitória FC, chegou a comandar o marcador com 5 golos de vantagem (20-15) aos 43 minutos de jogo, para a equipa visitada, aproveitar bem as superioridades numéricas de que dispôs, e com um parcial de 3-0 nos 2 minutos finais, chega à igualdade. Gustavo Marques com 7 golos (88% de eficácia) foi o melhor marcador do Boavista FC, onde Cláudio Silva na baliza, chegou aos 35% de eficácia, no Vitória FC, onde 10 jogadores marcaram golos, Gonçalo cunha com 7 golos (88% de eficácia), foi o seu principal marcador, com Alexandre Moura (35% de eficácia) e Alan Lima (32% de eficácia), a terem uma prestação positiva na baliza.

No pavilhão Fernando Tavares, disputou-se o Boa Hora / Águas Santas, que terminou com a clara vitória da equipa maiata, que assim rectificou o resultado a 1.ª volta. Foi um encontro praticamente de sentido único, coma equipa Boa Hora a perder o “gaz” inicial com que iniciou a prova, registando a sua 5.ª derrota consecutiva. Neste encontro o intervalo chegou com Águas Santas na frente do marcador por 12-6. No segundo tempo a equipa maiata foi controlando o jogo, e partir dos 45 minutos começou a dilatar o marcador para terminar com uma confortável vantagem no marcador. Salvador com 6 golos (50% de eficácia, 1 em 2 de 7 metros), foi o melhor marcador do Boa Hora, onde Miguel Moreira, não teve a sua normal eficácia, ficando pelos 27%, enquanto Tiago Cardoso, no pouco tempo que esteve em jogo, chegou aos 40% de eficácia, no Águas Santas, Pedro Cruz (64% de eficácia, 0 em 1 de 7 metros), e Francisco Fontes (70% de eficácia, 1 em 2 de 7 metros), ambos com 7 golos, foram os melhores marcadores da equipa, com Nuno Silva na baliza a chegar a uns excelentes 43% de eficácia.

Na Luz tivemos o Benfica / AA Avanca, num pavilhão quase sem público, para uma 1.ª Divisão, e este sim foi um encontro de único sentido durante os 60 minutos, com o Benfica a comandar o jogo e o marcador durante todo o tempo, de tal forma que passa o resultado de 11-8 aos 18 minutos para 15-8 aos 22 minutos após um parcial de 4-0, para chegar aos 10 golos de vantagem ainda nos primeiros 30 minutos ao chegar aos 20-10 aos 29 minutos. Para atingir o intervalo a vencer confortavelmente por 20-13. No segundo tempo, foi gerir a vantagem e controlar o jogo, gerindo o plantel, e na parte final ainda aumentar a sua vantagem, no Benfica onde 12 atletas concretizaram golos, com Davide Carvalho (78% de eficácia), e Petar (78% de eficácia, 1 em 2 de 7 metros), ambos com 7 golos a serem os seus principais marcadores, contando ainda com Miguel Espinha na baliza a realizar uma boa prestação desportiva, chegando aos 40% de eficácia, Na AA Avanca, com 10 jogadores a marcarem golos, Gualter Furtado (6 golos, 75% de eficácia, 1 em 1 de 7 metros), foi o seu melhor marcador, com Luís Silva na baliza atingir os 21% de eficácia.

A Jornada terminou com o jogo disputada no Pavilhão da Horta o SC Horta / FC Gaia, em mais um jogo onde foi confirmado o resultado da 1.ª volta, pois terminou com a vitória do FC Gaia, num encontro que teve duas partes distintas, uma com o SC Horta na frente do marcador até aos 25 minutos, altura em a equipa do Continente igualou a 10 golos, para o FC Gaia, passar depois para a frente do marcador, e chegar ao intervalo a vencer por 13-11. Nos segundos 30 minutos a equipa do FC Gaia, nunca perdeu o comando do marcador, chagando aos 7 golos de vantagem (26-19, por exemplo), aos 51 minutos, para permitir uma reacção positiva da equipa Insular, mas sem nunca perder o controlo do jogo e do marcador. Pedro Silva com 8 golos (67% de eficácia, 2 em 2 de 7 metros), e Miguel Gomes com 5 golos (63% de eficácia), fôramos melhores marcadores do SC Horta, que teve os seus homens de baliza, Lucas Santana e Haris Pleh com a mesma eficácia, 33%. No FC Gaia Marim Costa com 12 golos (71% de eficácia), foi o seu melhor marcador, e na baliza o seu principal guarda-redes foi Diogo Ribeiro com 43% de eficácia.

Classificação após a realização destes jogos – 1.º Sporting, e FC Porto (50 pontos), 3.º Benfica (43 pontos), 4.º Madeira SAD, e Belenenses (36 pontos), 6.º Águas Santas (35 pontos), 7.º FC Gaia, ABC, e Ismai (33 pontos), 10.º Boa Hora (-1 jogo), e AA Avanca (-1 ponto) (28 pontos), 12.º SC Horta (24 pontos) 13.º Boavista FC (23 pontos), 14.º Vitória FC (20 pontos). 

O Banhadas Andebol

30 comentários:

Luís Teles disse...

Que ABC SCP viram? 9 golos de vantagem...o jogo esteve empatado 19-19. Lamentável crônica!

Anónimo disse...

quero ver aqueles que defendem o Delcio a justificar esta derrota

Unknown disse...

Boa Hora TIC TAC,TIC TAC.

Anónimo disse...

Pois mas ninguem na direçao do sp. horta ve que este treinador e fraco , ja se viu a epoca passada e esta a repetir nesta epoca novamente, sera que vai chegar janeiro e vamos gastar mais dinheiro em jogadores vindos do continente como a epoca passada para salvar o clube da descida, estao a espera de q para troca treinador? Esse senhor que disse no inicio da epoca que a equipa era melhor que o da epoca passada a final parece que nao esta acontecer , parece que esta epoca estamos bem piores , chega o lugar deste treinador e na formaçao do avanca

Anónimo disse...

Parabéns Alexandre Melo novo realizador do Titanic parte 2

Anónimo disse...

Quem vai descer? Quem vai ser o
grande vencedor? De resto este "Campeonato" nada tem pra ver!
Oxalá não hajam muitas lesões graves e, a nossa selecção faça uma gracinha!
Começaremos com a França a abrir , num grupo que ainda tem a Noruega actual Campeã do mundo!
Pra jà Gilberto e Areia estão impedidos. Há mais?

Anónimo disse...

Como insiste a FAP na nomeação de certas dupla de árbitros para a 1a divisão?! É com cada arbitragem vai lá vai... Talvez se recebessem tivessem melhores prestações,não??!!

Anónimo disse...

Talvez nem haja estranheza na não transmissão do clássico A.B.C.-Sporting... não é?
A Federação... ou o que quiserem chamar-lhe, está enevoada pelo Sporting!
Também não é estranho que esse clube que, sabemos ter dividas astronómicas, este ano reforçou Hóquei e Voleyball, assim como o Futsal e... Andebol! Como se não bastasse fundou do zero... o Basketball que, é um delírio do seu presidente Médico e Capitão Varandas! Donde vem tanto, tanto, dinheiro?! Incrível! Estamos em Portugal...
Abre os olhos Porto!

Anónimo disse...

O que se passou com o atleta Delcio Pina foi apenas a consequência do mal estar que vai no balneário,tudo bem que errou mas todos temos erros agora o que é mais do que evidente é a paz podre que este treinador cria
Porque não jogam os reforços Pimentel e Xavier não percebo como se contrata para não se utilizar ontem vi o jogo na Andebol Tv e nem saíram do banco mais do mesmo este Treinador tem de ir embora pois vai levar esta equipa ao fundo depois não digam que não avisei

Anónimo disse...

Convido os árbitros a faltarem à ação de reciclagem. Nao existe dinheiro para a arbitragem. Deixem de acreditar em promessas.

Anónimo disse...

Esta é das fortes ó anònimo de 12Dez pelas 16:16! Então e o Cashball? O Sporting paga tudo! A Foderação deixa andar enquanto houver euros que, talvez venham do céu! Levavam a vida a queixarem-se e, agora é um silêncio esquesito... Bem! Foram fundados por um sr que pedia dinheiro ao avô! Santinhos...

Anónimo disse...

Que é feito do "Camionista" do Boa Hora? Calou-se. Cinco derrotas seguidas já dá para o papagaio perder o piu.
Já nos vizinhos azuis é de estranhar que o "porteiro" e o notável não tenham dito nada da arbitragem abilidosa na primeira parte contra FC Porto é que na semana do jogo com o ABC estavam muito preocupados. Mas lá está como é com o FC Porto comem e calam.....

Anónimo disse...

Parem de falar do ismai e do treinador o homem não pode fazer nada sem ovos não se faz omoletes!
Mas alguém acredita que o João Pimentel e o Xavier deveriam jogar mais se os que lá estão são melhores muito melhores quanto ao Delcio falam e não sabem o que é ser jogador deixem mas é o treinador treinar e preocupem se com os vossos clubes

Anónimo disse...

Se for por aí também pode falar na situação do Benfica, onde têm uma grande equipa e não estão a apresentar o nível de andebol pretendido, vai dizer que Carlos Resende não é competente? As coisas nem sempre correm como são pretendidas, mesmo com bons planteis

Anónimo disse...

Em Portugal passasse de bestial a besta muito rápido. E enquanto que nos outros países se protegem aqui só tentam mandar abaixo em vez de ajudar. Nojo é o que sinto. O Boa Hora está a fazer um trabalho fantástico com todas as facadas que lá deixaram de um ano para o outro. E mais não posso dizer... Em prol do Andebol Português e não dos egos!

Anónimo disse...

Mas eu digo mesmo que o carlos resende nao e competente, foi campeao no porto e foi corrido alguma coisa é nao? foi campeao pelo ABC encomenda do federaçao ou ja nao se lembram do que se passou no ABC - BENFICA .
O bom jogador nao quer dizer que seja bom treinador e o Carlos vive do Andebol a custa do nome que criou como jogador porque como treinador e fraco

Anónimo disse...

LOOOL não sejas idiota... vais pagar do teu bolso a arbitragem ou já estás em campanha pras próximas eleições no CA em 2020?

Anónimo disse...

Porque será que co o F C Porto todos se calam? Pois... e não é só no Andebol! Era bom que as "forças vivas" no Minho e em particular em Braga, ajudassem o ABC que, até já foi Campeão Nacional em casa deles! Mas o dinheiro no país dos DEZ estádios novos é só para Foto bol! Politiquices...
Dá que pensar as diferenças entre Câmaras, não é? Curioso que o Rui Rio, o tal que era do Boavista e gostava era de corridas de carros... afrontou esses poderes e, diziam que ía caír! Afinal, ganhou a Câmara da cidade do Porto com maioria absoluta! outros nem com o caso dos arrumadores acabam... é o que temos!

Anónimo disse...

parem de ser perseguidores dos rivais e olhem pró todo! Mas se o nosso campeonato só tem dois pretendentes, então e alguns por essa Europa fora? Na França quantos anos seguidos O PSG domina? Em Espanha o Barcelona? Bom era ver o Benfica entregue em boas mãos e. o ABC e Belenenses a subirem mais, assim como o Madeira And! Mais equilibrio era muito bem vindo! Os clube devem convidar escolas para que, jovens venham ao andebol, em vez de ficarem no PC! Sejamos positivos e olhem bem para quantos dos nossos estão a jogar no estrangeiro! Aqui à uns anos não acontecia! Construam!

Anónimo disse...

Quando somos sabedores destes sarilhos financeiros da Arbitragem, somos levados a pensar que, se no futebol houve e há corrupção e nem com VAR, se resolve, o que será no Andebol? Se uns ganham tanto como engenheiros, então os que têm meses em atraso, andam aqui por amor ao Andebol? A Federação descarta-se e tudo passa! Afinal, o Casball que levou o Sporting para cima e, o Porto ao fundo existiu mesmo? Não admira que, hajam tantos a emigrar e que, o Sporting dê um único jogador para selecção!

Anónimo disse...

O Porto é a base da selecção nacional! Os que gozaram por termos deixado fugir Frade daqui ao pé do Porto estão a inventar! Temos Alexis, Salino e Iturriza e não vejo que algum seja inferior ao miudo!Embora com algum valor ainda tem muita sopa para comer. Na equipa falta mais um ponta esquerdo, de resto tudo bem!. Digam-me uma posição em que são melhores? Digam! Nós temos sempre dois que, fazem a posição e se complementam. Ex: C. Ruesga é bom e decisivo mas Rui e Martins fazem maravilhas, com estilos um pouco diferentes e, ganham menos que ele! Ganharam por dois num jogo que, correu bem e depois de defrontarmos colossos da Europa! Quando vemos o Sporting, aquilo é comida sem sal!

Anónimo disse...

Vamos ver quantos vão sair do AdaMaia agora em Janeiro provavelmente 3/4 destino Nuestros Hermanos

Anónimo disse...

Sou a exemplo de muitos, um dos que saíram do boa hora a época passada. A respeito do comentário sobre o boa hora em referência a época passada, gostava que a pessoa que fez esse comentário explicasse o que quer dizer, porque muito há para dizer. E que tivesse a coragem de se identificar, porque sob palavra de honra se o fizer eu próprio o farei também. Bora lá seja corajoso e não se esconda no seu fracasso.

Anónimo disse...

temos treinadores e jogadores, porque será que... não temos dirigentes?
Resposta mais fácil não há!
Dia 17 vem a convocatória para o Euro de Andebol, Suécia-Noruega-Austria.
Se não houver mais lesões ou qualquer conflito, estes estarão lá:
Quintana, Humberto, Alexis Borges, Daymaro Salina, Areia? Carlos Martins, Diogo Branquinho, Sérgio Barros, Ferraz, Jorge Silva, Fábio Magalhães, Martins, Rui Silva, Frade, André Gomes, Pedro Portela e Capdeville.
Quantos estão no estrangeiro? E quantos destes... vão sair? E temos três Luso\Cubanos!
Srs. dirigentes meditam nesta facto!

Anónimo disse...

Por mim gostava de saber se o Ferraz é para jogar ou andar a dormir em pé? Porque não o Salvador um bom suplente para o J Silva! Já agora Tiago Rocha que só anda a comer á grande do Sporting, andando a passo!

Anónimo disse...

Com Gilberto de fora entrará Grilo? Para o impedimento de Areia talvez Tito ou Davide, embora o titular seja P. Portela. Volta Figueira? Não temos muitos para jogar e, recuperar em pouco tempo sendo de qualidade. Não sonhem tanto alto.

Anónimo disse...

Quando vejo o que aqui vomitam alguns verifico nada aprender, C. Resende foi só um bom jogador? Então o que ganhou com o ABC? Não conta? Pois bom era ser ele o seleccionador! Acham o plantel do Benfica normal ou equilibrado?
È só Ensteins por aqui!
Ou será quem ainda não digeriu a saída\traição do Sporting para o Porto, onde veio a ser o melhor jogador de sempre? E acrescente-se Campeão como treinador sem equipa tão cara como hoje. Deixem as clubites!

Anónimo disse...

Há aqui quem ache que, pasme-se, não há dinheiro para a arbitragem! Haaaah!
Então mas alguém alargou? Quem? Os mesmos Madeirenses que roubaram o Sporting vergonhosamente dando, o 7º. título ao Porto, agora já não o fazem tal como outros...
Claro que o Porto tinha grande equipa, talvez a melhor mas,factos são factos! Basta ver o video, não é? O que o Cashball mudou é obra!!
Também houve um árbitro que era fanático Benfiquista mas, adorava apitar no Porto, "porque era muito bem recebido"!! A esposa dizia o mesmo!! E esta, hein?
E agora digam que o pobre e pequeno ABC é que controlava tudo através da associação de Braga, a mais poderosa!
A L C-Braga

Anónimo disse...

Para mim uma palavra MÁFIA

Anónimo disse...

Não pode haver duas verdades! Basta olharmos para a maneira como em surdina se escolheu a equipa técnica da principal selecção de Portugal e, notam-se os jogos sujos de poder do FCPorto!!! Agora já é o Sporting que não dá jogadores? Dantes dava metade e, o que ganhava? Nada! Ainda estamos em primeiro e com uma vitória no pav. adversário que, é assustador para algumas equipas! Não temos um único estrangeiro naturalizado ou, por apoio escondido da Federação da Ajuda, governada pelo Magalhães e outros que, andam á anos a construír reinados!
Ao Tri! Não somos duma região mas sim de Portugal inteiro!