gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

sábado, 1 de agosto de 2020

Retoma da actividade, após Covid-19 – Andebol - I


COMUNICADO CONJUNTO SOBRE A RETOMA DA ACTIVIDADE

Através de uma publicação no Portal da FAP, cerca das 22 horas de 31-07-20, tivemos conhecimento dos resultados da reunião, entre as cinco Federações (5), que compõem o chamado grupo das modalidades de pavilhão onde se encontrava incluído o Andebol, como não poderia deixar de ser, entre si, para analise e discussão da decisão tomada em Conselho de Ministros.

Tendo emitido o Comunicado que a seguir publicamos:
Conforme previsto tudo ficará dependente da DGS, emitirá a sua actualização à orientação 030/2020, onde serão estabelecidas as condições de verdadeira retoma da actividade.

No entanto questionamos conforme um dos nossos leitores já o fez, e se foram testes ao Covid 19, como serão realizados? E quem os pagará? E como será nos escalões de formação? E até nos quadros de arbitragem? E aqui estamos a incluir os CROM. Serão as já depauperadas modalidades as grandes sacrificadas do Desporto Nacional.

O Noticias

3 comentários:

Anónimo disse...

E COMO VÃO VIAJAR OS NOSSOS CLUBES NAS COMP EUROPEIAS? E COMO VAI SER COM OS QUE JOGAM NO ESTRANGEIRO, QUANDO VIEREM A ESTÁGIOS E JOGOS EM PORTUGAL?

Anónimo disse...

Possivelmente vão de avião, sei lá!

Anónimo disse...

Para quando vai a Federação anunciar que apoio financeiro vai dar aos clubes que tem equipas na primeira divisão masculina e feminina? Todos temos lido dos apoios internacionais que estão a chegar às federações e já vimos recentemente em outros países quais os montantes atribuídos, como por exemplo, na Dinamarca, Noruega, França, Alemanha, Suíça e por último em Espanha, numa situação totalmente às claras. Para quando vamos ter esses apoios? Ou vai ser só esmiuçar os clubes mais uma vez, com arbitragens fracas e caras, seguros caríssimos e, agora até uma nova bola oficial, para obrigar os clubes a gastarem o dinheiro que não tem...