gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

domingo, 22 de setembro de 2019

Crónica de Fim-de-semana – 01 – 2019 / 2020 – II


Iniciamos a nossas habituais crónicas, dedicadas á PO02, constituída por 3 Zonas.

Apuram-se para a Fase Final do Grupo A, a que dá acesso á 1.ª Divisão os 3 primeiros classificados de cada Zona, que transportam os resultados e pontos nos jogos entre si na 1.ª fase, não voltando a defrontar-se na Fase Final, que será disputada no sistema de TxT a duas voltas. Os 2 primeiros classificados da Fase Final ascendem ao Andebol 1.

PO02 – Campeonato Nacional da 2.ª Divisão Seniores Masculinos.

1.ª Fase

Zona 1
1.ª Jornada
Dia 21-09-19
CA Penafiel 28 - 28 Arsenal
SP. Oleiros 21 - 20 FC Porto B
AC Fafe 29 - 28 GC Santo Tirso
CD Feirense 21 - 18 Xico Andebol
Modicus 27 - 34 Póvoa AC

Jornada disputada sem adiamentos, sendo já por si um facto a salientar, e onde tivemos apenas dois resultados que se podem considerar como saindo fora da regra de grande equilíbrio com que os outros encontros foram disputados, o que nos faz prever, embora com a consciência de ser muito cedo para tal, mas o nosso prognóstico, vai para um forte equilíbrio na disputa dos lugares de apuramento. O resultado mais dilatado ocorreu no Modicus / Póvoa AC, embora ao intervalo o resultado que já era a favor do Póvoa AC (14-12), não fizesse prever uma dilatação final como a que se verificou, a vitória do CD Feirense sobre o Xico Andebol, não estaria provavelmente na previsão de muita gente, pois a equipa de Guimarães até vencia ao intervalo por 10-7. Os restantes 3 encontros foram totalmente disputados com grande equilíbrio, registando-se ao intervalo em todos eles, igualdades, e o CA Penafiel / Arsenal, acaba por terminar numa igualdade, e o SP. Oleiros vence o FC Porto B, pela diferença mínima, tal como o AC Fafe, diante o GC Santo Tirso. Jornada disputada, sem o registo de qualquer ocorrência disciplinar, e em alguns jogos registaram-se boas assistências, face à prova que está em causa.

Zona 2
1.ª Jornada
Dia 21-09-19
AC Sismaria 25 - 26 AD Sanjoanense
CD Mafra 21 - 29 Juventude Lis
Alavarium 31 - 32 AD Albicastrense
CD Marienses 31 - 32 Estarreja AC
ADC Benavente 26 - 25 São Bernardo

Mais uma Zona onde começamos sem adiamentos, o que é saudável, tal como na Zona 1, tivemos apenas um encontro com relatório disciplinar, no Alavarium / AD Albicastrense, que foi um dos encontros onde tivemos (na nossa opinião), uma das surpresas da jornada com a vitória da equipa de Castelo Branco Leiria que já vencia ao intervalo por 19-17, num encontro, em que o AD Albicastrense apresentou apenas 1 Oficial de equipa inscrito no boletim de jogo (Treinador), e onde se verificaram 10 exclusões no total acompanhadas por uma desqualificação directa. O encontro da zona que apresentou um bom número de espectadores, disputou-se nos Açores, e foi o CD Marienses / Estarreja AC, que foi disputado com total equilíbrio, e com diversa alterações no marcador, registando-se ao intervalo uma igualdade a 14 golos, terminando com a vitória da equipa Continental pela diferença mínima, e conseguida nos últimos momentos do encontro, em Benavente tivemos uma das possíveis surpresas da jornada com a vitória do da equipa local sobre o São Bernardo, igualmente pela diferença mínima e que também registava uma igualdade a 14 golos, ao intervalo, em Gândara realizou-se mais um encontro de grande equilíbrio (AC Sismaria / AD Sanjoanense), que terminou com a vitória da AD Sanjoanense, mais uma vez pela diferença mínima, que era precisamente a que se registava ao intervalo. O resultado mais desequilibrado verificou-se no CD Mafra / Juventude Lis, mas ao intervalo apesar da equipa visitante estar na frente do marcador (12-11), não era previsível a diferença final que se registou. Ou muito nos enganamos ou tal como na zona anterior iremos ter forte concorrência pelos lugares de apuramento à Fase Final.

Zona 3
1.ª Jornada
Dia 21-09-19
Zona Azul 21 - 27 Sporting B
Vela Tavira 26 - 29 Alto Moinho
1.º Dezembro 24 - 28 Almada AC
Lagoa AC 16 - 20 CDE Camões
Dia 29-09-19
Marítimo - CF Sassoeiros (17H15)

Única zona, onde se registou um adiamento, o que não permitiu que tivéssemos uma jornada nas 3 Zonas, sem jogos adiados, esperamos com toda a sinceridade que esta seja uma excepção e não uma das constantes da prova. Teremos de registar que foi a zona onde se registaram os resultados mais desequilibrados, mas registe-se o facto de não existirem ocorrências disciplinares, mas também foi a zona, onde o número de espectadores esteve abaixo do desejável, sendo a mais fraca de todas as zonas, com a curiosidade de se ter registado apenas vitórias das equipas visitantes, e onde na nossa opinião será a zona com menos equilíbrio entre as 3. Aparentemente os resultados podem parecer se registou algum equilíbrio, mas puro engano, por exemplo no Vela Tavira / Alto Moinho, foi um encontro sempre comandado pela equipa do Alto do moinho, que ao intervalo já vencia por 16-10, o mesmo se passou nos outros encontros, onde ao intervalo as equipas vencedoras, já se encontravam na frente do marcador, Zona Azul / Sporting B, onde o Sporting B, já vencia por 17-11, no 1.º Dezembro / Almada AC, com o Almada AC a vencer no meio tempo por 18-12, e no Lagoa AC / CDE Camões, que acaba por ser o mais equilibrado de todos, o CDE Camões, já vencia ao intervalo por 10-7.

O Banhadas Andebol

12 comentários:

Anónimo disse...

Andebol em Aveiro é de facto uma miséria.

Sao Bernardo, nao joga nada, dificuldades a atacar, uma defesa sofrivel ser desfeitiada de forma infantil
Alavarium ao mesmo nível da terceira divisão, com o central a destacar-se porque a defesa caia sempre na mesma finta sistematicamente.
Guarda redes do Alavarium defendeu duas ou tres bolas durante o jogo todo e perde o jogo num livre já com o jogo terminado.

Muito mau para ser verdade

Anónimo disse...

Entao os reis do dinheiro em aveiro perdem os dois logo a abrir o campeonato..
Muito se andaram a gabar e depois nao produzem nada..
Fazem se camas a treinadores e depois nao se melhora nada...
Viva alavarium e sao bernardo..

Unknown disse...

Bom jogo o Alavarium 31 - 32 AD Albicastrense com boa recuperação por parte do Alavarium que podia ter matado o jogo nos minutos finais mas que com pouca sorte acabou por perder já depois do fim do jogo. Quanto a ter tido apenas um oficial inscrito... O sr. Mata passou o tempo todo da bancada a mandar dicas para o banco e para os atletas em aquecimento. Inclusive deslocou se à cabine da equipa. Para quem está suspenso preventivamente depois de ter agredido um árbitro e é reincidente...acho quem nem devia entrar num pavilhão. O primeiro atleta a ser excluído permaneceu até ao fim do jogo sentado perto dele nem se dando ao trabalho de tirar a camisola. Já a o segundo jogador do Albicastrense que levou vermelho directo ficou o resto do tempo dentro do campo até a comemorar com os companheiros no final do jogo. Os árbitros não viram ao não quiseram ver.

Anónimo disse...

Crónica muito fraquinho do banhadas em relação aos jogos da 2a divisão. Principalmente ao jogo que eu assisti que foi o Alavarium-Albicastrense. Onde se preocupam com as exclusões e com o Albicastrense ter só um oficial inscrito para o jogo. E não fazem o relato do que se passou em termos do jogo jogado. Na minha opinião foi um bom jogo de andebol com alguma intensidade e bem disputado. Primeira parte o Albicastrense foi bastante superior e na segunda parte o jogo foi mais equilibrado. O Albicastrense foi a equipa que mereceu mais ganhar o jogo, apesar de o golo da vitória ter sido marcado na sequência de um livre 9m já com o jogo terminado. Em relação às duas equipas o Alavarium que tantos dizem ser uma grande equipa é bastante reforçada perdeu com uma equipa que nem se quer treina. Dá que pensar... Em relação ao Albicastrense achei uma equipa com um 7 bastante forte e acho que podem ter aspirações a um lugar para a fase final. Mesmo sem treinar!
É mias não digo��

Anónimo disse...

Unknown - 23 de setembro de 2019 às 12:23,

Você precisa de pastilhas para a azia...O Alavarium não merecia ganhar o jogo o Albicastrense foi muito superior na primeira parte estando quase sempre a ganhar por 5. Na segunda o jogo foi mais equilibrado. Não diga que foi por falta de sorte que a sua equipa perdeu. E não se preocupe com o SR.Mata, preocupe-se com a sua equipa que investiu bem para esta temporada e com grandes aspirações e perde com uma equipa que não treina.
Veja mas é a Farmacia que está de serviço...

Anónimo disse...

A equipa do alavarium reforçada, pois pois. O albicastrense fez as vedetas num chinelo. Se não me engano chegou a estar a ganhar por 5. Depois desqualificam o pivot e só assim conseguiram equilibrar as coisas. Alavarium são aqueles miúdos chatos e persistentes que vão superando a falta de qualidade com o trabalho de equipa. Não vejo nenhum daqueles jogadores a jogar na primeira divisão. Moços isto não é uma questão de tentativas e persistência. No andebol ou tem qualidades ou não passam da sepa torta. A possibilidade deste alavarium ir além do meio da tabela é nenhuma.

Anónimo disse...

Temos a FAP que merecemos. os clubes investem, trabalham e eles recebem os louros das seleções. Os regulamentos são aplicados de acordo com os amigos de Miguel , Augusto e Cª. As associações são meros seguidores dos seus donos. Os dinheiros que deveriam receber são controlados pela FAP. Querem o quê? Mata -Albicastrense é só mais um exemplo da vergonha em que o andebol está mergulhado. Tantos e tantos casos de miúdos que são castigados com 3-4 jogos por situações irrisórias e depois assistimos aos amigos a serem despenalizados ou com sansões inadequadas. As seleções são um antro em que alguns se mexem bem e cujos clubes contratam com a promessa de seleção. PJP disse que ia mudar o estado das seleções e o modelo das competições, fez zero , foi comido e obrigado a calar-se, porque Sequeira e Cª dominam os bastidores e criaram um esquema difícil de desmontar. Mas nós temos pouco de que nos queixar, desde o tempo de Lemos que somos bem vistos.

Anónimo disse...

De facto tantas expectativas neste alavarium e como alguém diz atrás, continuam a ser aquela equipinha chata com muito pouco andebol, mas persistentes.
Pobre do Albicastrense, levou 8 jogadores e pouco mais, fizeram o jogo todo ( quase todos) e jogaram e sobraram para este Alavarium. Aliás, a única equipa a jogar andebol foi o Albicastrense, de resto nem sei muito bem o que se joga naquele pavilhão.
Bernardo, muito bem. Não é um central cheio de recursos, mas no meio daquele conjunto destaca-se naturalmente. De resto até foi um jogo bem aborrecido de se ver.

Anónimo disse...

Colegas, calma, ainda agora começou o campeonato, as equipas ainda estão muito verdes, muita bola ainda vai rolar...
De facto, no jogo Alavarium vs Albicastrense, o alavarium não se mostrou no sue melhor nível, sobretudo defensivamente, com bastantes falhas. Relembro que importantes jogadores como Albano Lopes, Diogo Vaia, Pedro Freitas e Leonardo Costa se encontram lesionados o que leva inevitavelmente a um menor rendimento da equipa...
Boa época a todos e viva o andebol

Anónimo disse...

Anónimo 25 de setembro de 2019 às 13:00

Colega, o Albicastrense jogou com 7 jogadores os 60 minutos, 0 treinos, jogadores novos, não tinham rotinas sequer.
Alavarium treina todos os dias da semana, rotatividade não faltou, intrusamento entre os jogadores igual, vai dar a desculpa dos 4 jogadores em falta ?

Anónimo disse...

Ninguém deu desculpas, o albicastrense esteve melhor, sobretudo na primeira parte, e por isso mereceu ganhar :) apenas referi que esses quatro jogadores fazem, claro, muita falta à equipa do alavarium! E as vitórias certamente, com trabalho e humildade , chegarão.

Anónimo disse...

Além de que de todos os ausentes o único lesionado é o velho Albano. Os restantes não treinam e como tal foram preteridos. Devem voltar agora treinem ou não