gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

quinta-feira, 29 de agosto de 2019

Planeamento Desportivo – Época 2019/2020 - XVI


ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PARA A ÉPOCA 2019 / 2020 - I

Extraordinário, é como temos de classificar, o CO sobre esta matéria, pois o despudor, atingiu limites nunca vistos nesta modalidade, o CO N.º 20, que versa sobre esta matéria é publicado, no próprio dia em que se inicia a PO01, mas mais já com duas provas oficiais realizadas, as Super Taças, só nesta modalidade, alguém que meta ordem neste despudor, á apenas o que pedimos, e mais respeito por todos os que se dedicam à modalidade, independentemente da sua qualificação.

Através do CO N.º 20 de 28-08-19 que transcreve as Orientações Técnicas, e contém somente (Coincidência ou não, têm o mesmo número da época que terminou, e o mesmo número de páginas) 37 páginas, das quais são 21 slides que transmite as orientações da IHF, constantes no Livro de Regras em Orientações e Interpretações, em especial nos seus Anexos e Exemplos, no que se refere a equipamentos e protecções, bem como a acessórios que podem ser utilizadas ou não, repetindo as mesmas figuras da época que agora terminou, incluindo nem o erro que se verifica no Slide N.º 9, com a palavra TORNOZELO, foi rectificado, o que prova, que na maior parte das vezes nem se confere os documentos que se publicam.

Quanto aos seus pontos que 28, divididos por 16 páginas, irão ser merecedores de uma análise, mas como devem compreender, é praticamente impossível falar sobre os mesmos, neste momento, pois é escasso o tempo que medeia, após a sua publicação.

No entanto continua sem ser divulgado, as orientações transmitidas aos elementos afectos aos quadros de arbitragem, bem como o documento, sobre as novas orientações da IHF.

Publicaremos o mais rapidamente possível, a análise a este documento, referindo mais uma vez, que o mesmo apenas foi divulgado no mesmo dia do primeiro jogo da PO01. 

O Analista

2 comentários:

Anónimo disse...

Dei uma espreitadela no novo portal da FAP e deu logo para ver a nova estratégia em esconder as habilitações dos treinadores. Pois as inscrições não mostram o grau de habilitação e assim parece menos mal os" Marcos Sousas" deste país. E o maior Prof. Dr. Pedro Sequeira não precisa de ficar com as orelhas a arder com toda a vergonha que se passa. Já agora porque é que o sr.Thierry Anti está no separador dos Oficiais e não nos treinadores sabendo que também está inscrito como dirigente???.

Anónimo disse...

Srs do CA a gestao do orcamento da arbitragem tem de ser da vossa autonomia. Ja chega da FAP utilizar as vossas para outros fins. Os Arbitros sao seres humanos. Paguem o que devem se faz favor.