gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

domingo, 16 de fevereiro de 2020

Crónica de Fim-de-semana – 19 – 2019 / 2020 – II


Crónica final de Fim-de-semana, relativa à 1.ª Fase da PO02, constituída por 3 Zonas.

Apuram-se para a Fase Final do Grupo A, a que dá acesso á 1.ª Divisão os 3 primeiros classificados de cada Zona, que transportam os resultados e pontos nos jogos entre si na 1.ª fase, não voltando a defrontar-se na Fase Final, que será disputada no sistema de TxT a duas voltas. Os 2 primeiros classificados da Fase Final ascendem ao Andebol 1.

PO02 – Campeonato Nacional da 2.ª Divisão Seniores Masculinos.

1.ª Fase

Zona 1
16.ª Jornada
Dia 12-02-20
Póvoa AC 32 - 27 Xico Andebol
18.ª Jornada
Dia 15-02-20
Arsenal 30 - 25 SP. Oleiros
CA Penafiel 30 - 39 Póvoa AC
Modicus 24 - 39 Xico Andebol
CD Feirense 24 - 28 GC Santo Tirso
AC Fafe 24 - 27 FC Porto B SD

Apurados para a Fase Final Grupo A – FC Porto B, Póvoa AC, e Xico Andebol.

Zona com uma jornada disputada completa, disputando-se ainda um jogo em atraso da 16.ª Jornada, e que definiu os apurados para a Fase Final Grupo A, onde uma das grandes favoritas, ficou de fora, referimo-nos ao AC Fafe, em relação ao jogo em atraso, foi um jogo disputado com equilíbrio, com a equipa do Povoa AC a consolidar a sua vitória no segundo tempo, e com esta vitória assegurar o seu apuramento, deixando ao Xico Andebol a possibilidade de se apurar, na última jornada, que foi o que se veio a confirmar ao vencer de forma inequívoca o Modicus, no CA Penafiel (jogo com ocorrências disciplinares), o Póvoa AC, voltou a vencer de forma confortável, e confirmando o seu apuramento para a Fase Final Grupo A, num dos encontros mais importantes da jornada (em nossa opinião), o AC Fafe, recebeu o já apurado FC Porto B, e voltou a perder, num encontro onde apesar da equipa do FC Porto, comandar o marcador a maior parte do tempo de jogo, nunca conseguiu diferencias confortáveis, cabe-nos aqui fazer um comentário, para confirmar a nossa total discordância do apuramento das equipas B, para a Fase Final do Grupo A, onde apenas poderão ser campeões, e nunca discutir a subida de divisão, mas poderão influenciar a mesma, o que consideramos antidesportivo. No pavilhão da Lavandeira, realizou-se o CD Feirense / GC Santo Tirso, jogo que voltou a terminar com a vitória do GC Santo Tirso, num encontro onde praticamente comandou o marcador durante os 60 minutos, e que apenas serviu para a angariação de pontos para a Fase Final Grupo B. No único encontro onde o resultado final foi diferente do ocorrido na jornada homóloga da 1.ª volta, o Arsenal / SP. Oleiros (jogo com ocorrências disciplinares), e que tal como no jogo que comentamos anteriormente apenas serviu, para a angariação de pontos para a Fase Final Grupo B

Classificação, Final da 1.ª Fase – 1.º FC Porto B (47 Pontos), 2.º Póvoa AC (46 pontos), 3.º Xico Andebol (44 pontos), 4. GC Santo Tirso e AC Fafe (41 pontos), 6.º Modicus (35 pontos), 7.º Arsenal (31 pontos), 8.º CD Feirense (28 pontos), 9.º SP. Oleiros (24 pontos), 10.º CA Penafiel (23 pontos).

Zona 2
14.ª Jornada
Dia 12-02-20
São Bernardo 26 - 27 Juventude Lis
18.ª Jornada
Dia 15-02-20
AD Sanjoanense 38 - 19 CD Mafra
AC Sismaria 22 - 28 São Bernardo
ADC Benavente 34 - 36 Estarreja AC
CD Marienses 25 - 30 AD Albicastrense
Alavarium 31 - 25 Juventude Lis

Apurados para a Fase Final Grupo A – AD Sanjoanense, São Bernardo, e Estarreja AC.

Tal como na Zona anterior, tivemos uma jornada disputada completa, disputando-se ainda um jogo em atraso da 14.ª Jornada, e que poderia, como veio a ter criara fundadas expectativas no apuramento de uma das equipas, a Juventude Lis que foi vencer o São Bernardo pela diferença mínima, num jogo sempre disputado com grande equilíbrio e alternâncias, no marcador, sendo um dos resultados diferentes do verificado na jornada homóloga da 1.ª volta. No entanto a equipa de Leiria, ao perder na última jornada diante a equipa do Alavarium, num jogo que apenas foi equilibrado até ao intervalo, perdeu a oportunidade de ser apurada para a Fase Final Grupo A, o que conjugado com a vitória do Estarreja AC, diante o ADC Benavente (Jogo com ocorrências disciplinares), que confirmou a vitória verificada no jogo da jornada homóloga da 1.ª volta, lhe permitiu o apuramento, depois de um jogo de grande equilíbrio. Em Gândara, o São Bernardo foi vencer o AC Sismaria, num jogo que comandou quase sempre o marcador e o jogo, e com esta vitória conformar o seu apuramento para a Fase Final Grupo A. No AD Sanjoanense / CD Mafra (jogo com ocorrências disciplinares), a equipa local, que já se encontrava apurada para a Fase Final grupo A, venceu o jogo sem qualquer dificuldade, e assim o CD Mafra termina esta Fase da Prova, averbando apenas derrotas. No CD Marienses / AD Albicastrense, que terminou com a vitória da AD Albicastrense, que desta forma, rectificou o resultado ocorrido na jornada homóloga da 1.ª volta, e acumulou pontos que lhe poderão fazer muito jeito, para a Fase Final Grupo B.

Classificação, Final da 1.ª Fase – 1.º AD Sanjoanense (51 pontos), 2.º São Bernardo (44 pontos), 3.º Estarreja AC (41 pontos), 4.º Juventude Lis (41 pontos, 5.º Alavarium (40 pontos), 6.º ADC Benavente (36 pontos), 7.º AD Albicastrense (35 pontos), 8.º AC Sismaria (27 pontos), 9.º CD Marienses (26 pontos), 10.º CD Mafra (18 pontos).

Zona 3
17.ª Jornada
Dia 15-02-20
Sporting B 28 - 22 Vela Tavira
Zona Azul 29 - 28 CDE Camões
Lagoa AC 21 - 25 CF Sassoeiros
Marítimo 25 - 26 Almada AC
1.º Dezembro 19 - 33 Alto Moinho

Apurados para a Fase Final Grupo A – Almada AC, Sporting B, e Alto Moinho.

Única Zona, onde apenas se disputou a última jornada igualmente completa, disputada com apenas um resultado diferenciado do verificado na jornada homóloga da 1.ª volta, e que foi o resultado surpresa da jornada (na nossa opinião), com a vitória do Zona Azul, sofre o CDE Camões, retirando a esta equipa a hipótese de ser uma das apuradas (não fizemos as contas finais, em termos de desempate, mas ficaria com o mesmo número de pontos dos apurados), mas ficariam quatro (4) equipas com o mesmo número de pontos. Felizmente que foi uma última jornada e decisiva, que foi disputada sem ocorrências disciplinares. Uma extraordinária coincidência, leva a que todos os apurados nesta zona o são com o mesmo número de pontos, que reflecte o equilíbrio com a que a mesma foi disputada, e repetimos aqui o que dissemos para a Zona 1, acerca das equipas B “cabe-nos aqui fazer um comentário, para confirmar a nossa total discordância do apuramento das equipas B, para a Fase Final do Grupo A, onde apenas poderão ser campeões, e nunca discutir a subida de divisão, mas poderão influenciar a mesma, o que consideramos antidesportivo.”. Com o Sporting B, a vencer o Vela Tavira, num jogo em praticamente comandou de princípio ao fim, confirmou com esta vitória o seu apuramento, para a Fase Final Grupo A, O CF Sassoeiros apesar de ter ido a vencer o Lagoa AC, num encontro em que venceu com alguma dificuldade, face à conjugação dos resultados, ficou afastado do apuramento com o mesmo número de pontos do CDE Camões. Tivemos na Madeira o Marítimo / Almada AC, jogo que era decisivo para o Almada AC, que venceu pela diferença mínima, e garantiu o apuramento, naquele que foi o jogo mais equilibrado da jornada. Sem surpresa o Alto Moinho foi vencer o 1.º Dezembro, como visitante, naquele que foi o resultado mais dilatado da jornada, num jogo que esteve sempre no comando, e com esta vitória confirmou o já previsível apuramento.

Classificação, Final da 1.ª Fase – 1.º Almada AC, Sporting B, Alto Minho (44 pontos), 4.º CDE Camões, e CF Sassoeiros (42 pontos), 6.º Marítimo (37 pontos), 7.º Zona Azul (29 pontos), 8.º Lagoa AC (28 pontos), 9.º Vela Tavira (26 pontos), 10.º 1.º Dezembro (24 pontos).

Banhadas Andebol

10 comentários:

Anónimo disse...

Porreiro pah... Parabéns Estarreja. Aqui está a resposta dada no momento certo. Vai umas minis ou 0.33?

Anónimo disse...

a todos aqueles que diziam que o eac nao passava a proxima fase UM BEM HAJA beijinhos e abraços

Anónimo disse...

Parabéns a todos os apurados para a 2ªfase da zona 2. Deixo porém algumas reflexões: Todos os clubes candidatos à participação na 2ª fase, construíram equipas competitivas com os custos inerentes.O andebol português vive essencialmente do crescimento dos clubes e não do trabalho das seleções,embora este seja importante. Então como é possível estas nomeações para os jogos decisivos em que pelo menos 2 equipas estavam em luta direta. O desrespeito total pelo jogo Alavarium-Juve Lis com uma dupla sem condição para dirigir este jogo decisivo.6 sanções para o Alavarium ,11 para a Juve Lis.Critérios díspares. Mas vamos às nomeações. Para o jogo de Benavente foi nomeada uma dupla experiente que faz PO1. Para o jogo referido uma dupla fraquinha, com atitudes muito estranhas e criteriosas para um dos lados,ao longo do jogo. Porque foi feita esta nomeação? O poder de Aveiro? O poder do vice da arbitragem muito ligado ao EAC. Como podem crescer outros clubes?Como se pode acreditar no processo? Porque será que nestes factos os clubes das Associações mais fortes acabam sempre por ganhar? Agora dizer também que o clube de Leiria permitiu tudo isto,quando perdeu jogos em casa e bastaria 1 ponto para estar na 2ª fase.

Anónimo disse...

Entâo agora como é que a juvelis vai fazer com todos os estrangeiros... pensavam que por ter ganho ao Sbernardo ja eram favas contadas.
A falta de hulmidade do treinador juntamente com os seus grandes jogadores saiu-lhes cara.
Para o ano à mais ...

Anónimo disse...

Não sei se é o poder da arbitragem se é o poder das influênias, mas vejam os casos de relatórios disciplinares nos boletins de jogo, nas últimas 4 jornadas, a jogadores de equipas que ficaram nas 2 primeiras posições, que por acaso pertencem à mesma associação, e que nem sequer constam dos relatórios disciplinares semanais - será coincidência?

Anónimo disse...

o que será que aconteceu para os lados de Leiria? Melhor, o que irá acontecer para os lados de Leiria, o que será que acontece a uma equipa que investe dentro e fora do plantel? Quantos contratos feitos, pena serem só de boca, pois alguem vai ficar mal! Será que são as justiças a serem feitas de quando deram a mão a outra equipa, fazendo com que o EAC desce-se de divisão? Deixem la a AZIA é passageira!

Anónimo disse...

Parabéns Juve!!! Grande investimento, em Maio do ano passado já falavam que iam limpar tudo e subir a primeira.
Primeira volta miserável, depois combinações de resultados na parte final da segunda volta para irem a fase final. E vem para aqui falar em arbitragem!? Deviam de falar em falta de humildade por parte dos atletas e principalmente do treinador neste ultimo jogo, já pensavam que o jogo estava ganho. Deviam de pedir ao Alavarium o video do jogo para verem o comportamento de todos desde o aquecimento (não sei se filmam o aquecimento do adversário) até ao final do jogo, para quem queria vencer o jogo deveria estar muito concentrado nele...mas ainda bem, perderam e passou o EAC (equipa das minis :) )
Boa sorte na fase de apuramento, pode ser que consigam ficar em primeiro

Anónimo disse...

Vejam o filme do jogo e depois falem!!!
Vejam a diferença de atitude das miúdas que vestiram de preto, da 1ª para a 2ª parte - elas não têm culpa. Culpa é de quem as mandou para lá, sabendo que elas não são capazes de mais - apenas se limitaram a fazer o que lhes mandaram!!!
Para falar de resultados combinados, têm de consultar a AAAveiro, porque isto estava a ser cozinhado à cerca de 1 mês - ter 3 equipas a disputar a fase de subida, era um dos objectivos da época - fala quem sabe!!!
Vejam por exemplo o resultado S.Bernardo-Estarreja.
Jogadores com relatórios disciplinares, que não chegam à FPA.
E mais não digo...

Anónimo disse...

Grande investimento da JUVE é para rir. Se quizerem saber como se faz,todos os "estrangeiros" que estão na JUVE trabalham como outro qualquer e como tal tem salário. Aprendam, criticam é por dor de cotovelo dado que não conseguem fazer igual. Tem razão quando diz que foi miserável a 1ª volta e por isso não vão à fase final. O EAC foi pura e simplesmente ajudado por quem tem responsabilidade na arbitragem,mais nada e sabe-se bem a relação com a FAP. Já agora digam lá quem são os estrangeiros que é para rirmos mais!

Anónimo disse...

Bla bla bla Leiria... Deve ser sempre o mesmo cromo a comentar. Já não há paciência!