gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

terça-feira, 11 de fevereiro de 2020

Crónica Intermédia de Fim-de-semana – 41 – 2019 / 2020 – I

Mais uma crónica intermédia relativa ao Andebol 1, e aos jogo disputado relativos á 21.ª Jornada.

PO01 – Campeonato PLACARD Andebol 1 (1.ª Divisão Seniores Masculinos).

1.ª Fase
21.ª Jornada
Dia 11-02-20
AA Avanca 32 – 28 Águas Santas

Disputado o jogo que se encontrava em atraso da 21.ª Jornada, que teve resultado diferenciado do ocorrido na jornada homóloga da 1.ª volta, e que terminou sem qualquer registo disciplinar.

AA Avanca 32 – 28 Águas Santas

Jogo disputado no pavilhão Adelino Costa, que apresentava uma fraca moldura humana, mas que foi disputado com alguma velocidade, e até com alguns bons momentos de andebol. Tivemos os primeiros 30 minutos de franco equilíbrio, com uma figura do jogo (na nossa opinião), o guarda-redes da AA Avanca, Luís Silva, que termina o encontro com uma boa eficácia (24%), depois de salientar o regresso de Emanuel Ribeiro para defender 2 livres de 7 metros em momentos cruciais para a equipa da AA Avanca. Jogo de forte equilíbrio nos primeiros 30 minutos, onde apesar de tudo a equipa maiata chegou a comandar o marcador por 3 golos de vantagem (12-9) aos 21 minutos de jogo, muito pelo trabalho desenvolvido por Pedro Cruz (10 golos, 59% de eficácia, o em 1 de 7 metros), quer a marcar quer a fazer jogar, e até em alguns momentos de Vasco Santos (50% de eficácia), mas mostrando-se uma equipa por vezes precipitada em termos atacantes, e demasiado permissiva em termos defensivos, onde o seu 5:1, pouco funcionou, de tal foram que o intervalo chegou com a equipa na frente do marcador pela diferença mínima (17-16). A equipa da AA Avanca, com uma excelente entrada em jogo no segundo tempo ao realizar um parcial de 7-1, nos primeiros 9 minutos chaga aos 39 minutos na frente do marcador por 23-18, registando uma das maiores diferenças em todo o encontro, com dois jogadores em bom plano Gualter Furtado (5 golos, 45% de eficácia) mas a comandar todo o jogo da sua equipa, e por Maykol Adames (4 golos, 50% de eficácia), um 1.ª linha de grande qualidade e espontaneidade, mas não devemos esquecer o comportamento atacante e de por vezes com grande oportunidade de Jenilson Monteiro (9 golos, 75% de eficácia, 2 em 3 de 7 metros), e de Nuno Carvalho em especial na execução dos 7 metros (6 golos, 100% de eficácia, 3 em 3 de 7 metros). O Águas Santas ainda se aproxima ficando apenas a 2 golos (29-27), aos 56 minutos, mas uma total precipitação defensiva da equipa levou a que a equipa da AA Avanca com 3, 7 metros convertidos nos +últimos 3 minutos acaba por vencer por uma margem mais folgada, verificando que se registou pouca gestão do plantel por parte da equipa maiata, que na nossa opinião teve momentos e jogo completamente desastrados. Dirigiu o encontro a dupla Internacional Feminina, constituída por Marta Sá, e Vânia Sá, que apesar de alguns comentários pouco abonatórios, estiveram relativamente bem, embora com alguns lapsos na lei da vantagem, e no jogo passivo.

Classificação após a realização destes jogos – 1.º Sporting (+1 jogo) (68 pontos), 2.º FC Porto (65 pontos), 3.º Benfica (57 pontos), 4.º FC Gaia (45 pontos), 5.º Belenenses (-1 jogo), e Águas Santas (44 pontos), 7.º ABC (-1 jogo) (43 pontos), 8.º Madeira SAD (41 pontos), 9.º AA Avanca (-1 jogo), e Ismai (-1 jogo) (39 pontos), 11.º SC Horta (35 pontos), 12.º Boa Hora (-1 jogo) (34 pontos), 13.º Boavista FC (28 pontos), 14.º Vitória FC (26 pontos).

O Banhadas Andebol

4 comentários:

Anónimo disse...

Mas que banho de bola

Anónimo disse...

10 meses e 12 dias. Afinal tinha razão!
Viva a arbitragem viva o Andebol Nacional

Anónimo disse...

Para quando sangue novo em Águas Santas Um desastre

Anónimo disse...

Uma vergonha Ismai